Por que o pessoal que mora na Europa viaja tanto?

0
891
Advertisement

Por que o pessoal que mora na Europa viaja tanto?

Quem não gosta de viajar? De conhecer novos países, adentrar novas culturas e costumes? Com certeza este é um dos grandes privilégios de se morar na Europa. Realmente é possível visitar outros países como se visita outros estados enquanto aí no Brasil, com a diferença de que aqui apenas alguns quilômetros podem separar lugares totalmente diferentes e únicos. Você cruza uma fronteira e se depara com uma nova língua, novos hábitos, outra moeda, pratos típicos e isso sem falar na arquitetura… Das casinhas brancas da Grécia, dos prédios imponentes de Londres, à delicadeza das fundações francesas, às construções exóticas de Madrid, e as cores exuberantes da Rússia, é possível encontrar todos os estilos de construção imagináveis no mundo…

Com certeza cada lugar oferece uma lição diferente. Realmente aquela frase que diz que viajar é a única coisa com que você gasta dinheiro e que te enriquece, está corretíssima. Além do que, viajar ajuda muito com a saudade que nós sentimos do Brasil. Eu me lembro da primeira vez que fui a Portugal, fazia quase um ano que eu não ia para casa, então quando cheguei lá e ouvi todo mundo falando português, mesmo que um português enrolado (risos), eu senti aquele conforto! Ou quando você está nos confins de algum país e escuta algum conterrâneo, o coração chega a bater mais rápido. Nós sempre pensamos: será que eu devo falar um oi?! Um dia estávamos eu e meu marido em um cidadezinha na Alemanha e uma senhora nos ouvindo conversar já veio logo falando que era do Rio, que estava ali a mais de 20 anos, que nós precisávamos ir tomar um café na casa dela! E enquanto o trem não chegava na estação, descobrimos que ela morava no mesmo bairro que o meu pai no Rio, e que quando eu era criança participei de uma colônia de férias com o filho dela. Nisso, nós ligamos para o filho dela ali dentro do trem mesmo. A situação virou uma festa! E tem também aqueles que passam e a gente escuta “nossa, até aqui tem brasileiro”, como se nós não estivéssemos em todo o mundo!

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Inglaterra

E comer, então? Sabe aquela conversa de que o macarrão veio da Itália? Só pode ser verdade! Porque nada como uma bela macarronada com muito queijo em Milão. Ou um cachorro quente alemão em Frankfurt. E também se você está em Praga em um dia frio e come um Trdelnik, você descobre que aquilo não é só uma rosquinha com açúcar vendida na rua, é uma iguaria sem igual. Ou mesmo um macarron na França, como é que uma coisinha tão pequena pode ser tão gostosa? Enfim, experimentar um prato típico no local em que ele é mais famoso faz todo sentido.

Conhecendo a Holanda

E quando você mora fora, viajar é importantíssimo para a sua saúde! Nem todo mundo vive bem seis meses no frio. Nem todo mundo consegue ficar tanto tempo sem sol. Sério! Eu já vi brasileiro tomando “banho de luz” no inverno. Quando bate o desespero e a depressão, a melhor opção é comprar uma passagem. Eu acho que é por isso que o pessoal que mora fora está sempre viajando… É aprendizado, é investimento e é recomendado! Mas, ao contrário do que muita gente pensa, o único gasto que sai mais barato é a passagem, porque as outras despesas são idênticas para quem está vindo do Brasil ou qualquer outro lugar do mundo. Por isso, muitas vezes, viajar se torna um dilema. Você quer conciliar viajar com poupar, e nem sempre consegue. A gente meio que vive naquele balanço de “ah, eu mereço”, com “quanto mais eu poupar, mais rápido para casa eu posso voltar”. Mas não há quem não viva checando as passagens por aqui. Surgiu a oportunidade você coloca a mochila nas costas e vai descobrir mais um país!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.