BrasileirasPeloMundo.com
Alugar/Comprar Imóvel Pelo Mundo Espanha

Como alugar um imóvel em Valência

O que é preciso para alugar um imóvel em Valência?

De volta à Valência, a urgência era alugar um imóvel. Tarefa não tão simples e rápida.

A começar pelos valores. Segundo um levantamento recente do Banco de España, os preços dos aluguéis dos imóveis em Valência dispararam em média 45% nos últimos 5 anos, valores não acompanhados pelos salários. A cidade está entre as que tiveram um maior incremento no setor.

Uma das justificativas é a crescente quantidade de apartamentos turísticos, como os modelos Airbnb, que aproveitam o bom clima da Comunidade Valenciana quase todo o ano, para alugar seus imóveis por temporada e claro, por valores bem maiores. Além disso, os apartamentos turísticos reduzem a oferta de imóveis de aluguel residencial.

Segundo levantamentos do mercado imobiliário, na cidade de Valência é praticamente impossível por menos de 750 euros/ mês. 

Além dos altos valores comparado ao salário médio mensal do trabalhador (1.400 euros bruto) e aos demais custos que aqui é relativamente baixo comparado aos demais países das Comunidade Europeia, há outras exigências burocráticas que dificultam a efetivação de um contrato de arrendamento.

Assim que aproveito minha recente experiência e listarei um passo a passo para os futuros locatários.

muitas vezes ao buscar imóveis, me deparei com falsos anúncios.

1 – Onde buscar

Esta cada vez mais difícil encontrar imóveis residenciais a alugar diretamente com os proprietários. Assim que as ofertas estão nas mãos das imobiliárias que exigem, além da garantia, as comissões pela prestação do serviço. 

Com as facilidade da internet, tornou-se também a primeira opção de busca para locar imóveis. Os sites mais famosos e acessados são: 

Em geral estes sites apresentam fotos e informações detalhadas do local e dos valores, porém o melhor é sempre buscar maiores informações sobre a localização, acesso, garantias e documentos solicitados e, sem dúvida, contatar o locatário e agendar uma visita.

Muitas vezes ao buscar imóveis me deparei com falsos anúncios. Imóveis grandes, renovados e bem localizados, a preços que não condiziam. Como descobri? Ao enviar um email ao responsável pelo anúncio, a resposta era sempre a mesma: “sou estrangeiro e não moro na Espanha, assim que é necessário dar um sinal para prosseguirmos com o fechamento do contrato”.

2 – Quando e onde alugar

Valência, além de ser uma cidade turística devido a seu bom clima todo o ano, é também uma cidade universitária e destino de muitos estudantes europeus para Erasmus (programa de intercâmbio estudantil), assim que em algumas épocas do ano os aluguéis tendem a aumentar. 

O início do ano letivo por aqui, como demais países do hemisfério norte, é setembro. Então, já a partir de maio, vemos uma subida nos valores e também uma oferta menor para quem deseja alugar um apartamento inteiro. 

Leia também: As pequenas cidades ao redor de Valência

Para os proprietários é vantajoso alugar os quartos individualmente pois, no mínimo, duplicam o seu rendimento, bem como disponibilizá-los para aluguéis de temporada. Passado setembro, a busca diminui e portanto, é possível encontrar imóveis a preços mais acessíveis. 

O mesmo vale para a localização, quanto mais perto da praia, do centro histórico e das universidades, mais caro, isso considerando a idade, conservação e benefícios que o imóvel apresenta. Assim que, para famílias o mais interessante é fugir dessas localidades, também pela tranquilidade. 

A cidade de Valência apresenta uma rede de mobilidade muito boa, com trens, metrôs, ônibus e claro, as queridíssimas bicicletas. Há uns 2 anos escrevi um artigo para o BPM sobre os melhores bairros pra se viver por aqui. Apesar de algumas mudanças de valorização, ainda vale como referência. 

3 – Valores

Como dito, o valor do aluguel em Valência está em linha crescente, que não chegam aos valores de Madri e Barcelona, mas que comprometem uma boa parcela dos rendimentos. 

Ao buscar imóveis há de considerar que a grande maioria já está mobiliado, assim não haverá custos com móveis. Também está incluído no valor, normalmente e tratando-se de apartamentos, os gastos de comunidade que são o nosso valor de condomínio. Mas nada de porteiro, este valor inclui manutenções e uma limpeza semanal do espaço coletivo.

Bairros como Ciutat Vella, L’Eixample, Campanar e Avenida de Francia são considerados de luxo e/ou zonas residenciais e portanto mais caros (média de 900/1.000 euros mensais para 2 quartos). Bairros mais afastados como Pobles del Sud, Pobles del Nord e Benicalap variam a média de 350 a 500 euros/mensais. * 

Leia também: Tudo o que você precisa saber para morar na Espanha

4 – Exigências para assinar o contrato

Após encontrar um imóvel que te agrade e que também caiba no seu orçamento, começa uma outra batalha: conseguir alugá-lo. Há leis que regem o arrendamento de imóvel, mas o praxe é o acordo tácito e as cláusulas contratuais. Assim que é imprescindível assinar um contrato de aluguel, mesmo que seja apenas para um quarto, pois além de mais amparado, poderá utilizá-lo para o empadronamento.

As exigências requeridas pelos proprietários, seja particular, seja agência imobiliária, são a comprovação de renda através das nominas (holerites) – normalmente pede-se 3 passados, e o contrato de trabalho. Se dará preferência a contratos por tempo indeterminado. Uma caução (fianza) também costuma ser pedida, variando de 1 a 3 meses de aluguéis. Se feito através de agência, também incorrerá as comissões (entre 1 e 2 meses de aluguel).

Há a possibilidade de pagar valores adiantados no caso do inquilino não possuir contrato de trabalho, porém não é fácil encontrar quem aceite. O mesmo se dá para contratos de trabalhos recentes, que acomete muitos imigrantes europeus. Nesses casos os valores de adiantamentos variam de 6 meses a 1 ano de aluguel, ou seja, é necessário possuir uma boa reserva.

Além da comprovação, se exigirá DNI (identidade espanhola), NIE (identidade de estrangeiros) ou passaporte. 

Basicamente estas são as informações mais importantes, mas acaso tenha dúvidas de como alugar um imóvel em Valência, deixe seu comentário.   

Até a próxima!

*Tabela de preços de 2018

Related posts

Dicas Para Alugar Casa em Londres

Aline Pasqualetto

Comemoração do dia da mulher e feminismo na Galícia

Juliane Prado

Minha experiência tirando visto de residência na Espanha

Thais Maciel Gomes

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação