BrasileirasPeloMundo.com
EUA Turismo Pelo Mundo

Wynwood – O Beco do Batman em Miami

Wynwood – O beco do batman em Miami

Você já ouviu falar num bairro de Miami chamado Wynwood? E no bairro da cidade de São Paulo chamado Vila Madalena? Aposto que esse já!

Sabe qual a semelhança entre os dois? Artes e grafites nos muros. Pois é, comparando os dois bairros, é possível perceber a semelhança. Na vila Madalena temos o Beco do Batman e, em Miami, temos o Wynwood Walls.

Entre vielas do bairro da Vila Madalena, fica localizado uma galeria de grafite a céu aberto conhecida como Beco do Batman, ruas estreitas, em um bairro mais cool, ou podemos mesmo dizer, um bairro mais “alternativo” da cidade de São Paulo. Um bairro cheio de bares, food trucks, baladas e muito frequentado por jovens.

Tudo começou na década de 80, quando foi encontrado um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. Isso acabou atraindo estudantes de artes plásticas, que começaram a encher as paredes com desenhos psicodélicos e cubistas, formando assim a galeria de artes das paredes.

Os desenhos são renovados constantemente por grafiteiros, e a comunidade ajuda a manter e conservar as paredes. E assim o beco do Batman se tornou um grande ponto turístico em São Paulo.

Bom, expliquei por cima a história do Beco do Batman para poder chegar ao Wynwood Walls.

Leia também: Atividades em Orlando além dos parques de diversões

Wynwood é super parecido com a Vila Madalena nesse sentido, um bairro alternativo, muito frequentado por jovens. Aos finais de semana é possível encontrar vários food trucks na rua, bares com banda ao vivo, galerias de arte, lojinhas e afins.

Wynwood é o nome do bairro e Wynwood Walls é o exato lugar onde se encontra as paredes grafitadas. O local foi concebido pelo renomado revitalizador e marceneiro comunitário, Tony Goldman, falecido em 2009.

 

Ele queria transformar o distrito em algo importante, apreciado e respeitado historicamente. Pois Wynwood era considerado de forma periférica. Foi então que teve a ideia de transformar os prédios e armazéns sem janelas em uma grande tela de pintura. E, em 2010, eles abriram as portas para 10 artistas deixarem suas marcas por lá, fazendo com que o local fosse expandido. O projeto realmente evoluiu, e acabou sendo chamado de “Museu das ruas”.

 

Já passaram mais de 50 artistas, representando 16 países diferentes como: Estados Unidos, Brasil, Alemanha, Portugal, México, Japão, Espanha, Grécia, entre outros.

E sim, conseguiram ter uma grande cobertura da mídia como: New York Times, BBC News, Vanity Fair e a Forbes. E Wynwood entrou na lista como um dos bairros mais badalados dos Estados Unidos.

A cada ano, eles se esforçam para trazer mais artistas renomados para continuar ampliando e atraindo mais pessoas.

 

A diferença, comparada com o beco do Batman, é que Wynwood oferece um espaço maior, com alguns pavilhões fechados com artes e pinturas em quadros. E o melhor de tudo: a entrada é grátis.

Leia também: Tudo o que você precisa saber para morar nos EUA

O horário de funcionamento é :

Segunda a quinta: 10:30 am – 11:30 pm

Sexta e sábado: 10:30 am – 11:59 pm

Domingo: 10:30 am – 6:00 pm

O local também tem um restaurante bem estruturado, uma doceria e uma loja onde vendem várias coisas relacionadas à arte.

De abril/2019 à julho/2019, está tendo uma exposição exclusiva do nosso famoso artista brasileiros Kobra.

Já visitei várias vezes esse local, já vi várias exposições, mas nada comparado com a dele. Realmente está incrível e vale a pena ver de perto.

Outro fato muito legal é que essa parte do pavilhão pode ser fechada para eventos privados.

Andando pelo bairro é possível ver as artes e os grafites em várias paredes de comércios, restaurantes, prédios e mesmo na calçada.

Eu, particularmente, adoro passear por lá, sempre indico o lugar para as pessoas que vêm fazer turismo em Miami, para sair um pouco da praia e outlet. Há outras coisas legais e muita gente ainda não conhece. Como já estive por lá várias vezes, pude ver diferentes tipos de pinturas, e sempre uma mais bonita do que a outra.

O lugar é muito procurado pelas blogueiras para tirar fotos. Sempre há vários fotógrafos profissionais por lá, artistas filmando por lá e muitos brasileiros visitando.

O lado ruim? Sim, lugares muito turísticos sempre têm um lado ruim. E, nesse caso, é a disputa para tirar foto em um muro – sem que ninguém saia nela – é praticamente impossível. Mas eu uso uma tática que sempre funciona, me ofereço para tirar fotos das pessoas – porque ninguém quer tirar selfies, justamente para sair a pintura do muro toda – e, em troca, ela tira foto minha também, todo mundo espera e sai feliz.

Essa é a minha dica de turismo para quem passar por Miami. Não precisa passar um dia inteiro por lá, mas vale a pena dar uma conferida de perto, tirar umas fotos legais e bem coloridas. E ainda comer algo por lá, há vários restaurante legais e não somente food trucks.

Related posts

O quê e onde comer em Washington DC

Lorrane Sengheiser

Verão no Mar Negro

Aimée Bardella Aihst

Dicas de turismo em São Petersburgo

Priscilla Castro

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação