BrasileirasPeloMundo.com
Egito

(Des)Vantagens De Morar no Egito

Sabemos que nem tudo é perfeito e que as contradições se tornam ainda mais calcadas quando estamos numa situação de ‘intrusos’ em terras estrangeiras. Pois bem, os quase 3 anos morando no Egito me fizeram ter claras condições de avaliar e apontar o que caracterizamos (des)vantagens de viver no Egito. Seguem algumas que penso serem as mais importantes:

A língua nativa é sempre o primeiro e grande impacto que temos que encarar, aqui trata-se do árabe. Por mais que saibamos que o inglês é uma língua mundialmente falada, temos que concordar que nós, ‘intrusos’, devemos nos moldar à essa nova realidade, ou seja, mesmo que em diversas situações o inglês nos salve, a importância de aprender ao menos o básico da língua nativa é primordial, caso contrário esse será um inconveniente futuro.

Outra questão relevante nesse contexto é sabermos e aceitarmos nossos limites como estrangeiros. Ter noção do momento certo de avançar e de recuar é o que nos proporciona vivermos de forma equilibrada nessa terra. Cada país traz consigo um conjunto de culturas e hábitos que devemos respeitar, onde muitos deles batem de frente com o que, pra nós ocidentais, é considerado normal.

criançasAqui podemos citar as vestimentas da população árabe, mundialmente conhecidas por muitos panos e véus que muitas vezes cobrem o corpo inteiro das mulheres. Atualmente esse quadro vem se modificando, porém ainda assim os padrões de moda daqui estão longe dos padrões do resto do mundo. É realmente difícil aceitar que em pleno sol escaldante do deserto não poderemos vestir aquele shortinho e regatinha ou aquele vestidinho ou saia curta que fazem parte dos nossos roupeiros. Aqui cabe a regra do equilíbrio. É claro que não há necessidade de se vestir como as mulheres egípcias, mas também sabemos que não seria de bom tom seguirmos nossa cultura ocidental aqui, no que diz respeito à moda, então tentamos procurar alternativas para suportar esse calor sem muita exposição.

Essa regra se quebra conforme a situação e local em que a pessoa se encontra. Existem eventos em que se pode fugir desse padrão, além de passeios, principalmente no litoral do país, onde hotéis e resorts muitas vezes obrigam os hóspedes a vestirem trajes de banho para entrar no mar e/ou piscina. Nessas ocasiões não é raro encontrarmos mulheres vestindo seus ‘burquinis’, uma espécie de maiô de lycra que cobre pernas e braços, além da touca cobrindo os cabelos.

imageOutro caso que nos deixa espantados são as regras no trânsito, ou melhor, a falta dessas, que fazem de qualquer passeio uma aventura. Aqui vale tudo, carro na contramão, passar na frente mesmo que não seja sua preferencial, crianças literalmente soltas dentro dos carros, quando não estão dirigindo, cargas transbordando em cima de caminhões, oferecendo perigo constante, entre tantas outras situações que só estando aqui para saber.

Essa dificuldade de estabelecer e aceitar regras é facilmente compreendida além do trânsito, em filas, no cumprimento de prazos e horários, entre tantos outros exemplos que eu poderia citar aqui. Um mundo acelerado, desenfreado que, infelizmente ainda tem diversas limitações em lidar com a democracia, seja ela em atos simples, como aguardar sua vez em uma fila, ou até mesmo no âmbito político, prova disso é o retorno do governo militar no país.

Bem, mesmo diante dessa impressionante desordem é possível se viver aqui e encontrar diversas vantagens que esse mundo nos oferece.

Aqui podemos dizer que o custo de vida, de uma forma geral, é bem mais acessível que países da Europa e da América. Mesmo diante de tantas dificuldades que o país vem enfrentando nos últimos tempos, no âmbito político-econômico, os valores pagos para o consumo de água, eletricidade, gás doméstico e gasolina é extremamente barato.

Outra grande vantagem desse país é a localização, por fazer parte do nordeste da África, está muito perto da Europa, ou seja, em menos de quatro horas de voo se consegue ir para diferentes países europeus ou até mesmo árabes. Além disso o país segue um calendário de feriados constantes da cultura muçulmana e cristã, prato cheio para os apaixonados por viagens.

O Egito é mundialmente conhecido pelas suas belezas históricas, mas também é um país que está crescendo e trazendo muita modernidade o que nos possibilita desfrutar tanto desse mundo antigo como da deslumbrante vida moderna. Então, ao mesmo tempo em que se pode conferir de perto grandiosos monumentos históricos, se pode também disfrutar de belíssimos e modernos shoppings.

Com tudo isso, não é raro se apaixonar por esse mundo, que mesmo em meio a tantas dificuldades consegue nos oferecer experiências únicas. Uma vida rodeada de pessoas tão diferentes nas suas culturas, mas tão iguais ao mesmo tempo. Pessoas que acolhem e lutam pelas suas realizações, assim como nós, Brasileiras Pelo Mundo.

Related posts

A aventura de ir ao supermercado no Egito

Amanda

Dirigir no Egito

Michelle Bastos

Custo de vida no Egito

Michelle Bastos

15 comentários

Jusley Finger Outubro 22, 2014 at 8:05 pm

Parabéns Mauren, retrataste muito bem o que é morar em um País tão deferente e ao mesmo tempo tão apaixonante por sua história e cultura!

Resposta
Mauren Novembro 5, 2014 at 8:44 am

Muito obrigada! Nada como sentir e viver tudo isso de pertinho, então não deixem de vir! Beijos!

Resposta
Suzy Barbosa-McBride Outubro 22, 2014 at 8:21 pm

Parabens pelo texto, Mauren. Gostei muito dos conselhos e de sua partilha. A regra do equilibrio citada por voce e passo importante para quem quer viver a aventura dos “intrusos”, pois em terra alheia, a simplicidade e um valor pratico e altissimo. Obrigada pelo texto!

Resposta
Mauren Novembro 5, 2014 at 8:49 am

Sem dúvida Suzy o respeito pelas diferenças é o que nos fortalece! Muito obrigada pelo carinho!

Resposta
Marta B. Grazziotin Outubro 22, 2014 at 10:57 pm

Muito bom saber em tempo real a vida aí no Egito, onde está residindo. Realmente tudo é muito diferente…pena que estive aí em tempo de guerra, mesmo assim pude ver a beleza de praias calmas, com águas quentes , contrastando com o deserto e a vida agitada de Cairo. Mais um tempo e poderá ser repórter de alguma emissora de TV ou então redatora de um jornal. Parabéns !!

Resposta
Mauren Novembro 5, 2014 at 8:53 am

Muito obrigada mãe! Estou adorando repassar um pouco da minha experiência e enriquecer meus valores! Beijos!

Resposta
EDLAINE MAGOGA DAMATO Outubro 23, 2014 at 3:04 am

OBRIGADO , sou apaixonada pelo PAÍS DO EGITO ! EXCLUSIVAMENTE PELA CIDADE DO CAIRO. ( gostaria de saber mais a respeito dessa cidade do CAIRO ) GOSTEI DA MATÉRIA ! ASSIM PODEMOS FICAR A FRENTE DE TODAS AS NOTÍCIAS SOBRE O EGITO ! UM PAÍS DE EXTREMO RESPEITO POR SUA CULTURA , RELIGIAO , E COSTUMES !

Resposta
Nane Magossi Outubro 23, 2014 at 9:17 am

Perfeito seu post. Adorei a parte do transito, voce retratou com perfeicao o que acontece, so nao concordo que o Egito seja barato, o custo de vida aqui para quem ganha em dolares e muito acessivel mesmo, mas para quem ganha em libras e carissimo.

Resposta
Mauren Novembro 5, 2014 at 8:58 am

De fato os custos têm aumentado Nane, mas se compararmos com o Brasil e países europeus, por exemplo, veremos que a diferença é gritante. Muito obrigada pelo comentário! Abraços!

Resposta
Júlia Ditadi Outubro 27, 2014 at 2:37 pm

Parabéns mãe!!!! Tu escreve com o coração!! Ler esse texto me fez sentir no Egito novamente! Saudades!! Até breve!

Resposta
Mauren Novembro 5, 2014 at 9:00 am

Muito obrigada filha! Tento sempre mostrar que mesmo diante de dificuldades podemos crescer e aprimorar nossos valores e conhecimentos. Te amo! Beijos!

Resposta
cleverson da silva dekache Outubro 31, 2015 at 3:51 pm

Mas como faço para morar la?? sou técnico em coleta de sangue isso ajuda em alguma coisa?

Resposta
Cristiane Leme Outubro 31, 2015 at 4:54 pm

Cleverson, lamentamos informar que a Mauren deixou a colaboração do blog.
Edição BPM

Resposta
silvia Janeiro 18, 2016 at 11:02 am

nos que somos brasileiros podemos morar ai sem nehum problema nos mulheres solteiras

Resposta
Cristiane Leme Janeiro 19, 2016 at 5:28 pm

Olá. A Mauren parou de colaborar com o blog.
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação