BrasileirasPeloMundo.com
Bahrain Curiosidades Pelo Mundo

O curioso dinheiro do Bahrein

O curioso dinheiro do Bahrein

Uma das primeiras coisas que as pessoas pensam quando falamos de Oriente Médio é em ouro! Riqueza, fartura e luxo são assuntos comumente relacionados à essa região. Hoje, vamos falar pouco sobre ele, o tão almejado e desejado dinheiro. Afinal de contas, qual é a moeda corrente oficial do Bahrein? Quanto custa, quanto vale e onde trocar?

A moeda corrente do Bahrein é o dinar barenita, também conhecido como BD ou BHD, em sua abreviação de representação oficial. O dinar barenita é subdivido em fills, o equivalente aos nossos centavos. A grande diferença para a nossa moeda, o que é uma curiosidade da moeda local, é que um dinar equivale a 1000 fills e não 100 como é o caso do nosso real brasileiro, ou dos cents para o dólar ou pence para libras, para citar o exemplo de outras duas moedas muito famosas internacionalmente.

Além do Bahrein, outros quatro países localizados na região do MENA (Middle East and North Africa, ou Oriente Médio e Norte da África), Omã, Tunísia, Iraque e Líbia, também possuem moedas subdivididas na casa dos milhares, ou seja, os centavos têm três casas ao invés de duas.

Leia também: Como tirar o documento local no Bahrein

O nome dinar é de origem Romana e não foi a primeira moeda do país, substituindo a Rúpia do Golfo Pérsico, que saiu de circulação ainda na década de 1960. Também não é exclusiva do Bahrein, já que outros países árabes e do norte da África também usam o dinar correspondente a cada país, como o dinar jordaniano e o dinar iraquiano. As cédulas e moedas do Bahrein se distribuem da seguinte forma: moedas de 5, 10, 25, 50 e 100 fills, e as notas de 500 fills (½ BD), 1, 5, 10 e 20 BD e são ilustradas com pontos turísticos e monumentos do país, árvores típicas, como as palmeiras, e, claro, com o rosto do rei, Sua Alteza Sheikh Hamad bin Isa Al Khalifa.

Moeda de 100 fills

Falando de números, quanto vale um dinar barenita (1 BHD)? Diferente do real, que tem o câmbio flutuante, o dinar tem cotação fixa, ou seja, independente do fluxo de moeda estrangeira no país e pré-estabelecida pelo governo. Nesse caso, todos os países do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC), exceto o Kuwait, adotam a prática de câmbio fixo, embora a cotação específica perante o dólar varie entre os países-membros. Oficialmente, a conversão do dinar é 1 BHD = 2,65 USD, um dinar barenita, ou BD como é popularmente conhecido, vale 2,65 dólares americanos. Esse é o valor real que se compra e que se vende a moeda por aqui. 

Leia também: Domingo no Bahrein

Enquanto no Brasil, exceto no caso daqueles que vivem de exportação e outros casos particulares, a torcida é para que o dólar se aproxime do valor do real para que os custos de produtos importados ou viagens ao exterior sejam mais acessíveis, por aqui, especialmente considerando que o dólar é a referência mundial para paridade de moedas, um dólar forte é melhor. Isso porque significa muito mais poder de compra (2.65 vezes mais, sendo precisa) em outros países, ou quando adquirindo produtos importados – leia-se, praticamente tudo o que circula no mercado interno do Bahrein.

Outra prática comercial muito interessante por aqui é o fato de as moedas estrangeiras desses países que fazem parte do GCC circularem normalmente no mercado do Bahrein, sendo aceitas em lojas e supermercados, apenas com a restrição de serem usadas somente cédulas de papel. Atualmente, no país, é possível efetuar pagamentos com o dirham (AED), moeda corrente do Emirados Árabes Unidos e o riyal (SAR) da Arábia Saudita quem tem a cotação de simples cálculo sendo 1 BHD = 10 SAR/ 10 AED – com presença, inclusive, nas etiquetas de grandes lojas e redes comerciais.

O que desperta bastante a curiosidade quando nos deparamos com a moeda local é o fato de existir uma nota de meio dinar (½ BD) e a maior nota disponível ser a de 20 BD, o que corresponde aproximadamente a 50 dólares. Isso pode ser justificado pelo fato da moeda ser muito valorizada e não existir a necessidade de ter uma nota de 50 ou 100 BD, por exemplo. O preço de produtos de consumo básico e pequenas compras diárias raramente ultrapassam o valor de 10 BD, exceto quando falamos de compras mensais e produtos eletrônicos.

Outra particularidade da moeda local é que ela não é tão fácil de ser encontrada em qualquer casa de câmbio fora do país, que não seja na região do Golfo Árabe e no Oriente Médio. Da mesma forma, também não se encontra o real brasileiro por aqui. Por isso, antes de viajar para o Bahrein, lembre-se de trocar todo o seu dinheiro para dólares e comprar a moeda local assim que chegar no país.

Related posts

Entendendo ou não o Futebol Australiano

Sheyne Tanaka

Banhos públicos no Japão: você teria coragem?

Ana Paula Ramos

Entendendo alguns costumes indianos

Bárbara Oliari

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação