BrasileirasPeloMundo.com
Abu-Dhabi Dubai Emirados Árabes Unidos

Abu Dhabi não é Dubai

Grand Mosque Abu Dhabi. Foto: Renata Zagato Flickr

Não consigo enumerar as vezes que já precisei corrigir as pessoas que dizem que eu moro em Dubai. O diálogo que se repete é mais ou menos esse: “Como está a vida em Dubai?”. “É Abu Dhabi”. “Mas não é a mesma coisa?”. “Não, Abu Dhabi não é Dubai, é perto, mas são cidades distintas”. “Ah…”.

Do mesmo jeito que nós, brasileiros, nos sentimos diminuídos quando os estrangeiros acham que o Brasil se resume a São Paulo e Rio de Janeiro, precisamos entender que os demais países também são formados por diferentes cidades, estados e regiões. E não, não é bacana dizer que é tudo a mesma coisa, porque sabemos “de berço” que não é assim.

Os Emirados Árabes Unidos é um país novo, ainda não muito esclarecido para a maioria das pessoas. Ele é formado por 7 emirados (daí o nome) e 1 desses emirados é Abu Dhabi, outro, diferente, é Dubai. Abu Dhabi é também a capital do país. Dubai é o emirado mais famoso e também o que recebe mais turistas, mas é bem menor, em termos territoriais, que Abu Dhabi. Dizer que os dois emirados são a mesma coisa é muito errado, e a intenção desse artigo é ajudar as pessoas a terem isso de forma mais clara.

Governo Federal dos Emirados Árabes Unidos

Para começarmos a entendermos a diferença básica entre os dois emirados, é preciso que tenhamos em mente como funciona o Governo Federal do país. Atualmente, o presidente é a Sua Alteza Sheikh Khalifa bin Zayed Al Nahyan, governante de Abu Dhabi, eleito em 2004, e o vice-presidente é o Primeiro Ministro Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum, governante do Dubai, eleito em 2006. Quem elege o presidente e o vice, a cada 5 anos, é o Conselho Supremo, formado pelos governantes dos 7 emirados. Tal órgão também é o principal responsável pela elaboração das políticas de estado.

Leia também: vale a pena conhecer Abu Dhabi?

Governos Locais

Cada emirado possui seu próprio governo local. As leis e modo de governar, inclusive, são diferentes. A relação entre os governos federal e local é estabelecida pela Constituição, o que proporciona uma certa flexibilidade na distribuição da autoridade. Dessa forma, já podemos imaginar que, apesar de serem próximas, Abu Dhabi e Dubai, bem como os demais emirados, são cidades cujas administrações variam significativamente. Mais um motivo para desmistificar a ideia de que são a mesma coisa. Essa ideia, para quem mora aqui, chega a ser perigosa, pois as leis são diferentes entre os emirados.

Diferenças entre Abu Dhabi e Dubai

Além de possuírem administrações diferentes, terem uma diferença quanto ao tamanho territorial e bases econômicas (Abu Dhabi ainda tem petróleo e é mais rica que Dubai, acreditem), há leis e burocracias diferentes entre as duas cidades. O processo para se obter a habilitação para dirigir, por exemplo, é diferente entre os dois lugares. Na mesma temática, o trânsito, a estrutura urbana, os transportes públicos e as leis de trânsito também são bem distintos.

Dubai é mais turística que Abu Dhabi. Por lá, a influência ocidental é mais clara, e é por isso que você verá pessoas se vestindo “normalmente”, como se estivessem em qualquer outro lugar do mundo. Em Abu Dhabi, quem se arrisca a colocar uma roupa mais “liberal” é imediatamente repreendido em lugares públicos. Nesse caso específico das vestimentas, a recomendação é a mesma para as duas cidades, se vestir com moderação e respeito, mas há quem não veja necessidade de segui-la em Dubai, já que há tantos turistas e mesmo moradores que se vestem de maneira ocidental. A você turista, desavisado ou mal informado, é bom saber que a “liberdade” de Dubai não se aplica a Abu Dhabi.

O custo de vida das duas cidades é parecido, mas Dubai é um pouco mais cara que Abu Dhabi (fontes: Expatisan e Numbeo). A grande diferença, na minha própria opinião e das pessoas que moram aqui, é que Abu Dhabi é uma cidade mais “tranquila” quando comparada a Dubai. Para morar, Abu Dhabi é mais agradável, pois possui um trânsito mais organizado (apesar de não ter metrô, como Dubai), e não há tantos turistas na cidade lotando as atrações, restaurantes e espaços públicos. Dubai é o tipo de cidade que parece não dormir nunca, os shoppings estão sempre abarrotados e o trânsito é bem mais complicado. Agora, se você gosta de vida noturna, Dubai é infinitamente melhor para você. Abu Dhabi, para quem prefere uma vida mais agitada, pode ser entediante.

Há excelentes opções de moradia, educação, lazer, hotéis e restaurantes em ambas as cidades. As duas são boas para morar ou passear. Claro, Dubai atrai mais turistas por oferecer uma gama de entretenimentos surreais (só quem já foi assistir ao show das Fontes de Dubai no Burj Khalifa sabe o que eu estou falando). Mas Abu Dhabi não fica para trás, e, por isso, já até fiz um artigo falando sobre o potencial turístico da cidade. O Grand Mosque, por exemplo, é tão lindo que deixa qualquer pessoa boquiaberta – e é um grande desperdício alguém visitar os Emirados Árabes e não o incluir em seu roteiro.

Leia também: dez motivos para morar em Abu Dhabi

Cultura árabe, mundo muçulmano, arquitetura moderna e calor intenso no verão são características das duas cidades. A impressionante diversidade cultural dos moradores e o pensamento de “como eles construíram tudo isso no deserto?” também são inevitáveis nos dois lugares. A distância que separa as duas cidades é de apenas 1h30min de carro, dirigindo por uma estrada que sai do centro de Abu Dhabi e corta Dubai inteira, a Sheikh Zayed Road.

abu dhabi emirados árabes
Vista do alto de Abu Dhabi. Foto: arquivo pessoal

Brasileiros em Dubai e Abu Dhabi

Há brasileiros morando nos dois emirados. Em Abu Dhabi, principalmente ligados ao jiu-jitsu, já que as escolas foram obrigadas a incluir o esporte em seus currículos; em Dubai, há muitos compatriotas trabalhando na Emirates, a premiada companhia aérea da cidade. As opiniões sobre as duas cidades sempre se dividem, pois dependem muito do estilo de vida de cada um. Para mim, por exemplo, está ótimo morar em Abu Dhabi! Mas uma pessoa solteira dificilmente concordaria comigo. De todo jeito, como a distância entre as duas cidades é curta, é possível “ir ali em Dubai” a qualquer momento.

Caso você tenha recebido uma proposta de emprego aqui no país e tem a possibilidade de escolher onde morar, acho razoável que conheça as duas cidades pessoalmente antes de tomar a sua decisão. Pois, como já falei, elas possuem vários aspectos em comum, mas muitas, muitas outras diferenças entre si.

Se você quiser saber mais sobre Dubai, confira aqui os artigos já publicados no BPM. E se quiser saber a opinião de quem já morou nas duas cidades, pode acompanhar aqui a entrevista que fiz para o meu blog pessoal. Espero que aproveitem as dicas e até a próxima!

Related posts

Profissões pelo mundo – Empresária em Abu Dhabi

Renata Salas Collazo

Dubai é um sonho de consumo

Juliana Bordião

Emirados Árabes Unidos – Como passar os finais de semana

Renata Salas Collazo

2 comentários

Brasileiras pelo Mundo - Abu Dhabi não é Dubai - Diário de Polly Julho 11, 2017 at 4:17 pm

[…] publicado originalmente no site Brasileiras pelo Mundo, onde faço uma colaboração mensal como colunista de Abu […]

Resposta
Patti Neves Julho 18, 2018 at 4:59 pm

Jesus!!! (exclamação religiosa totalmente desnecessária), entendo totalmente a sua causa!!

Depois de ter morado na França muitos anos (país “chique” segundo os brasileiros “cultos”) e em seguida no Canadá (país “respeitado” segundo intelectuais vigentes) eis que me mudo para a obscura Singapura: país onde se comem cachorros, segundo os gênios compatriotas contemporanêos…

E quais a seriam as razão de tal “decadência” de status no meu caso?

Não é preciso elaborar muito para perceber que não podemos resolver a ignorância alheia.

O consolo é que qualquer que seja teu status social (“real” ou percebido pela sociedade), esse fato funciona como um filtro à respeito das pessoas que você opta se relacionar.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação