BrasileirasPeloMundo.com
Hungria

Como funciona o período de férias na Hungria?

Como funciona o período de férias na Hungria?

Até chegar na Hungria, não tinha nenhuma ideia de como seria o meu ambiente de trabalho. Felizmente, fui surpreendida positivamente com um local de trabalho agradável e amistoso. Não posso generalizar pois cada departamento funciona de uma maneira e sob supervisão de uma liderança única, no entanto, comparando com o stress, assédio moral e pressão que vivemos anteriormente no Brasil, me sinto no paraíso.

Conversando com outros brasileiros, vejo que eles visualizam o ambiente corporativo de maneira parecida, acreditamos que na Hungria o salário de acordo com as tarefas corresponde muito mais às expectativas do que no Brasil. Quem acompanha meus relatos sabe que o salário é baixo se compararmos com outros países, no entanto, estrangeiros costumam receber pelo menos R$ 3.700,00 líquido para um cargo como Service Desk, que não demanda tanta qualificação e conhecimento específico, apenas a proficiência em inglês e outros idiomas como o Português no nosso caso.

O lado negativo de trabalhar em outro país é a falta de conhecimento das leis, normalmente tudo flui bem e não há problemas, só que detalhes burocráticos podem gerar preocupações. Sei que a burocracia brasileira está entre as piores do mundo, mas pelo menos é tudo na nossa língua nativa. Imagine realizar uma declaração de imposto de renda, entender todas as taxas descontados no holerite ou seus direitos como empregado.
Vamos ao tema do mês: FÉRIAS!

Leia também: Quanto custa fazer supermercado em Budapeste

O colaborador tem direito a 20 dias por ano, podendo variar de acordo com a sua idade conforme a tabela abaixo:

Idade

Dias por ano

Acima de 25 anos

+ 1 dia (21 dias no total)

Acima de 28 anos

+ 2 dias (22 dias no total)

Acima de 31 anos

+ 3 dias (23 dias no total)

Acima de 33 anos

+ 4 dias (24 dias no total)

Acima de 35 anos

+ 5 dias (25 dias no total)

Acima de 37 anos

+ 6 dias (26 dias no total)

Acima de 39 anos

+ 7 dias (27 dias no total)

Acima de 41 anos

+ 8 dias (28 dias no total)

Acima de 43 anos

+ 9 dias (29 dias no total)

Acima de 45 anos

+ 10 dias (30 dias no total)

Uma das diferenças em relação ao Brasil é que não é necessário completar 1 ano para tirar férias. Achei fantástico iniciar na empresa e tirar alguns dias para viajar no mês seguinte.

A partir do momento que você começar, será considerado o período proporcional de dias (por exemplo: caso inicie no meio do ano, terá aproximadamente 10 dias).
Além disso, tenho direito de escolher quantos dias eu quiser, não existe um período mínimo. Normalmente opto por sexta ou segunda-feira, assim posso viajar durante o fim de semana.

Na minha opinião, isso é muito vantajoso e apenas os dias ÚTEIS são considerados. Fui ao Brasil esse ano de 12 a 25 de Janeiro. Utilizei apenas 11 dias de férias, já que os fins de semana não entram na conta. Meu voo partiu em uma sexta-feira e quando fui para a Austrália aconteceu a mesma coisa, mas trabalhava no Brasil e perdi 2 dias de férias por conta do fim de semana em seguida, não teve acordo.

Leia também: Diferenças entre o ideal de férias para suecos e brasileiros

Existem outros tipos de licença que te permitem se ausentar do trabalho. Para os pais com filhos de até 16 anos, o cálculo é feito através da quantidade de filhos:

Número de filhos

Dias por ano

1 filho

+ 2 dias extras por ano

2 filhos

+ 4 dias extras por ano

3 ou mais filhos

+ 7 dias extras por ano

Para obter esse benefício, é obrigatório que uma nova declaração seja feita todo ano. Ou seja, se você tem filhos, não é concedido automaticamente. Todo ano deve informar ao RH da empresa que seus filhos ainda estão na idade limite.

Em caso de falecimento de um parente próximo, basta apresentar a certidão de óbito e informar qual era o parentesco que você tinha. São 2 dias remunerados de licença e eles englobam a morte de: cônjuge, irmãos, pais, avós, bisavós, filho, irmãos / pais / avós ou bisavós do marido / esposa.

A licença paternidade concede 5 dias remunerados para os novos papais e 7 dias em caso de gêmeos. Podem ser usados em até 2 meses a partir do nascimento, apresentando a certidão e o formulário preenchido.
Caso os seus dias de férias não sejam suficientes para resolver qualquer pendência, existe o “unpaid leave”, um período em que você ficará fora do escritório e não receberá salário.

Aspectos como flexibilidade, facilidade na hora de escolher o período e a possibilidade de ter mais dias de acordo com os filhos ou idade, com certeza fazem diferença na hora de aproveitar o merecido descanso.

Com essa facilidade de tirar apenas 1 dia por exemplo, fica muito mais viável para resolver pendências como mudar de apartamento ou mesmo tirar uma folga para relaxar e desestressar.

A qualidade de vida engloba muitos aspectos e é um conceito muito subjetivo, no entanto, acredito que a forma em que as férias são concedidas aqui podem ser um fator relevante para que você se sinta bem e realmente aproveite o ano (ao invés de relaxar apenas 1x por 30 dias).

 

Related posts

O que se come na Hungria

Larissa Tasnádi

Dez motivos para morar em Budapeste

Mayra Di Domenico

Cidadania húngara: tradicional ou simplificada?

Mayra Di Domenico

2 comentários

Thiago Szabo Agosto 10, 2018 at 6:07 am

Parabéns! Informações que não achei em lugar algum e muito bem montada e apresentada!!

Resposta
Mayra Di Domenico Setembro 6, 2018 at 11:20 pm

Olá Thiago, que bom vê-lo por aqui!

Muito obrigada, é importante saber como isso funciona, né?

Até mais!
May

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação