BrasileirasPeloMundo.com
Empregos Pelo Mundo Polônia

Salários na Polônia – 2019

Com o bom momento do mercado polonês e as oportunidades de emprego para estrangeiro, é normal se questionar se aceitar um emprego aqui vale a pena. Afinal, compensar a distância de casa, a cultura diferente e um clima diferente se baseia muito na qualidade de vida que você vai ter no outro país e isso naturalmente envolve questões salariais e de trabalho.

Para saber mais sobre as condições de trabalho na Polônia, leia Condições de trabalho na Polônia

SALÁRIO MÍNIMO NA POLÔNIA

O salário mínimo polonês, em 2019, passou a ser 2.250 zlotys (moeda local), o que equivale a cerca de 523 euros (2.95 euros/hora). Para comparação, isso equivale a cerca de 2.340 reais (cotações de fevereiro).

O salário de 2019 aumentou em cerca de 7% em relação ao ano anterior, conforme imagem abaixo:

Fonte: Adaptado de Countryeconomy.com

Em relação a outros países europeus, se compararmos esse valor com alguns países vizinhos do leste, podemos ver similaridades:

  • Eslováquia: EUR 520
  • Hungria: EUR 464
  • República Tcheca: EUR 518

No entanto, se compararmos com os países mais tradicionais, temos boas diferenças:

  • Alemanha: EUR 1557
  • Espanha: EUR 1050
  • França: EUR 1521
  • Holanda: EUR 1615
  • Reino Unido: EUR 1452

É importante notar, no entanto, que isso são valores nominais e não refletem necessariamente o poder de compra do salário mínimo. Assim, 500 euros na Holanda são bem diferentes de 500 euros na Polônia. Por isso, é importante notar os valores de salários mínimos ajustados com o seu poder de compra.

Assim, o salário mínimo de 523 euros na Polônia sobe para 900 euros, se ajustado com o seu poder de compra e em comparação aos demais países. Apesar de ainda ser inferior aos demais, é preciso lembrar que os preços aqui são menores considerando a moeda local.

SALÁRIO MÉDIO NA POLÔNIA

No último trimestre de 2018, o salário médio mensal bruto estava em PLN 4.864 (cerca de 1130 Euros), ou seja, mais do que o dobro do salário mínimo atual. No entanto, é importante considerar que esses são valores brutos e uma parte significativa do salário é destinado a taxas.

Para cálculo de salário líquido, para contratos umowa o pracę (contratos tradicionais, pessoa física), são retidos cerca de 30% de impostos, que englobam contribuições para previdência (7,77%) e sistema de saúde (13,71%) e imposto de renda (7,34%). Você pode calcular o salário líquido através dessa calculadora.

Como exemplo, esses seria o cálculo para um salário mensal de 5 mil zlotys:

Salário bruto – PLN 5.000

  • Previdência social: 685,50
  • Saúde: 388,31
  • Imposto de renda: 375,83
  • Total descontos: 1449.64 (29%)

Salário líquido – PLN 3.550,36

Como é possível notar, há uma boa diferença entre salário bruto e líquido, então é importante considerar isso na hora de avaliar o salário, somando a isso outros possíveis descontos de benefícios.

Leia também: Quanto custa fazer supermercado em Varsóvia

SALÁRIO MÉDIO POR REGIÕES

Os salários médios também variam conforme região, ou melhor, das voivodeships (estados) da Polônia. Na figura abaixo, é possível ver a diferença de salário médio por cada estado:

Fonte: Adaptado de Główny Urząd Statystyczny, dados de dezembro de 2018.

Comparando salários médios de dezembro de 2018, é possível notar que há algumas disparidades entre regiões. Além disso, naturalmente, os estados com salários melhores são aqueles onde residem as maiores cidades.

No topo da lista, podemos ver a região de Mazowieckie, onde se encontra a capital Varsóvia e, em segundo, está a região de Sląskie, onde se encontra as cidade de Katowice. Ambas regiões apresentaram salários médios em torno de 6 mil zlotys, refletindo uma certa disparidade em relação a outras regiões.

Em seguida, vem a região de Dolnośląskie, onde está a cidade de Wroclaw (Breslávia). Em quarto e quinto lugar, vem as regiões de Pomorskie e Małopolskie, estados das cidades de Gdańsk e Cracóvia, respectivamente. A cidade de Łódź, terceira maior da Polônia, situa-se na região de Łódźkie, com salários pouco abaixo da faixa dos 5 mil zlotys.

Leia também: Custo de vida em Cracóvia

SALÁRIO MÉDIO POR ÁREAS DE ATUAÇÃO

Além da divisão por regiões, é possível comparar salários com as diferentes áreas de atuação profissional. Conforme dados oficiais do escritório de estatística (Główny Urząd Statystyczny,) deixo aqui listados os quatro setores mais bem pagos registrados em dezembro de 2018:

  1. Informação e comunicação  – Isolado no topo da lista, o  salário médio desse setor foi de 8.644 zlotys. Nessa categoria, se encontram os empregos na área de tecnologia da informação (TI), uma área com bastante demanda profissional e, portanto, com salários mais atrativos. Importante, ainda, ressaltar que no estado de Mazowieckie, onde se encontra a capital Varsóvia, os salários médios dessa área ficaram em 9.170 zlotys nesse mesmo mês! Na região onde se encontra Cracóvia, os salários registrados também foram altos, 8.871 zlotys mensais.
  2. Mercado imobiliário –  com larga desvantagem do primeiro lugar, o setor de negócios, no país inteiro, teve média salarial pouco abaixo dos 6 mil zlotys (5.926). Na região de Varsóvia, no entanto, a média salarial para esse setor foi de 7.525 zlotys.
  3. Indústria – Com uma média salarial nacional de 5.438 zlotys, o setor industrial teve a maior média salarial na região de Katowice (Sląskie), com salários acima dos 7 mil zlotys (7.032) e de Wroclaw (Dolnośląskie), com salários de 6.197 zlotys.
  4. Negócios – O setor corporativo, onde muitos estrangeiros atuam, teve médias salariais de 5.275 zlotys, com as maiores médias registradas na região de Varsóvia, em 6.087 zlotys.

EM SÍNTESE…

O salário mínimo na Polônia, quando comparado com países tradicionais do oeste europeu, parece muito inferior. No entanto, deve se lembrar que a Polônia, similar ao seus vizinhos do leste europeu, adere uma moeda local, que é desvalorizada em relação ao Euro. Por isso, ao analisar o poder de compra de um salário na Polônia, é importante considerar o custo de vida em moeda polaca, e não em euros.

Além disso, é possível notar que há uma certa disparidade de salários médios de acordo com o estado/região do país. Naturalmente, as regiões com maiores salários são aquelas com as maiores cidades, com larga vantagem na região da capital Varsóvia.

Por fim, sem dúvida, para quem atua na área de tecnologia da informação e comunicação, a Polônia é um mercado de salários bem atrativos, que estão muito acima da média nacional. Isso reflete a demanda nesse setor e fornecer um salário atrativo é uma das maneiras do país de trazer profissionais pra cá, que geralmente escolhem outros países mais tradicionais.

Related posts

Desenvolvimento de carreira para mulheres na Holanda

Paula Dalcin Martins

Como tirar Insurance Number na Inglaterra

Juliana Brandão

Como visitar Auschwitz

Vivian Kulpa

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação