BrasileirasPeloMundo.com
Arábia Saudita Turismo Pelo Mundo

Turismo na Arábia Saudita – Roteiro em Jeddah

Turismo na Arábia Saudita – Roteiro em Jeddah

Turismo na Arábia Saudita – Roteiro em Jeddah.

Banhada pelo mar vermelho, com um trânsito caótico e uma riqueza histórica deslumbrante, Jeddah é tradicionalmente, o principal destino turístico do país. Isso devido a sua proximidade com Mecca, o berço do islamismo.

Jeddah é a segunda maior cidade da Arábia Saudita. É considerada a ‘capital’ comercial do país além de ser a mais rica do Oriente Médio e da Ásia Ocidental.

Turismo na Arábia Saudita – Roteiro em Jeddah

Como se não bastasse, a cidade será sede do maior edifício do mundo, o Jeddah Tower, com mais de mil metros de altura.

Já deu para notar que a cidade é incrível não é mesmo? Eu não sei o porque ainda não fiz um roteiro dessa cidade que eu tanto gosto por aqui.

A seguir os pontos turísticos de Jeddah que, na minha opinião, mais vale a pena visitar.

Al Balad

Al-Balad é a região histórica de Jeddah; em árabe Al Balad significa “a cidade”. Fundada no século VII, servia como centro de Jeddah. A cidade era murada, porém os muros foram derrubados na década 40.

Por volta dos anos 70 e 80, quando Jeddah começou a ficar mais rico devido ao petróleo, muitos jeddawis (pessoas nascidas em Jeddah) mudaram-se para o norte da cidade, longe de Al-Balad, já que o bairro não tinha estrutura para a vida moderna, como por exemplo, espaço de estacionamento suficiente para carros grandes.

Com isso, a região tornou-se moradia principalmente de imigrantes.

Em 1991, o município de Jeddah fundou a Sociedade de Preservação Histórica de Jeddah para preservar a arquitetura histórica e a cultura de Al-Balad. Em 2002, US$ 4 milhões foram destinados à sociedade de preservação.

Em 2009, Al-Balad foi nomeado pela Comissão Saudita para Turismo e Antiguidades para ser adicionado à lista do Patrimônio Mundial da UNESCO, e foi aceito em 2014.

Mas o que ver em Al Balad?

Esse será o ponto alto da sua visita a Jeddah, principalmente se você gosta de conhecer novas culturas.

As construções históricas existentes no bairro foram mantidas, algumas restauradas e transformadas em lojas de produtos locais, cafés e museus.

A região é linda; as casas com decoração em madeira talhada no estilo jeddawi são fabulosas, além de super fotogênicas.

Ademais, é um excelente lugar para comprar souvenir.

O principal museu da região é o Nasseef House ou Nassif, uma casa histórica que foi restaurada e transformada em museu e centro cultural em 2009.

Corniche (Orla da praia)

Durante séculos, Jeddah serviu como um importante porto marítimo. Na verdade, seus portos sempre foram tão cheios de vida que ficou conhecida como a ‘noiva do mar vermelho’.

Atualmente, a corniche (como os árabes chamam a orla da praia) ainda é parte integrante da vida em Jeddah. Famílias e grupos de amigos se reúnem a este ponto durante a noite para churrascos, caminhadas, piqueniques ou apenas para desfrutar da brisa do mar.

Essa orla foi reformulada em 2017 e agora compreende cerca de 30Km de extensão, com praias, restaurantes, parques, resorts e mesquitas, além de eventos praticamente todo fim de semana.

KAEC – King Abdullah Economic City

Localizada a 100km de Jeddah, a cidade econômica do Rei Abdullah é uma cidade planejada. Construída em 2005, possui 173m2 e parece um condomínio gigante.

A cidade é linda, possui duas praias particulares (que você pode pagar um taxa e passar o dia), restaurantes, resorts, além de uma corniche linda. Na minha opinião, a mais bonita da Arábia (das que eu já conheci obviamente).

Montanha da lua (moon mountain)

Esse é o lugar que eu mais gostei de conhecer em Jeddah!

Principalmente para os que vêm do Brasil para conhecer a Arábia, eu indicaria conhecer lugares incomuns, que não vemos no Brasil, e a montanha da lua é sem dúvida, um desses lugares.

Localizada a uma hora de carro ao norte de Jeddah e apropriadamente chamada por conta de uma paisagem que seria familiar aos astronautas da Apollo, Moon Mountain é um refúgio popular para os habitantes locais que procuram escapar da agitação urbana em favor de caminhadas nos fins de semana e acampamentos sob as estrelas.

Para chegar é só colocar no google maps “moon mountai jeddah” e conseguirá acessar pela rota 285 da Asfan Road para fora da cidade em direção à Universidade de Jeddah, e depois para a pequena vila de Asfan.

Leve água, uns snacks e itens para fazer piquenique. Não é necessário um carro 4×4 para acessar.

Fonte King Fahd

Visível de toda a cidade, a Fonte do Rei Fahd é um marco de Jeddah. A fonte possui 321 metros, sendo considerada a mais alta do mundo e conta com o mar Vermelho como pano de fundo.

Os jatos d’água são lançados em direção ao céu a uma velocidade de mais de 350 km/h.

A fonte fica melhor depois de escurecer, quando centenas de luzes coloridas iluminam o arco de água enquanto ele se eleva espetacularmente contra o céu noturno.

Há muitos pontos de vista excelentes para observar a Fonte do Rei Fahd e o Corniche de Jeddah está entre os melhores. Se chegar de táxi ou Uber, peça para deixá-lo em frente ao hotel Ritz Carlton e atravessar a rua até a orla.

Quanto tempo ficar?

Jeddah é uma cidade grande, com diversão para todos os gostos e bolsos, portanto você vai encontrar atração por bastante tempo por ali.

Porém se você pretende conhecer outros lugares na Arábia (o que eu recomendo), eu diria para separar 3 dias em Jeddah.

 

Leia também: Conheça Umluj – as Maldivas da Arábia Saudita, Turismo na Arábia Saudita – Roteiro em Tabuk e Turismo na Arábia Saudita – roteiro em Al-Ula.

 

Quer saber mais sobre o BPM? Siga-nos também no Instagram e no Facebook

Related posts

Filmes para assistir antes de visitar Istambul – Parte 1

Juliana Lima

Arábia Saudita – O Papel da Figura Masculina na Vida de Uma Mulher Árabe

Carla Ferreira

Dicas de passeio em Sintra

Lyria Reis

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação