BrasileirasPeloMundo.com
Chile Estudando Pelo Mundo

Como é estudar no Chile?

Como é estudar no Chile? A estrutura do sistema educacional chileno está organizada em educação parvularia, básica, média e superior. Essa última se divide em três tipos: universidades, institutos profissionais e centros de formação acadêmica.

As instituições de ensino superior são conhecidas como tradicionais e privadas, contam com total autonomia e são administradas pelo Conselho de Reitores de Universidades Chilenas (Consejo de Rectores de Universidades Chilenas) cujo ingresso se dá por meio da Prova de Seleção Universitária (PSU). O exame seria o equivalente ao nosso vestibular, adaptado ao sistema chileno obviamente.

Estudei por um semestre na Universidad de Chile onde tive contato com vários estudantes estrangeiros. Participei do Curso de Espanhol para Estrangeiros oferecido pela universidade.

O programa é voltado a acadêmicos que necessitam aperfeiçoar o estudo do idioma espanhol. Devido à grande procura, a universidade ampliou o curso para a comunidade. Na minha turma, estudavam não apenas universitários em intercâmbio, mas também pessoas que viviam no Chile, em especial, brasileiros.

No meu caso, eu cheguei a pesquisar vários cursos de pós-graduação no Chile, mas desisti da ideia quando vi os valores. Naquela época, não existia ensino público grátis. Recentemente, uma lei foi aprovada para mudar isso, mas ainda não está em vigor. Claro que existem programas de bolsas de estudo, mas você precisa ser aceito na instituição para depois solicitar o crédito.

Na ocasião, pesquisei sobre os cursos que os programas de bolsas contemplavam e não me chamou a atenção nenhum em especial. Como sou jornalista e sei que falar mais de um idioma é fundamental, achei que seria melhor aperfeiçoar o espanhol para depois tentar alguma incursão pelo mundo acadêmico chileno.

O curso da Universidad de Chile é pago também, mas é muito mais barato que a mensalidade de uma faculdade! Fiz a inscrição quando ainda estava no Brasil a partir do Programa de Movilidad Estudiantil. Juntei toda a documentação e, com a ajuda dos meus professores do Mestrado da Universidade de Brasília (UnB), entrei com o pedido de matrícula.

No dia em que recebi o email confirmando que a minha inscrição tinha sido aceita, não podia acreditar de tanta felicidade! Posteriormente, recebi uma carta e com esse documento em mãos fui à embaixada do Chile, em Brasília, onde funciona o consulado. O objetivo era solicitar o visto de estudante.

Noite mexicana com colegas
Noite mexicana com colegas do curso (Foto: Arquivo pessoal)

Essa experiência me rendeu uma das histórias mais divertidas da minha vida! Foi durante a entrevista com o cônsul chileno. Eu estava nervosa pensando que ele faria perguntas sobre meus projetos no Chile e, na verdade, não tinha nada muito claro ainda. Para minha surpresa, ele foi super vago e a única pergunta especifica dele foi se eu conhecia uma música que ele começou a cantarolar: Terezinha, tão bonitinha do pai!

Eu não podia rir, mas também não tinha certeza se devia dizer a ele que o refrão da música não era bem assim… Acabei ficando com pena e contei a verdade. Ele ficou com uma cara de decepcionado, mas se animou rapidinho quando eu cantei a versão certa! Saí da embaixada com o passaporte carimbado e o visa de um ano garantido!

Mal sabia eu que o visto era apenas uma etapa vencida no meu caminho rumo ao Chile. Meu curso foi justo no ano do terremoto de 8.8 graus na escala Richter (que vai até 9)! O curso começava em março e a tragédia que devastou o Chile aconteceu no fim de fevereiro. Lembro que tive que remarcar minha passagem porque o aeroporto estava destruído!

Quando cheguei, o atendimento era todo na rua, em barracas improvisadas. Durante muitos dias ainda sentimos várias réplicas do terremoto. Uma das primeiras lições que nos ensinaram na universidade foi o que fazer em caso de sismo!

Dia em Valle Nevado com colegas
Dia em Valle Nevado com colegas do curso (Foto: Arquivo Pessoal)

A turma era formada metade por brasileiros e a outra metade por estrangeiros. Sempre recomendo esse curso porque além de ser oferecido por uma das melhores universidades chilenas, tem módulos perfeitos para fins comunicativos, acadêmicos, profissionais, além da gramática, é claro!

O grupo tinha pessoas de nacionalidades bem diferentes como Japão, Romênia, Noruega, Estados Unidos, Austrália e essa troca foi muito interessante! Depois dali, muitos de nós seguimos em contato, dentro e fora do Chile! Outro excelente aporte veio das professoras chilenas que ajudavam bastante a conhecer bem a cultura do país. Elas falavam abertamente a respeito de diversos temas com a perspectiva acadêmica que eu, particularmente, valorizo muito.

Então, se você está pensando em estudar no Chile e não sabe bem por onde começar, que tal iniciar seus estudos aperfeiçoando o seu espanhol numa das melhores universidades do país? Assim, você pode saber mais sobre os cursos que existem aqui, a cultura, o mercado de trabalho, o clima e o povo chileno, até decidir.

Related posts

Dicas para fazer compras em Santiago no Chile

Gislaine Morais

Dez curiosas invenções chilenas que você nem conhecia

Isabela Vargas

A terceira onda feminista no Chile

Renata D'onofrio

45 comentários

Frann Rodrigues Junho 13, 2016 at 4:31 pm

Olá Isabela!!! Seu post me ajudou muito à ter uma idéia inicial do que estudar em Santiago. Irei em Dezembro, e não sabia por onde começar. Muito obrigada!!!

Resposta
Isabela Vargas Junho 13, 2016 at 6:42 pm

Oi Frann! De nada¡ Que bom que você gostou! Fico muito feliz por ter ajudado. Acompanhe aquí pelo blog nossas dicas sobre o Chile e Santiago e seja muito bem-vinda!

Resposta
Juliana Junho 14, 2016 at 2:42 am

Oi Isabela,
Quanto tempo você estudou espanhol na universidade? Apenas um semestre? Deu para sair falando e escrevendo bem?
Desde já te agradeço.

Resposta
Isabela Vargas Junho 14, 2016 at 1:43 pm

Oi Juliana! Estudei por um semestre, mas eu já tinha uma base. Na realidade, depois da seleção, eles fazem um teste para medir o seu nível de espanhol. Não tive problema nenhum em falar e compreender o idioma, mesmo porque meu pai era da Guatemala e cresci em contato com o idioma desde pequena. Agora, a gramática foi um grande desafio porque eu nunca tinha estudado formalmente espanhol. Mas a minha professora de gramática, que era excelente (Claudia Flores), sempre me dizia que “dominar um idioma não é dominar a gramática”. Portanto, se você gosta de espanhol e não tem medo de falar em público, mesmo que se atrapalhe de vez em quando (o que é super normal), já é meio caminho andado! Se quiser saber mais, pode escrever de novo! Espero ter te ajudado por enquanto! Abraço!

Resposta
Lara SS Junho 15, 2016 at 9:49 pm

Oi Isabela, entrei no link que você postou sobre o curso e fiquei com algumas dúvidas..

1 – Esse curso pode ser feito por quem já é formado e não tem mais vínculo com universidade?
Caso NÃO, nem precisa ler as próximas perguntas. rsrs

2 – Como faço para fazer a prova para saber qual o meu nível de español? (Certificado que acredite el dominio del Español (DELE B1 o Certificado emitido por la institución de origen)
3 – O que é, Carta de respaldo emitida por la Oficina de Asuntos Internacionales de su institución de origen?
4 – Estou tentando validar o meu diploma, mas ainda me falta a “Declaração do Ministério da Educação de que a universidade onde você estudou é autorizada a dar diploma do curso que você fez.”Fiz o pedido pelo site, mas não sei quanto tempo leva para eles responderem. Quando você validou o seu diploma também fez o pedido pelo site ou tem alguma outra maneira mais rápida?

Muito Obrigada!!!

Resposta
Isabela Vargas Junho 16, 2016 at 3:01 am

Oi Lara! Vamos às respostas:
1 – Sim! No meu caso, eu já tinha terminado o Mestrado na UnB há um tempão e não tive problema algum. Meus professores foram super queridos e me ajudaram em todo o processo.
2 – Eu tenho um exame de proficiência que fiz na PUCRS, onde me formei, mas não lembro se apresentei esse documento na época. É o único que eu tenho, do Instituto de Cultura Hispânica.
3 – Quando fiz minha inscrição tive que apresentar uma Carta dos meus professores da UnB. Procurei por modelos na internet e usei um. Dei uma procurada rápida no google e apareceu ess aqui de uma instituição chilena de ensino superior (http://www.uv.cl/internacional/archivos/carta_respaldo.pdf).
4 – Eu não validei meu diploma porque para Mestrado e Doutorado (não sei por qual razão) não é necessário validar o titulo, mas o de graduação sim.
Espero ter te ajudado! Muitas coisas mudaram desde o ano em que eu fiz o curso, mas o pessoal do programa me ajudou muito com informações por e-mail. Eles já estão acostumados e são super prestativos. Boa sorte e qualquer dúvida, pode me perguntar também!

Resposta
Rommullo de Oliveira Junho 27, 2016 at 2:51 pm

Olá Isabela, Bom dia!

Bom, eu estava olhando os requisitos para ingressar no programa e o primeiro ponto deles é esta cursando ao menos 2 anos de ensino superior.

Como eu ainda não estou fazendo nem um tipo de faculdade, e minha pretensão se possível era cursar lá, eu não poderei fazer esse intercambio?

Caso possa as inscrições já pode começar a ser executadas ou só restritamente na data em que eles falaram ?

Tenha uma ótima semana.

Resposta
Isabela Vargas Junho 28, 2016 at 1:26 pm

Oi Rommulo! Claro, é isso mesmo. Quando eu me candidatei ao programa eu já tinha dois anos de ensino superior por conta do Mestrado. Muitos dos meus colegas de curso eram estudantes universitários de outros países, ou seja, já estavam na faculdade e optaram por cursar alguns semestres no Chile. O curso de espanhol era necessário para eles. Mas havia também brasileiros que simplesmente queriam aprender o idioma. Na minha opinião, esse curso de espanhol é muito bom para te ajudar a conhecer a instituição e ter uma ideia de que curso superior optar no Chile. Principalmente se você pretende estudar lá. Com relação a sua pregunta sobre o período de inscrição, sim, é apenas nas datas em que eles estabelecem. Espero ter te ajudado! Um abraço!

Resposta
Raphael Julho 8, 2016 at 12:53 am

Estou pensando em conhecer o Chile lendo seus comentários fiquei mais curioso muito bom

Resposta
Isabela Vargas Julho 8, 2016 at 3:19 pm

Obrigada, Raphael! Que bom que você gostou! Você vai adorar o Chile.

Resposta
joelma aguiar Agosto 4, 2016 at 6:49 pm

bacana! estou pretendendo mudar pro chile com a minha família, se vc pode me indicar alguns links possam me ajudar eu agradeço! e gostei muito do seu post

Resposta
Isabela Vargas Agosto 4, 2016 at 8:45 pm

Oi Joelma! Obrigada pelo seu comnetário! Temos vários posts aqui no blog sobre como é morar no Chile. Vou deixar o link para dois deles, de autoria da colunista Joy Matta. O primeiro fala sobre os aspectos práticos e gerais da vida em Santiago (http://www.brasileiraspelomundo.com/chile-como-e-morar-em-santiago2-53196933). O segundo é bem recente sobre o custo de vida em Santiago (http://www.brasileiraspelomundo.com/chile-custo-de-vida-561531346). Boa sorte! E continue acompanhando o blog porque sempre temos novidades.

Resposta
Nara Agosto 19, 2016 at 9:59 pm

Ola Isabela, tudo bem?

Você saberia me informar se esse curso só está disponível para estrangeiros que estão cursando algo no Brasil? Eu moro em Santiago com meu namorado e queria muito fazer um curso de espanhol e tentar uma pós-graduação, mas terminei minha faculdade ha 3 anos já…

Obrigada :))

Abraço!!

Resposta
Isabela Vargas Agosto 22, 2016 at 1:19 am

Nara, tudo joia? Então, o curso é perfeito pra você porque ele é aberto a residentes no Chile que querem aprimorar o Espanhol. Vai com fé! Vc vai adorar a experiência. Bj

Resposta
Adriano Abril 25, 2017 at 1:54 pm

Olá bom dia. Gostaria de saber sobre processo para realiza faculdade no Chile. Poderia me informa sobre faculdade de medicina

Resposta
Isabela Vargas Abril 25, 2017 at 6:23 pm

Oi Adriano! Então, como eu expliquei no meu texto mais recente do blog (você pode acessar aqui), para entrar na universidade, você precisa prestar um exame, a PSU. Vou te deixar um link com informações sobre isso, especificamente, para estrangeiros que querem estudar Medicina no Chile, mas atenção: assim como no Brasil, é um curso bem disputado, com muita concorrência e as vagas para estrangeiros são reduzidas. Boa sorte!

Resposta
Ana Aguiar Agosto 29, 2016 at 1:57 am

Oi Isabela, tudo bem? Também sou jornalista e tenho interesse em fazer um mestrado aí no Chile. Queria algo na área de direitos humanos ou audiovisual. Tem algum curso que você me indicaria? Abraço!

Resposta
Isabela Vargas Agosto 30, 2016 at 12:55 pm

Oi Ana! Obrigada pelo comentário. As melhores universidades do Chile são a Universidad de Chile e a Católica. Te deixo aqui um link para um Mestrado em Cine Documental da Universidad de Chile. Abraço: http://www.uchile.cl/postgrados/61702/cine-documental

Resposta
Juliana Silva Outubro 11, 2016 at 8:43 pm

Oi Isabela, tudo bem? Seus posts sobre o Chile estão me ajudando muito.
Gostaria de saber se esse curso só pode ser feito por pessoas que ainda estão cursando a faculdade e se há somente a opção de aperfeiçoamento, ou tem para iniciantes também?

Obrigada!

Resposta
Isabela Vargas Outubro 12, 2016 at 6:43 pm

Oi Juliana! Poxa, que legal! Fico muito feliz com seu comentário. O blog procura mesmo ajudar com bastante informação. Com relação as suas perguntas, não é necessário estar cursando a faculdade. Na mina turma, haviam várias pessoas que não estavam estudando e moravam aqui no Chile, mas queriam aperfeiçoar o idioma. O curso oferece vários níveis desde o elementar. Aqui, nesse link, você encontra mais informações bem atualizadas: http://www.uchile.cl/portal/presentacion/relaciones-internacionales/programa-de-movilidad-estudiantil—pme/alumnos-libres-internacionales/6694/programa-de-espanol-para-extranjeros
Obrigada pelo seu comentário! Continue acompanhando o blog e participando!

Resposta
Everton Bellorio Março 22, 2017 at 3:08 pm

Olá, Isabela!
Adorei o seu post. Deve ter sido uma experiência fantástica.
Fiquei apenas com uma dúvida: será que conseguiria fazer um curso de Espanhol de apenas 03 ou 04 semanas na Universidade do Chile? Pretendo conciliar minhas férias com um Curso rápido lá. Você sabe se isto é possível? Obrigado! Abs

Resposta
Isabela Vargas Março 23, 2017 at 2:11 pm

Oi Everton! Obrigada pelo seu comentário. Na Universidade do Chile acredito que nao seria possível porque o curso é um semestre e faz parte do currículo acadêmico, por isso, a maioria dos alunos sao estudantes universitários que estao em intercâmbio. 😉

Resposta
Pablo Abril 3, 2017 at 1:02 am

Isabela,

sou engenheiro, e acabei de receber uma proposta para trabalhar no Chile.

Um dos pontos que mais me chama a atenção é fato de poder fazer mestrado em alguma instituição chilena. Tu comentou no post que o custo é muito alto…quando tu diz alto, está falando de quanto?

Resposta
Isabela Vargas Julho 23, 2017 at 10:06 pm

Oi Pablo! Tudo bem? Desculpe a demora em te responder. Para você ter uma ideia de valores, segue link do Mestrado em Engenharia da Universidad de Chile, uma das melhores aqui: http://www.uchile.cl/postgrados/5544/ciencias-de-la-ingenieria-mencion-transporte
Fazendo a conversao das 300UF fica em torno de oito milhoes de pesos chilenos que seriam quase 40 mil reais. Obrigada pelo seu comentário!

Resposta
Alan Setembro 10, 2018 at 3:44 pm

Pablo, tudo bem?
Gostaria de saber se deu certo a sua ida para o Chile, me encontro em uma situação parecida com a sua.
Poderia entrar em contato comigo por gentileza?
[email protected]

Resposta
Luiza Almeida Junho 8, 2017 at 3:52 pm

Oi, Isabela.

Tenho interesse em fazer um mestrado fora do Brasil. Mas como trabalho, eu só poderia fazer um mestrado cujas aulas sejam intensivas (durante as férias de janeiro e julho, por exemplo, ou a cada quinze dias, também como exemplo).
Você saberia me informar se há algumas universidade no Chile que oferece esse tipo de mestrado?
As universidades do Brasil tem aula durante o dia e em quase todos os dias da semana. Fica inviável pra mim estudar assim.
Obrigada.

Resposta
Isabela Vargas Junho 8, 2017 at 6:34 pm

Oi Luiza! Obrigada pelo seu comentário! Aqui, no Chile, também é parecido. A Universidad de Chile, onde estudei, oferece aulas durante o ano letivo e as aulas também acontecem em dias de semana.

Resposta
andreia Junho 13, 2017 at 11:43 pm

Boa noite Isabela, gostaria que você me ajudasse em algumas duvidas que tenho em relação a morar em Santiago de chile, estou namorando um chileno a 6 anos e ele já veio a morar comigo aqui no brasil, só que esse ano 2016 voltou a chile e quer que eu vá a morar com ele lá. Eu tenho uma filha menor de 14 anos de meu casamento anterior. Gostaria de saber se tenho como conseguir colégio para ela em 2017 indo agora em janeiro de 2017. ela vai fazer o 1primeiro ano do ensino médio. e como faço com documentos de autorização. Obrigada.

Resposta
Isabela Vargas Junho 14, 2017 at 2:09 am

Oi Andreia, tudo bem? Obrigada pelo seu comentário. É possível fazer transferência desde que o colégio escolhido tenha vaga. Segue link com orientações do Ministério da Educação no Chile: https://www.ayudamineduc.cl/ficha/proceso-de-cambio-de-establecimiento-5. Você vai precisar legalizar o histórico e toda a documentação escolar necessária. Segue link do consulado geral do Brasil no Chile com orientações: http://cgsantiago.itamaraty.gov.br/es-es/informaciones.xml. Como sua filha é menor de idade, também vai precisar de autorização do pai para viajar. Veja no site da Policia Federal os documentos necessários clicando aqui: http://www.pf.gov.br/servicos-pf/passaporte/documentacao-necessaria/documentacao-para-passaporte-comum/documentacao-para-menores-de-18-anos

Resposta
Rafael Junho 24, 2017 at 2:21 am

Por favor…
O que tenho que fazer para entrar num mestrado no chile, posso simplesmente entrar?
Quanto custa o mestrado, em média ,convertido em reais?
Quanto é o custo de vida?
E um curso de espanhol, quanto custa e em quanto tempo aprende?
Obrigado!!

Resposta
Isabela Vargas Junho 24, 2017 at 4:42 am

Oi Rafa! Obrigada pelo seu comentário! Vamos lá: o curso de espanhol que eu fiz na Universidad do Chile custa US$ 570 (http://www.uchile.cl/portal/presentacion/relaciones-internacionales/programa-de-movilidad-estudiantil—pme/alumnos-libres-internacionales/6694/espanol-para-extranjeros). Sobre o Mestrado, o ideal é você entrar numa instituicao do Brasil e candidatar-se a uma bolsa (beca) aqui no Chile. Confira informacoes de um dos convênios que existem, o Agcid: http://chile.gob.cl/brasil/es/becas/

Resposta
julie camolesi Outubro 9, 2017 at 6:49 pm

voce sabe me informar o valor de faculdades no chile ? em especial da Catolica do Chile

Resposta
Liliane Oliveira Outubro 15, 2017 at 5:39 pm

Olá Julie!
A Isabela Vargas parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Chile.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
IGOR SILVA Dezembro 4, 2017 at 10:49 pm

Isabela boa noite,

Tenho intençao de fazer MBA em auditoria em Santiago, falo um pouco de espanhol, mas creio que seja necessario estudar mais. Me interessei pelo curso mencionado. Para Fazer MBA qual seria a universidade com custo beneficio (Qualidade e menor custo)?

Resposta
Isabela Vargas Dezembro 4, 2017 at 11:36 pm

Oi Igor, tudo bem? Obrigada pelo seu comentário! Aqui, no Chile, uma ótima opção de cursos para quem já tem um curso superior e ainda está querendo conhecer melhor as instituições são os diplomados, seria uma especialização. Não tenho ideia dos valores, mas sei que as melhores são a Universidad de Chile a Universidad Católica. Segue link da Universidad de Chile para consultar mais informações: http://www.uchile.cl/portal/educacion-continua/diplomados/7573/economia-y-negocios

Resposta
Rafael Dezembro 5, 2017 at 2:35 pm

Olá Isabela Vargas, primeiramente muito obrigado pela iniciativa de ajudar aqueles que buscam oportunidades melhores fora do Brasil, seu conteúdo ajuda bastante, sou recém graduado em Adm. de Empresas e eu gostaria de saber com relação ao valor de US$ 570,00 que você pagou pelo curso de espanhol foi de uma só vez ou é valor mensal como geralmente é cobrado no Brasil? E esse curso realmente vale a pena?, já que tenho opções mais baratas de cursos online reconhecidos, ou cursos on line gratuitos, já que em conversão direta com dólar hoje a R$3,23 fica R$1.841,00 dividido por 6 meses seria o equivalente a R$ 306,85 por mês que é mais caro que muitos cursos renomados aqui no Brasil. E posso ingressar na faculdade sem ser fluente na língua e ir fazendo curso de espanhol enquanto faço uma pós, metrado, ou até uma nova graduação?

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 6, 2017 at 2:23 pm

Olá Rafael,
A Isabela Vargas parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Chile.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
João Henrique Abril 14, 2018 at 7:31 pm

Oi Isabela, tudo bem?
Muito legal o Post e surgiu uma duvida, em relação ao visto eu consigo a autorização dele em Brasilia? Ou em São Paulo eu consigo?

Desde já muito obrigado !

Resposta
Liliane Oliveira Abril 18, 2018 at 1:10 pm

Olá João Henrique,
A Isabela Vargas parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Chile que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Gabi Abril 23, 2018 at 3:24 am

Oi Isabela, tudo bem?
Gostei muito do seu texto, mas fiquei com uma dúvida. Estou terminando o ensino médio e gostaria muito de ir morar no Chile e cursar faculdade aí, ouvi rumores que se pode usar a nota do enem para entrar em uma faculdade aí como se fosse a nota da psu. Isso é verdade? Como posso tirar o meu visto para viver como estudante no Chile? Quais os documentos necessários?

Resposta
Liliane Oliveira Abril 23, 2018 at 1:13 pm

Olá Gabi,
A Isabela Vargas parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Chile que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
LUCIANA ALVES DA SILVA E SILVA Agosto 29, 2018 at 1:41 pm

Isabela, bom dia!
Meu filho é nadador federado no Brasil. Tem 16 anos e está concluindo o ensino médio nesse ano.
Ele pretende cursar medicina e quer tentar fora do Brasil.
Vi no site da Universidade do Chile sobre ingresso de atletas destacados, mas não sei bem como funciona.
Você poderia me dar as informações que puder para que eu possa correr atrás de uma vaga para ele (para 2019)?
Desde já lhe sou grata pelo que puder ajudar.
Meu e-mail é [email protected]
e meu whatsaap é (69) 99957-0929

Resposta
MARIA DE LOURDES CARVALHO Novembro 26, 2018 at 10:09 am

Olá, vocês podem indicar locais onde ficar residindo durante o período de estudo em Santiago, de preferência com custo bem acessível para caber no valor da bolsa de estudo? Período: fevereiro a julho 2019. Grata

Resposta
RENATA BRANDAO TEIXEIRA Dezembro 4, 2018 at 11:49 am

Isabela, bom dia! Leio, leio, leio e ainda estou perdida…. você fez o curso de espanhol para estrangeiros em qual universidade? Como se da essa inscrição?

Resposta
luciane Abril 17, 2019 at 3:03 pm

Bom dia Isabela,
Primeiramente agradecer sua disponibilidade em compartilhar conosco sua experiencias e orientações!
Tenho desejo de cursar mestrado em saúde mental ou geriatria no Chile, você pode me orientar aonde pesquisar o ingresso? Futuramente conforme for o mestrado e minha adaptação também aspiro em revalidar meu diploma de medicina, morei 6 anos na Bolívia então o idioma já é familiar, mas culturas e peculiaridades cada pais tem o seu, não é verdade?!
meu email [email protected]
Se der tempo queria muito iniciar o mestrado no segundo semestre de 2019.
Grata, Luciane

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação