BrasileirasPeloMundo.com
Espanha Turismo Pelo Mundo

Cidade de Valladolid: turismo e dicas

Cidade de Valladolid

Cidade de Valladolid: turismo e dicas.

Valladolid é a capital autônoma de Castilla y León e também a cidade mais populosa da comunidade, com mais de 300 mil habitantes. Situada a noroeste da Península Ibérica, está a uma curta distância da capital espanhola, e o percurso de Madrid para Valladolid é em torno de 1 hora utilizando os trens da companhia Renfe, ou 3 horas com os ônibus da companhia Alsa. A cidade também possui um pequeno aeroporto, onde são operados alguns voos domésticos, e se você estiver em Barcelona pode encontrar bons preços para cá pelo site da Ryanair.

Foto: acervo pessoal

Quando visitar

Cada época tem seu charme mas, apesar de ser uma das cidades mais frias da Espanha, eu recomendaria você conhecê-la em dezembro. Em 2011, Valladolid foi reconhecida como uma das cidade mais bem iluminadas da Europa. A noite aqui, em geral, é bonita em toda época do ano, tudo é muito bem iluminado, seguro e sempre há pessoas caminhando pelas ruas, mas a decoração natalina é muito encantadora.

Ao longo do ano, normalmente a temperatura varia de 1°C a 30°C, e raramente é inferior a -4°C ou superior a 35°C. Você pode ter um acesso a uma pesquisa mais detalhada relacionada ao clima da cidade acessando este link.

Curiosidades

Uma das coisas que eu mais estranhei e demorei para me acostumar foi o horário de funcionamento das coisas na cidade, que é de segunda à sexta-feira das 10 às 14 horas. Após às 14 horas, praticamente tudo fecha, somente o comércio e alguns poucos serviços retornam das 17 horas até às 20 horas. O que a maioria das pessoas faz depois das 14 horas eu não sei, é como se fosse o horário de almoço no Brasil. Mas se você estiver na rua nesse período de tempo, parece uma cidade meio fantasma, somente com alguns restaurantes abertos. E sim, até os mercados fecham, então se você tem planos para sair do seu trabalho/estudo e fazer compras para cozinhar, será um pouco complicado, salvos algumas exceções.

Nas refeições dos almoços na Espanha, em geral, eu recomendo sempre optar pela escolha do “menú del día“, um cardápio personalizado com uma combinação de pratos para aquele dia, onde você escolhe dentre as opções que estão disponíveis: um pão de entrada, o prato principal e um prato secundário, pois normalmente a carne vem separada da massa ou salada que você pedir, uma sobremesa e a bebida, que quase sempre é vinho, por um preço bem bacana, em torno de 12 euros. Vale super a pena pela quantidade de comida que vem!

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Cultura

Valladolid é conhecida como a cidade do poeta Zorrilla, Jorge Guillén e alguns escritores famosos como a Rosa Chacel, Miguel Delibes e Paco Umbral. Na cidade casaram-se e viveram Cristóvão Colombo, Cervantes, Gongora, Quevedo e uma longa lista de personagens ilustres da história da Espanha.

Aqui também ocorre a Semana Internacional do Cinema de Valladolid (Seminci), uma das principais manifestações cinematográficas do país e o evento cultural mais importante da região. Há alguns eventos bem relevantes também, como:

  • Semana Santa: o qual levou o primeiro título de Festival de Interesse Turístico Internacional, que acontece em abril, transformando suas ruas e praças em um museu de arte sacra.
  • Festas da Virgem de San Lorenzo: que inunda a cidade com música, gastronomia, folclore, atividades infantis, teatro e shows sempre gratuitos na Plaza Mayor.
  • Pingüino: colorido desfile de bandeiras dos motociclistas para homenagear as pessoas que perderam suas vidas na estrada, com um chá para cada perda.

Turismo

O suporte da secretaria de turismo daqui, na minha opinião, é excelente. Sua sede fica localizada no Parque Campo Grande, onde você pode ir e tirar várias informações, pegar mapas e panfletos dos eventos e atrações da cidade. Há algumas rotas e visitas guiadas também que podem ser conferidas mais detalhadamente presencialmente ou clicando aqui.

No site do Portal de Cultura e Turismo de Valladolid, você consegue toda informação necessária relacionada à cultura e turismo da cidade, desde hotéis, direções, mapas, principais restaurantes até a agenda atualizada dos eventos que estão rolando por aqui.

Em seguida, deixo os links dos principais pontos turísticos da cidade, onde você poderá pesquisar mais sobre cada um e seus devidos endereços. E, abaixo dos mesmos, vou fazer minhas recomendações pessoais do que eu achei mais interessante visitar.

Praças, parques e jardins

  • Plaza Mayor
  • Praça do Milenio
  • Praça da Espanha
  • Parque Campo Grande
  • Parque e Praia de Las Moreras
  • La Rosaleda
  • Praça San Pablo
Foto: Praça do Milenio – Acervo pessoal

Leia também: Bolsa de estudo para curso de espanhol

Monumentos e Edifícios

  • Academia de Cavalaria
  • Catedral de Nossa Senhora da Assunção
  • Igreja de San Pablo
  • Igreja de Santa Maria da Antígua
  • Mosteiro e Igreja de San Benito
  • Museu Nacional de Escultura
  • Museu da Ciência
  • Museu Herreriano
Foto: acervo pessoal – Museu Patio Herreriano

Há um shopping aqui também, mas eu ainda não o conheci. Porém, se tiver interesse em visitá-lo, sei que é de fácil acesso através do transporte público, onde as passagens de ônibus custam 1,5 euros por viagem.

Dicas

Quanto tempo eu recomendaria para você conhecer a cidade? É claro que depende dos seus interesses pessoais, se você quiser ir em todos os museus e igrejas, óbvio que leva um tempo maior, mas acredito que três dias seria uma estadia suficiente para “turistar” e desfrutar desta cidade tranquila. É possível fazer tudo a pé, pois Valladolid não é muito espaçada, e é muito gostoso perder-se nas caminhadas pelo centro, passando pelas vielas, descobrindo uma paisagem rica e diferente a cada esquina.

Desejo boas-vindas a você que deseja conhecer minha cidade querida e, caso queira tomar um café, não hesite em me enviar uma mensagem pelo Instagram @isabela.rufato.

Related posts

10 lugares fora dos pacotes turísticos para visitar no Egito

Michelle Bastos

Bem-vindos a Montpellier

Júlia Lainetti

O que fazer em Plovdiv na Bulgária

Aimée Bardella Aihst

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação