BrasileirasPeloMundo.com
Empregos Pelo Mundo Portugal

7 dicas para procurar emprego em Portugal

7 dicas para procurar emprego em Portugal.

Começar uma nova jornada de trabalho em terras lusitanas demanda dedicação e muita persistência para se procurar emprego. Mesmo sabendo disso, é importante ter em mente que para buscar uma oportunidade é essencial que: se tenha um currículo adequado e bem feito, realizar uma busca específica na área de interesse e clareza do objetivo profissional, pois certamente estes pontos contribuirão significativamente durante essa trajetória no novo país. Por isso, se você já está em Portugal a procura de trabalho ou preparando-se para mudar, uma das grandes preocupações é ter um emprego, pensar em uma forma de sustentar-se e manter-se com o próprio dinheiro. Pensando nisso, compartilho com vocês 7 dicas para procurar emprego em Portugal e gerar renda estável. E, então o que se pensa logo é: Como conseguir um emprego? Será que tem emprego na minha área?

Abaixo apresento algumas dicas que podem facilitar esse processo.

Dica 1: Atualize o Currículo 

O currículo deve conter sempre informações super atualizadas e verídicas. Deve estar organizado com suas experiências profissionais e acadêmicas de uma maneira que seja fácil de entender.

Uma dica simples, mas que pode facilitar a leitura do recrutador é atualizar o seu currículo com português de Portugal (pode parecer bobo, mas acredite, faz diferença!). Algumas ferramentas online ou até mesmo do Word te ajudam a fazer essa “tradução” que é singela, porém, aos olhos de quem lê, faz diferença.

Claro que termos técnicos universais sempre serão mantidos. Mas, alguns outros detalhes podem facilitar a percepção de quem lê seu currículo.

Ter também o currículo em inglês é importante. Há muitas empresas oriundas de outros países da União Europeia e por isso, o teu currículo em inglês pode ajudar a visualização de recrutadores de países que não falam português, mas que atuam em processos seletivos em Portugal. Também há ferramentas online como o próprio Google Translate que pode te dar uma força nessa tarefa.

Leia também: Tipos de vistos para morar em Portugal

Dica 2: Part Time ou Full Time

Em Portugal, o regime de horas de trabalho é estabelecido em dois formatos:

Trabalho Full Time (Tempo integral): a duração média diária de trabalho é de 7 horas por dia, 35 horas por semana, exceto nos casos em que o horário de trabalho fixado ou a modalidade de trabalho determine uma duração inferior;

Trabalho Part Time (Tempo parcial): corresponde a um período normal de trabalho semanal menor ao praticado no Full Time. São acordados os dias em que se têm a prestação de trabalho e a remuneração é proporcional ao número de horas trabalhadas.

É importante estar ciente destes formatos, porque a maioria das vagas já possuem essa informação. Então, se você estuda, ou se tem filhos, ou uma outra atividade no dia que precisar de algumas horas, consegue focar nas vagas que são mais pertinentes para sua rotina, suas responsabilidades e estilo de vida.

Dica 3: Tipo de Currículo

Algumas empresas têm preferência pelo Currículo Europass que se trata de um modelo específico de currículo vitae que é conhecido em toda União Europeia. Este é o link da plataforma em português para você ter acesso e fazer o seu CV.

Dá um pouco de trabalho porque é bem detalhado, então separe um dia para fazer com bastante calma esta tarefa.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar em Portugal

No entanto, se você preferir, pode fazer um currículo criativo, moderno e organizado que cative o recrutador e que dê para entender suas experiências profissionais.

Dica 4: Sites de Emprego

Há muitas vagas em sites de emprego onde é possível visualizar vagas e filtrar o que for melhor de acordo com o que deseja trabalhar. Os sites mais comuns para fazer busca de vagas de emprego aqui em Portugal são:

Net Empregos

It Jobs

Alerta Emprego

Carga de Trabalhos

Indeed

Neuvoo

Trabalho Certo

CareerJet

Sapo Emprego

Indústria Criativa

BEP

Emprego XL

IT Jobs

Emprego Saúde

Turijobs

Porto for Talent

Foto: pixabay.com

Dica 5: Sites de Empresas de Recrutamento

Algumas empresas de Recrutamento e Seleção te dão a opção de se cadastrar e ter acesso às vagas que estão trabalhando, além de cadastrar o seu currículo na base de dados delas. Essas são algumas:

Randstad Portugal

Michael Page Portugal

Hays Portugal

Adecco Portugal

Leia também: Dicas para fazer Mestrado em Portugal

Dica 6: Redes Sociais

O LinkedIn é uma grande rede social que contem muitas vagas específicas e funciona muito bem em Portugal. Coloque a localidade na área que está (ou que estará), assim ficará mais fácil filtrar posições profissionais da região.

Não se esqueça de atualizar seu perfil e começar a fazer boas conexões, pois também pode te ajudar a ser visualizado por empresas e render entrevistas.

Há alguns grupos no Facebook sobre emprego e em tais grupos, as vagas normalmente são para posições de trabalho mais informais, mas também pode render um networking dependendo da área que você pretende atuar.

Dica 7: Rede de Contatos

Os seus amigos e familiares também podem te ajudar a procurar um trabalho. Compartilhe o seu currículo com as pessoas e explique que oportunidade está procurando. Além disso, expanda sua rede de contatos através de eventos que estejam relacionados aos temas que contribuem para sua área, assim você também conseguirá divulgar o seu trabalho e falar mais sobre seu serviço. As redes sociais também podem te ajudar na busca dos próximos eventos que você poderá frequentar.

Essas são dicas que aprendi com algumas colegas que trabalham na área de Recrutamento e Seleção e com pessoas que se empenharam em buscar uma colocação profissional em Portugal.

São tarefas simples, mas que se forem feitas com êxito, mostram um retorno positivo. E, para além disso, procurar trabalho dá trabalho, contudo, a recompensa é sempre boa!

Related posts

Estatuto Igualdade de Direitos e Deveres em Portugal

Isadora Lima

Lisboa ou Cascais, onde morar?

Cristina Hélcias

Como trocar a carteira de motorista em Portugal

Priscila Maranhão

1 comentário

Elias Janeiro 28, 2019 at 8:20 pm

Olá! Como fica a questão do endereço e número de telefone para colocar no currículo? É tão importante “arranjar” um endereço em Portugal e ter um número de telefone do país para conseguir ir adiante na candidatura? Poucas pessoas falam sobre isso, mas sei que em cidades brasileiras alguns recrutadores acham isso importante (ter um endereço na cidade da candidatura e um número de telefone com o código de área do local da candidatura). Obrigado!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação