BrasileirasPeloMundo.com
Egito

Trajes Egípcios

Para falar de roupas tradicionais egípcias e trajes egípcios, vamos ter história, religião e sociologia nessa conversa. Acredito que é uma viagem muito esteticamente divertida e envolvente sobre a civilização egípcia, já que as roupas traduzem muito do Zeitgeist (Espírito do tempo).

Egito Antigo

As roupas egípcias geralmente são de LINHO que é um tecido bem leve e fresco, que combina com o clima desértico. Linho era até uma moeda no Egito antigo.

As múmias eram enroladas em linho para mostrar pureza, iluminação e nobreza. No Egito Antigo, você pode perceber que escravos e crianças andavam nus, ou com uma tanga parecida com a de sumô. Um tecido branco amarrado entre as pernas. Essa é a Scheti, uma saia arqueada na altura do joelho, que homens nobres usavam no Antigo Egito.

Mais para frente, sendo conquistados por outros povos e conquistando povos, os egípcios acrescentaram variedades de trajes.

Leia também: Assédio no Egito

Roupas no Egito Antigo

As túnicas: Eram vestidos retangulares, com um buraco para entrar a cabeça. Os super-sensuais Calasirs, que eram feitos de linho branco meio transparente, com um tubinho, podendo ter alças ou mangas curtas. Homens e mulheres usavam, tendo apenas por baixo o calção de sumô. As coroas: no alto e baixo Egito, haviam diferentes modelos de coroas. Com a unificação dos reinos, e início das dinastias, a coroa se tornou a soma das duas. Postiche: sabe aquele cavanhaque egípcio? era feito de madeira ou ouro e usado por nobres. Inclusive a Rainha Hatepsuthusou durante o seu reinado. Chinelo: o Chinelo egípcio é de dedo, amarrado atrás como uma rasterinha. A sola era feita de papiro. Tutankamon tinha 93 pares de sapatos – feito de uma variedade de materiais.

Maquiagem e Acessórios

Kohl: esse delíniador antigo, feito de galena que é um sulfeto de chumbo, ou estibinita era usado para espantar moscas, proteger do “mau olhado” e previnir infecções nos olhos. Essa é inclusive a origem da palavra “álcool”. A rainha Hatepsuth também usava, combinando inclusive com essências. Um dos pioneiros do islamismo, Ibn Abi Shayba desenvolveu instruções para aplicação do Kohl nos olhos. Em várias hadiths se cita que o profeta utilizava nos próprios olhos e também recomendava o uso antes de ir dormir. Cabelos e unhas com hena, lábios pintados com ocre, sombra verde ou vermelha de pedra malaquita, tanto homens quanto mulheres usavam maquiagem no Egito Antigo. Voltando no assunto cabelos, além da hena, eles tinham o costume de usar perucas. Perucas pelo menos até os ombros para as mulheres, e quando tinha algum evento, perucas de cabelo enrolado. Homens tinham cabelos curtos, sem barba e bigode, e as mulheres para atender ao padrãozinho da época também tinham cabelos além dos ombros. Os sacerdotes não tinham cabelo, fazia parte dos rituais a depilação completa. Até hoje egípcio não gosta de pelo…. mulheres depilam tudo na cêra! Inclusive os braços.

O véu e o Egito Contemporâneo

“O véu e o sistema de harém foram acordos sociais conectados com com posição social, não relacionado com o Islam”

Margot Badran 1986, Introduction to Huda S.Harem Years

As roupas das mulheres egípcias podem ser divididas em duas classes: as tradicionais e as modernas. Ambos os estilos estão em constante transformação e são contemporâneos. Mas o primeiro, são os vestidos cobertos, com modéstia e roupas mais tradicionais, e o segundo roupas mais modernas e ocidentalizadas.

A segunda religião mais popular do Egito (Em torno de 15%)- Catolicismo Copta, também tem trajes cobertos como as burcas. Na última Páscoa, um padre Copta se envolveu em uma polêmica chamando atenção para as mulheres não mostrarem tanta pele em cultos. Existe um movimento chamado “Princesas do Rei” na igreja copta, que sugere que as meninas usem vestidos compridos e de mangas longas – inclusive no verão. É interessante perceber que alguns princípios que seriam vistos por nós brasileiras como “fundamentalistas” são apenas expressões sociais. Uma mulher mais velha, considera muito elegante usar um vestido longo e preto, o lenço cobrindo rostos e cabelo, um estilo tem um significado social diferente do que teria no Brasil. Existem pessoas que optam pelo véu por motivos religiosos, mas também existe fatores sociais que favorecem bastante essa opção. A cultura tem um papel mais decisivo do que a religião em si.

Leia também: Custo de vida no Egito

Roupas e Costumes Tradicionais

Aqui ainda é muito comum encontrar mulheres usando Niqab, hijab e véu. Em cidades do interior, zonas mais rurais, as roupas tradicionais são mais comuns tanto para homens quanto mulheres. A cor preta é um acordo social de que deve ser usada tanto quando uma mulher está enlutada. Tenho uma amiga que perdeu o marido, e faz 3 anos que ela só usa preto. Ela é cristã. As casadas no interior também usam preto para se distinguir e por modéstia. Para ir na praia, cristãs e muçulmanas vão usar o burquini ou leggings e camisetão.

Roupas e Costumes Modernos

Mesmo assim, existem muitas boutiques libanesas com roupas que ao mesmo tempo são modernas e modestas. Detalhes mais “street” e valas são encontrados nessas lojas. Estampas de marcas famosas, e muita roupa falsificada. Bastante roupa de “chiffon” e importada da china, são mais comuns aqui. Para estrangeiras, e em lugares mais turísticos você encontrará pessoas vestindo um estilo mais ocidental. Mas esse não é o retrato do Egito, e sim da harmoniosa convivência entre os diferentes. Colorir os cabelos, jóias e piercings são mais comuns com as egípcias modernas. Agora tatuagem, não é comum – tirando a cruz no pulso que identifica os cristãos. Eles fazem ainda crianças, com 3 anos de idade uma pequena cruz no pulso.

Related posts

Natal em janeiro no Egito

Michelle Bastos

Cairo, a maior cidade da África e do mundo árabe

Evelyn Koch

Documentação para casar no Egito

Amanda

1 comentário

Beatriz Mendes Fevereiro 19, 2020 at 11:52 pm

Olha minha querida, você está de parabéns 👏 Nunca li uma matéria tão respeitosa e culturalmente relativista sobre os muçulmanos árabes nessa página! Bjão!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação