BrasileirasPeloMundo.com
Macau

A lusofonia em Macau

Macau é uma cidade que possui a mistura das culturas do ocidente e do oriente, resultado das
influências portuguesas e chinesas de seu passado colonial. Hoje em dia, é conhecida como a “Las Vegas Oriental” devido à grande quantidade de cassinos instalados na região porém, a cidade nunca deixou de lado o gostinho português. Em alguns pontos ainda permanecem arquiteturas coloniais, e na gastronomia temos em média dois restaurantes portugueses por esquina, ou mesmo cantoneses mas com pratos portugueses.

Em Macau se encontram culturas do mundo todo. Os residentes são, em sua maioria, cantoneses (povo do Sudeste Asiático na região de Cantão) e portugueses e os não residentes vêm de diversos países, seja a trabalho, estudos ou férias. A influência portuguesa é encontrada em diversos aspectos, seja na culinária ou na arquitetura, e é justamente por essa enorme influência que é comemorada a Lusofonia, um evento com duração de 3 dias que acontece em meados de outubro, uma semana antes do Halloween.

A primeira edição do evento aconteceu em 1998. Inicialmente era comemorada junto com o Dia Nacional Português, em 10 de junho mas posteriormente foi alocada no mês de outubro para acompanhar a Semana Cultural da China e dos Países Lusófonos em Macau. O evento tem a finalidade de homenagear as comunidades de língua portuguesa de Macau que contribuem com o desenvolvimento da cidade, e propagar a cultura lusa.

Leia também: A arquitetura em Macau

Ao longo dos anos, o evento tem ganhado popularidade e se tornado um dos grandes eventos do calendário cultural de Macau, que acabou contribuindo para o turismo local e internacional, assim como para a evolução do lazer e esporte da região.

Como o evento começa numa sexta-feira à noite, as pessoas saem do trabalho e podem ir diretamente ao festival, familiares assistem às apresentações e os jovens vagam de barraca em barraca experimentando comidas e bebidas diferentes. No sábado o festival começa ao meio-dia, algumas pessoas já escolhem almoçar por lá e o mesmo acontece no domingo. O festival termina à meia-noite nos 3 dias, sexta e sábado são os dois dias mais cheios da Lusofonia, sem contar com a quantidade enorme de turistas, que vem aumentando gradativamente de uns tempos para cá. Porém, mesmo com o aumento de visitantes, o local não fica sufocado pois é um espaço grande e aberto, com lugares para sentar por todos os cantos.

A comemoração acontece em frente às Casas de Taipa, que na verdade são casas-museus que servem de atração durante o festival e ficam localizadas na Taipa (a outra ilha que faz parte do conglomerado de Macau). O local fica em frente ao Cotai Strip (a famosa estrada onde se encontram os Cassinos de Las Vegas), portanto a vista é deslumbrante de dia e de noite. No Festival da Lusofonia, são instaladas barracas de comidas e bebidas dos países de língua portuguesa e um palco que fica montado sobre as águas da lagoa em frente às Casas de Taipa para apresentações de dança, bandas e teatros.

Entre as comunidades que participam do evento estão Angola, Brasil (representando muito bem o país, com as famosas caipirinhas e apresentações de samba), Cabo Verde, Guiné-Bissau, Goa, Damão e Diu, Moçambique, Portugal, São Tomé do Príncipe, Macau e Timor Leste, juntas exibem as canções tradicionais dos seus países, fotografias, artesanatos, estilos, literatura e gastronomia, possibilitando que os visitantes conheçam de forma mais aprofundada as tradições dos países de língua portuguesa de uma forma bem lúdica e relaxante.

O festival esse ano terá sua vigésima segunda edição e o número de visitantes só aumenta, com a inserção de novas atividades e atrações. No ano passado foi convidado um famoso grafiteiro brasileiro do Studio Flop em Londres, Fábio Panone Lopes, que foi responsável pelas decorações da barraca do Brasil e convidado também para pintar em outros estabelecimentos da região. Todo ano, ilustres convidados de países participantes aparecem para enriquecer ainda mais o evento.

Antes das construções dos cassinos na Taipa, as pessoas que saíam da Lusofonia, iam para restaurantes, bares perto da região, ou mesmo voltavam para casa, já hoje em dia, aproveitam o clima de festa e vão ao Cotai Strip curtir as luzes da cidade e atrações dentro dos cassinos. A Lusofonia é uma atração adequada para pessoas de todas as idades, é bastante recomendada para quem for visitar a cidade no mês de outubro e uma ótima opção para quem quer fugir dos habituais pontos turísticos da região.

Related posts

Curiosidades da adaptação em Macau

Fernanda Martins

O clima em Macau

Fernanda Martins

Macau, a pérola da China

Fernanda Martins

1 comentário

Bruce Maio 2, 2019 at 12:58 am

Muito bom crisssssss
Eu li tudoooooo
Toppppp
Ass: Bruce Didi

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação