BrasileirasPeloMundo.com

Related posts

Testamentos e Tutelas – entrevista com Natasha Rocha, consultora em Dubai

Pollyane Martins

Professora de jiu-jitsu em Abu Dhabi

Pollyane Martins

A retomada da profissão: de dona de casa a advogada em Dubai

Thais Cunha

2 comentários

Brasileiras pelo Mundo - Abu Dhabi não é Dubai - Diário de Polly July 11, 2017 at 4:17 pm

[…] publicado originalmente no site Brasileiras pelo Mundo, onde faço uma colaboração mensal como colunista de Abu […]

Resposta
Patti Neves July 18, 2018 at 4:59 pm

Jesus!!! (exclamação religiosa totalmente desnecessária), entendo totalmente a sua causa!!

Depois de ter morado na França muitos anos (país “chique” segundo os brasileiros “cultos”) e em seguida no Canadá (país “respeitado” segundo intelectuais vigentes) eis que me mudo para a obscura Singapura: país onde se comem cachorros, segundo os gênios compatriotas contemporanêos…

E quais a seriam as razão de tal “decadência” de status no meu caso?

Não é preciso elaborar muito para perceber que não podemos resolver a ignorância alheia.

O consolo é que qualquer que seja teu status social (“real” ou percebido pela sociedade), esse fato funciona como um filtro à respeito das pessoas que você opta se relacionar.

Resposta

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação