BrasileirasPeloMundo.com
Cursos Pelo Mundo Portugal Profissões Pelo Mundo

Validação do diploma em Odontologia em Portugal

Validação do diploma em Odontologia em Portugal.

E se você pudesse trabalhar como dentista no Brasil e em Portugal? Já pensou nisso? Eu também pensei! Em 2010 fiz as malas e em 2011 comecei o processo de validação aqui em Portugal.

Sou dentista e consegui, em poucos meses, equivalência em Medicina Dentária (a nossa Odontologia) na Universidade do Porto (UP) e vou falar sobre esse processo para você.

Esse post possui informações sobre o processo e a documentação solicitada pela UP. Geralmente as faculdades seguem um padrão parecido, mas pode existir pequenas diferenças entre uma e outra. Por isso fique atenta a qual universidade pretende entrar com o processo de equivalência.

Como começar
O ideal é começar a se preparar antes da iniciação da abertura do processo na faculdade. Geralmente a Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto (FMDUP) abre o processo de equivalência para estrangeiros em Medicina Dentária nos períodos de abril até setembro.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar em Portugal

Processo
O processo todo tem 3 fases:

1ª fase – Entrega do requerimento de admissão de equivalência ao grau de Mestre em Medicina Dentária com os respectivos documentos em ordem

2ª fase – Prova escrita (deverá ter mais que 10 valores*)

3ª fase –  Apresentação do trabalho de conclusão de curso (deverá ter mais que 10 valores*)

Lembrando que o seguimento da fase depende da aprovação da fase anterior. As avaliações das fases são realizadas pela Comissão de Equivalência Estrangeira da FMDUP.

*No Brasil estamos acostumados aos valores de notas entre 0 e 10. Aqui em Portugal esses valores ficam entre 0 e 20.

Pré-requisitos

  • Prova que concluiu o curso – Documentos solicitados
  • Pontuação total do curso – 300 a 360 ECTS* (Sistema Europeu de Transferência de Créditos)
  • Duração mínima do curso – 10 semestres

* 1 ECTS = 25 a 30 horas do estudante.

Documentos
Abaixo segue a lista de documentos exigidos. Com exceção do formulário e da cópia do passaporte (caso esteja com o original em mãos), todos os outros documentos deverão ter a firma reconhecida em cartório e legalizados pelo sistema de apostila nos termos da Convenção relativa à Supressão da Exigência da Legalização de Atos Públicos Estrangeiros (mais conhecida pela Convenção de Haia)

  • Requerimento de equivalência
    O que irá procurar é o formulário 525 (corresponde a equivalência ao grau de Mestre).

Pode comprar ou imprimir o formulário, ou obtê-lo no ato da inscrição da equivalência. A FMDUP já tem um formulário para preenchimento.

  • Cópia do documento de Identificação ou Passaporte
    Cópia normal e deverá levar também o original. A autenticação do documento é realizada pela própria instituição de destino.
  • Diploma comprovativo da titularidade do grau cuja equivalência é requerida
    Esse é o diploma original do seu curso de graduação.
  • Histórico escolar
    O original do histórico escolar deverá conter a relação das disciplinas que compõem o curso, carga horária de cada disciplina, aprovação, duração do curso em anos (ex. de 2006 a 2010 ou curso iniciado em 2006 com duração de 5 anos), deve ser assinado e carimbado em todas as folhas pela instituição de ensino superior.
  • Documento comprovativo da duração do curso
    Esse documento é emitido pela Instituição de Ensino Superior. Solicitará na faculdade uma declaração assim:
Exmª Srª. ‘Y’ concluiu o curso de graduação em Odontologia realizado na instituição ‘X’ no período ‘w’ a ‘z’ com duração total de 5 anos.

Esse documento só será necessário se no Histórico Escolar não tiver essa informação de forma clara.

  • Programas de todas as disciplinas
    São as ementas disciplinares. Estes programas devem conter, em todas as folhas, o carimbo da Instituição de Ensino Superior e estarem rubricadas pela pessoa responsável (secretária geral). Antes de fazer a validação de Haia, encadernar as ementas disciplinares.
  • Prova de reciprocidade
    Cidadãos oriundos do Brasil estão dispensados.
  • Carta ou Certidão do Conselho Federal ou Regional de Odontologia
    Deverá conter que nada consta em desabono da conduta ética, ou seja, que não existe nenhum processo ético aberto em seu nome no Brasil.
  • Declaração de existência de tratamento recíproco (alínea b) do nº 2 do art. 1º)
    Documento de reciprocidade para que preencha com os dados da sua faculdade e pedir ou para o Reitor ou coordenador do curso ou secretária geral assinar. Caso sua faculdade nunca tenha feito um documento desse, podem seguir esse modelo abaixo em papel timbrado próprio da IES:
À Srª / Ao Sr.
X [a quem for solicitar o documento]
Atendendo à sua solicitação, formalizada mediante requerimento dirigido à [nome da sua faculdade], cumpre-me informar que esta IES se encontra submetida aos atos da natureza legislativa aplicáveis ao ensino superior.
Por conseguinte, a IES está vinculada ao Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta firmado, entre a República Federativa do Brasil e a República Portuguesa, em Porto Seguro, em 22 de abril de 2000, na parte que lhe é aplicável.
Atenciosamente,
[Assinatura da secretária geral (deve ser por extenso) com identificação impressa do seu nome, cargo e o nome da escola]
  • 1 exemplar de dissertação de natureza científica, de um trabalho de projeto ou ainda de um estágio profissional, associado a um relatório final e que pressuponha a realização de um trabalho individual, sem co-autores e que contemple um objetivo/justificação e um desenvolvimento temático. (Este documento deve obedecer ao disposto no art. 30º nº 1 do Decreto-Lei nº 283/83, de 21 de Junho)
    Deverá ser relativo ao grau ou diploma de que é requerida a equivalência. Ou seja, equivalência de Mestre (Mestrado Integrado) deverá ser entregue o trabalho final de graduação em Odontologia.

Lembre que terá que ter a assinatura da banca examinadora. Caso sua banca ou algum membro desta já não esteja presente, é só falar com o coordenador da faculdade e ver os nomes que ele poderá sugerir para compor uma nova, lembrando que o orientador deverá ser preservado. A assinatura que deverá ser reconhecida é a do orientador.

  • Curriculum Vitae
    Lattes ou no padrão europeu.
  • Documento da Universidade de origem com informação sobre a nota de final do curso (Coeficiente Acumulado)
    Essa informação geralmente está no histórico escolar. Caso não conste, solicite na faculdade ou universidade um documento com essa informação específica.
  • Documento comprovativo de conclusão de tese (se realizada)
    Pedir para seu coordenador de curso assinar uma carta cujo o conteúdo deverá conter os dados da sua dissertação, com a nota que teve, o nome do seu orientador. Para pedir este documento, é só solicitar à secretária do curso que necessita de um documento que comprove que fez a defesa de tese do curso.

Pagamento
80% na apresentação do requerimento de admissão – 376€
20% no ato de apresentação do requerimento para obtenção da certidão e diploma – 94€ (valores baseados no ano de 2016)

Curiosidades
A FMDUP é uma instituição de prestígio a nível nacional e internacional e segue o modelo Bolonha.

Antigamente era a Escola Superior de Medicina Dentária, foi fundada no 2º semestre de 1976 e foi a primeira de Portugal no ensino médico-dentário de nível universitário. A junção com a UP só ocorreu mesmo em 1989.

Curso completo de Medicina Dentária na UP

Caso você queira fazer o curso completo de Odontologia aqui na UP, precisará saber de alguns detalhes.

Existe uma diferença entre o nosso curso e o de Portugal. Nosso curso de Odontologia dura sempre 5 anos.

Aqui funciona diferente. Depende do seu objetivo com o curso. Por isso eles te dão duas opções, uma de 3 anos e outra de 5 anos:

  • 3 anos – os alunos obtêm a licenciatura, ou seja, podem ensinar, participar de pesquisas, mas não podem clinicar nem prescrever.
  • 5 anos – Do 4º ano até o 5º ano, o aluno entra automaticamente no Mestrado Integrado, que é o equivalente ao nosso curso de Odontologia quando somado com a licenciatura.

A propina (nossa mensalidade) dos cursos de graduação para os portugueses custa cerca de 999€/ano. Já para estrangeiros é mais cara, custa 4.000€/ano.

Você poderá solicitar uma redução de até 50% no valor das propinas através do acordo com a CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). Lembre-se, esses valores foram baseados no ano letivo de 2016/2017.

Quer saber com mais detalhes sobre como entrar na faculdade aqui? A Lyria Reis explica direitinho o processo seletivo para entrar em uma faculdade em Portugal. Confira aqui!

Se tiver alguma dúvida, crítica ou sugestão, deixe comentários. Responderei o mais breve possível.

Se gostou do artigo, curta e compartilhe!

Related posts

7 Dicas para fazer compras online em Portugal

Daniele Bacelar

Portugal para vegetarianos

Priscila Maranhão

Como estudar no Ensino Superior em Portugal

Lyria Reis

219 comentários

Catharina Março 14, 2017 at 12:48 pm

Daniela. Bom dia.
Estou planejando ir morar em Porto no segundo semestre com meu namorado e já estava pesquisando como validar o diploma.
No meu caso, sou graduada pela USP e tenho um curso de Especialização em Dentística.
A graduação da USP, quando eu fiz, eram 9 semestres integrais. Acha que o fato de ter um semestre a menos do que é exigido impediria a validação? Além disso, não tinha tcc. Eu tenho uma monografia que apresentei pra ter o título de Especialista. Será que poderia usar esse?
Aguardo sua resposta 🙂

Resposta
Daniele Bacelar Abril 2, 2017 at 2:35 pm

Olá Catharina!

Tudo que falo no post é essencial, inclusive os semestres do curso (10 semestres ou 5 anos) e um trabalho final de curso de GRADUAÇÃO (monografia ou relatório final ou artigo). Se colocar a monografia de uma pós-graduação, seu processo será INDEFERIDO e NÃO poderá abrir novamente um outro pedido naquela instituição. Então, fique atenta para não perder tempo e dinheiro! A minha experiência foi na Universidade do Porto. Pode ser que em outras universidades os pré-requisitos sejam diferentes, mas sinceramente acho difícil.

Para o seu caso em particular, pode tentar fazer o processo de transferência, mas teria que cursar, no mínimo, 1 ano de medicina dentária em uma instituição. Para isso, teria que estar morando aqui em Portugal.

Pesquise bastante, envie emails para as instituições para saber sobre esses pontos específicos.

Sucesso!

Resposta
Adalberto Junho 17, 2017 at 7:02 pm

Olá muito obrigado por ajudar , tenho parentes e amigos na Europa e ficar perto da familia é sempre muito bom ! Poderia me dar uma ajuda ou consultoria para o processo, tenho interesse em faculdade particular pois meu curso foi de 4 anos e não de 5.

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:07 pm

Olá Adalberto!
Envie um email para [email protected].

Aguardarei seu email para conversarmos!

Abraços,
Dani

Resposta
Felipe Junho 25, 2017 at 4:03 pm

O meu caso é o mesmo dela! Qual conselho você me daria? Procuraria outra instituição ou tentar nessa? Fiz o meu em 9 semestres integrais, e também não tive um trabalho de conclusão, mas tenho 2 anos de especialização concluída em implantodontia e uma monografia, durante a graduação fiz vários projetos de pesquisa apresentado em vários congressos pelo Brasil. Isso conta?

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:09 pm

Olá Felipe!

Seu currículo parece ser muito bom!
Envie um email para [email protected].

Aguardarei seu email para conversarmos!

Abraços,
Dani

Resposta
Livia Forster Setembro 7, 2017 at 9:04 pm

Olá Daniele,
Meu caso é parecido com o do Felipe. Minha faculdade foi de 4,5 anos ( quatro anos e meio). Tenho especialização em prótese (2 anos), mestrado (3 anos), doutorado (4 anos) e estou termino o pos-doutorado em outubro (1 ano). Moro em Paris e gostaria de poder trabalhar em consultório aqui. Vc acha que vale a pena, mandar os documentos ?
Obrigada
Livia.

[email protected] Junho 15, 2017 at 1:37 pm

Catharina meu casa é parecido com seu. O que vc conseguiu?

Resposta
Glaucia Setembro 1, 2017 at 5:01 pm

Catharina, qual seu sobrenome? Alguns colegas da USP com o currículo antigo de 9 anos conseguiram a equivalência. Devido a carga horária. Busquei você no facebook, mas não encontrei.
Dani, eu lembro de ti! Kkk Eu estava na UP em 2011 como Intercambio da faculdade e você estava participando de algumas aulas nesse processo de equivalência.
Bom te rever!

Resposta
Daniele Bacelar Setembro 7, 2017 at 12:16 pm

Olá Glaucia!

Já faz uns três anos que o regulamento ficou mais rígido. Hoje deverá ter um mínimo de 4.500 horas distribuídas ao longo de 5 anos. Dureza… Mas sem isso, seu processo será indeferido.

Então, passei nos dois processos, transferência e equivalência estrangeira. Deve ter me visto nas aulas da transferência, que deixei de cursar após obter minha equivalência. Mil desculpas, mas não me recordo de você! Como minha memória é melhor visual, talvez lembre vendo a sua foto. Meu FB é Daniele Bacelar.

Abraços,
Dani.

Resposta
Carolina Março 15, 2017 at 1:12 am

Parabéns! Muito bem estruturado e explicado, tenho certeza de que vai ajudar muita gente!
Estou no aguardo por mais posts seus!

Resposta
Daniele Bacelar Abril 2, 2017 at 2:24 pm

Obrigada Carolina!!

Continue acompanhando o site! Tem sempre muita matéria interessante e curiosidades!

Resposta
Priscilla Queiroz Março 15, 2017 at 4:42 am

Ola! muito esclarecedor! Uma dúvida: a ementa das disciplinas cursadas, com o carimbo e rubrica da secretaria da universidade, deve ter a firma.reconhecida em TODAS as paginas que foram rubricadas? Pergunto isso porque caso nao seja, economizo cerca de 600 reais só com esse reconhecimento de firma! (minha ementa sao 145 paginas). Obrigada! 🙂

Resposta
Daniele Bacelar Abril 2, 2017 at 2:23 pm

Olá Priscilla!

Que bom que gostou! Essa dúvida é bastante normal. Não é necessário reconhecer firma de todas as páginas. Basta reconhecer firma do histórico escolar, pois as ementas são complementos deste. Alívio no bolso, certo!?

Sucesso no seu caminho!

Resposta
Marilene Março 22, 2017 at 2:23 am

Olá,sou Marilene ,adorei o que vc escreveu eu gostaria de revalidar o meu diploma em Portugal ,gostaria de saber em qual faculdade de porto seria melhor para está fazendo a revalidação .

Resposta
Daniele Bacelar Abril 2, 2017 at 2:17 pm

Olá Marilene,
Que bom que gostou do artigo! Eu validei o meu na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto, a qual tenho grande respeito e carinho. Então estou super inclinada a sempre recomendá-la. Mas pode fazer o processo em qualquer outra da sua escolha. É só pesquisar, se planejar, reunir os documentos e mandar ver! Sucesso!

Resposta
Camila Idalgo dos Santos Abril 17, 2017 at 3:00 pm

Daniele, bom dia!
Seus posts são realmente esclarecedores, muito obrigada por dividir isso conosco.
Bom, eu tenho cidadania portuguesa e meu noivo (que é dentista), entrará no meu visto quando nos casarmos e formos para Portugal, em meados de Maio do ano que vem.
Você saberia nos dizer se o fato dele estar no meu visto, ajuda em alguma coisa no processo de revalidação ou não tem nada a ver?
Ele só tem a graduação, ou seja, ele precisaria fazer uma especialização aqui ou direto em Portugal para validar o seu diploma, é isso? Ou apenas com a graduação ele consegue?
E você também saberia responder se o diploma depois de validado, serve para outros países da U.E?

Desde já, agradeço sua ajuda!
Camila Idalgo

Resposta
Daniele Bacelar Abril 25, 2017 at 7:00 pm

Olá Camila!

Que bom que gostou dos posts! Fico muito feliz em ajudar!

Vamos lá!

“Você saberia nos dizer se o fato dele estar no meu visto, ajuda em alguma coisa no processo de revalidação ou não tem nada a ver?” A parte do visto, só será importante na inscrição da OMD (nosso CFO) e quando quiser começar a trabalhar.

“Ele só tem a graduação, ou seja, ele precisaria fazer uma especialização aqui ou direto em Portugal para validar o seu diploma, é isso? Ou apenas com a graduação ele consegue?” A equivalência é do processo da graduação. Toda pós-graduação não interfere no processo. O importante é ter os pré-requisitos necessários.

“o diploma depois de validado, serve para outros países da U.E?” Como estamos falando do processo de equivalência estrangeira, só após 3 anos com inscrição ativa na OMD, pode-se migrar para atuar como dentista em outros países da UE.

Sucesso!

Resposta
PHELIPE MARKE MORGADO Agosto 29, 2017 at 11:34 pm

Depois desses 3 anos pode-se atuar normalmente como CD em qualquer país da UE?

Resposta
Erika Franco Abril 17, 2017 at 8:47 pm

Daniele meus parabéns pelo artigo! ajudou bastante!
Mas tenho uma dúvida. Acabei de enviar um e-mail para eles porque na minha graduação de 5 anos em 2001 não houve TCC (não era obrigatório naquela época). Perguntei para eles se posso apresentar alguns da minha pós.
Já vi agora que você disse que normalmente eles colocam como indeferido. Existem outras saídas para esse impasse?

Resposta
Daniele Bacelar Abril 25, 2017 at 6:49 pm

Olá Erika!

O TCC da graduação é um ítem importante. Se você não tem TCC, nem um artigo ou relatório clínico final de curso, poderá fazer inscrição na transferência estrangeira. Caso seja selecionada, cursará pelo menos um ano com as disciplinas escolhidas pela faculdade (incluindo um TCC).

Sucesso!

Resposta
Leonardo Agosto 12, 2017 at 9:03 pm

Ei Daniele, como funciona a transferência estrangeira?

Resposta
Daniele Bacelar Agosto 20, 2017 at 6:47 pm

Olá Leonardo!
Na transferência estrangeira, a universidade escolhida por você, faz a equiparação das disciplinas da sua graduação com a grade curricular deles. Depois selecionam matérias que deverá cumprir. As matérias selecionadas serão cursadas em pelo menos um ano.
Depois de terminar o período determinado pela universidade, obterá seu título de conclusão de curso.

Abraços,
Dani.

Resposta
Fabiana Moreira Abril 18, 2017 at 12:17 pm

Olá, Daniele!
Parabéns pelos artigos, são de grande ajuda para nós que acompanhamos aqui do Brasil!
Eu e meu marido estamos pensando em morar em Portugal e gostaria de melhores informações em relação a validação de Diploma.
Nossa graduação foi de 8 semestres, cada um tem 2 especializações, mas não tivemos tcc ao final da graduação, somente das especializações. Inclusive, pelo que pesquisei, a maioria das faculdades no Brasil são de 8 à 9 semestres. Isso é um impedimento para conseguir a validação, né?
Se nós fizéssemos um Mestrado aí nos ajudaria nessa validação?
Como está o mercado de trabalho para dentistas?
Desculpe o interrogatório. rs
Obrigada!

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:11 pm

Olá Fabiana!

Envie um email para [email protected].

Aguardarei seu email para conversarmos!

Abraços,
Dani

Resposta
Leticia Abril 21, 2017 at 10:24 pm

Boa Noite!! Estava bem perdida e adorei sua explicação. Para revalidar o diploma tem que ser presencial ou pode ser via correio? obrigada

Resposta
Daniele Bacelar Abril 25, 2017 at 6:29 pm

Olá Letícia!

O primeiro passo é a entrega de documentos. Esses poderão ser entregues com uma procuração. Pelos correios eles não aceitam, pois é necessário a assinatura de um representante. As provas e apresentação do TCC só mesmo presencial.

Sucesso!

Resposta
Felipe Abril 22, 2017 at 9:57 pm

Olá Daniele, primeiramente parabéns pelo seu post, completo e direto.
Tenho uma dúvida, um dos pré-requisitos é que se tenha no mínimo 300 ECTs que equivalem (pelo que pesquisei 1 ECT em Portugal são 28 horas-aula) à 8400 horas, porém nunca vi um curso de Odontologia no Brasil com essa quantidade tão grande de horas-aula. Por curiosidade fui pesquisar a faculdade que você cursou (desculpe a intromissão hehe) e pude ver que na grade atual dele se tem uma carga horária total de 4.470 horas.

Entendi alguma coisa errada ou é necessário esse número tão alto de horas-aula?

Resposta
Daniele Bacelar Abril 28, 2017 at 3:26 pm

Olá Felipe!

Fique tranquilo! Pesquisar sempre é bom! Meu curso no Brasil teve um total de 5.054h. O curso daqui tem aproximadamente 4.500h.
Essa conversão de ECTS para horas foi feita baseada no padrão europeu (que poderá variar de 25 a 30h, a depender da instituição). Se verificar no link que coloquei vinculado ao ECTS tem essa explicação. Um semestre completo equivale a 30 ECTS, basicamente. Depois dê uma olhada no link para ficar mais claro.

O curso de odontologia tem que ter, no mínimo, 4.500h em 10 semestres para ser solicitada a equivalência estrangeira.

Espero ter esclarecido sua dúvida!

Resposta
Joao Carlos Abril 23, 2017 at 6:31 pm

Ola Daniele, sou Português /Brasileiro , tenho família que mora no Brasil e em Portugal. Me formei no Brasil na Usp em 1997 ( eram 12 semestres na minha época) . Estou pretendendo agora voltar a Portugal . Pesquisei inclusive aqui no consulado português de Sp e nunca tive certeza da situacao: Ha alguma possibilidade diferenciada para Português validar seu diploma de graduacao no Brasil em Portugal? Como pretendo voltar gostaria de continuar trabalhando com odontologia. Ao ler seu post fiquei na duvida de como proceder , se deve-se cursar novamente alguns ou todos semestres ou apenas apresentar documentação e grade curricular. Contudo a minha questão maior reside no fato de eu ser cidadão Português se isso pode ajudar ou atrapalhar .
Oque me interessou tb no seu post foi a cidade de Porto , meu destino certo ….
grato

Resposta
Daniele Bacelar Abril 25, 2017 at 6:24 pm

Olá João!

Vamos lá!

“Ha alguma possibilidade diferenciada para Português validar seu diploma de graduacao no Brasil em Portugal?”
Não há diferenciação. Independente da sua nacionalidade, o que interessa é que sua faculdade foi feita fora de Portugal e da UE. Assim, é necessário fazer a equivalência da grade curricular da faculdade estrangeira para a faculdade pretendida em Portugal.

“… Deve-se cursar novamente alguns ou todos semestres ou apenas apresentar documentação e grade curricular.”
Para validação do diploma em Portugal existem dois processos: o de equivalência estrangeira (só apresentar a documentação solicitada, fazer provas e apresentar a tese) e de transferência estrangeira (apresentar a documentação solicitada (incluindo o cartão de vacinação) e se for selecionado, cursará algumas disciplinas selecionadas pela faculdade). Todos os semestres você só fará se decidir fazer o curso de medicina dentária novamente.

“… Ser cidadão Português se isso pode ajudar ou atrapalhar.”
Para o processo de equivalência não ajuda e nem atrapalha. Para o processo de transferência ajuda no valor pago anual. E também é excelente para a inscrição na OMD (nosso CFO).

“cidade de Porto , meu destino certo”
Porto é uma cidade linda, tranquila e encantadora!

Sucesso!

Resposta
Gabriel Noro Abril 24, 2017 at 5:45 pm

Olá Daniele, muito bom o post! Gostaria de saber se para quem tem dupla cidadania portuguesa, tornam as coisas um pouco mais fáceis? ou nada a ver?

Resposta
Daniele Bacelar Abril 25, 2017 at 6:02 pm

Olá Gabriel!

Para esse processo não tem influência, pois a equivalência é sobre seu curso realizado fora de Portugal. Mas ela irá contar muito na sua inscrição na OMD (nosso CFO).

Sucesso!

Resposta
Rodrigo Gallo Abril 25, 2017 at 11:02 am

Super explicativo! Parabéns!!!! Gostaria de tirar uma dúvida, pois ouvi dizer que mesmo sendo aprovado pela faculdade, o Conselho odontologico de Portugal está dificultando a liberação do registro para que vc possa iniciar o atendimento! É verdade???

Resposta
Daniele Bacelar Abril 25, 2017 at 5:59 pm

Olá Rodrigo!

Que bom que gostou do post! Não é verdade. O que eles exigem é que a documentação solicitada por eles esteja toda correta. Mas Fique tranquilo, a faculdade concedendo a sua equivalência, a OMD (nosso CFO) não terá motivos para negar. Exceto no caso de faculdades “duvidosas”. Eles (OMD) solicitam um prazo de 60 dias úteis para a analise do processo. Mas o Primeiro passo é conseguir a equivalência.

Sucesso!!

Resposta
Iuri Abril 26, 2017 at 1:11 am

Oi Daniele!

Parabéns pela iniciativa do site bem interessante a abordagem do tema!
Tenho uma dúvida, na faculdade em que formei eram 9 semestre, estou pensando em tentar o mestrado em Portugal fazendo o mestrado na faculdade do Porto mesmo assim teria que cursar mais um ano de disciplinas especificas para fazer a validação do diploma?

Desde já obrigado

Resposta
Daniele Bacelar Abril 28, 2017 at 3:49 pm

Olá Iuri!

Que bacana! Desejo tudo de bom nessa sua nova caminhada!

Bem, quanto a sua pergunta, a equivalência que você irá solicitar é para a graduação. Depois do Tratado de Bolonha, o curso de medicina dentária (odontologia) foi fragmentado. 3 anos de licenciatura e mais 2 de mestrado integrado. Você poderá solicitar a equivalência da licenciatura, mas não poderá nem clinicar nem prescrever.

O processo de transferência estrangeira foi removido da FMDUP. Neste processo, você cursaria mais um ano de disciplinas que a faculdade selecionasse. Mas como fará mestrado, pode ver se consegue validar o seu processo através dele. Conheço pessoas que conseguiram, mas todas são de medicina.

Sucesso em seu percurso!

Resposta
Liana Costa Novembro 27, 2017 at 4:12 pm

Boa tarde Daniele, Li o artigo e os comentários, muito boa todas as informações. Mas com esse comentário fiquei com uma dúvida. Não tem como fazer a validação do diploma através da transferência estrangeira na FMDUP? Desde já agradeço a atenção.

Resposta
Georgia Abril 26, 2017 at 1:45 am

Olá Daniele, realmente excelente o seu post! Gostaria de saber se existe uma previsão de tempo entre a entrega de documentos e realização da prova? Você precisa estar residindo em Portugal ou pode ir pra fazer o processo e retornar ao Brasil para esperar a definição da equivalência?

Resposta
Daniele Bacelar Abril 28, 2017 at 3:53 pm

Olá Georgia!

Não há uma previsão fixa. Como o processo abre em abril e encerra em setembro, qualquer data depois do encerramento poderá ser feita a convocação.

Não há necessidade de residir em Portugal durante esse processo, mas é importante ter um representante que residisse aqui. Aí você só retornaria a Portugal para realizar as provas e apresentação da tese.

Abraços

Resposta
Renan Farneze Abril 26, 2017 at 3:01 pm

Olá Daniele!
Muito bom o post. Acredito que seja o único tão bem explicado dentre tudo que eu busquei e já li sobre o assunto. Parabéns!
Minha esposa é dentista com especialização em ortodontia sem tcc na graduação. Pelo que eu entendi ela teria que cursar um ano e fazer um tcc, estou correto? Minha dúvida principal fica por conta da especialização. O que ela Teria que fazer para conseguir a aquivalencia da especialização? Pelo fato dela ter cidadania portuguesa ela conseguiria pagar os valores de mensalidade cobrados para cidadão português? Caso sim, qual seria esse valor?
Muito obrigado e sucesso!!

Resposta
Daniele Bacelar Abril 28, 2017 at 4:01 pm

Olá Renan!

Que bom que gostou! Fico muito feliz em ajudar!

“Pelo que eu entendi ela teria que cursar um ano e fazer um tcc, estou correto?” Pensamento corretíssimo.

“O que ela Teria que fazer para conseguir a aquivalencia da especialização?” A equivalência da especialização é solicitada diretamente na Ordem dos Médicos Dentistas (nosso Conselho de Odontologia). Isso só será possível depois de concedida a equivalência.

“Pelo fato dela ter cidadania portuguesa ela conseguiria pagar os valores de mensalidade cobrados para cidadão português? Caso sim, qual seria esse valor?” Como ela tem cidadania, poderá pagar as propinas iguais aos alunos daqui (nossa mensalidade), pois ela é cidadã portuguesa. O valor depende da instituição que escolher. Por exemplo, na UP fica 999€ o ano, já na Fernando Pessoa fica 650€ o mês.

Abraços e sucesso!

Resposta
Isadora Cordeiro Abril 26, 2017 at 11:19 pm

Boa noite,Daniele! Adorei seu post, muito esclarecedor. Sou formada pela UNIFOR ( Universidade de Fortaleza) desde 2003.2. Hj, tô fazendo residência em Ortodontia, termino no final desse ano(2017) E queria aproveitar esse ano pra me informar e ir atrás da documentação necessária.Eu tenho duas perguntinhas rs. Como faz tempo eu não tenho mais meu TCC, mas apresentei. Vc sabe como consigo rever? Ou não?! Outra é em relação a prova, eles têm algum edital? Vc tem algum e-mail? Tenho uma prima morando em Aveiro e outra em processo de mudança mas nenhuma fez odonto e não sabem sobre a validação . Grata

Resposta
Daniele Bacelar Abril 28, 2017 at 4:12 pm

Olá Isadora!

Parabéns pela residência!

“Como faz tempo eu não tenho mais meu TCC, mas apresentei. Vc sabe como consigo rever?” Bem, isso você terá que ver diretamente com sua faculdade. Pode solicitar uma segunda via. O melhor é ligar para se informar sobre seu processo, pois cada faculdade tem uma logística. No meu caso, eu reimprimi a minha e falei diretamente com o coordenador da faculdade. Ele providenciou que o documento fosse assinado da forma adequada.

“Outra é em relação a prova, eles têm algum edital?” A prova abrange todos os assuntos da faculdade. A equipe que faz a prova, pode tender mais para uma especialidade. Mas de modo geral, o assunto da prova é o conteúdo completo do curso (conhecimentos gerais e específicos).

Tenho email sim. Vou te enviar um email. Se não estiver na caixa de entrada, verifique nos spams!

Abraços

Resposta
dilmeire Abril 27, 2017 at 4:28 am

Dani bom dia, esta sendo ótimo ler seus comentários, as suas postagens, chegou no momento certo! Tenho muitas duvida, me perdoe, pelo excesso, mas vou aproveitar a oportunidade e fazer todas as perguntas, tá?
Antes de mais nada… parabéns pela iniciativa..
Gostaria de saber se:
1. o dentista em Portugal é bem remunerado?
2. Portugal realmente esta precisando de brasileiro?
3. Portugal esta precisando de protético?
4. O site de Net que faz anúncios de empregos, posta varias clinicas solicitando dentistas para trabalhar, vc sabe se realmente existe essa demanda de empregos para dentista?
5. como são os cursos de especialização em nossa área ai, ja que a odontologia é uma especialização da medicina?
6. vc acha interessante eu fazer uma especialização de implante ou qquer outra, em Portugal ou no Brasil, ja que pretendo morar e trabalhar ai?
7. de acordo com sua experiência atual, o que vc percebe dentro do nosso universo profissional esta faltando em Portugal?
8. eu tenho um filho de 11 anos. É verdade que as mães que chegam com criança, recebe uma ajuda de custo de 440 euros, ate que seja inserida no mercado de trabalhar?
9. crianças com habilidades esportivas, tem alguma atenção especial nas escolas?
10.podemos fazer concursos públicos ai?
11. É verdade que ate 2018, sai um decreto permitindo que todo cidadão nascido em país Lusófono , vai poder morar em Portugal ou outros?
Receba o mais amigo dos abraços
Dil

Resposta
Daniele Bacelar Abril 28, 2017 at 4:28 pm

Olá Dilmeire!

Na realidade você quer uma consultoria! 😀

Vamos fazer o seguinte, responderei suas perguntas de forma clara e objetiva. Isso já vai te dar uma luz!

Vamos lá!

1. o dentista em Portugal é bem remunerado? Depende
2. Portugal realmente esta precisando de brasileiro? Depende do lugar.
3. Portugal esta precisando de protético? Depende do lugar.
4. O site de Net que faz anúncios de empregos, posta varias clinicas solicitando dentistas para trabalhar, vc sabe se realmente existe essa demanda de empregos para dentista? Partindo do princípio que existe anúncios, existem vagas também. Não é propaganda enganosa.
5. como são os cursos de especialização em nossa área ai, ja que a odontologia é uma especialização da medicina? Na realidade, medicina dentária é um curso independente do curso de medicina. Assim, não é uma especialização. Os cursos aqui são mais teóricos. O número de atendimentos realizados em pacientes é bem menor que no Brasil.
6. vc acha interessante eu fazer uma especialização de implante ou qquer outra, em Portugal ou no Brasil, ja que pretendo morar e trabalhar ai? Isso é uma questão bem pessoal. Avalie seus interesses, pesquise os cursos, compare e decida!
7. de acordo com sua experiência atual, o que vc percebe dentro do nosso universo profissional esta faltando em Portugal? Como no Brasil, aqui tem profissionais de excelência e amadores. Em termos científicos, somos bem parecidos.
8. eu tenho um filho de 11 anos. É verdade que as mães que chegam com criança, recebe uma ajuda de custo de 440 euros, ate que seja inserida no mercado de trabalhar? Essa regra funciona apenas para cidadãos portugueses.
9. crianças com habilidades esportivas, tem alguma atenção especial nas escolas? Depende da habilidade e da escola.
10.podemos fazer concursos públicos ai? Só cidadãos portugueses poderão realizar concursos para cargos públicos.
11. É verdade que ate 2018, sai um decreto permitindo que todo cidadão nascido em país Lusófono , vai poder morar em Portugal ou outros? É verdade que tem uma lei que ainda não foi aprovada sobre o assunto. Não sei se em 2018 já estará outorgada. É uma questão para esperar.

Espero ter esclarecido alguns pontos para você.

Abraços

Resposta
dilmeire Maio 8, 2017 at 11:51 pm

Boa noite querida Daniele, vc é absolutamente gentil! Obrigada por responder-me. Serei eternamente grata por sua gentileza! Precisando de alguma coisa no RJ/Ipanema, conte comigo! Dil

Resposta
jorge câmara Outubro 20, 2017 at 3:51 pm

Boa tarde, ja vi pessoas solicitas mas você está mais que de parabéns Daniele.

So um esclarecimento quanto ao ponto 10 da questão colocada, brasileiros podem sim prestar concurso público aqui em PT mas para isso tem que gozarem dos benefícios do Estatuto de Igualdade, que, cumprido alguns requisitos próprios, deverá ser requerido junto ao SEF e dá aos brasileiros tratamento reciproco aos dos nacionais portugueses(com algumas reservas como candidaturas a presidência).

Assunto que vale até um post nesse belo site!

Parabéns

Resposta
Daniele Bacelar Novembro 4, 2017 at 12:33 pm

Olá Jorge!

Você está certíssimo! Por isso falei que apenas cidadãos portugueses poderiam gozar desse direito. Esse tema fica um pouco confuso quando dissociamos cidadania de nacionalidade. Eu mesma sou cidadã portuguesa (pelo tratado de Porto Seguro) mas não tenho nacionalidade portuguesa. Meu primeiro artigo foi sobre esse tema!

Obrigada pelas belas palavras!

Abraços,
Dani

Resposta
Vitor Edson Paim Marques Abril 27, 2017 at 7:27 pm

Boa Tarde Daniele.

Meu filho faz Odontologia mas o seu curso tem duração de 4 anos, pois é em período integral. Alguma chance de conseguir validar o diploma em Portugal?

Muito Obrigado e parabéns pelas explicações.

Resposta
Daniele Bacelar Abril 28, 2017 at 3:33 pm

Olá Vitor!

Na UP não há chances, pois eles fazem questão que a formação do aluno tenha sido em 10 semestres (5 anos). Tanto que pedem um documento específico da faculdade/universidade para comprovar esse período.

No caso do seu filho, o mais viável seria optar pela transferência estrangeira. Nela, ele cursará pelo menos 1 ano de disciplinas selecionadas pela faculdade.

Abraços

Resposta
Ribamar Castro Abril 30, 2017 at 2:13 pm

Dra. Daniele Bacelar, bom dia.
Inicialmente gratidão pela sua dedicação e sua generosidade. Dispor seu tempo, sacrificando família e trabalho para ajudar colegas.

Seu texto é muito bom!!
A principio diante do que lí no seu post tenho algumas perguntas, uma vez que eu conclui meu curso em abril de 1992, na época foram 10 semestres mas com um total de 4700 horas, no meu caso percebi que geraram 300 ECTS, então minhas perguntas são:
1 – Preciso completar a carga horária para dar equivalência no meu diploma?
2- Os cursos de aperfeiçoamento que fiz (quase 2 mil horas) valem para aumentar os ECTS.
3- A prova escrita aborda todas as materias?
4- O Apresentação do trabalho de conclusão de curso – deve ser um outro trabalho ou que fiz na faculdade que me formei?
5- (EXTRA) Diploma validado ajuda ou não no visto de residência?
6- Empreender (comprando uma clinica dentária) ajuda no visto de residência?
7- A faculdades de odontologia de Portugal diferem no processo de equivalência? (mais difícil, menos difícil)

Desculpe as muitas perguntas…. rsrs
Grato desde já!

Ribamar Castro

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:13 pm

Olá Ribamar!

Sem problemas, questionar é super normal!

Envie um email para [email protected].

Aguardarei seu email para conversarmos!

Abraços,
Dani

Resposta
Ribamar Castro Abril 30, 2017 at 2:15 pm

Corrigindo o texto: Não geraram os 300 ECTS.

Resposta
Marli Abril 30, 2017 at 10:51 pm

Olá Daniela Boa noite meu nome é Marli Marçal, sou estudante de odontologia no Brasil e meu curso tem duração de 4 anos , no caso eu teria que fazer mais um ano aí? antes de tentar a validação ou será que poderia tentar a validação em outras universidades aí ?? Gostaria também de saber sobre a prova como é? Se é difícil de conseguir essa validação ? Aguardo resposta e gostaria de saber também se posso te adicionar em alguma rede social ?! Muito obrigada . Boa noite !.

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:18 pm

Olá Marli!

No seu caso, teria que cursar pelo menos um ano em uma Universidade particular. Com isso, as únicas provas que faria seriam as correspondentes do ano letivo.

Podemos conversar mais por email! Envie um email para [email protected].

Aguardarei seu email para conversarmos!

Abraços,
Dani

Resposta
Denise Rosa dos Santos Maio 1, 2017 at 3:31 pm

Ola Daniele , tudo bem?
Obrigada pelas sua dicas aqui, muito úteis.
Estou me preparando para o processo de equivalência do meu diploma, mas ja vi que no meu caso vou ter que cursar um ou dois anos para completar carga horaria e finalizar TCC.
Vc sabe me informar se esse complemento é em horario integral? ou cursamos alguns dias?
Vc ja viu algum caso assim? O valor da propina é o mesmo dos cursos normais?
Desde ja agradeço
Abraços

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:28 pm

Olá Denise!

Em relação a sua carga horária na Universidade, dependeria das matérias que cursaria. Geralmente essas matérias são durante a noite e alguns dias na semana.

Sim, já ajudei casos assim! Alguns trabalhavam também. Tudo depende do tipo de visto e se tem a documentação necessária em Portugal.

O valor da propina depende das normas de cada instituição. Mas, o que geralmente varia entre 400€ e 650€, tudo depende da quantidade de disciplinas que cursará.

Se quiser mais informações, contacte através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Bruno Maio 2, 2017 at 7:01 pm

Olá Daniele, parabéns pelo post! Um dos poucos na internet tão esclarecedores. Minha dúvida é simples, gostaria de saber um pouco mais sobre a prova de avaliação e como é possível prepara-se para ela. Um abraço!

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:32 pm

Olá Bruno!

A prova é baseada em assuntos desde os básicos até os mais especializados da graduação. É normal ter um artigo científico também. Os assuntos da prova variam, mas tendem a ter mais questões da especialidade da equipe que fez a prova.

Caso queira mais informações, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
bruna costa Maio 3, 2017 at 11:48 am

Olá Daniele Bacelar tudo bem?
Bom meu nome é Bruna, estou no meu último ano de curso, estudo na UNIP de goiânia, minha mãe mora em portugal a 15 anos, e exatamente no porto, e os planos são terminar o curso e ir para portugal.
ai vi esse post seu sobre a validação do diploma, e pretendo validar nessa mesma instituição que a sua já que minha mãe vive ai no porto,estudo na Unip o curso é 4 anos em tempo integral, tem algum problema? pretendo ir ano que vem em meados de junho ai já quero saber de todos os documentos necessários para levar tudo certinho.
Suas explicações são otimas e me ajuda bastante

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:05 pm

Olá Bruna!

Que bacana sua mãe já morar aqui! O Porto é uma cidade maravilhosa! Que bom que gostou do post! A intenção é realmente ajudar!

No seu caso, não poderá dar entrada na UP, pois não cumpre os pré-requisitos necessários (5 anos). Mas poderá entrar na UFP (Universidade Fernando Pessoa).

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Renan Farneze Maio 3, 2017 at 2:21 pm

Obrigado pelos esclarecimentos, porém surgiram novas dúvidas. Uma amiga minha que está terminado o reingresso dela na Fernando Pessoa falou que as públicas não estão mais fazendo este processo e que no caso as particulares cobram taxas das creditações que para ela, que não é portuguesa, elevou o valor para mais de 12 mil euros. Saberia alguma coisa a respeito disso? Enviei e-mail para várias faculdades e não tive resposta. Poderia me enviar um e-mail seu, se não for muito abuso, para facilitar o contato para esclarecer essas dúvidas?

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:15 pm

Olá Renan!

As faculdades públicas realizam apenas equivalência estrangeira. Para isso, tem que estar dentro dos pré-requisitos solicitados.

A UFP trabalha apenas com transferência estrangeira. Eles comparam todas as suas disciplinas com as do curso de MD. As que forem iguais, multiplicam cada ECTS (nosso créditos) por 50€ para realizar a equivalência daquela matéria. As que não tiverem no seu currículo escolar, terá que cursar, pelo menos 1 ano. Cada mês poderá variar de 400€ a 650€, tudo depende da quantidade de disciplinas que terá que cursar. Isso dá um bom montante, pois MD tem o total de 360 ECTS. Mas saiba que a UFP é uma excelente Universidade.

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Evelise Maio 5, 2017 at 12:52 am

Oii Daniele, parabéns pelo post e muito obrigada por todas as informações!
Minha dúvida é com relação à inscrição na Ordem dos Médicos Dentistas. Após conseguir a equivalência do diploma, para fazer a inscrição na OMD eu preciso morar, ter residência ou algo do tipo em Portugal? Vi no site da OMD que é preciso ter um domicílio fiscal, não consigo me inscrever sem morar ai tendo só o visto de turista?

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:19 pm

Olá Evelise!

Como o processo demora 90 dias úteis, no máximo, não seria interessante ficar esse tempo todo parada em território português. Durante o processo, pode colocar o nosso endereço como domicílio fiscal.

Contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Denise Rosa Maio 5, 2017 at 6:26 pm

Boa tarde Daniele, obrigada por suas informações, ajudam muito.
Minha carga horaria é inferior a exigida e também não tenho TCC ( não exigiam na época).
Creio que tenho que pedir validação da licenciatura e cursar o mestrado, é isso?
Vc sabe me informar se eu teria que cursar o mestrado em tempo integral?
Obrigada
Abraços

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:21 pm

Olá Denise,

No seu caso, teria que pedir transferência estrangeira. Isso conseguirá em Universidades particulares. Como são apenas algumas disciplinas, não seria tempo integral.

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Anuska Lima Maio 8, 2017 at 3:55 pm

Olá Daniele, tudo bem? Parabéns pelo post e informações. Me formei pela EBMSP também e gostaria de perguntar algumas coisas. Eu e meu noivo nos formamos há 4 anos. Eu sou endodontista, ele bucomaxilo. Ele é português e eu tentarei a cidadania após casarmos. Ele tem toda família paterna em Portugal, dessa forma, estamos pensando em atuar aí.
Vi acima alguém questionando sobre salário, etc, mas não vi sua resposta. Odontologia em Portugal, como está? Em termos de remuneração e qualidade de vida, é possível encontrar?
Nas especialidades, podemos atuar normalmente por aí? ( após a revalidação )
Ao darmos entrada no processo e após aprovação, já podemos atuar? Precisamos cursar alguma disciplina na faculdade?
Caso tenhamos interesse em fazer mestrado/doutorado, temos essa oportunidade após esse processo?
Na área de bucomaxilo, trauma/ortognática, como está o campo por aí?
Chegaremos em Portugal, e aí? Você tem alguma dica para inserção de mercado?
Como é a prova? Onde pegamos o material para estudarmos?

São muitas dúvidas, quando for lembrando mais comento por aqui.
Desde já agradeço as informações.

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:26 pm

Olá Anuska!

Que bacana!! Maravilha!

Em relação a cidadania – a lei acabou de mudar, exige 5 anos de casada. Se for esse seu caso, maravilha!!

Dê uma lida no meu novo post Dentista Brasileira em Portugal. Tem várias respostas lá!

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Andréa Vilan Maio 28, 2017 at 9:50 pm

Olá Daniele.
Seu post é muito esclarecedor!
Muito obrigada!
Tenho mais uma pergunta….
Meu curso é de 8 semestres.
Depois fiz 2 anos de espacialização.
Em seguida fiz mestrado.
Tanto a especialização quanto o mestrado tem TCC, ambos publicados.
Assim existe a possibilidade de tentar validar meu diploma ou preciso mês é dos 5 anos na graduação?
Um abraço e obrigada novamente.

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:29 pm

Olá Andréa!

Para equivalência estrangeira você precisará dos 5 anos mesmo.

Mas não é o fim do túnel. Pode pedir transferência estrangeira e cursar 1 ano ou mais, só depende das disciplinas que precisar cursar.

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Antonio Ferreira Araújo Junho 4, 2017 at 12:14 am

Boa noite Daniele! minha dúvida é :se eu fizesse uma pós em Portugal precisaria ainda validação de diploma ou com a pós feita em Portugal já estaria automaticamente apto sem precisar de validação da graduação.

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:34 pm

Olá Antônio!

Se fosse alguns anos atrás seria possível sim. Hoje já não é possível fazer isso em MD. Poderia fazer na mesma a pós-graduação em Portugal, mas a monografia apresentada terá que ser da graduação.

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Rafael Junho 4, 2017 at 5:57 am

Olá Daniele, obrigada por seu post, muito esclarecedor. Eu tenho uma dúvida sobre o período de homologação do diploma. Eu sou cidadão português, tenho 5 anos de faculdade, duas especializações e imaginando que eu tenha que voltar pra universidade para complementar meus estudos, é possível trabalhar como ACD durante esse período? Você saberia me dizer se seria possivel conciliar um trabalho com as matérias restantes na universidade? Obrigada pela atenção.

Resposta
Luciana Março 22, 2018 at 3:10 am

Oi Rafael! Me interessei pela sua pergunta.. obteve resposta? Tem como trabalhar como auxiliar?

Resposta
Giordana Junho 4, 2017 at 6:57 pm

Olá, eu estou no ultimo ano do Ensino Médio e pretendo cursar Odontologia, porém não consigo achar nenhuma faculdade portuguesa que ofereça esse curso (não sei se é porque não tem mesmo ou se não procurei direito), minha opção atualmente é fazer toda a faculdade aqui no Brasil e depois ir trabalhar em Portugal. Eu li o post, mas não entendi direito. Tu fez toda a faculdade no Brasil e só foi pra Portugal pra trabalhar e fazer a especialização ou tu terminou e faculdade em si em Portugal? Muito obrigada!!

Resposta
Augusto Reis Junho 5, 2017 at 11:25 am

Olá Daniela, parabéns pelo post.
Tenho um amigo q mora no Porto faz 10 meses. Tb quero me mudar para Portugal com minha família. Ele me disse q a Universidade Fernando Pessoa faz a revalidação em 1 ano. A minha pergunta é: o menor tempo em q a universidade do Porto faz esse processo é entre 3 e 5 anos?
Sou formado pela UFPA há 14 ano, com especialização em dentistica e protozoária ambas pela UFPA.

Resposta
Augusto Reis Junho 5, 2017 at 11:46 am

Mais uma pergunta. O meu amigo q está em Portugal estudando pra fazer a revalidação diz q com 2000 euros se vive confortavelmente e com uma qualidade de vida sem comparação à do Brasil. Tendo saúde pública de qualidade e escola pública tb de qualidade para os filhos, issso sem falar da segurança. Minha pergunta é: um dentista recém formado, que será o meu caso após a revalidação do diploma consegue essa remuneração em Portugal?

Resposta
Decliene Araújo de Brito Junho 8, 2017 at 9:04 pm

Oi Daniela,Boa noite!
Parabéns pelo seu texto,muito esclarecedor!!
Tenho 23 anos de formada e o meu curso totalizou 9 semestres,nesse caso,não posso solicitar a equivalência curricular,né isso?Gostaria de saber se no meu caso eu tenho que pedir transferência estrangeira? Gostaria de saber como proceder caso seja essa a forma de conseguir minha equivalência!
Desde já agradeço a sua atenção e disposição para nos esclarecer as dúvidas!
Muito obrigada!

Resposta
Ivan Rafael Calabrio Junho 12, 2017 at 10:05 pm

Boa noite, me chamo Rafael e sou graduado pela UFRJ no Rio, fiz a especialização e mestrado acadêmico. Sou italiano e brasileiro, porém não sei se o meu processo de revalidação é muito diferente do seu. Nunca tive vontade de sair da minha “confort zone” do Brasil, mas de uns tempos pra cá, tenho tido muitos receios, ainda mais por morar no RJ. Gostaria de saber sobre o processo e a sua opinião pessoal sobre a Universidade de Coimbra e a do Porto, onde você estudou.
Adorei o seu Blog

Att,
IC

Resposta
Paulo Leandro Pestana Junho 15, 2017 at 1:48 pm

Daniele, Bom dia!

Sou graduado pela UNIME em Lauro de Freitas (2007.1) e especialista em Ortodontia e ortopedia funcional dos maxilares. Tenho todos os pré requisitos para o requerimento e ainda resido no Brasil.

Tenho duas dúvidas, a primeira é que estou fazendo o processo de nacionalidade pois sou filho de português e gostaria de saber se isso ajuda em algo esta equivalência, tipo menor valor a pagar ou algo do tipo?!

A segunda dúvida se refere a atuação do profissional após reconhecimento do curso em Portugal. É possível trabalhar em outros países como Itália, Reino Unido, França ou Espanha???

Agradeço o espaço e a ajuda!

Resposta
Adalberto Junho 21, 2017 at 12:51 am

Olá , não sei se vai ler esse post , pois já faz tempo que escreveu o mesmo .

Gostaria de estar lhe contratando para me ajudar com a papelada para dar entrada em processo, tenho pais que querem se mudar a todo custo para Portugal e lendo esse post me incentivou a realizar esse sonho.

Caso não tenha tempo , poderia me indicar uma pessoa para me orientar e também ser procurador para o processo !

Obrigado

Resposta
cristina alejandra de vasconcelos gomez Junho 21, 2017 at 6:46 pm

Boa tarde, meu nome é Cristina de Vasconcelos, eu sou um dentista na Venezuela por 4 anos, eu gostaria de fazer minha especialização em endodocia, e eu gostaria de saber se, depois de terminar minha especialização pode trabalhar em qualquer lugar em Portugal, ou necessário fazer meu título de equivalência.

Obrigado por escrever este muito explícito

Resposta
GRAZIELA BEZERRA DE MARTIN Junho 26, 2017 at 3:02 am

Boa noite Daniele!

Obrigada pelo post esclarecedor, ajudou bastante! Pode me tirar duas dúvidas?
Uma é a respeito do seguinte documento: “1 exemplar de dissertação de natureza científica, de um trabalho de projeto ou ainda de um estágio profissional, associado a um relatório final e que pressuponha a realização de um trabalho individual, sem co-autores e que contemple um objetivo/justificação e um desenvolvimento temático”. Isso seria o próprio tcc?

A outra dúvida é sobre a carga horaria. Estudo na UFES e a carga horária minima do curso ao final dos 10 semestres é de 4.545h, porém meu namorado que se formou ha 3 anos atras e pegou uma grade diferente da minha, terminou o curso com a carga horaria de 4.455hao final dos 10 semestres. O processo dele seria indeferido?

Obrigada pela ajuda!

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:11 pm

Olá Graziela!

1ª dúvida – Sim, pode ser o TCC ou um relatório disciplinar de conclusão de curso ou um artigo científico que seja o único autor. Todos deverão ter o mesmo objetivo, conclusão do curso de graduação para obtenção do título de CD.

2ª dúvida – A carga horária mínima é de 4.500 horas. Essa semana terei uma reunião com o pessoal de lá e verifico essa informação para você.

Contacte-me através do email [email protected] me lembrando do feedback.

Abraços,
Dani

Resposta
Milena Junho 27, 2017 at 12:12 pm

Daniele, bom dia!

Pode me explicar como funciona essa convenção de Haia? Estou preparando a documentação para validar meu
Diploma de odontologia. Onde e como faço isso? Tenho já o histórico e o documento detalhado com a duração do curso, já reconhecido no cartório… falta só o apostilamento e entender o q é essa convenção de Haia…
agradeço por enquanto
Milena

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 5:01 pm

Olá Milena!

A convenção de Haia veio para melhorar as coisas e facilitar todo o processo. Antes dela, teria que reconhecer firma de assinatura, legalizar seu diploma no Ministério da Justiça e Itamarati, depois ir para o consulado de Portugal ou do respectivo país que desejasse ir para validar o documento em território Português ou outro país que escolhesse. Agora tudo ficou mais simples, menos burocrático! Com o apostilamento de Haia, uni-se a etapa da legalização do Itamarati com a validação do consulado. Muito mais rápido!

E você vai apostilar todos os documentos necessários para o seu visto/estudo.

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Rafael Junho 27, 2017 at 4:21 pm

Boa tarde Daniele!

Parabéns pelo post.
Sou formado em odonto e gostaria de validar meu diploma em Portugal. Tenho um tio que tem clínica lá desde a década de 90 e talvez trabalhe na clínica dele.

Sabe como funciona pela UFP- Universidade Fernando Pessoa?

Obrigado pela atenção

Rafael Pelosi

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:52 pm

Olá Rafael!

Super bacana isso!!

A UFP trabalha apenas com transferência estrangeira. Eles comparam todas as suas disciplinas com as do curso de MD. As que forem iguais, multiplicam cada ECTS (nosso créditos) por 50€ para realizar a equivalência daquela matéria. As que não tiverem no seu currículo escolar, terá que cursar, pelo menos 1 ano. Cada mês poderá variar de 400€ a 650€, tudo depende da quantidade de disciplinas que terá que cursar. Isso dá um bom montante, pois MD tem o total de 360 ECTS. Mas saiba que a UFP é uma excelente Universidade.

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Rafaela Sá Junho 28, 2017 at 2:16 pm

Olá Danile , ótimo texto muito esclarecedor!
No meu caso eu tenho mestrado e estou terminando meu Doutorado ( odontopediatria) pela FORP-USP, estes títulos são relevantes? Ajudam na equivalência ?

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:46 pm

Olá Rafaela!

Que currículo maravilhoso!

Para você obter a equivalência estrangeira em MD, a documentação necessária é a da graduação. Mas você também precisará entregar o seu currículo, colocando todos os aditivos que tem direito!

Caso queira esclarecer mais alguma dúvida, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Tabitha Bassani Janeiro 16, 2018 at 2:22 pm

Bom dia! Deixa eu colocar uma info extra aqui, sobre o mestrado/ doutorado.
Existem apenas 5 universidades brasileiras de onde eles aceitam fazer a equivalência direta de mestre/ doutor, sem delongar o processo ( em até 3 meses) . São as Universidades com conceito 5 da CAPES. Eu Acredito que a FORP-USP é uma delas.
Só um detalhe: você nao deve ir até à faculdade fazer o processo. Vá diretamente à reitoria da mesma. As documentações são as mesmas que pediriam de sua graduaçao (ementa, diploma, etc.).
No que isso facilitaria: Quando você pede primeiramente o reconhecimento do mestrado, a da graduação é muito mais tranquila.

Resposta
Ceyll Junho 30, 2017 at 9:03 pm

Olá, Daniela! agradeço sua disposição em compartilhar sua experiência conosco. Você sabe me dizer se a universidade divulga o conteúdo a ser cobrado na prova escrita? Obg desde já

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:41 pm

Olá Ceyll!

Existem algumas Universidades que dão a bibliografia utilizada. Isso muda praticamente todo ano.

A prova é baseada em assuntos desde os básicos até os mais especializados da graduação. É normal ter um artigo científico também. Os assuntos da prova variam, mas tendem a ter mais questões da especialidade da equipe que fez a prova.

Caso queira mais informações, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Patrícia Abreu Julho 1, 2017 at 1:52 am

Olá Daniele!
Gratidão por a disponibilizar e nos compartilhar tua experiência.
Sou dentista, formada pela PUCRS, 10 semestres e TCC, em fevereiro 2018 finalizo pós em Orto. Também, me formei em biologia.
Meu namorado tem dupla cidadania italiana. Trabalha na Suíça. Estou em indo em outubro pra Itália. Tenho a intenção em finalizar o curso de Ortodontia e residir na Itália. Pela tua experiência… devo validar meu diploma aí em Portugal ou será que consigo validar na Itália?
Caso você preste consultoria nesta area… gostaria que me passasse informações sobre teu trabalho e valores.
Obrigada!
Abraço

Resposta
Daniel Gameiro Julho 4, 2017 at 2:48 pm

Olá Daniela!
Eu tenho interesse em me mudar para o Porto e gostaria de saber como funciona a prova escrita para a validação do meu diploma em odontologia aí. Vc pode falar como é?
Grato!

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:40 pm

Olá Daniel!

A prova é baseada em assuntos desde os básicos até os mais especializados da graduação. É normal ter um artigo científico também. Os assuntos da prova variam, mas tendem a ter mais questões da especialidade da equipe que fez a prova.

Caso queira mais informações, contacte-me através do email [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Diana Julho 15, 2017 at 6:17 pm

OI!! ótima publicação! bem explicativa. Mas gostaria de saber uma coisa…… na minha faculdade o tcc é elaborado e apresentado em dupla. O seu foi o mesmo caso? se não foi, conhece alguém que tenha experiencia parecida? mandei e-mail para eles e eles estão demorando mito para responder.

obrigada

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:38 pm

Olá Diana,

No meu caso, minha monografia foi só de um autor.
Nunca tive casos em Odontologia que tivessem TCC em dupla, mas já tive algo parecido em Medicina. A diferença é que foi um artigo com vários autores. A pessoa retirou o nome dos outros autores (colegas, colaboradores e orientadores), apresentou e passou.

Mas me envie um email mais detalhado para conversarmos melhor. Meu email é [email protected].

Abraços,
Dani

Resposta
Anne Julho 16, 2017 at 12:10 pm

Olá Daniele, me chamo Anne Caroline, tenho 23 anos e sou cirurgiã dentista formada a 2 anos, moro no Brasil.
Eu gostaria de saber se você poderia me esclarecer algumas dúvidas em relação a revalidação do diploma. Você teria algum e-mail para que eu pudesse entrar em contato ?!
Obrigada
Aguardo resposta

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 4:33 pm

Olá Anne!

Envie um email para [email protected].

Aguardarei seu email para conversarmos!

Abraços,
Dani

Resposta
Douglas Bezerra Julho 23, 2017 at 8:11 pm

Olá Daniele! Excelente postagem.
Sou dentista e recebi a informação que posso cursar somente os dois últimos anos e receber um diploma português, cujo mesmo teria validade em toda união europeia. Procede?

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 3:48 pm

Olá Douglas,

Tudo depende do seu currículo escolar. Podendo variar de 1 ou mais anos cursando disciplinas necessárias nas Universidades portuguesas. Após aprovação final, você terá o sei certificado de finalização de curso. Esse certificado é válido por toda a UE. Mas fique atento, cada conselho tem suas peculiaridades. Pesquise o que o conselho do país que almeja trabalhar solicita!

Abraços,
Dani

Resposta
Maíra Barbosa Julho 26, 2017 at 1:47 am

Boa noite, Daniele!
Achei muito interessante a maneira como você explicou tudo sobre a validação do nosso diploma no blog!
Sou formada na Ufba mas ainda não tenho especialização. Vi que não é necessário tê-ĺá para validar o diploma. Mas você acha interessante já chegar aí em Portugal para atuar com uma especialização?
Pergunto pois acredito que seja melhor para atuação profissional e melhores condições futuras de trabalho.

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 3:42 pm

Olá Maíra!

A especialização, como você entendeu direitinho, não conta para o processo de equivalência ou transferência estrangeira. O processo demora um pouco para ser validado. Então se você puder dar entrada no processo e continuar com a especialização no Brasil enquanto aguarda o processo, melhor!

Abraços,
Dani

Resposta
Ana Beatriz Castro Julho 27, 2017 at 1:35 pm

Oi, Daniele. Parabéns pela publicação. Realmente me esclareceu muito. Estou em Portugal a passeio e aproveitei para começar a reunir as informações para tentar meu processo no próximo ano. Uma informação importante aos colegas: COIMBRA NÃO ESTÁ FAZENDO A EQUIVALÊNCIA PARA BRASILEIROS. A UNIVERSIDADE DO PORTO REALIZA A EQUIVALÊNCIA, MAS NÃO FAZ MAIS O PROCESSO DE TRANSFERENCIA ESTRANGEIRA. ?
Terei que fazer pela Universidade Fernando Pessoa, já que meu curso foi de 9 semestres e não tenho TCC (me formei em 1998). O curso na Fernando Pessoa dura em torno de 1 ano, dependendo do seu histórico escolar, e o custo de curso/equivalência gira em torno de 10.000€.
Espero ter ajudado.

Resposta
Daniele Bacelar Julho 28, 2017 at 3:35 pm

Olá Ana!

A Universidade de Coimbra não faz equivalência nem transferência estrangeiras. Eles alegam que o tipo de ensino não é igual. A UP já faz uns anos que só faz equivalência estrangeira. O processo de transferência encerrou em 2013.

Com isso, as faculdades particulares ganham muito, pois só elas estão fazendo o processo de transferência. A UFP mesmo, cobra bastante, mas é uma excelente Universidade.

É sempre bom partilhar opinião! Ajuda muito!

Abraços,
Dani

Resposta
Ana Beatriz Castro Julho 28, 2017 at 10:21 pm

Obrigada pela resposta. Fico sempre atenta às sua publicações, que tem facilitado muito a minha vida. Sabe se em Lisboa eles fazem transferência? As regras para equivalência devem ser semelhantes em todo o país, né?

Resposta
Martín Antúnez de Mayolo Julho 28, 2017 at 6:44 pm

Boa tarde Daniele,
No final de junho estive em Lisboa e constatei que o OMD exige a “equivalência” do diploma universitário Brasileiro por uma universidade Portuguesa, para poder trabalhar em Portugal; mas por exemplo a Universidade de Lisboa NÃO concede a “equivalência” aos Dentistas Brasileiros e sim o “reconhecimento”, processo que entendi ser diferente, demorado e que no final não seria aceito pelo OMD!…

Resposta
Ana Beatriz Castro Julho 29, 2017 at 9:01 am

Lembrei também de outra dúvida. Os certificados dos cursos de Pós graduação feitos aqui, que constam no currículo, precisam ser autenticados e apostilados?

Resposta
Hellen Alves Julho 31, 2017 at 8:00 pm

Ola Daniele, aguardo ansiosa por sua resposta.
Daniele meu caso é o seguinte, amo de paixão a Odontologia, meu sonho é tirar este curso, eu queria saber como faço pra tentar tirar este curso ai em Portugal, ja morei ai 3 anos , tenho minha equivalência mas é de 2010, como faço?
O curso é caro? Sera que consigo? Estou voltando pra Portugal no fim do ano. Me ajuda a esclarecer um pouco.
Desde ja muito obrigado!!

Resposta
Bruna Julho 31, 2017 at 9:07 pm

Boa Noite, a minha faculdade possui 8 semestres. Como eu faria para conseguir validar meu diploma lá?

Resposta
Daniele Bacelar Agosto 5, 2017 at 7:49 pm

Olá Bruna!

O processo ideal para você é a transferência estrangeira. A transferência estrangeira é realizada em universidades privadas e terá que cursar pelo menos 1 ano de Medicina dentária.

Sucesso!
Dani.

Resposta
Roberto Agosto 1, 2017 at 1:41 pm

Oi, Daniele, achei ótimo seu post, bastante esclarecedor!!! Meu nome é Roberto, sou dentista formado à 20 anos, com especializações! Pelo que li, no meu caso (sem TCC e com algumas horas a menos no programa) tenho que realizar a transferência estrangeira em uma universidade particular aí em Portugal, certo? Até aí ok, entendi. A minha dúvida é, a propina para brasileiros é maior que para os portugueses? E ainda, sendo eu cidadão italiano, a minha propina seria como a dos portugueses, por ser da U.E.?? Muito obrigado!!

Resposta
Renato Tranquilli Berzaghi Agosto 2, 2017 at 10:59 am

Daniele bom dia

Muito bom seu post , muita informação importante
Gostaria de saber se tendo a cidadania italiana ajuda em alguma coisa o processo de validação além dos tópicos que vc citou no post !!!
Atualmente moro em Toronto com minha esposa e meu filho porém gostaria de ir para europa

Obrigado

Resposta
thaya marcondes Agosto 2, 2017 at 5:30 pm

ola Daniele, td bem com vc?
parabens pela iniciativa de criar este blog/site, alias por todas as iniciativas.

vi que vc tem feito bastante coisa. muito legal.
BOm, sou publicitária, fundadora da empresa LBN comunicação e meu marido é cirugião dentista, implantodontista, e estamos de mudança para Portugal. Ele é cidadão portugues e eu e meu filho somos italianos.
teu texto ajudou bastante. muito obrigada!

Estaremos em Portugal em Setembro, para conhecer alguns bairros e ver casas. se tiver um tempo, vamos gostar muito de te encontrar.

obrigada, beijo

Resposta
Raissa Felix Agosto 2, 2017 at 6:14 pm

Boa tarde Daniela! Sobre essa obrigatoriedade de estágio com apresentação de trabalho sem co-autor, etc. Do que se trata? Eu já sou dentista desde 2011. Estagiei um tempo e já atendo na minha própria clínica, mas não tenho nenhum trabalho publicado da época de estagiária.

Resposta
Daniele Bacelar Agosto 5, 2017 at 7:47 pm

Olá Raissa!

Isso é referente ao trabalho de conclusão de curso de graduação, que poderá ser uma monografia, um artigo (sem co-autores) ou um relatório.

Abraços,
Dani.

Resposta
Leandra Agosto 5, 2017 at 8:20 pm

Oi Daniele gostaria de informações para quem graduou em 8 semestres (4 anos)e também minha faculdade nao teve tcc? Como poderia fazer? tem como iniciar o processo daqui do Brasil? Se eu fizer o mestrado ai, revalida o diploma automaticamente? Obrigada

Resposta
Rosangela Silva Agosto 7, 2017 at 12:34 am

Ola Daniele ,

consigo fazer este processo de equivalencia a distancia S
se nao , em qual momento devo estar presente em portugal S

desde ja agradeco

Resposta
Roberto Agosto 7, 2017 at 2:38 pm

Oi Daniele, achei ótimo seu post, bastante esclarecedor. Meu nome é Roberto, sou dentista formado a 20 anos, com especializações! Pelo que li, no meu caso, sem TCC e com algumas horas a menos no programa, tenho que realizar a transferência estrangeira em uma universidade particular aí em Portugal, certo? Até aí ok, entendi. A minha dúvida é, a propina para brasileiros é maior que para os portugueses? E ainda, em caso afirmativo, sendo eu cidadão italiano, a minha propina seria como a dos portugueses, por ser da U.E.? Muito obrigado!

Resposta
justino paradinha Agosto 11, 2017 at 7:31 pm

ola. daniele, meu caso se assemelha ao da leandra, me formei em 85 na pucrs o curso durava quatro anos e nao se exigia tcc. tenho pos em endodontia pela universidade de passo fundo rs. nessa pos realizei monografia. tenho cidadania portuguesa. o que me aconselhas?

grato, justino

Resposta
Luis Brito Agosto 14, 2017 at 5:17 pm

Olá.
Primeiramente gostaria de agradecer pela ajuda.
Sou dentista e a minha graduação foi de 4 anos e fiz mais duas pós , mas pelo que tenho lido não adianta muito.
Fiz TCC com apresentação de trabalho de finalização de curso.
O que vc sugeri no meu caso??
Transferência estrangeira?
Agradeço pela atenção

Resposta
Silvia Gatti Agosto 15, 2017 at 1:03 pm

Bom dia, gostaria de saber se o fato de não obter TCC, ou trabalhos similares , impedem a validação? E, se for pré – requisito , qual é o caminho o revalidação?
Transferência? Por onde iniciarei?
Somente em Universidade particular?
Sou formada há 17 anos, sou Periodontista, implantodontista e mestre em Odontologia.
Sei que preciso resolver a questão da graduação e depois as especializações. ..
Desde já, agradeço por tudo. ..
Sílvia Gatti.

Resposta
Daniele Bacelar Agosto 20, 2017 at 7:18 am

Olá Silvia!

O TCC é um pré-requisito importante. Sem ele seu processo será indeferido no processo de equivalência.

O caminho ideal para você é a transferência estrangeira. Ele está disponível nas universidades particulares e em alguns anos é encontrado em universidades públicas.

Esse ano abriram vagas de transferência estrangeira nas universidades de Lisboa e Coimbra.

Abraços,
Dani.

Resposta
Luciene Teixeira Agosto 18, 2017 at 8:34 pm

Boa tarde Daniele,
Meu nome é Luciene e consegui recentemente a dupla cidadania (brasileira/portuguesa) e por motivos pessoais gostaria de ir morar e trabalhar em Portugal! Sou formada em uma Federal do Rio Grande do Sul, tenho Mestrado na mesma instituição e especialização em Endodontia reconhecida pelo CFO. Possuo experiência clínica de mais de 10 anos no Brasil e gostaria de saber se necessito de mais 1 ano de faculdade aí, já que cursei 4 anos de graduação… Possuo Dissertação de Mestrado e publicação desta no International Endodontic Journal. Aguardo sua resposta. Grata.

Resposta
Daniele Bacelar Agosto 20, 2017 at 6:36 pm

Olá Luciene!
Bacana que você tem a dupla nacionalidade! Isso facilitará e muito sua inserção no mercado de trabalho!
Pelo que me descreveu, seu caso é para transferência estrangeira. Nele você terá que cursar pelo menos um ano de curso. As disciplinas que fará será determinada pela universidade.
Normalmente esse tipo de processo abre em universidades particulares, mas de tempos em tempos abre também nas públicas. Esse ano a universidade de Lisboa e de Coimbra disponibilizaram vagas para transferência estrangeira. Mas só são 5 vagas no total.
Seu currículo é muito bom, mas a documentação solicitada é referente apenas à graduação.

Abraços,
Dani.

Resposta
Isabella Rodrigues Agosto 19, 2017 at 5:18 pm

Boa tarde Daniele, ainda sou estudante de odontologia e estou no 4º semestre, porém meu curso é de apenas 9 em período integral. Ainda não tenho certeza do que farei ao término, porém quero manter minhas possibilidades o mais abertas possíveis. Há uma maneira de conseguir validação do meu diploma com apenas 4,5 anos de curso, mas com outros complementos como mestrado e especializações?

Resposta
Daniele Bacelar Agosto 20, 2017 at 7:14 am

Olá Isabella!

Infelizmente com 4,5 anos não conseguirá a equivalência. Seu caso é para transferência estrangeira.
Como a equivalência de grau que estará solicitando é da graduação, os títulos de pós-graduação não tem peso e não contam como horas adicionais para o processo.

Abraços,
Dani.

Resposta
Ruan Agosto 21, 2017 at 2:14 am

oi, boa noite,pretendo morar em Portugal e queria validar meu diploma 🙂
sou formado em odontologia a 1 ano, fiz 10 semestres integrais, apresentei tcc e alguns trabalhos de pesquisas, alem disso estou me especializando em prótese dentária.
será se consigo ?

Resposta
Tatiane Agosto 22, 2017 at 2:19 am

Boa noite Daniela,
Tudo bem? Li seu post, e foi uma das primeiras informações que estou lendo sobre o assunto.
Desde ja, esclarecedor!
Eu e meu marido somos dentistas, formados ha 10 anos, ambos com especialidades, e estamos pesquisando para tentar uma nova vida em Portugal, mas especificamente, em Porto.
Para nós, talvez seja um pouco mais dificil, pois nosso curso foi feito em 04 anos integrais, incompatível com os pre requisitos que você expos super bem no post.
Entao, gostaria de saber se você realmente atua como dentista ai, e como é o mercado de trabalho na nossa área; se é facil abrir consultorio e/ou conseguir vaga em uma clinica; qual é a média de rendimento mensal de um dentista, especialidades mais procuradas, essas coisas de dia-a-dia…
Gostaria de saber, também, se possível, se só existe essa faculdade para validação do diploma na regiao do Porto ou se existem outras com outros critérios sem ser essa quantidade de semestres; ou até, se você tem o contato (email) do setor de validação da faculdade para um contato próximo…

Desculpe, são muitas dúvidas, mas o que puder ajudar, fico no aguardo…
desde ja agradeço e desejo sorte,
Tatiane

Resposta
Roberta Correa Agosto 23, 2017 at 5:34 pm

Boa tarde Dra.
Vc mencionou nos ultimos comentarios que as universidades de Lisboa e de Coimbra abriram 5 vagas para transferência estrangeira este ano e que este deve ser o processo a ser seguido por quem fez o curso em 9 semestres sem TCC aqui no Brasil, correto? Como as inscrições encerram daqui a alguns dias, minha pergunta seria sobre o critério para preenchimento dessas vagas…. e por ordem de recebimento, avaliação curricular, sorteio…
Pergunto isso pois nao sei se daria tempo de entrar nesse processo ainda neste ano

Resposta
Vitor Nobre Agosto 24, 2017 at 3:20 am

Olá Daniele, estou para dar inicio ao processo e gostaria muito de conversar alguns pontos com você em particular, se possível. Principalmente sobre os assuntos abordados na prova. Poderiamos conversar por email?
Espero que entre em contato o mais rápido o possível!

Grato desde já,

Vitor Nobre

Resposta
Thais Agosto 25, 2017 at 1:35 pm

Olá, tudo bem ?
Tenho algumas dúvidas diferentes, pois meu caso é um pouco mais complexo rs. Sou dentista, brasileira porém moro em Berlin – Alemanha, e o processo para validar o diploma aqui é super complicado e demorado (até porque exigem fluencia no alemao e isso pode levar anos!) Estou me sentindo inutil por nao poder fazer nada por aqui, gostaria de saber o que consigo fazer em portugal (a distancia ou parcialmente a distancia), mestrado, curso, especializacao, enfim… Vc poderia me dar uma luz de como comecar ?
Muito obrigada!!!

Resposta
Junia Agosto 28, 2017 at 11:57 am

Olá Daniela! Te enviei um e-mail com algumas dúvidas, na semana passada. Espero que possa me responder! Muito obrigada!

Resposta
Vitor Nobre Agosto 30, 2017 at 3:44 pm

Seu texto é muito bom, me esclareceu muitas coisas. Mas a tenho algumas duvidas de como entregar essa documentação. Tendo todos os documentos necessários, eu preciso autenticá-los em cartório normal ou no consulado português? e eu preciso encadernar todos os documentos juntos em espiral para entregar? Como eu devo entregar os documentos?

Resposta
Ana Paula Simões Agosto 30, 2017 at 10:13 pm

Olá Daniele Bacerlar,
Tudo bem?
Meu nome e Ana Paula e sou formada em Odontologia pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM, Especialista em Cirurgia Buco-Maxilo-facial – APCD/Bauru, Mestre em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”- UNESP/Araçatuba e estou concluindo o Doutorado em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial – UNESP.
Gostaria de tirar algumas dúvidas com você, por gentileza…
* Quanto ao processo de equivalência e revalidação, consigo pedir a equivalência e a revalidação para todos os meus títulos de Cirurgião-Dentista, Especialista, Mestre e Doutor? Como devo proceder, para o título de mestre e doutor também? É também na Universidade o processo? E para o título de Especialista?
* Quanto ao de graduação e especialização, após a revalidação eu posso exercer a profissão e portanto minha área de atuação, no caso Cirurgia e Implantodontia, sem restrições?
* Quanto aos títulos de Mestre e Doutor, eu poderia exercer a Docência?
OBS: Você poderia enviar um e-mail para que eu possa me comunicar com você, por gentileza?

Muito obrigada pelas informações!
Fico no aguardo…
Excelente as suas postagens, estão me ajudando bastante.

Resposta
Emidio Setembro 2, 2017 at 12:21 pm

Olá Daniele,

Meu curso foi de 4 anos, com uma carga horaria de 4800 horas, fiz TCC no final.
Sei que a pós não vale nada, mas estou terminando a minha em Ortodontia.
Pelo que vi, vou ter que fazer a transferencia de curso, dúvida ?? Como efetuo essa transferencia, e vou ter que fazer no minimo 2 semestres ou mais??
Agradeço a ajuda, aguardo sua resposta.

Atenciosamente
Emidio

Resposta
Daniele Bacelar Setembro 7, 2017 at 12:10 pm

Olá Emídio!

Isso mesmo! O mais comum é realizar esse processo em faculdades particulares. As públicas não abrem vagas todos os anos e o regulamento é diferente (podendo cursar mais de 2 anos).

O processo de seleção é praticamente igual ao da equivalência, porém o valor que deverá ser pago é maior para a equiparação das disciplinas. E esse valor varia de acordo com o seu currículo. Em média, fica entre os 4.000€ e 5.000€ o valor para início do processo, mais as mensalidades, que a faculdade determinará de acordo com a seleção de matérias a serem cursadas.

Espero quer esclarecido sua dúvida.

Abraços,
Dani.

Resposta
Emidio Setembro 21, 2017 at 12:07 pm

Grato pela sua atenção….uma dúvida eu sendo cidadão portugues muda alguma coisa em matéria de valores?
A transferencia seria somente nas Universidades particulares, qual seria a melhor??
Vi que tem a Cespu, Catolica, Egas e Fernando Pessoa…..qual voce indicaria.
Mais uma vez grato pela atenção;
Abraços
Emidio

Resposta
Lígia M Setembro 2, 2017 at 7:23 pm

Boa tarde Daniele,
Dei entrada na minha documentação para a equivalência na universidade do Porto, sou formada pela UFSC. Entreguei minha documentação agora em Agosto. Quanto tempo demorou todo o seu processo ? Eles demoram para fazer a análise da documentação e chamar para a prova ?
Também procurei informações sobre a prova mas nao acho informação alguma sobre como seja.

Resposta
Daniele Bacelar Setembro 7, 2017 at 12:05 pm

Olá Lígia!

Só no início de outubro que os processos iniciarão a avaliação da primeira etapa. Provavelmente receberá uma correspondência no endereço que forneceu final de novembro ou em dezembro com a aprovação ou negação do pedido.

Abraços,
Dani.

Resposta
Dilmeire Setembro 3, 2017 at 4:17 am

DANI, VC PODERIA ME ENVIAR O EMAIL OU O LINK DA UNIVERCIDADE DE PORTO, PARA EU DAR INICIO A MINHA EQUIVALENCIA DA ODONTOLOGIA, JA ENTREI NO SITE MAS NAO ACHO O LUGAR. COMO DEVO COMEÇAR TUDO ISSO, COMO FÇOO PRIMEIRO CONTATO E PRAOND EMANDO MEUS DOCUMENTOS?
UM BEIJO E UM ABRAÇO
dIL

Resposta
Daniele Bacelar Setembro 7, 2017 at 12:02 pm

Olá Dilmeire!

As inscrições para equivalência terminam dia 29/09/17. Depois só no próximo ano. Logo na primeira página tem o destaque da equivalência estrangeira. Mas também pode clicar aqui!. A documentação tem que ser entregue presencialmente. Caso queira representação aqui em Portugal, envie um email para [email protected].

Abraços,
Dani.

Resposta
Cesario Setembro 7, 2017 at 1:24 pm

Otimo post Dani! Gostaria de saber também, é possível validar especializações, residências ou outras pós graduações feitas aqui no Brasil?

Resposta
Gleicieli Setembro 7, 2017 at 6:07 pm

Ola Daniele…

Sou formada pela faculdade no Mato grosso… eu nao consegui entender muito bem…
Quero saber o primeiro passo pra validar meu diploma…
Nao tenho nenhuma especialidade…sou formada há 1 ano apenas..
Pode me ajudar?

Obrigada

Resposta
sarah bruno Setembro 14, 2017 at 1:24 pm

Olá Daniele,
Parabéns pela postagem, bastante esclarecedora. Me mudo para Lisboa no final deste ano e quero dar entrada para validar meu diploma. Meu curso de odontologia teve duração de 06 anos, me formei em 2001.
A minha dúvida é: durante o processo de validação, eu posso trabalhar como Higienista Oral? Vc sabe me dizer?

Obrigada

Resposta
IGOR ÁLVARES GUEDES DO RÊGO Setembro 17, 2017 at 12:53 pm

Olá Daniele! Minha graduação teve 10 semestres, apresentei TCC, tenho 14 anos de formado e sou especialista em Periodontia, Implantodontia e Prótese dentária. Tenho boas chances de conseguir revalidar meu diploma em Portugal?

Resposta
Danielle Setembro 17, 2017 at 10:41 pm

Oi xará..rs
Obrigada pelo post. Só fiquei com uma dúvida.
Se a formação for de 8 semestres e ainda assim tiver mais horas necessárias, pode ser feita a equivalência? Ou o melhor caminho é a transferência?

Obrigada.

Resposta
Christopher Yuri Rocha Soares Setembro 22, 2017 at 10:33 pm

Olá, MUITO obrigado pelas informações.
Estou na 7° fase de 10(sempre pensei em transferir pra uma faculdade de 8 anos e agora finalmente estou feliz porque não fiz isso kkkk)
Já procurei diversas vezes informações sobre validação em Portugal e não achava nada, só alguns posts dizendo: fulano falou isso, acho que é assim… finalmente algo concreto! Muito obrigado, eu ainda estava novamente pensando nisso essa semana.
Uma dúvida, me falaram que em Portugal aceitam o dentista br trabalhar como auxiliar de imediato assim como na Austrália, vc sabe algo à respeito? Seria somente até conseguir validar mesmo, eu também não sei se compensaria…
Me formo em junho de 2019, espero que até lá vc ainda esteja com o site em ativo para me tirar alguma dúvida na época!
Obrigado, sucesso!

Resposta
Christopher Yuri Rocha Soares Setembro 22, 2017 at 10:35 pm

corrigindo…
Estou na 7° fase de 10(sempre pensei em transferir pra uma faculdade de 8 *semestres e agora finalmente estou feliz porque não fiz isso kkkk)

Resposta
Christopher Yuri Rocha Soares Setembro 29, 2017 at 9:29 pm

Boa tarde, me surgiu outra dúvida.
Após conseguir a validação eu já posso atuar normalmente? Como faço para me inscrever no OMD( nosso CFO como vc escreveu nos comentários)? E por fim, com a validação eu posso morar em Portugal legal? Ou não? Como proceder se não?
Obrigado, boa noite!

Resposta
Nicole Setembro 26, 2017 at 12:27 am

Olá, adorei seu post! Estou terminando meu curso de graduação agora em dezembro e estou a procura de um mestrado em Portugal, voce poderia me orientar e ajudar em relação a isso? Pois um amigo que foi fazer mestrado na área do direito, me informou que só necessitou de apostilamento de dois documentos: histórico e diploma, então fiquei um pouco confusa. Voce poderia me ajudar? Desde ja fico muito grata. beijos.

Resposta
Lisandra Outubro 2, 2017 at 7:47 pm

Oi Daniele
Obrigada pelo pelas dúvidas esclarecedoras do post.
Você saberia me informar se pela Universidade de Lisboa o processo é o mesmo ou parecido com o do Porto?
Ou lá também não aceita graduação de 4 anos e a não apresentação do TCC?
Se o processo não é indeferido nessas universidades públicas há alguma particular de Lisboa ou próximo que você conhece por boa fama?
Desde já, obrigada.

Resposta
Thaís Outubro 4, 2017 at 2:02 pm

Bom dia,

Tem um ano que pesquiso sobre este assunto e este é sem dúvida alguma o melhor relato!
Bem explicado e muito bem pontuado.
Mais minuciosos que o PDF disponibilizado pela própria Universidade do Porto ?

Gostaria de saber quanto tempo depois da prova vc foi chamada para apresentar o trabalho?

Desde já agradeço a atenção

PS: Li suas respostas para as perguntas de outras pessoas, o que esclareceu outras dúvidas que eu tinha.

Resposta
Francisco Outubro 5, 2017 at 12:25 am

Olá, meu caso é muito parecido com o de outros, a duração do curso foi 9 semestres.
No entanto, ao mandar e-mail para a OMD (ordem dos médicos dentistas) eles informaram que posso tentar pela UL (Universidade de Lisboa) ou Coimbra.
Na UL eles não dizem que o curso tem que ter sido em 9 semestres, isso muda entre universidades ou é meio que pegadinha?

Parabéns pelo post, já sigo o blog e a página, tudo ótimo!

Resposta
Bruno Outubro 8, 2017 at 4:59 am

Olá, no meu caso fiz em faculdade particular, período de 5 anos, essas 4.500 horas tem que ser contadas só pela grade do curso ou também atividades no período da graduação contará ?
Em caso de não ter essas 4500 horas tem que ser um processo de transferência ?

Resposta
evandra Outubro 16, 2017 at 1:55 pm

Oi, eu queria saber, quem fez 5 anos no brasil, ao fazer a equivalência fica com diploma de mestrado em portugal??

Resposta
Daniele Bacelar Novembro 4, 2017 at 12:28 pm

Olá Evandra!

Fica sim. O seu certificado sai como mestre em Medicina Dentária, porém no Brasil não é válido como mestrado.

Abraços,
Dani.

Resposta
Charles Outubro 17, 2017 at 4:41 am

Olá, parabéns por passar essas informações para todos! Então, eu ainda estou cursando a faculdade, ela preencher os requisitos de ser integral e durar 5 anos, eu tenho algumas dúvidas e ficaria grato se pudesse ser respondido. Primeiramente, as condições de trabalho (salário, oportunidades e reconhecimento da profissão) são como no Brasil? E, existe algumas oportunidades para se iniciar algum trabalho em Portugal, pois acredito que seja complicado chegar no país e logo abrir um consultório sem pegar a experiência/clientes do pais. Iniciar uma carreira em solo português é comparado com o início de carreira aqui no Brasil? Agradeço desde já.

Resposta
Daniele Bacelar Novembro 4, 2017 at 12:25 pm

Olá Charles!

Todas essas perguntas eu respondo nesse post.

Abraços,
Dani.

Resposta
Glenio Outubro 17, 2017 at 4:58 pm

Que inspiração, heim… vi vários casos e acasos nos diversos comentários, só por sua estimulação, olha meus sinceros parabéns!

Pois bem, agora é minha vez, rsrs, sou do interior do Rio Grande do Norte, do nosso maravilhoso nordeste, ganhei uma bolsa na área de odonto, mais não contava que seria tão salgado os preços dos materiais para quem vem da humilde vida pacata do sertão e acabei trancando. Mais como sou cabra da peste e tenho sangue no olho e muita vontade de vencer, cá estou eu lendo teu maravilhoso post, que a muita gente tem se direcionado assim como eu. Buscando formas de voltar e continuar a colocar a meta em prática, mesmo sendo um futuro distante, buscado idéias de poder talvez até chegar a cruzar fronteiras para ter uma vida digna e deixar de sobreviver e simplesmente viver.

Resposta
Daniele Bacelar Novembro 4, 2017 at 12:23 pm

Olá Glenio!

Primeiramente, meus parabéns! Sabemos bem das dificuldades, mas lembre que persistir e superar são as chaves para o sucesso.

O nordeste é bom demais!! Ainda não conheço o RN, mas já escutei maravilhas do estado!

O que quer saber não ficou bem claro para mim, mas vou deduzir que será “Como faço para concluir meu curso em Portugal?” cheguei perto?

Bem, para isso, você deverá realizar uma nova prova (parecido com o vestibular, mas com o nivelamento igual a do ENEM). Funciona assim: a prova é geral com as algumas matérias (matemática, biologia, química, português). Essa prova tem valor de 0 a 20 e para entrar na faculdade de medicina dentária você deverá tirar entre 18 e 20 valores.

Assim que se inscrever na faculdade, solicitará uma carta de inscrição para solicitar seu visto de estudante.

Espero ter acertado!

Abraços,
Dani

Resposta
Martha Bolzan Outubro 18, 2017 at 12:32 pm

Olá Daniele!
Parabéns pelo post, muito esclarecedor, porém ainda fiquei com uma dúvida !Eu e meu marido somos dentistas , no caso dele , cursou USP por 4,5 anos , tem especialização ,pos graduação de 2 anos na UCLA e Doutorado na escola Paulista de Medicina, esses créditos todos não equivalem? Ele teria que cursar esse ano para conseguir ?! Agradeço a atenção !
Abraços
Martha Bolzan

Resposta
Daniele Bacelar Novembro 4, 2017 at 12:14 pm

Olá Martha!

Infelizmente só conta o período total para obter a graduação. No caso dele, apesar do excelente currículo, deverá cursar pelo menos 1 ano através do processo de transferência estrangeira.

Abraços,
Dani.

Resposta
Martha BOLZAN Maio 9, 2018 at 2:22 am

Obrigada Dani. uma ultima duvida:Tenho os !0 semestres mas nao tenho TCC..tenho que cursar 1 ano tambem?Abracos

Resposta
Vanessa Spath Jannuzzj Outubro 23, 2017 at 8:27 pm

Olá Daniele,
Estou no 6 periodo de odontologia no Brasil e gostaria de terminar meus estudos em Portugal. O devo fazer? Pedir a transferencia?
Obrigada
Vanessa Spath Jannuzzi

Resposta
Daniele Bacelar Novembro 4, 2017 at 12:11 pm

Olá Vanessa!

Caso sua faculdade tenha convênio com alguma faculdade daqui de Portugal, você poderá realizar essa transição. Caso não tenha nenhuma parceria, terá que realizar um novo processo seletivo (tipo vestibular) e depois realizar a equiparação das disciplinas já cursadas no Brasil.

Abraços,
Dani.

Resposta
elisa Novembro 5, 2017 at 7:36 pm

Daniele
Estou indo final do mês a Portugal (a passeio) e queria ver com você a possibilidade de uma assessoria para transferência (curso já concluído aqui mas sem TCC) Enviei email mas não tive retorno
[email protected]

Resposta
Trícia Santana Novembro 12, 2017 at 10:26 pm

Boa noite, primeiro parabenizo pelo post, muito relevante e detalhado. Fiquei com algumas dúvidas que podem ser de outras pessoas: caso o diploma não tenha equivalência, é nesse momento que saberei quais cadeiras devo cursar para validar o diploma? Mais uma dúvida, esse pedido pode ser feito à qualquer tempo? Irei para Porto fazer meu pós doutorado e meu marido é dentista e vamos tentar a validação do diploma. Obrigada. Um abraço.

Resposta
João Gonçalves Júnior Novembro 13, 2017 at 7:54 pm

Boa tarde Daniela,
Tenho uma filha especialista em ortodontia, formada em 2010. Estou planejando morar em Portugal e ela pensa em fazer o processo de validação de diploma para ficarmos juntos em Portugal. Também tenho um filho terminando Medicina em 2018, o qual planeja fazer a residência. No caso dele, fazendo a residência em Portugal ele poderia exercer a profissão aí?
Quanto tempo dura o curso/ processo de validação em Odontologia?
Atenciosamente,
João Gonçalves

Resposta
Soraya Sousa Novembro 15, 2017 at 11:53 pm

Olá Daniele.
No caso de equivalência do diploma e ter sido aprovado nas 3 fases do processo, em quantos meses fica resolvido?
Ou seja, em quanto tempo você conseguiu essa equivalência ?

Resposta
Luiza Petry Novembro 17, 2017 at 9:56 pm

Ola Daniele! Otimo seu post! Eu como muitos cd formados nos anos 90, também fiz em 8 semestres numa instituicao federal. Será que isto é realmente um impedimento? Minha carga horária supera as 4.500 h.
Outra duvida, nao sei se vc consegue me ajudar… Tenho Especialização em Cirurgia a Traumato BMF com carga horária de 2150h…. será que nao ajuda em nada? Rsrsrs.
Obrigada!! Abracos!!

Resposta
Soraya sousa Novembro 19, 2017 at 1:51 pm

Bom dia Daniele.
Cumprindo todos os requisitos em quantos meses é possível validar o diploma?
Espero que você possa me ajudar.
Parabéns pelo post.

Resposta
César Novembro 26, 2017 at 11:53 pm

Olá dra.
Estou terminando uma especialização em endodontia em uma universidade de primeiríssima linha no Brasil. Vou fazer mais duas outras especializações simultaneamente em outras duas universidades, também de excelência internacional. Isso ajuda na validação? Minha facul durou quatro anos. Posso completar a carga horária?

Obrigado pelo ótimo post.

Resposta
Liana Costa Novembro 27, 2017 at 4:41 pm

Olá Daniele, Muito bom os seus posts….
Depois de ler os comentários cheguei à conclusão que para a validação do meu diploma seria necessário a transferência estrangeira mas estou achando as taxas das universidades muito altas (+-10.000 €).
Então pensei em entrar novamente na faculdade e fazer o mestrado integrado. Assim meu diploma teria validade? E outra pergunta. Pensei também em fazer um doutorado aí em Portugal. Vc sabe se é difícil conseguir fazer?
Desde já agradeço atenção.

Resposta
Ligia Novembro 28, 2017 at 4:34 pm

Boa tarde Daniele,
Quanto tempo após a prova você foi convocada para a apresentação do trabalho de conclusão de curso ?
Estou um pouco perdida em relacao ao conteúdo da prova.

Desde já agradeço a atenção

Resposta
TABITHA OLICSHEVIS BASSANI Dezembro 4, 2017 at 12:41 pm

Olá Daniele,
moro na Suíça e estou fazendo meu processo de equivalência indireta via Portugal. Fui chamada a realizar a prova de equivalência no final de janeiro (após 6 meses de espera). Tenho tantas perguntas: mas vamos lá: qual o grau de dificuldade dessa prova ( nível tranquilo, nível vestibular ou nível “só gênios passam”)? Há prova prática na UP? ( Sei que em Lisboa existe).Eu tenho um mestrado, um aperfeiçoamento e outros cursos extras que eles nāo levaram em conta na hora da minha inscriçāo. Caso eles me peçam para cursar matérias extras, será que isso contaria como carga-horária, nesse caso ? E última pergunta: quanto tempo levou da prova até a equivalência pra vc?Parabéns pelo post!

Resposta
Rosane Dezembro 27, 2017 at 1:28 am

Oi Daniele.
Você pode me informar se a Universidade do Minho em Braga Portugal tem equivalência em Odontologia/ E quais os Trâmites.

Resposta
Guilherme Furtado Janeiro 15, 2018 at 3:30 pm

Boa tarde, Daniele! Mandei um e-mail para você informando minha situação mas não obtive resposta… Você teria outro e-mail ou algum outro meio de comunicação?

Desde já agradeço!

Resposta
Erica Nobre Janeiro 29, 2018 at 12:01 am

Olá, Daniela,

Gostei bastante de todos os seus posts relatando sua trajetória em Portugal. Sou dentista, cearense, tenho graduação de 5 anos, 3 cursos de pós-graduação (Endodontia, Estética e Radiologia) e pelo o que li nos seus posts, tenho todos os requisitos para a validação do meu diploma aí, mas gostaria de tirar algumas dúvidas, principalmente com relação com ao mercado de trabalho. Você poderia me ajudar?
Parabéns pelos seus textos, eles me encheram de esperanças.
Desde já,obrigada, e um abraço.

Resposta
Lorena Mariano Fevereiro 2, 2018 at 3:51 am

Oi Daniele,

Só para lhe falar que já havia lido este seu artigo sim, e há muito tempo. A propósito, excelente!
Você é, sem dúvida, a melhor pessoa para auxiliar dentistas brasileiros à Portugal.
Agora parei para ler todos os comentários… rs

Beijos

Resposta
Marcus Eustaquio Fevereiro 8, 2018 at 7:58 pm

Boa tarde Daniele. Primeiramente quero parabenizar vc pelo belíssimo e esclarecedor trabalho.
Meu curso de dontologia inicialmente seria de 6 anos ( pode acreditar kkkkk) na na UNIUBE. Eu consegui fazê-lo em 5 anos e meio. A carga horária passou de 5700 horas. Terminei em 2002.
Na época não foi exigido trabalho de conclusão de curso nem monografia.
Neste caso eu poderia realizar uma monografia agora?
Desde já agradeço sua atenção e dedicação.
Tenho tbm especialização em ortodontia mas pelo que vi a monografia desta não serve…..

Resposta
Daphne Mello Março 6, 2018 at 8:41 pm

Boa tarde! Tenho algumas dúvidas. Enviei um e-mail para [email protected] mas por enquanto não tive resposta. Tem outro e-mail? Obrigada desde já.

Resposta
Paula Março 10, 2018 at 11:10 am

Ola Danielle,
Otimas informações!
Sou medica e estou tb indo para o Porto. Nas faculdades brasileiras (maioria) nao costuma ser solicitado trabalho de conclusao de curso para Medicina. Entao, eu nao teria uma tese para comprovar, ja que tb nao fiz mestrado aqui ainda. Vc sabe se teria problema neste caso? Seu marido é medico? Ele sabe algo sobre isso tb? Obrigada!

Resposta
Natalia Março 20, 2018 at 3:06 pm

Boa tarde!!!

Acho q entro na situação de muitas pessoas.. fiz faculdade pela UERJ e lá eram 4 anos integrais e também não teve TCC… mas tenho pós graduação em ortodontia.

Gostaria mto de ajuda, pois minha família está querendo ir pra Portugal, mas precisava conseguir validar meu diploma..

Será q há alguma esperança com minha graduação sendo de 4 anos??

Resposta
Maria Caldas Março 25, 2018 at 1:10 pm

Boa dia, Dani! Parabéns pelo post e pela admirável paciência das respostas. Espero encontrá-la pessoalmente em Porto.
Não tive trabalho de conclusão de curso, mas fui bolsista de pesquisa por alguns anos durante a graduação e publiquei alguns trabalhos. Posteriormente, fiz mestrado e doutorado em Radiologia na Fop/Unicamp, além de especialização em Radiologia e patologia bucal. Atualmente, atuo como radiologista em clínica própria e lecionou na ABO-GO. Se possível, peço orientações específicas quanto a real possibilidade de validação e perspectivas de trabalho. Meu esposo é advogado e sabemos que as tramitações para trabalho são mais fáceis. Muito obrigada, grande abraço!

Resposta
Tâmara Abril 5, 2018 at 4:39 pm

Olá Daniele, tudo bem?
Eu gostaria muito de conseguir validação do meu diploma para poder atuar em outro país.
Sou formada pela UFF (Universidade Federal Fluminense – RJ), porém meu curso forma de 9 semestres (4,5 anos) e tive apresentação de TCC. Sou especialista em Implantodontia, também com apresentação de TCC.
Vc acha que mesmo sendo 9 semestres e não 10, existe a possibilidade de validação, pois gostaria muito de faze-la. Vc teria o contato da instituição para que eu pudesse avaliar essa possibilidade?

Obrigada pela atenção, grande Abraço.

Resposta
GLECIANI DEZANETTI Abril 9, 2018 at 4:25 am

Olá Daniela sou formada a 18 anos minha graduação foi de 04 anos tínhamos aula em três períodos n época,fiz especialização em ortodontia e muitos cursos de aperfeiçoamento sera que eu consigo trabalhar Ai em Portugal?
🌍quanto tempo preciso estudar essa equivalencia?
02.meu tempo de clínica 18 anos de profissão e as pós graduações contam algo a favor?
03.na época da graduação nao era necessário TCC…mas fiz minha monografia na especialização.. tem validade?

04.tem como fazer a validação online e ir ai fazer as provas?aliás tem provas?
05.Qual o custo disso?
06 qual universidade vc recomenda ?

Resposta
Daniel Abril 21, 2018 at 11:34 am

Adorei teu post! Li quase todos os comentários e suas respostas, meu curso teve 10 semestres ( porém noturno) com aproximadamente 4100 horas, tive TCC para concluir a graduação, mas baseado na tua experiência se eu entrar com equivalência de diploma na UP o processo será indeferido? Daí terei que fazer de qual forma? Desde já muitíssimo obrigado pela atenção

Resposta
Fernando José Jammal Abril 24, 2018 at 6:43 pm

Daniela, esclarecedor seu post e um banho de água fria. Ficaram então algumas duvidas: 1- Meu curso foi de 4 anos na PUC-Campinas já que tenho 18/19 de formado, fiz especialização em periodontia, curso de 1000 hrs, e hj o carro chefe do consultório é implantodontia, então, se desejar trabalhar na nossa área será necessário cursar ao menos um ano de faculdade em Portugal? 2- Se sim, qual o modos operandi para que isso ocorra? 2.1 – E ainda, o TCC poderá ser realizado durante esse um ano de faculdade em Portugal?
Desde ja, fico agradecido pela sua ajuda.

Resposta
Juliano Monteiro Abril 26, 2018 at 12:38 am

Daniele! Tudo bem?
Tirando a CESPU e FP, voce indicaria mais alguma universidade?

Resposta
Tathy Abril 26, 2018 at 11:50 am

Bom dia Daniela , muito esclarecedor seu artigo ! Já vi que uma graduação de 4 anos não é possível a validação do diploma . Para qual endereço encaminho o pedido de transferência ? Como fazer ? Obrigada

Resposta
FABIANA MARIA BANDEIRA DE LUCENA Maio 1, 2018 at 3:02 am

Muito bom seu post! Meu curso foi de 10 semestres pela UFPE, apresentei tcc, no entanto, o tcc foi feito em dupla. Pelo q entendi teria q ser somente um autor, correto? Então para mim seria necessário o processo de transferência e n equivalência?
Sou especialista em Endodontia pela UFPE e nesse caso apresentei uma monografia sozinha. Isso ajudaria de alguma forma?
Desde já agradeço

Resposta
Rafaela Oliveira da Silva Maio 9, 2018 at 8:31 pm

Boa noite! Dani você tem conhecimento de algum profissional bucomaxilofacial aqui no Porto? Precisava de alguém realmente experiente em cirurgia ortognática! Fiz minha operação em julho/2017 e precisava de um profissional para fazer um acompanhamento a sério!! Tenho contato com meu cirurgião que é do Rio de Janeiro, tiro dúvidas etc, mas não é ideal né, queria alguém por aqui até mesmo em caso de alguma emergência!! Se puder me indicar algum nome pelo menos para eu pesquisar, procurar para conhecer seria ótimo!

Resposta
Rodrigo Likes Locks Maio 22, 2018 at 1:00 pm

bom dia Daniele
Estou interessado em me mudar para Portugal e também enfrento os mesmos problemas relatados.
Minha graduação também foi em 4 anos e meio. Porém, possuo mestrado integral em odontologia com ênfase em Ortodontia, além de ser especialista na área. Haveria alguma possibilidade de validar diretamente meu registro ou teria que pedir transferência estrangeira? Caso tenha que fazer transferência estrangeira, tenho que entrar em contato com a universidade que fiz minha graduação para pedir essa transferência, ou só pedir diretamente para a universidade de Porto? Desde já agradeço suas considerações e aproveito para parabenizar pelas colocações acima, aos quais estão muito bem esclarecidas.

Resposta
Rebeca C. Maio 31, 2018 at 1:25 am

Daniela, estou me formando em odontologia este ano. Despertei grande vontade de cursar especialização em odontopediatria em Portugal. Busquei pela universidade de lisboa e do porto, porém, eles parecem ser bem fechados. Poucas informações. Não encontrei muita coisa. Cheguei até a mandar um e-mail.
Quanto à especialização, vc sabe me dizer quias os pré requisitos?
Muito obrigada!
Sucesso
Abs!

Resposta
JULIANA LIMA MAYER Junho 2, 2018 at 3:05 pm

Olá Daniele! Gostei muito do post.

Meu curso é de 4,5 anos, mas apresentei meu TCC individual. Pelo que li em outros comentários entendi que eu terei que fazer a TRANSFERÊNCIA ESTRANGEIRA, certo? Você saberia me dizer se somente a Universidade Fernando Pessoa (UFP) faz o processo de transferência? E se ao entrar com visto de estudante em Portugal eu poderia depois trabalhar como diarista para me ajudar a custear o valor das mensalidades?

Outra dúvida: Meu marido é engenheiro (ele é chileno com diploma revalidado no Brasil) e sempre está de olho em vagas de trabalho na área dele aí em Portugal. Ouvi falar que ele poderá trabalhar como engenheiro em Portugal sem precisar fazer a validação do diploma aí, é isso mesmo?
Agradeço-lhe muito se puder me responder. Queremos muito morar em Portugal. Temos um filho de 8 anos, e queremos dar um futuro melhor a ele, longe de tanta violência e desonestidade.

Obrigada pela atenção.

Resposta
Mayra Souza Silva Junho 6, 2018 at 12:35 pm

Olá Daniela, muito obrigada pelo artigo. Está sendo muito útil para nós. Você poderia tentar nos explicar, de forma resumida mesmo, como funciona o processo de validação por transferência?
Obrigada novamente!

Resposta
Lygia Junho 18, 2018 at 9:35 pm

Olá Daniela! Tenho cidadania italiana e meu esposo portuguesa. Sou formada há 18 anos e tenho especialização. Estou considerando tentar recomeçar aí em Portugal. Gostaria de maiores detalhes sobre o processo de validação (tempo, provas, valores, etc.).
Obrigada

Resposta
Bianca Lorandes Junho 21, 2018 at 4:35 pm

Olá, boa tarde! Meu nome é Bianca e estou me formando agora em odontologia. Estou começando a me planejar para morar em Portugal, e sua ajuda tem sido de grande valia. Mas olhando um dos requisitos me deparei com algo que pode ser um empecilho, o meu TCC foi feito em dupla. Queria saber se existe alguma possibilidade para mim. agradeço desde já.

Resposta
Saionara da Silva Junho 25, 2018 at 5:43 pm

Olá Daniele
Minha filha fez odonto na Puc, são 4 anos e meio período integral, ela fez tbm pós em saúde da família e pediatria durante 2 anos) Tem a monografia dos três , tanto na faculdade quanto as duas pós. Ela vai casar final ano que vêm e querem morar rm Portugal. Vc acha que à possibilidade dela conseguir validar o diploma?

Resposta
Danilo Julho 16, 2018 at 10:00 pm

Oi daniele, boa tarde, muito interessante td isso q Vc passou, muito obrigado por orientar. Eu estou tambem interessado em validar o Meu diploma, mas Como outros tenho uma carga horaria infeiror, 4360. Meu formei pela UEFS, em Feira de Santana. Se você puder me ajudar com algumas informaçoes. Obrigado

Resposta
Fábio Ruan Julho 22, 2018 at 2:15 pm

Bom dia. Gostaria de perguntar sobre as especializações. Elas não são validadas ou não fazem diferença ao currículo para trabalhar ou vir a fazer uma pós em Portugal?

Obrigado

Resposta
EMMELYN BRANDAO Julho 31, 2018 at 1:18 am

Boa noite
Eu me formei este ano e queria saber como eu faço para ir para Portugal, essa validaçao de diploma tenho que ver onde? Estou com essa ideia em minha cabeca porem queria uma luz, de como funciona de como é o campo de trabalho etcc..

Voce pode me ajudar?

Resposta
Carolaine Felix Zvolanek Agosto 11, 2018 at 9:41 pm

Boa noite Dani !
Sou estudante de odontologia aqui no Brasil, estou no sexto período e quero transferir para Universidade do Porto, vc poderia me dar um auxílio ? Não sei se é possível a transferência, se for é melhor terminar a faculdade lá ou terminar aq e revalidar em Portugal ? Nao sei se ajuda tbm o fato de q eu tenho cidadania austríaca. Desde já agradeço pela atenção !

Resposta
eliana rossini Agosto 14, 2018 at 12:15 am

Boa noite Daniele!
Estou tirando a cidadania italiana, isso teria alguma vantagem no pgto da mensalidade desse um ano a mais que teria que cursar, pois o meu curso foi de 4 anos e nao teve TCC.
Em qualquer universidade é exigido a graduacao de 5 anos para ter equivalencia?
Desde ja obrigada

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 14, 2018 at 5:06 pm

Olá Eliana,
A Daniele Bacelar parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas em Portugal que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Julissa Agosto 17, 2018 at 11:40 am

Bom dia Daniele, prazer de poder falar com você, e esclarecer as minhas dúvidas, sou Cirurgiâo dentista peruana, com aperfeicoamentos em endodontia e ortodontia, feitos no meu pais, alèm de Mestrado em Saùde Pùblica, na Universidade Nacional da Amazônia Peruana, tenho diploma revalidado no Brasil, pela Faculdade de Odontologia da UFMG e um aperfeicoamento em Odontopediatria na mesma Faculdade, gostaria de saber se no meu caso posso revalidar o meu diploma em alguma Universidade do Portugal, me desculpe pelos erros ortograficos, mas no computador que estou nao tem como escrever do jeito correto, tenho proficiência em idioma espanhol e português, muito obrigada pela resposta, aguardo retorno.

Abrazos.
Julissa.

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 17, 2018 at 2:56 pm

Olá Julissa,
A Daniele Bacelar, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Deisi Oparacz Agosto 24, 2018 at 11:36 pm

Boa noite!

Li todos os comentários e não encontrei nada a respeito.

Sou brasileira Formada em Técnico de Saude Bucal, tenho o registro no devido órgão governamental o CRO ,sou membro da organização, tenho 2 anos de experiência profissional e gostaria de trabalhar e morar em Portugal.

Tenho diploma e a duração do curso academico foi de 2 anos, e mais 600 horas de estágio supervisionado.

Como faço para validar meu diploma, preciso de algum exame ou teste clínico?

Existe um orgão que regulamenta esse registro?

Muito Obrigado.

Att
Deisi Oparacz

Resposta
Liliane Oliveira Setembro 10, 2018 at 1:31 pm

Olá Deisi,
A Daniele Bacelar, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
JULIA MEDEIROS Setembro 25, 2018 at 12:48 am

Ola,
Tenho uma duvida, na hr de pedir equivalencia seria para Licenciatura ou Mestrado Integrado?
posso pedir mestrado integrado sem ter o mestrado aqui no Brasil? caso consiga seria mestre?
Para trabalhar basta o licenciatura? caso queira fazer uma especialização ou mesmo mestrado e doutorado posso faze-lo tendo a equivalencia para licenciatura?
Como é a prova? há divergência de teorias/pratica, tem alguma referencia bibliográfica para estudar?

Resposta
Liliane Oliveira Setembro 25, 2018 at 1:17 pm

Olá Julia,
A Daniele Bacelar, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
agda andrade Novembro 27, 2018 at 6:07 pm

bOA TARDE Daniela!

Excelente post.
Só fiquei em dúvida. Se um curso é feito em 8 semestres com média de 8 horas/dia, que foi o meu caso na Universidade Federal de Alfenas/MG, tenho a carga horário mas menos semestres. Eles não consideram isto?
Normalmente curso de 10 semestres tem 5 ou 6hs/dia.
Qual a sua opinião?
Sou formada há 20 anos, não tenho Tcc de graduação ( na época não era solicitado) só de Especialização. Será que tem vaildade?
Obrigada!
Saúde e sorte!

Resposta
Liliane Oliveira Novembro 28, 2018 at 3:59 pm

Olá Agda,
A Daniele Bacelar, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Cristiane Abril 9, 2019 at 11:57 pm

Oi Daniele, boa noite!
Tudo bem?
Qual é o turno do curso de Medicina Dentária na FMDUP?
Quero tentar transferência mas pretendo trabalhar no outro período, sabe se é possível?

Resposta
Liliane Oliveira Abril 10, 2019 at 12:45 pm

Olá Cristiane,
A Daniele Bacelar, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação