BrasileirasPeloMundo.com
Intercâmbio pelo Mundo Nova Zelândia

10 motivos para se fazer intercâmbio na Nova Zelândia

10 motivos para se fazer intercâmbio na Nova Zelândia.

Se tem uma coisa que todo mundo deveria fazer na vida é conhecer outros países que não o seu, ultrapassar fronteiras e sair da realidade que nos é familiar e que muitas vezes parece ser única.

O intercâmbio é uma das formas de se viver essa experiência e ainda adquirir aprendizado em áreas diversas. É possível aprender uma nova língua, uma nova qualificação, aperfeiçoar-se na sua área de atuação ou simplesmente naquele hobby que é uma paixão! Ao mesmo tempo, abrir a mente para o diferente, aceitar novos gostos e estilos, imergir em um modo de vida inusitado são coisas simples que nos ajudam a entender o outro e nos melhora como seres humanos.

Tendo tudo isso em mente, o primeiro passo para embarcar em uma aventura de intercâmbio com certeza é escolher o país ideal, onde é possível combinar de tudo um pouco e viver as experiências ao máximo. Sim, eu sei, são inúmeras as opções e escolher apenas um destino às vezes parece uma tarefa impossível!

Cada país tem seus atrativos e pontos a serem considerados, e cada pessoa tem seus desejos e expectativas que devem ser balanceadas nessa equação de escolha. Para ajudar  um pouco, vou descrever abaixo 10 motivos pelos quais a  Nova Zelândia é considerada um excelente destino de intercâmbio para todas as idades.

ro-2

1 – Qualidade de ensino Apesar de não ser muito divulgado, a Nova Zelândia está entre os 10 países com a melhor educação do mundo. O governo investe e fiscaliza o sistema interno e com certeza uma qualificação adquirida no país será válida em qualquer lugar do mundo. Por aqui, você poderá estudar inglês, fazer High School ou um curso de graduação, pós-graduação, mestrado e muitos outros.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Nova Zelândia

2 – Possibilidade de estudo e trabalho – Sabemos o quanto é importante ter a possibilidade de ganhar uma graninha enquanto se estuda e que cada vez mais os países estão restringindo esta opção durante o intercâmbio. Aqui na Nova Zelândia qualquer estudante que estudar por no mínimo 14 semanas em uma escola de categoria 1 terá permissão de trabalho de 20 horas semanais. Assim é possível estudar e conseguir um trabalho legalmente, sem estresse. Além de ajudar com o desenvolvimento do inglês é super interessante voltar para o Brasil com uma experiência de trabalho no exterior.

3 – Segurança e ser um dos países menos corruptos do mundo– O país é considerado o mais seguro do mundo e consta como o número 1 do mundo em termos de segurança. Está também nas listas como um dos menos corruptos do mundo. Nada mal pra enviar o filho para um intercâmbio ou para aproveitar sem medidas ou preocupações, não é?

4 – Custo-beneficio – O dólar neozelandês, moeda oficial do país, é uma moeda forte mas possui um valor inferior ao dólar americano e ao australiano, o que ajuda na hora das conversões. Ademais o valor dos cursos e custo de vida é mais barato que destinos comuns como EUA, Inglaterra, Canadá e Austrália.

5 – Contato com a natureza – Se você é um amante da natureza, nem precisa pensar duas vezes: a NZ é o seu destino. O país é chamado de“100% puro”, pois as belezas naturais estão por toda parte e são consideradas como um dos maiores patrimônios por aqui. Seja qual for a cidade de sua escolha, o verde, parques, praias e cachoeiras estarão por perto e lhe darão a oportunidade de fazer muitas atividades outdoors, ter contato com animais e se encantar com a diversidade e as paisagens incríveis que estão por toda parte.

6 – Convivência com os kiwis e mais 100 outras nacionalidades – A Nova Zelândia é extremamente cosmopolita. É um país novo, formado por maoris e colonizadores ingleses predominantemente, porém atraiu e atrai imigrantes de todas as partes do mundo. A mistura de cultura é sentida nas ruas, nas festividades e nos diversificados restaurantes das cidades. Durante o intercâmbio é possível aprender bem mais que apenas a cultura neozelandesa e levar pra casa, além de muitas experiências e amigos do mundo inteiro.

7 – Diversão para todas as idades – Pode não parecer, mas esse é um motivo fortíssimo para se escolher a Nova Zelândia. Por aqui, não se tem apenas esportes radicais, como muitos imaginam, mas também muitas outras atividades que atenderão desde crianças até pessoas mais maduras. Nada como se matricular em cursos para maiores de 40, estudando de manhã e indo com a turma experimentar vinhos a tarde por exemplo. Piquenique no parque, hiking em montanhas, surfe, esquie, museus, jardins, moutain bike, cavernas, bungeejump, restaurantes renomados, canoagem, paraquedismo, velejar, relaxar, explorar, ver golfinhos, ler e mergulhar. É só organizar a lista de atividades preferidas que todos os gostos serão atendidos.

8 – Experiências únicas – Não é porque a Nova Zelândia parece longe que seu intercâmbio será sem igual e sim, por algumas coisas e experiências que só são vistas por aqui. Formações geográficas adicionadas ao clima, somado ainda a atividades vulcânicas e natureza pura, proporcionaram ao país fenômenos impressionantes. Crateras de vulcões inativos, vulcões em atividades, piscinas naturais de água e lagos de águas cristalinas são alguns dos passeios imperdíveis do país, mas visitar geleiras que estão para desaparecer, gêiseres raríssimos, observar animais marinhos no seu habitat natural e reservas naturais entre os alpes, muitas vezes só é possível por aqui.

9 – Facilidade de viajar pelo país Com uma extensão territorial de aproximadamente 3 mil km de norte a sul, é possível conhecer boa parte da Nova Zelândia e suas belezas durante o intercâmbio. Com um pouquinho mais de tempo livre, alugar uma van ou campervan e viajar pela ilha norte ou sul é uma ótima opção. Viajando por um mês é possível conhecer os principais pontos das duas ilhas. Também é fácil comprar passes de ônibus e ir parando onde sentir vontade. Alternativas para aproveitar ao máximo os finais de semana, como viagens em grupos turísticos, alugar carros com amigos ou mesmo pegar um voo ou um ferry podem ser bastante viáveis e permitir que se conheça boa parte do país.

10 – Possibilidade de extensão do intercâmbio ou residência no país Caso se tenha interesse em ficar um pouquinho mais por aqui, é possível solicitar um novo visto sem ter que sair do país. Além dessa facilidade, a Nova Zelândia é um dos poucos países que oferecem um ano de visto de trabalho após a conclusão de cursos de nível 7 ou acima. E ainda é um dos raros países desenvolvidos com algumas profissões em demanda. Qualificando-se por aqui e conseguindo um trabalho após o curso torna bem possível obter pontuação suficiente com a imigração para se solicitar residência no país.

Por esses e outros mil motivos, fazer um intercâmbio na NZ valerá a pena!

Related posts

Enfim cidadã naturalizada da Nova Zelândia

Roberta Crossley

Empregos para estudantes na Nova Zelândia

Natália Souza

Como as mamães se exercitam na Nova Zelândia

Roberta Crossley

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação