Cheguei em Portugal para estudar. E agora?

0
152
Foto: pixabay.com
Advertisement

Cheguei em Portugal para estudar. E agora?

A experiência de ser estudante internacional é única em nossas vidas, mas a ansiedade faz com que a expectativa cresça ainda mais. Por isso, o que fazer quando estiver passando pela situação com tantas mudanças?

Os primeiros dias serão uma avalanche de emoções, sentimentos e curiosidades. Com toda certeza a vontade de conhecer a cidade e os locais turísticos serão incontroláveis e animadoras, mas isso não é tudo, certo? Sendo assim, o que é preciso ter em mente para estudar em Portugal?

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar em Portugal

Visto de estudante

Antes de vir para Portugal é necessário ter o visto de estudante. Existem dois vistos de estudante que podem ser emitidos pelos Consulados no Brasil:

  • Visto de Residência para fins de estudos (com período superior a um ano);
  • Visto de Estada Temporária (com período inferior ou igual a um ano para estudar).

Para maiores detalhes sobre o procedimento, veja também o post Visto de Residência para estudante em Portugal.

Onde vou ficar?

A maioria dos estudantes reservam quartos ou apartamentos ainda no Brasil e isso pode dar mais segurança ao chegar na nova cidade. Por esse motivo, quando você for escolher um local, é importante ter atenção com alguns pontos:

  • Será que a reserva realizada é segura? (tente verificar se a sua reserva e pagamento estão sendo feitos de maneira segura);
  • É um local apropriado para mim? Peça fotografias e vídeos do quarto ou apartamento para ver se tem tudo o que você considera confortável para morar por pelo menos durante alguns meses;
  • Pesquise sobre o local. Veja nos mapas se a localização é boa e satisfaz as suas prioridades como ter facilidade de acesso para faculdade, transporte público, supermercado, lavanderia, casa de saúde, etc.

E a faculdade?

O sistema universitário em Portugal é um pouco diferente do que existe no Brasil. Por esse motivo, é preciso estar atento para entender como funciona os sistemas de avaliação da universidade. Também é importante escolher as disciplinas que você quer frequentar, os horários que as aulas serão ministradas e ler com atenção o conteúdo programático do que será abordado para tentar entender a forma de avaliação aplicada pelos professores.

Em um primeiro momento, tudo pode parecer muito confuso, mas não se “acanhe”. Pergunte aos colegas e professores sempre que tiver dúvidas para começar a compreender melhor o sistema acadêmico português.

Leia também: Dicas para fazer Mestrado em Portugal

Transporte público

O acesso ao transporte público, em Portugal, é relativamente fácil de aprender. A maioria das informações são encontradas facilmente na internet. Assim, é muito simples pesquisar sobre as linhas de comboio (comboios são trens em português de Portugal). Para saber sobre os horários e estações acesse o site dos Comboios de Portugal.

Dica: Há muitos descontos em transportes públicos para estudantes que tenham até 25 anos. Pesquise sobre o assunto na cidade que pretende morar para ter acesso à informação.

Adaptação

No início, adaptar-se à nova rotina pode parecer um pouco complicada, mas saiba que estará tudo bem e sentir-se desta maneira por um tempo é normal. Aos poucos, você entenderá como é a dinâmica da faculdade, da nova cidade, dos portugueses e do estilo de vida deles. Abra-se para o novo e tente ver tudo com os olhos de um estudante curioso, evitando julgamento e comparações. Dessa maneira, aventurar-se no desconhecido será mais leve.

Amizades

Nessa nova trajetória acadêmica haverá momentos em que você será “obrigado” a se comunicar para tirar suas dúvidas sobre algo e, naturalmente, na sala de aula, precisará fazer trabalhos em grupo. Os trabalhos em grupo (mesmo sendo odiado algumas vezes), acabam sendo uma forma para você se comunicar com outros colegas, iniciar novas amizades e conhecer pessoas. Além disso, participe de encontros, workshops e palestras da universidade. Assim, você aproveitará ainda mais sua experiência acadêmica e poderá fazer networking.

Conta bancária

Há algumas vantagens ao abrir uma conta bancária portuguesa, como por exemplo, ter facilidade para realizar transações bancárias, segurança e também pode ser uma forma de economizar. Para abrir uma conta bancária em Portugal é preciso:

  • Bilhete de Identidade (BI) ou Cartão do Cidadão;
  • Passaporte (para os estrangeiros, há a opção de apresentar o passaporte no lugar do Bilhete de Identidade);
  • NIF – Número de Identificação Fiscal;
  • Comprovante de endereço: conta de luz, conta de água ou contrato de locação;
  • Comprovante de renda.

Para mais informações sobre como abrir uma conta bancária em Portugal, sugiro que leia mais em: Como abrir conta bancária em Portugal.

Veja também como obter o cartão do cidadão em Portugal para solicitar o seu.

Câmbio

É muito importante levar em consideração a forma como você realizará a troca de dinheiro. Pesquise bastante sobre taxas, formas de pagamento e maneiras que mais se adequem ao seu bolso. Procure fontes confiáveis e que sejam seguras na hora de fazer a transação.

Português de Portugal

Nas aulas, um dos grandes impactos será o idioma. Durante o período de adaptação, é bem complicado entender o português de Portugal por conta do sotaque, das expressões e pronúncia. Mas tendo paciência e prática, com o tempo, os ouvidos ficarão acostumados e você se sentirá mais confortável.

Leia também: Diferenças entre o português de Portugal e do Brasil

Por fim, tenha certeza que será um momento da sua vida de muitas oportunidades e aprendizagens. Um intercâmbio acadêmico é extremamente enriquecedor e ajudará ainda mais no seu crescimento pessoal e profissional, pode ter certeza!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.