BrasileirasPeloMundo.com
Alemanha Profissões Pelo Mundo

Profissão na Alemanha: Analista de Comércio Exterior

Profissão na Alemanha: Analista de Comércio Exterior.

Inicio a partir desse mês uma série de textos sobre as profissões na Alemanha. São dados informativos para quem tem o sonho de um dia trabalhar no país.

Decidi iniciar com um artigo sobre a minha profissão: analista de comércio exterior.

Para explicar melhor, sou formada em Relações Internacionais pela Universidade Estácio de Sá e pós-graduada em Analista de Relações Internacionais pela UFRJ. Ainda no Brasil trabalhei por seis anos na venda de produtos siderúrgicos importados.

Nesse mês completei 8 anos trabalhando na mesmíssima área, exportação e importação de produtos siderúrgicos, em uma firma na Alemanha. Respondarei a seguir algumas dúvidas frequentes sobre a área de Comércio Exterior.

Qual é a formação para trabalhar com Comércio Exterior?

Os alemães costumam fazer um curso profissionalizante na área de venda ou administrativo.

O curso de Correspondente de Língua Estrangeira (Fremdsprachenkorrespondent/in) dura por volta de dois anos e o formado pode trabalhar em uma empresa na área de comércio exterior ou mesmo se tornar um intérprete profissional.

O curso de Especialista em Gestão de Atacado e Comércio Exterior (Kaufmmann/frau für Groß- und Außenhandelsmanagement) dura três e é o mais parecido com a nossa disciplina de Comércio Exterior.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Alemanha

O estudo é dual, uma fase dentro da escola profissionalizante e outra fazendo um estágio em uma empresa.

Ao finalizar, o estudante é praticamente empregado pela empresa onde estagiou, se tudo ocorrer bem. O foco do ensino é na gestão de compra, venda e estoque.

O curso de Comerciante Industrial (Industriekaufmann/frau) é para aqueles que gostam de se envolver na administração, na rotina de funcionamento da empresa, no contato com clientes e fornecedores.

Alguns seguem na área de Marketing das grandes empresas. Dura aproximadamente 3 anos, sendo possível encurtá-lo para 2 ou 2,5 anos, com muitas boas notas.

Como trabalhar em Comércio Exterior com diploma brasileiro?

O bom dessa área é que você não precisa de reconhecimento de diploma. Na realidade, as empresas buscam pessoas com boa experiência.

Entretanto, é importante falar inglês e alemão fluentes e de preferência mais um idioma. É possível conseguir uma vaga sem falar muito alemão (com inglês fluente), mas é mais difícil. A comunicação dentro da empresa se dá na maioria das vezes em alemão, é claro.

Leia também: Dicas para entrevista de emprego na Alemanha

A pessoa formada em Comércio Exterior no Brasil pode se candidatar às vagas, enviar currículos de forma iniciativa ou voltar alguns passos e tentar um curso profissionalizante.

Para o curso é necessário um bom conhecimento de alemão, afinal, o aluno terá que entender as aulas e as provas.

Eu indico sempre tentar vagas em empresas semelhantes às que se já tem experiência. Se é na indústria farmacêutica, siderúrgica, comunicações etc. Nós vamos aprendendo com o tempo e isso pode ser acrescentado na nova vaga.

Vale a pena trabalhar com Importação e Exportação na Alemanha?

De acordo com a estatística do Serviço de Informação do Instituto da Economia Alemã (iwd), em 2017 um a cada quatro vagas de trabalho dependiam direta ou indiretamente da exportação.

Ainda falando de números, a Alemanha é o terceiro maior país exportador mundial, atrás apenas da China e EUA. Portanto, respondemos a pergunta. Aqui são oferecidas muitas vagas ligadas a essa área.

A média do salário mensal de um Gerente de Importação e Exportação é de EUR 4.700 na Alemanha. O salário inicial de um especialista de atacado e comércio Exterior fica entre EUR 1.800 e EUR 2.300.

Se esse continuar os estudos e finalizar um mestrado, o salário pode chegar a EUR 6.000 por mês. Um comerciante industrial ganha em média EUR 2.600 e um correspondente de língua estrangeira ganha em média entre EUR 2.200 e EUR 3.100.

Os salários aumentam com os anos de experiência e formação acadêmica extra.

Onde procurar?

Nos sites das empresas há quase sempre um e-mail do Departamento de Recursos Humanos para envio de currículos. Não tenha medo de arriscar. Uma boa ferramente para procura de empregos é o LinkedIN.

É só escrever o nome da vaga e a região na busca. Muitos aceitam a candidatura diretamente através da rede social. Mantenha sempre seu perfil do LinkedIn atualizado. Ainda é possível procurar no site da Agência de Trabalho na Alemanha

Related posts

Como é trabalhar como enfermeira na Noruega

Michele Silva

E se o Português Fosse o Inglês de Hoje?

Cristiana Carrilho

A beleza das quatro estações na Alemanha

Monique Abbehusen

1 comentário

Adriana Fevereiro 5, 2021 at 11:53 am

Oi Karina!
Moro na Alemanha há quase 2 anos, e também sou Analista de Comércio Exterior =)
Seu post caiu como uma luva no meu atual momento: estou na fase da procura de emprego.
E, com isso, muitas dúvidas e insegurança…
Por gentileza, vc poderia me passar seu e-mail, ou entrar em contato comigo, para me ajudar?

Muito obrigada!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação