BrasileirasPeloMundo.com
Bahrain Curiosidades Pelo Mundo

O curioso dinheiro do Bahrein

O curioso dinheiro do Bahrein

Uma das primeiras coisas que as pessoas pensam quando falamos de Oriente Médio é em ouro! Riqueza, fartura e luxo são assuntos comumente relacionados à essa região. Hoje, vamos falar pouco sobre ele, o tão almejado e desejado dinheiro. Afinal de contas, qual é a moeda corrente oficial do Bahrein? Quanto custa, quanto vale e onde trocar?

A moeda corrente do Bahrein é o dinar barenita, também conhecido como BD ou BHD, em sua abreviação de representação oficial. O dinar barenita é subdivido em fills, o equivalente aos nossos centavos. A grande diferença para a nossa moeda, o que é uma curiosidade da moeda local, é que um dinar equivale a 1000 fills e não 100 como é o caso do nosso real brasileiro, ou dos cents para o dólar ou pence para libras, para citar o exemplo de outras duas moedas muito famosas internacionalmente.

Além do Bahrein, outros quatro países localizados na região do MENA (Middle East and North Africa, ou Oriente Médio e Norte da África), Omã, Tunísia, Iraque e Líbia, também possuem moedas subdivididas na casa dos milhares, ou seja, os centavos têm três casas ao invés de duas.

Leia também: Como tirar o documento local no Bahrein

O nome dinar é de origem Romana e não foi a primeira moeda do país, substituindo a Rúpia do Golfo Pérsico, que saiu de circulação ainda na década de 1960. Também não é exclusiva do Bahrein, já que outros países árabes e do norte da África também usam o dinar correspondente a cada país, como o dinar jordaniano e o dinar iraquiano. As cédulas e moedas do Bahrein se distribuem da seguinte forma: moedas de 5, 10, 25, 50 e 100 fills, e as notas de 500 fills (½ BD), 1, 5, 10 e 20 BD e são ilustradas com pontos turísticos e monumentos do país, árvores típicas, como as palmeiras, e, claro, com o rosto do rei, Sua Alteza Sheikh Hamad bin Isa Al Khalifa.

Moeda de 100 fills

Falando de números, quanto vale um dinar barenita (1 BHD)? Diferente do real, que tem o câmbio flutuante, o dinar tem cotação fixa, ou seja, independente do fluxo de moeda estrangeira no país e pré-estabelecida pelo governo. Nesse caso, todos os países do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC), exceto o Kuwait, adotam a prática de câmbio fixo, embora a cotação específica perante o dólar varie entre os países-membros. Oficialmente, a conversão do dinar é 1 BHD = 2,65 USD, um dinar barenita, ou BD como é popularmente conhecido, vale 2,65 dólares americanos. Esse é o valor real que se compra e que se vende a moeda por aqui. 

Leia também: Domingo no Bahrein

Enquanto no Brasil, exceto no caso daqueles que vivem de exportação e outros casos particulares, a torcida é para que o dólar se aproxime do valor do real para que os custos de produtos importados ou viagens ao exterior sejam mais acessíveis, por aqui, especialmente considerando que o dólar é a referência mundial para paridade de moedas, um dólar forte é melhor. Isso porque significa muito mais poder de compra (2.65 vezes mais, sendo precisa) em outros países, ou quando adquirindo produtos importados – leia-se, praticamente tudo o que circula no mercado interno do Bahrein.

Outra prática comercial muito interessante por aqui é o fato de as moedas estrangeiras desses países que fazem parte do GCC circularem normalmente no mercado do Bahrein, sendo aceitas em lojas e supermercados, apenas com a restrição de serem usadas somente cédulas de papel. Atualmente, no país, é possível efetuar pagamentos com o dirham (AED), moeda corrente do Emirados Árabes Unidos e o riyal (SAR) da Arábia Saudita quem tem a cotação de simples cálculo sendo 1 BHD = 10 SAR/ 10 AED – com presença, inclusive, nas etiquetas de grandes lojas e redes comerciais.

O que desperta bastante a curiosidade quando nos deparamos com a moeda local é o fato de existir uma nota de meio dinar (½ BD) e a maior nota disponível ser a de 20 BD, o que corresponde aproximadamente a 50 dólares. Isso pode ser justificado pelo fato da moeda ser muito valorizada e não existir a necessidade de ter uma nota de 50 ou 100 BD, por exemplo. O preço de produtos de consumo básico e pequenas compras diárias raramente ultrapassam o valor de 10 BD, exceto quando falamos de compras mensais e produtos eletrônicos.

Outra particularidade da moeda local é que ela não é tão fácil de ser encontrada em qualquer casa de câmbio fora do país, que não seja na região do Golfo Árabe e no Oriente Médio. Da mesma forma, também não se encontra o real brasileiro por aqui. Por isso, antes de viajar para o Bahrein, lembre-se de trocar todo o seu dinheiro para dólares e comprar a moeda local assim que chegar no país.

Related posts

Texas que ninguém viu

Alessandra Ferreira

Expressões em Árabe

Gabriela Lirio Delfino

10 costumes turcos que podem ser estranhos para os brasileiros

Rubiana Ozturk

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação