BrasileirasPeloMundo.com
Espanha

7 sabotadores das suas decisões

Em se tratando de mudar de país, embora a ideia inicialmente pareça genial, os passos para realizá-lo envolvem muito planejamento e coragem. Vamos abordar alguns pontos que certamente passarão por sua cabeça,  mas que cada um enfrentará de sua própria maneira, podendo acreditar ou não que eles são verdadeiros, deixando que eles te dominem e paralisem.

1 – Medo

Muitas coisas podem ser escritas aqui para exemplificar os medos que temos de tomar a tal decisão de jogar tudo para cima e ir para outro país. Mas queria colocar uma delas aqui: e se não der certo? Gente, super normal ter medo. Super normal pensar também no que pode dar errado. Mas você prefere arriscar, fazer uma tentativa e correr o risco de ter que voltar falando que pelo menos você tentou ou nem sair do lugar por um medo que está dentro da sua cabeça? Realmente pode ser que você tente e tenha que voltar, que você não se adapte ou não consiga se manter por muito tempo, caso não consiga arrumar logo um trabalho, mas gosto muito daquela frase: “não sabendo que era impossível, foi lá e fez”. É bem isso mesmo, se ninguém te falar que não é possível fazer, mais chances psicológicas você tem de fazer dar certo! Muitas pessoas se sentem mais motivadas quando são desafiadas e essa é uma grande oportunidade de provar que é possível, uma questão querer que dê certo, leve o tempo que levar.

2 – Desculpas

Algumas das famosas desculpas: “Mas e se eu não arrumar trabalho? Mas e se eu não me adaptar? Mas e se eu não aprender o idioma? Mas e se eu for descriminada por ser estrangeira? Mas e se meus filhos não gostarem?” Suposições e mais suposições. E aqui deixo outra frase: “Sou brasileiro e não desisto nunca!”

3 – Procrastinação

Pensamentos que adiam nossa vontade: “Vou esperar mais um ano para ver se vou mesmo. Vou fazer um curso antes e depois eu começo a ver o que preciso para mudar. É muito complicado mudar de país, é tanto documento que preciso ir atrás que dá preguiça”. Enfim, estipule o tempo que julga necessário e foque nisso! Dê os passos para ir rumo ao seu sonho, planeje e torne seu plano real.

4 – Falsas Crenças

“Já tenho mais de 30 anos, será que ainda é tempo de fazer isso? Acho melhor não sair da minha zona de conforto. Melhor o certo do que o duvidoso”. Todos nós somos criados com falsas crenças que nem sabemos e nos momentos de decisões isso surge em nossos pensamentos tentando minar qualquer sinal de libertação. É muito importante desatar essas amarras para conseguir viver o novo.

5 – Sofrer por antecipação

Nem tomamos a decisão direito e já estamos sofrendo por coisas que nem sabemos se irão acontecer. Todo esse sofrimento faz com o medo nos paralise e, consequentemente, nos impeça de agir. É necessário abrir a mente! Trocar esse sofrimento por pensamentos positivos e ir avançando. Vencer cada barreira que se levante e começar a visualizar a mudança acontecendo.

6 – Falta de Confiança

Achar que não vai dar certo, que você não é capaz, que isso é somente para certas pessoas, que você não vai aguentar ficar longe dos seus amigos e família, que você não tem estrutura emocional para dar um passo tão grande assim, faz com que você não acredite que pode dar certo com você também. E por que não pode dar certo com você? A vida é uma só e é agora. Ouse! Arrisque! Acredite! Tente! Realize seus sonhos, faça com que eles aconteçam! Se você não for atrás do que é melhor para você, quem irá?

7 – Falta de Coragem

Muitas coisas virão à sua cabeça, acima abordamos várias delas, mas acho que a mais importante e que deve ser levada a sério é a falta de coragem para dar o primeiro passo. Se armar de todas essas desculpas e deixar com que isso te segure. Colocar a culpa por você não realizar seus sonhos no tempo, nas pessoas, na família, na falta de sorte, enfim, nos sabotadores que vivem dentro da sua cabeça é muito fácil. Difícil é ser o protagonista da sua própria vida e assumir suas decisões sabendo que todas elas terão uma consequência. Não se dê por vencido sem antes ter tentado, deu certo com muita gente. Acredite que com você também pode dar. Mas cabe só a você mesmo atravessar o oceano ou as terras necessárias atrás do que realmente te motiva. E quando chegar lá não se esqueça de tudo o que fez e se orgulhe por ter tido a coragem de ter tentado.

Você é o grande responsável por alcançar seus sonhos e isso é apenas o começo da mudança. Muitas coisas ainda estão por vir no momento em que você coloca seus pés em seu novo destino. Não se apavore, não tenha pressa, viva cada experiência e lembre-se: você está vivendo seu sonho! Você chegou la! O mérito é seu! Com certeza seus pensamentos vão mudar e você vai pensar: como eu estaria se não tivesse mudado? Estaria vivendo as mesmas coisas, passando pelos mesmos problemas, trabalhando no mesmo lugar. Agora é se abrir para o que você mesmo planejou e almejou. A adaptação é difícil, mas a recompensa é muito maior. Se permita e acredite em você mesmo!

Tallenna

Tallenna

Related posts

O verão espanhol

Daiane Antunes

Fallas

Thais Maciel Gomes

Procedimentos para legalização de documentos brasileiros na Espanha

Susana Sawa Toledo

12 comentários

Daiana Reis Outubro 21, 2016 at 6:14 pm

Ótimo texto! Parabéns Gleice…
bjos..

Resposta
Gleice Garcia Santiago Outubro 24, 2016 at 11:39 am

Olá Daiana! Fico feliz que tenha gostado do texto! Obrigada por comentar! Bjo

Resposta
Enedina A D S Leão Outubro 25, 2016 at 2:16 am

Obrigada Gleice, estou precisando de animo , pois somente tenho ouvido palavras contrárias aos meus planos em mudar-me para a Espanha, me mantenho firme em minha decisão , seu incentivo me fortalecem, Tenha um bom dia!!

Resposta
Gleice Garcia Santiago Outubro 25, 2016 at 6:17 am

Olá Enedina! Que bom que meu texto te ajudou! Realmente é uma decisão muito importante e em alguns momentos bem dificil! Boa sorte nos seus planos. Obrigada por deixar seu comentário aqui. Um abraço!

Resposta
Raphael Recamon Borgognoni Outubro 31, 2016 at 4:35 pm

Olá Gleice,boa tarde!

Já li varios posts seus e gostaria de tirar umas duvidas. Acabei de pegar meu passaporte italiano e estou querendo ir morar em Barcelona para estudar e trabalhar. Penso em ingressar numa universidade. Gostaria de saber que precauções devo tomar e a respeito do meu curriculo escolar,não cheguei a me formar na universidade,apenas ensino medio. Para ingressar numa universidade preciso traduzir e apostilar meu certificado de conclusão do ensino medio e curriculo escolar? No caso,teria que traduzir pro italiano e depois traduzir pro espanhol ou como vou diretamente para Barcelona só traduzir para espanhol??

Atenciosamente,

Raphael Borgognoni

Resposta
Gleice Garcia Santiago Novembro 1, 2016 at 10:30 pm

Olá Raphael. Obrigada por acompanhar o blog! Não sei te dizer como faria em relação ao seu diploma do ensino médio, pois no meu caso eu tinha o diploma da faculdade e acho que o processo é diferente. Imagino que algumas coisas devam ser iguais, é necessário fazer a tradução juramentada para o espanhol e validar o diploma, ou seja, reconhecê-lo no MEC e reconhecer as assinaturas dele. Acho importante ir até o consulado espanhol e perguntar o que é necessário no seu caso! Eles te passarão todas as informações. Espero ter ajudado. Boa sorte.

Resposta
Elias Novembro 2, 2016 at 4:44 pm

Olá Gleice! Esse texto descreveu muito bem os meus anseios sobre morar no exterior. Já faz alguns anos que eu penso nisso, mas faltava coragem para tirar esse plano da cabeça e colocar em prática. A Espanha seria um lugar maravilhoso para viver, porque sei falar espanhol (não tão fluente, mas melhor que muita gente que não sabe) e gosto de estudar o idioma. Tem os países da América Latina também. Mas ouço falar que o país ainda passa por uma crise econômica. Como não tenho noção do que está acontecendo, gostaria de saber como está a situação econômica na Espanha, e se vale a pena imigrar por lá neste momento (trabalhando honestamente). Um abraço!

Resposta
Gleice Garcia Santiago Novembro 6, 2016 at 10:10 pm

Olá Elias! Obrigada por comentar o post! A Espanha melhorou bastante desde a crise, mas ainda não é o que era antes! Oportunidade de trabalho tem, depende do que você está buscando e o que está disposto a fazer, ou seja, talvez não encontre em um primeiro momento na sua área! Dê uma olhada nas vagas da Infojobs! Ali você terá uma ideia das vagas que estão disponiveis no momento para ter uma ideia. O interassante seria vir com uma reserva para poder se manter um tempo, caso demore um pouco para encontrar um trabalho! Boa sorte.

Resposta
Brunno Novembro 6, 2016 at 8:14 pm

É isso mesmo, devemos estar munidos de valor e seguir adiante! O seu texto é um dos poucos que incentivam a ida de brasileiros, se já havia decidido ir, agora com seu texto não tenho mais dudas. Muito obrigado!

Resposta
Gleice Garcia Santiago Novembro 6, 2016 at 10:13 pm

Olá Brunno. Fico feliz que meu texto tenha ajudado! Acho que com um bom planejamento, uma reserva para se manter e paciência, seriam bons apoios para tomar uma decisão desse tipo. Caso tenha dupla nacionalidade, isso ajuda ainda mais. Boa sorte!

Resposta
Henrique Andion Novembro 16, 2016 at 8:47 pm

Gleice, parabéns pelos textos.
Estou querendo ir fazer um curso em Madri de 9 meses e queria saber que documentações você precisou para poder morar lá? Sou brasileiro e tenho nacionalidade espanhola, mas apenas o passaporte, para poder morar e trabalhar preciso tiro o DNI, NIF, essas coisas? Não encontrei essas informações no site do consulado.
Obrigado!

Resposta
Gleice Garcia Santiago Novembro 21, 2016 at 11:10 pm

Olá Henrique! Obrigada por acompanhar os posts. Eu moro em Barcelona, mas acho que o processo é o mesmo. Para morar aqui você vai precisar do DNI e para tirar o DNI, a parte do passaporte você vai precisar do empadronamento que é um documento que prova onde você mora. No caso se alugar algum apartamento ou morar com alguém, você vai precisar ir até o Ayuntamiento do bairro onde vai morar e solicitar este documento. Com isso em mãos, tem que ir até o orgão público que emite o DNI. Em Madri não sei te dizer onde é, mas acho que é fácil encontrar na internet. Boa sorte!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação