BrasileirasPeloMundo.com
Argentina Mestrado e Doutorado Pelo Mundo

Bolsas de doutorado e pós-doutorado na Argentina

Bolsas de doutorado e pós-doutorado na Argentina.

Infelizmente fiquei sabendo dos cortes de investimentos em bolsas e pesquisa nas universidades brasileiras. Quem estuda um pouco já sabe da importância que uma educação de qualidade representa para um país. E também o que a falta dela é capaz de fazer…

No entanto, se você quer continuar seus estudos superiores, bora desanimar não, porque felizmente outros países estão de braços e bolsos abertos para receberem estudantes e pesquisadores com vontade de trabalhar!

Leia também: Dicas para estudar na Argentina

Trabalhando para uma vida melhor

Nós, brasileiros, acreditamos que o Estado deve (ou deveria) prover – gratuitamente – serviços básicos de educação, moradia, saúde e transporte. Mas como isso ainda não é uma realidade batalhamos muito para ter um bom salário e poder fazer tudo de maneira particular.

Lembro-me bem que na época da faculdade os que escolhiam a carreira acadêmica eram os que não conseguiam emprego em outro lugar. Claro, nossa geração foi criada para ser bem-sucedida, ganhar dinheiro, não precisar depender dos serviços públicos e ter altos cargos.

Por causa desse histórico, associar a ser professor de universidade ou pesquisador a um profissional frustrado não é muito difícil. E se somamos a isso a falta de reconhecimento do governo do próprio país, deixamos muitos estudantes sem conseguir ver que há, sim, uma luz no fim desse túnel 😉

Leia também: Dicas para escolher um orientador de Mestrado e Doutorado

Primeiro, vamos esclarecer algumas coisas

O que fazer se seu sonho sempre foi pesquisar e desenvolver ideias novas?

Buscar um curso de faculdade numa boa universidade no Brasil ou no exterior, não importa. Procure estudar onde os professores são doutores e também fazem pesquisa.

Depois, se você estiver no Brasil, fazer um mestrado para ter uma ideia do que será sua vida na universidade. Em alguns países NÃO será necessário, como é o caso da Argentina.

E um doutorado. Onde você ajudará a um (ou mais) pesquisador(es) a desenvolver uma ideia específica enquanto você vai se preparando para a vida acadêmica.

Já fazer um (ou mais) pós-doc é opcional. Pois, ao contrário do que muita gente pensa, pós-doutorado NÃO é um título, e sim um treino para a vida de pesquisador para uma pessoa que acabou de doutorar-se. É como se fosse um estágio.

Mas calma, há também boas perspectivas de trabalho além da universidade. São vários os institutos e empresas privadas que contratam profissionais especializados para desenvolverem novos projetos. Não tenha medo de arriscar!

Leia também: Como conseguir pós-doutorado no exterior

Vem para a Argentina

Como já falei em outro post, a Argentina é grande e tem pouca gente, ou seja, tem muita coisa, ainda, para ser feita por aqui. Ou seja, o que não faltam são “oportunidades” para aventureiros e empreendedores.

Portanto, quem acha que se encaixa nesse perfil deixo aqui meu convite para mudar-se ao país vizinho, que está logo ali, tem um idioma bem tranquilo de aprender e uma moeda – para quem tem um pé-de-meia em Real – com um câmbio bastante favorável.

Para os que ainda estão no ensino médio

Já deixei tudo explicadinho neste post, aqui, sobre como cursar uma faculdade na Argentina.

Para os que estão saindo da faculdade

Sua vontade é vir fazer um doutorado? Saiba que tem muitos professores te esperando! Para que seu sonho se torne realidade, primeiro converse com eles. Como? Simples, entre em contato por e-mail. É só olhar nas páginas das universidades.

A daqui de Corrientes – que está crescendo muito rápido e precisando de gente URGENTE* –  é  http://posgrado.unne.edu.ar/carreras/doctorado

* Em particular, a faculdade de ciências exatas e naturais (física, química, matemática, biologia).

Depois, você poderá solicitar uma bolsa. Claro que se você quiser vir e usar só as suas economias, não há problema algum, mas é sempre bom, também, receber um salário enquanto estiver por aqui, não é mesmo?

As principais opções para estudantes brasileiros são:

Beca Latinoamericana: bolsa para estudantes latino-americanos que vêm para a Argentina por um período curto. Ou seja, a mesma quantidade de anos que você passar aqui deverá passar depois no seu país de origem. Você vai precisar de um segundo orientador no Brasil.

– Bolsas de agência ou fundos dos próprios pesquisadores:  como encontrá-las? Requer um pouco mais de trabalho. É no site de cada departamento/faculdade ou falando diretamente com os professores.

E quem pode fazer doutorado? Qualquer pessoa que tenha um diploma universitário. Sabia que você pode estudar uma carreira e se especializar em outra?

Para os que já fizeram doutorado

Venha, então, fazer um pós-doc. O CONICET (órgão argentino responsável pelas bolsas) também oferece a Beca Latinoamericana para os pós-doutorandos.

Related posts

Mestrado em energias renováveis na Holanda

Roberta Veronezi Figueiredo

Cheguei em Portugal para estudar. E agora?

Tamyris Almeida

Diferença entre morar e estar de férias em Buenos Aires

Fabi Lima

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação