Ano Novo na Argentina

0
66
Foto: Acervo Pessoal
Advertisement

Ano Novo na Argentina.

Se tem uma data que eu AMO festejar é a da noite de Ano Novo. Não deixo nada de fora, faço simpatias, preparo lentilha, uso roupa branca, pulo as sete ondas, como uva, brindo, danço até tarde, faço lista de desejos e encho meu coração de amor para os dias que virão.

Ah… tempos bons. Sim, porque tudo isso eu fazia quando ainda vivia no Brasil. Depois de ter me mudado, posso dizer que meu jeito de celebrar o novo ano mudou um pouco e hoje venho aqui te contar mais sobre essa mudança.

Leia também: Curiosidades sobre o Ano Novo Chinês

RÉVEILLON NO BRASIL

Apesar da palavra ser de origem francesa, o significado foi apropriado pelos brasileiros. Réveillon é a festa que comemora a chegada do Ano Novo e ponto. E como brasileiro é festeiro, nada mais justo, então, que a nossa comemoração seja de arrebentar.

Shows, fogos de artifício, pistas de dança, espumantes, televisão transmitindo ao vivo. Parece que todas as capitais entram na disputa de um campeonato oculto de qual celebração é a melhor.

Nada melhor, então, que se jogar e aproveitar, não é mesmo?

Leia também: Profissões, Demanda, Entrevista, Salários e CV na Argentina

RÉVEILLON FORA DO BRASIL

Meu primeiro ano fora do Brasil não valeu. Como eu ainda estava no que eu chamo de fase um da adaptação*, voltei para SP cheia de saudade para comemorar as festas de fim de ano com a minha família.

* Eu falo que a adaptação de morar em outro país passa por três fases. A primeira, quando você sente muita vontade de voltar e aproveita qualquer feriado para dar uma escapada. A segunda, quando você já não precisa tanto voltar, mas ainda precisa da comida ou da língua. A terceira, quando você já se sente em casa na sua nova casa.

Mas, voltando… no segundo ano aqui na Argentina também voltei ao Brasil. No terceiro tive que viajar a trabalho e passei as festas de fim de ano num apartamento gelado numa pequena cidade no norte da Alemanha. No quarto estava cansada da correria de avião e aeroporto no dia 23 de dezembro e decidi que ia ficar em casa. Não viajei. A saudade apertou, mas aguentei.

Daí, foi quando vi, pela primeira vez que – para mim – Ano Novo bom, mesmo, só no Brasil.

RÉVEILLON NA ARGENTINA

A “nochevieja” (noite velha), como é conhecida por aqui, não é uma noite de grandes acontecimentos. No geral, as pessoas celebram de maneira tranquila, em casa, com familiares, comendo um bom churrasco e brindando à meia-noite. Alguns jovens costumam ir à festas em discotecas e dançar até amanhecer. Mas é só…

Por aqui, nada de branco, nada de lingerie colorida, nada de lentilha, nem de uvas, nem de pular ondas, nem a proibição de comer ave porque cisca para trás. É só uma noite em família e com um jantar bem parecido ao do Natal (lembram-se do post do ano passado?) E no dia um, como todo feriado, é um dia de descanso.

Tá, mas e se você quiser vir passar o fim do ano aqui, já que é um feriadão, não é mesmo?

Pensando nas pessoas que estão de passagem pela cidade, muitos hotéis, restaurantes, bares e danceterias organizam festas e jantares. Você pode ir a alguma delas. Não precisa reservar com muita antecedência. A grande maioria dos estabelecimentos só confirmam mesmo se vão ou não organizar algo no começo do mês de dezembro.

Alguns lugares que geralmente têm festas de Ano Novo em Buenos Aires:

Clubes -> Niceto Club / Crobar / Costa Salguero

Hotéis -> Hilton / Four Seasons / Alvear Palace / Park Hyatt / NH / Sofitel

Restaurantes -> La Cabrera / Pulpería Quilapán / El Baqueano / Don Julio / Cabaña Las Lilas / Pura Tierra / 1810 Cocina Regional / Cucina Paradiso / La Mar / Green Bamboo

Shows de Tango -> Madero Tango / Señor Tango / Café Los Angelitos / Esquina Carlos Gardel / El Querandí / La Ventana / El Viejo Almacén

Se não quiser participar de nenhum desses eventos, até porque alguns costumam ser bem caros, a saída vai ser curtir uma noite tranquila no seu hotel. Só tem que pensar na comida antes, porque sair para jantar pode ser algo complicado.

Infelizmente, a cidade de Buenos Aires, em si, não promove nada. Então, não tem queima de fogos, nem show, nem nada pelo estilo. Nos outros dias de viagem aproveite para descansar, passear e caminhar pela cidade. Só lembrando que dias 25 e 1 são feriados e quase tudo fecha, inclusive pontos turísticos.

OUTRAS CURIOSIDADES

Buenos Aires é uma cidade de encontros de muitas culturas. Se o ano novo, segundo o calendário gregoriano, é uma festa familiar um pouco mais reservada, o ano novo chinês, não. Venha dar uma passeada pelo “Chinatown” no fim de janeiro e veja com que linda festa você vai ser recebida.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.