BrasileirasPeloMundo.com
Abu-Dhabi Emirados Árabes Unidos

7 coisas que me fazem falta em Abu Dhabi

7 coisas que me fazem falta em Abu Dhabi.

Nós, brasileiras pelo mundo, já dissemos várias vezes que há dores e delícias em morar fora do Brasil. Cada lugar traz o seu desafio, aquela característica que, se você pudesse, mudaria. Embora eu goste muito de morar nos Emirados Árabes, não posso dizer que todos os aspectos do país me agradam, inclusive há um texto onde listei os motivos para pensar duas vezes antes de se mudar para cá (assim como também os motivos para morar em Abu Dhabi).

10 motivos para pensar duas vezes antes de se mudar para Abu Dhabi

No texto de hoje, conto a vocês quais são as 7 coisas que mais sinto falta morando aqui. São características do país que, cedo ou tarde, você acaba se habituando, mas não implica que elas não fazem falta. Vejam só:

1 – Comunicação ilimitada com familiares e amigos

Nos Emirados Árabes, os serviços VoIP são bloqueados e utilizar um VPN é ilegal. Se você compra um iPhone aqui, por exemplo, deve se certificar de que ele tenha Facetime, porque a maioria vem sem esse recurso. Ligações do Whatsapp não funcionam, Skype foi recentemente bloqueado no país, enfim, quer falar com sua família no Brasil? Terá que desembolsar uma boa quantia comprando o aplicativo disponibilizado pelo país ou tentar meios tidos como ilegais por aqui. Para mim, esse é um fator extremamente negativo e sinto muita falta de poder falar livre, aberta e gratuitamente com as pessoas queridas que moram longe.

2 – Liberdade

Liberdade, no sentido mais amplo da palavra, me faz falta em Abu Dhabi. Tenho vontade de, em dias quentes, usar um vestido curto ou shortinho na rua; tenho que me controlar para não abraçar ou beijar meu esposo em público; não consigo acessar a todos os sites que gostaria e nem ter a minha total liberdade de expressão na internet. Por isso, sinto muita falta de toda a liberdade, nesses aspectos citados, que nossa pátria nos proporciona. Em contrapartida, jamais posso deixar de mencionar: a liberdade que sinto aqui de poder andar em segurança é o que irei sentir falta quando voltar para o Brasil…

3 – Chuva

Me lembro de quando morava no Centro-Oeste brasileiro e, por volta de setembro, depois de longos meses de seca, esperávamos ansiosos pela chuva. As primeiras eram sempre muito comemoradas e eram o início de qualquer assunto. Hoje, passam-se meses e não vemos 1 gota d’água caindo do céu. Quando ela ocorre, geralmente no inverno, entre janeiro e fevereiro, é também amplamente comemorada pelos expatriados de Abu Dhabi. Já acordei de madrugada para filmar a chuva caindo pela janela! Quando assisto a um filme com cena de chuva, confesso que fico emocionada. Jamais, em toda a minha vida, achei que pudesse sentir tanta saudade de chuva!

4 – Natureza

Bem parecido com a falta que sinto de chuva, também morro de saudades da natureza! Pássaros cortando o céu e cantando nos parques, os próprios parques naturais, árvores frondosas e centenárias, flores que nascem inesperadamente entre o concreto, morros e montanhas verdes! Toda vez que chego no Brasil, fico olhando admirada as belezas naturais que nosso país possui e que, garanto, mal notamos no dia a dia. Quer fazer um brasileiro sentir falta até do matinho “incômodo” que nasce na porta da casa dele? Traga-o para morar no Oriente Médio. Ah, como o verde faz falta pra gente!

5 – Comida de rua

Sabe do que também sinto falta? De ir ali na esquina fazer um lanche simples, rápido, barato e gostoso do carrinho do Seu Fulano. Abu Dhabi não possui comida de rua. Há sim, restaurantes mais simples e baratos, mas são de cozinhas que não me agradam em nada o paladar – e também nunca vi brasileiros por lá, ou seja, a opinião não deve ser só minha. Quando chego no Brasil, não deixo de comprar biscoito frito, suco de laranja, churros, pão de queijo, pamonha, tudo na rua! Quando ainda comia carne, cachorro-quente e espetinho também estavam no topo da lista. Se você mora em um lugar que possui comida de rua, dê valor, porque, vou te contar, faz falta.

Leia também: 10 motivos para morar em Abu Dhabi

6 – Feirinhas de rua

Feirinhas de rua em Abu Dhabi? Nunca vi. Ocasionalmente, quando há algum evento, eles colocam algumas banquinhas em algum lugar muito bem delimitado e organizado (feirinha não precisa de tanta organização, né gente?). Já aquelas feirinhas de rua, que ocorrem semanalmente no mesmo lugar, cheias de barraquinhas de comida, roupa, artesanato e o que mais a imaginação permitir, não têm por aqui e, assumo, sinto muita falta. Quando viajamos para a Ásia, visitamos todas as feirinhas possíveis! Acho muito legal observar como a vida se passa nesses locais. Se tivesse alguma feirinha de rua por aqui, juro, a vida iria ficar um bom tanto mais alegre!

7 – Utilizar transporte público

Nesse tópico, comparo mais o que sinto falta de Abu Dhabi em relação a Madrid (onde morava antes) que no Brasil. Lá, podíamos fazer tudo utilizando o transporte público, metrô e ônibus, que era barato, eficiente e limpo. Abu Dhabi, ao contrário de Dubai, não tem metrô; e os ônibus não atendem as necessidades da maioria da população. Por aqui, é carro ou táxi, porque a pé também não é nada convidativo, especialmente no verão. Sinto falta de sair e poder deixar o carro na garagem, sem me preocupar com estacionamento e trânsito. Mas, pelo que vejo, isso é algo que não irá mudar tão cedo nessa cidade.

E você, expatriado, o que sente falta no país onde mora? Compartilhe conosco nos comentários.

Related posts

O drama da carteira de motorista em Dubai

Thais Cunha

A mulher no islã

Miriam Souza

O fantástico mundo dos supermercados em Abu Dhabi

Pollyane Martins

2 comentários

Malu Março 17, 2018 at 11:14 am

Concordo com tudo! Nossa como sinto falta de natureza de verdade, fazer coisas a pé! A falta de chuva afeta o emocional do Caco, eu sinto muita falta, até do cheiro da chuva, mas ele reclama a bessa, acho que sente mais que eu. Ano passado, em Manaus a Júlia me acordou as três da manhã perguntando oque estava acontecendo rs, uma verdadeira enchurrada! Levantamos e fomos pra janela pra assistir aquele aguaceiro cair do céu! Também sinto muita falta de poder sair com a Lili a sentar num terraço pra tomar meu café com ela sentadinha embaixo da mesa, acho que isso faz parte do que mais me incomoda nas restrições da vida aqui 😘

Resposta
Cláudio Solon Fevereiro 10, 2019 at 3:32 am

Moramos no Panamá. Há 2 anos. Minha esposa também é funcionária pública, licenciada e me acompanha pelo mundo, com nossos 3 filhos. Sobre a chuva. Ah! A chuva! Somos de Fortaleza. Onde chove muito pouco. Aqui chove por praticamente 9 meses ao ano, quase todos días. Minha esposa adora a chuva. A vida aqui é muito tranquila. E não penso em voltar a morar no Brasil.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação