BrasileirasPeloMundo.com
Austrália Quanto custa

Como economizar em Sidney?

Como economizar em Sidney?

Sydney é uma cidade linda, cheia de belezas naturais e paisagens bonitas. Ela é comparada pelos brasileiros que moram aqui com a minha cidade natal, o Rio de Janeiro. Além de outras qualidades sobre as podemos conversar outra hora! Ao mesmo tempo, é uma cidade cara e tida como a com o maior custo de vida da Austrália. O que chama a atenção são os custos com o transporte público e acomodação. Então, nada mais justo do que procurar algumas formas de economizar, certo? E nesta publicação resolvi compartilhar a minha experiência com vocês. E caso saibam de outras, comentem aqui que vou adorar saber! Vamos lá!

Leia também: 5 pontos negativos de Sidney

1 – Escolher a localização de moradia para economizar com transporte público

Como falei, o custo com o transporte público é bem alto aqui e percebi que a acomodação não varia tanto quanto o transporte. Quando fui escolher onde morar, procurei vários bairros super aconchegantes, tranquilos e cheios de conveniências como mercados, cafés e transportes acessíveis por toda a cidade. Perto da praia, das montanhas e no centro, o valor que eu economizaria por morar nos bairros mais afastados das minhas atividades era menor do que eu gastaria com o transporte para me deslocar. Sem falar no tempo que você gasta com o deslocamento, né?

Então, a minha sugestão é que vocês procurem algum lugar para morar próximo da sua atividade mais frequente. Assim você pode ir à pé, economizará tempo e dinheiro com o transporte. Além de fazer uma caminhada diária!

2 – Acomodação mobiliada ou não?

Dependendo do seu tempo de estadia e, consequentemente, do contrato, vale a pena procurar um apartamento não mobiliado e correr atrás dos eletrodomésticos e outros itens de que precise. Já explico como fazer isso no próximo tópico. Mas por que alugar assim e ter mais trabalho?

Quando você já aluga mobiliado o valor do aluguel é mais caro do que um imóvel vazio. Se você for ficar por um tempo considerável, perceba que, com essa diferença, você pode comprar seus próprios móveis e montar a casa do seu jeito. Além do mais, já pensou que você pode comprar bem mais barato de segunda mão, ou aceitar doações e realmente guardar aquele dinheiro a mais que você pagaria pelos móveis? Vamos falar disso agora!

3 – Compras de segunda mão, doações e descarte

Os australianos são muito consumistas e têm o costume de doar, descartar ou vender seus pertences de forma geral, simplesmente porque não querem mais mesmo que estejam em perfeito estado. Como encontrar?

Muitas vezes as pessoas deixam em frente às suas casas para que outras pessoas peguem o que precisarem e, caso isso não aconteça, a prefeitura recolhe num determinado dia da semana. Outras vezes, publicam em sites como o Gumtree e também em grupos de Facebook, ou Whatsapp. Sem falar dos Garage Sales que as pessoas fazem com muita frequência e também publicam estes eventos nos grupos de Facebook.

O Gumtree é um site muito usado aqui na Austrália para tudo! Você encontra trabalho, carro, móveis, eletrônicos e muito mais. Literalmente, tudo que você puder imaginar! Itens para doação e para venda. Mas, claro, devemos ter cuidado porque também existem anúncios falsos.

No Facebook, as pessoas criam grupos de tudo, certo? Então, aqui não é diferente. Existem grupos para comprar e vender nos bairros e regiões que você mora e/ou trabalha. Vale a pena participar para saber também dos eventos que acontecem ao seu redor. Além dos grupos de brasileiros (que também entraram na dança), como Brasileiros em Sydney, Brasileiros em Melbourne e o nosso muito querido Papo Calcinha em Sydney, onde a mulherada se ajuda muito!

Temos muitos grupos legais que podem ser tema de outro texto, se vocês acharem interessante comentem aqui embaixo! Um grupo puxa o outro e, aí, se estende também para o Whatsapp, como o Feira do Rolo por exemplo, só para os rolos brasileiros!

Leia também: Aplicativos australianos mais importantes para o dia a dia

4 – Transporte Público

A cidade conta com um sistema chamado Opal, onde você compra o cartão e vai colocando créditos a medida que precisa. Note que você paga somente pelos créditos e não pelo cartão em si. Também é possível comprar o bilhete simples para fazer apenas uma viagem específica, porém é mais caro. Então, você já começa economizando ao obter o cartão e usar o sistema que conta com outros benefícios.

Eles têm um horário de pico para os trens de 2ª a 6ª feira, das 7h às 9h e das 16h às 18h30, com um desconto de 30% para viagens fora destes horários. Nos sábados, domingos e feriados, a tarifa tem desconto e ainda fazem algo especial no domingo! Você pode usar qualquer tipo de transporte público durante o dia inteiro e pagar a tarifa única de até 2,70 AUD. Então, esse é o dia em que você pode ir passear longe sem pagar uma fortuna!

Além disso, após oito viagens pagas no mesmo cartão entre 2ª e domingo, você começa a pagar metade da tarifa nas próximas viagens. Realmente, há vários descontos, mas não se iludam porque o transporte público continua sendo caro e vale você conhecer todas essas regras para tentar economizar como pode.

5 – Alimentação

Toda semana os supermercados fazem seus encartes de promoção. Os dois supermercados principais aqui são o Woolworths e o Coles. Eles liberam seus catálogos online na segunda-feira e nas lojas há versões impressas a partir de quarta-feira. As ofertas têm duração de uma semana e começam toda quarta. Enfatizo que as promoções aqui realmente valem a pena, pois as reduções são de 50% muitas vezes. Eles sempre informam a porcentagem e é real, não é aquele estilo de ser a metade do dobro!

Outra dica é a padaria do supermercado Woolworths que reduz o preço dos itens por volta das 18h30 ou 19h todos os dias. Produtos ainda muito frescos, mas eles não deixam para o dia seguinte e o desconto, na maioria das vezes, é de mais de 50%. Vale a pena ficar de olho!

E a última, mas não menos importante, é a shepa do Paddy´s Market. Para quem não conhece, é basicamente uma feira de hortifruti que funciona de quarta-feira a domingo. Eles trazem produtos direto do Centro de Distribuição de Alimentos e são sempre muito fresquinhos e as novidades da estação sempre chegam antes lá do que no supermercado e, geralmente, são mais baratos do que estes últimos. Como eles não funcionam nas segundas e terças-feiras, fazem cestas de frutas e legumes para vender a um dólar australiano no final da tarde de domingo. Então, é interessante chegar lá por volta das 16h30 para conferir!

Espero ter ajudado um pouco vocês. Se tiverem alguma dúvida ou até mesmo outras dicas para compartilhar, façam seus comentários! Até a próxima!

Related posts

Kings Park, em Perth, na Austrália

Aline Arruda

Como reconhecer o seu diploma na Austrália

Aline Arruda

Quanto custa fazer supermercado em Dublin?

Gabrielle Figueiredo

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação