BrasileirasPeloMundo.com
Austrália Vistos & Cidadanias Pelo Mundo

Opções de visto na Austrália

De repente vem aquela ideia na cabeça e você decide: quero morar na Austrália! E logo pensa em desistir porque não faz ideia de como fazer pra vir para a terra dos cangurus do outro lado do mundo.  Nesse link do site da Imigração Australiana você vai encontrar a lista de todos os vistos possíveis, mas pode ficar tranquilo que aqui vou explicar os principais meios que os brasileiros mais usam para ir e ficar na Austrália.

O método mais utilizado pelos brasileiros é o de se matricular em algum curso. O visto de estudante é o mais fácil e o mais econômico. Com o visto de estudante, os brasileiros têm o direito de trabalhar por meio período enquanto estudam e juntar dinheiro para pagar os custos. Há opções de diversos níveis de curso, desde os cursos de inglês – que duram apenas alguns meses – até os que decidem fazer faculdade, mestrado e doutorado na Austrália, podendo, assim, ficar por alguns anos na condição de estudante.

Antigamente, apenas o fato de a pessoa cursar uma graduação na Austrália já lhe dava o visto de residente permanente, mas a legislação mudou e, atualmente, quando o curso termina e o visto de estudante expira, a pessoa tem de voltar a seu país ou requerer outro visto. A maioria das pessoas se matricula em outro curso e fica na Austrália por mais tempo. Outras tentam trocar o visto de estudante por outro visto que possibilite estender sua permanência no país. Os mais comuns estão listados a seguir:

Work after Study (trabalho após estudo): Quando a pessoa termina algum curso de mais de 2 anos na Austrália, como o bacharel por exemplo, tem o direito de solicitar o visto Work after Study e ficar por mais 2 anos trabalhando em tempo integral aqui.

Skilled Migrant Visa: É o segundo método mais comum. Anualmente, a Austrália divulga uma lista de profissionais requisitados no mercado e oferece a opção para profissionais de outros países imigrarem para cá e trabalhar na sua área de atuação. O candidato tem de preencher todos os requisitos referentes a escolaridade e comprovar sua experiência na área para poder ser aprovado. É um sistema de pontuação cuja pessoa tem de conseguir um número x de pontos. É um processo longo, demorado e custoso, mas quando o visto é aprovado, a pessoa se muda para a Austrália com a garantia de ter residência permanente.

Temporary Work – Skilled (Sponsor): Não é comum, mas há vários casos de pessoas que estão no Brasil e conseguem ser contratados por empresas australianas e trabalhar aqui. Tambem há muitos casos de estudantes que, enquanto estão na Austrália, conseguem ser contratados por empresas locais e modificam seu visto para o Sponsor, esse caso é bem comum. Dessa maneira eles têm até 4 anos de estabilidade e já podem solicitar a residência permanente após 2 anos de trabalho com esse visto. O Sponsor á diretamente ligado à empresa contratante e o funcionário não pode mudar de empresa, a menos que requeira outro visto, pois o inicial é cancelado quando o funcionário deixa a empresa.

Working Holiday Visa (visto de trabalho em férias): Este não se aplica a portadores de passaporte brasileiro mas, como muitos brasileiros têm passaporte europeu, eu vou explicar. Anualmente a Austrália abre um número x de vagas para esse visto. Os solicitantes têm de ser nativos de certos países e ter menos de 30 anos no momento do requerimento. Com esse visto a pessoa pode vir para a Austrália e trabalhar em tempo integral por até 1 ano.

Também existem vistos de pesquisa e trabalho temporários. Quando a pessoa trabalha em alguma empresa no Brasil, ou trabalha na área de pesquisa em laboratórios, existem vistos temporários que permitem que as pessoas fiquem na Austrália por um determinado tempo trabalhando na mesma empresa ou desenvolvendo pesquisa na mesma área.

passport-315266_960_720
Fonte: pixabay.com

Partner: Existem diferentes tipos de Partner Visa: noivado, casamento e união estável. Primeiramente, vou falar do visto de noivos (prospective marriage visa). Esse visto é para alguém que está noivo(a) de um australiano e pretende se casar, mas não está na Austrália. Ele demora entre 6 e 12 meses para ser aprovado e garante que a pessoa se mude para a Austrália com a condição de que se case com seu(sua) noivo(a) de cidadania australiana, no máximo 9 meses depois que chegar aqui.

O visto de casamento (partner spouse) é simples, pois basta estar casado com alguém de cidadania australiana para conseguir esse visto, contanto que consiga provar que o relacionamento é legítimo. Infelizmente existem muitos casos de pessoas tentando conseguir esse visto sem ter um relacionamento de verdade. O visto de união estável (de facto) pode ser solicitado após a pessoa e o(a) australiano(a) morarem ao menos por 1 ano juntos como um casal, e conseguirem provar que o relacionamento é legítimo.

Infelizmente o passaporte brasileiro não tem uma reputação exemplar na Austrália devido aos vários casos de pessoas que vêm e mantém uma condição ilegal de visto, o que prejudica bastante aos que estão seguindo os processos de maneira correta e tentando a sorte por aqui.

Independente do tipo de visto escolhido e da duração da sua estadia na Austrália, vale a pena a experiência nesse país maravilhoso com um estilo de vida bastante interessante. O dia-a-dia em qualquer país estrangeiro é bastante engrandecedor e a Austrália se assemelha em muitos aspectos ao Brasil.

Related posts

Vistos para morar nos EUA

Thais Amaral Tellawi

Como obter documento e visto de trabalho em Dubai?

Juliana Perim

Principais desafios para se recolocar profissionalmente na Austrália

Evelyn Nigri

6 comentários

Carlos Larotonda Janeiro 20, 2017 at 7:53 pm

Uma correção: working holiday é permitido para pessoas com até 30 anos, ou seja não pode ter 31 anos para aplicar o visto. No entanto, há um estudo para ampliar o limite até 35 anos.
fonte: http://www.border.gov.au/Trav/Visa-1/417-

Resposta
Joao do caminhao Fevereiro 26, 2018 at 10:09 pm

Correção ao comentário furado do Carlos Larotonda:
Pode se inscrever com 30 anos (inclusive), ou seja, até o mês que completa 31 anos.

Resposta
Yasmin Abril 11, 2018 at 12:57 pm

Olá, como funciona para conseguir o visto sponsor pelo método de casamento? No caso tenho o de visitante e meu namorado o sponsor e imaginamos que eu consiga entrar no dele casando.

Resposta
Liliane Oliveira Abril 12, 2018 at 1:33 pm

Olá Yasmin,
A Mariana Loureiro parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Austrália que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
CARMEN LUCIA RODRIGUES Fevereiro 22, 2019 at 9:16 pm

Sou brasileira 70 anos noiva de um cidadão australiano de 82 anos. Casando com ele morando na Austrália quais os meus direitos quanto a bens, pensão?

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 23, 2019 at 12:47 am

Olá Carmen,
A Mariana Loureiro parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Austrália que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação