BrasileirasPeloMundo.com
Natal Pelo Mundo Nova Zelândia

Tradições de Natal na Nova Zelândia

Tradições de Natal na Nova Zelândia.

As festividades de final de ano são, com certeza, um tema comum. A maioria dos países do mundo tem rituais, crendices e festividades em geral pra celebrar essa época. Aqui na Nova Zelândia, apesar de algumas particularidades, não é tão diferente. O Espírito Natalino invade o país e as casas das pessoas, trazendo um senso de família e um clima de festa.

Apesar de saber que o Papai Noel vinha do Polo Norte quando eu era criança, não entendia porque ele tinha que andar por todo o Brasil no seu trenó com todas aquelas roupas e gorro. Em filmes, as celebrações de Natal com neve e lareira ligada faziam com certeza mais sentido. Quando vim morar na Nova Zelândia pensei que iria então viver este Natal dos filmes, pois o pais é considerado um país frio e neva bastante no inverno.

Esse sonho foi logo destruído quando, ainda antes da viagem, descobri que na cidade para onde eu estava vindo não nevava e que as estações do ano por aqui são na mesma época das do Brasil. Logo, o Papai Noel também aparece em pleno verão.

unnamed

Esse fato muda um pouco a foto, mas não as festividades em si. Na Nova Zelândia as pessoas literalmente vivem o Natal: enfeitam suas casas e jardins com muitas luzes e decorações diversas, colocam orelhas de renas e tudo mais que tiver direito nos carros e sempre participam de concursos de iluminação nas ruas. E, se enfeitam a casa e os carros, imagina eles mesmos! Na época de Natal é muito comum as pessoas andarem com o gorro do Papai Noel. Em todos os encontros da época, muitos aparecem no mínimo de vermelho, as mulheres com brincos natalinos e muitas vezes vestidas de Mamãe Noel.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Nova Zelândia

Árvores de Natal são espalhadas pelo país em praças ou nos lagos. Atrações diversas são adicionadas ao calendário durante o mês de dezembro. Nas casas dos kiwis a árvore de Natal também se mostra presente; a tradição é comprar o pinheiro e enfeita-lo com a família. Outra tradição natalina local, presenteada pela mãe natureza, é a árvore pohutukawa tree. Conhecida como a árvore de Natal local, ela floresce com lindas flores vermelhas apenas nesta época. É uma árvore lindíssima e enche os kiwis de orgulho.

Festas de empresas e grupos de amigos são comuns. Amigo secreto faz parte dos eventos. A parada de Natal “Santa Parade” é organizada pela comunidade e a prefeitura local, acontecendo todos os anos entre final de novembro e início de dezembro. Os lojistas decoram as lojas e a população sai fantasiada, juntamente com grupos escolares, bandas, times esportivos e, claro, o Papai Noel.

PohutukawaCornwallis
Fonte: goo.gl/WjbBd5

Há também muitas celebrações nas escolas, onde toda a família é convidada. No meu primeiro Natal por aqui, aprendemos canções natalinas nas aulas de inglês. Houve uma apresentação e um desafio da turma que cantava melhor e a seguir um churrasco no parque com todos reunidos.

Apesar de bastante parecido ao que estamos acostumados, existem algumas notáveis diferenças. A compra de presentes de Natal começa em setembro, e a maioria dos kiwis já terminou todas as suas compras natalinas no mês de outubro. A seguir começam a economizar para o boxing day, que é uma super promoção que ocorre no dia 26, logo após o Natal. Outra curiosidade é que o país não é muito religioso, portanto poucas pessoas vão à igreja ou fazem orações nesse dia. Discutindo sobre isso com uma amiga kiwi, perguntei a ela qual o significado do Natal por aqui; expliquei que no Brasil cresci celebrando o nascimento de Jesus e que era comum irmos à missa ou rezarmos nesta data. Ela comentou que há pessoas que vão à igreja, mas que para eles o Natal significa feriado e celebração, tempo de reunir, curtir a família e amigos, trocar presentes e esperar o Papai Noel – simples assim.

Na noite do dia 24 nada acontece. Somente as crianças que esperam o bom velhinho preparam o leite e os cookies para que possam receber os presentes no dia seguinte.

29539_pavlova_lemon_curd1
Fonte: goo.gl/2tnSkh

A celebração acontece durante o dia 25, nos jardins das casas, em casas de passeio na praia ou em acampamentos com a família. Em meio às comidas típicas não está incluso o peru: a tradição aqui é a carne de ovelha e porco/presunto (Ham). A famosa pavlova e o pudim de frutas com brandy também são presença confirmada.

Quando não se tem família por aqui é bom abastecer a geladeira e ter o que comer, já que se pode não encontrar um restaurante ou café aberto, pois todo o comercio fecha. Outro fato curioso é que o Natal é tão popular por aqui que no mês de julho temos o Middle Winter Christmas (Natal de Inverno), com direito a árvore de Natal, enfeites, amigo secreto e comidas natalinas.

Para os neozelandeses, Natal é um feriado com uma celebração de um dia especial com amigos e família. Tradições religiosas não são um o ponto forte mas, em contrapartida as festividades acontecem por toda a parte. Os kiwis fazem tudo com muito amor e carinho e se divertem em paz e harmonia, incorporando todo o conceito do Espírito Natalino.

Leia mais sobre Natal Pelo Mundo

Related posts

Papai Noel, o maior do encantos no Natal na Finlândia

Maila-Kaarina Rantanen

Natal na França

Ana Lozon

Confissões de uma quase cidadã neozelandesa

Roberta Crossley

4 comentários

Sandra Marcia Violla Dezembro 17, 2015 at 5:08 pm

Adorei a matéria. Tenho 1 filha em Hamilton e 2 em Auckland. Estou indo passar um tempo aí com eles. Amei esse país logo de cara, muito bom saber que as tradições natalinas são semelhantes a nossa. Feliz Natal!! bjs

Resposta
Rosana Melo Janeiro 6, 2016 at 2:45 am

Oi Sandra,
Que legal que gostou de saber um pouco mais sobre nossas tradições de natal por aqui. Tendo sua filha por aqui, venha curtir um natal pra ver tudo de pertinho quando puder! Bjao e feliz ano novo! 🙂

Resposta
Verônica Ferraz da Rocha Março 24, 2016 at 1:45 am

Oi Rosana, adorei suas matérias sobre a Nova Zelândia!
Acho esse lugar incrível e lindo e agora sabendo de tantas coisa boas que podemos encontrar por aí, como , saúde pública, escolas, esportes, harmonia, um bom governo….nossa dá muuuuita vontade de voar para este lugar maravilhoso! rs
Mas eu gostaria de saber de você, como são as chances de estudo e trabalho para uma pessoa de seus 49/50 anos ? Existe algum limite de idade pra quem não é do país e queira ir viver por aí, a princípio , nestas condições?
Obrigada pela atenção e pelas matérias, gostei demais !
Um abraço

Resposta
Rosana Melo Março 26, 2016 at 6:05 am

Oi Verônica, que bom que gostou dos textos e que eles aumentaram sua vontade de conhecer o país! Lembre-se que o limite de idade na maioria das vezes está apenas na cabeça das pessoas. Para fazer intercâmbio não há limite de idade!
Se você gostar e quiser permanecer no país existe um sistema de pontuação onde idade é um dos critérios mais não um impedimento. Visite o site da imigração da NZ para saber mais sobre esses detalhes. Caso queira mais informações sobre opções de cursos e onde estudar por aqui não deixe de enviar um email para a equipe da YepNZ no [email protected].
Bjao e nos vemos por aqui em breve…

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação