BrasileirasPeloMundo.com
Carnaval Pelo Mundo Grécia

Curtindo o Carnaval na Grécia

Curtindo o Carnaval na Grécia.

Inicialmente ao ver o tema desse post, você deve ter imaginado: Amanda, o Carnaval já passou, acho que você veio com um assunto um pouco atrasado. Correto? Acontece que enquanto você estiver lendo esta publicação, provavelmente estaremos nos preparativos finais ou o curtindo na avenida; pois este é mais um ano em que acontecerá em época divergente a do Brasil. E se você, que até já se idealizou passando férias nas ilhas Gregas, mas ainda não pensou em ficar na Grécia durante esta festividade, desejo que sinta-se motivado a conhecer como é essa animação no estilo grego.

Pois afinal, quando falamos em Carnaval (Karnavali em grego), muitos utilizam como referência os badalados blocos do Rio, a multidão curtindo em Salvador ou até mesmo o requintado e tradicional de Veneza, mas raramente mencionariam a Grécia como destinação; porém saiba que é em Pátras que ocorre um dos maiores da Europa e que a agitação toma conta de todo o país, com foliões bastante empolgados seja nos pequenos vilarejos ou até nas grandes cidades, do modo habitual deles.

E desde 2012, tenho a oportunidade de viver essa experiência. Algo que inicialmente chamou a minha atenção foi a possibilidade sobre os eventos acontecerem em datas diferentes da comemoração brasileira. Pois aqui a religião predominante é a Ortodoxa e nem sempre a Páscoa Ortodoxa coincide com o período da Católica, o que favorece e permite com que eu acompanhe os agitos gregos e brasileiros, juntos ou separados. E por falar nisso, é incrível o desejo que eles manifestam em conhecer o Carnaval do Brasil, quando menciono que sou brasileira, a euforia surge automaticamente e com toda razão, pois é tão enfatizado pela mídia daqui que é compreensível todo o entusiasmo deles.

Quanto aos preparativos ocorrem durante cerca de três semanas antes do primeiro domingo da Quaresma. E nesse tempo há vários eventos, como por exemplo: apresentações teatrais, formações de times para jogos educativos, muitas dinâmicas, competições divertidas, dentre elas: a caça ao tesouro, em que interditam praça e/ou algumas ruas centrais e através de dicas, grupos saem em busca do objeto escondido, bailes de máscaras, festas particulares, enfim sucessivos acontecimentos tradicionais até que chegue o “grande dia”, ou seja no domingo quando os blocos e carros alegóricos desfilam.

Como existem manifestações em toda a Grécia, Atenas, também promove algumas festividades, porém o maior evento é sediado em Pátras, no Peloponeso, considerada a “capital do Carnaval grego”, atraindo milhares de foliões e expectadores.  Em Creta, festejamos com blocos na rua, durante a tarde de sábado em Heraklion e no domingo todos seguem para a cidade do Rethymno, que promove um dos mais renomados do país e o principal de Creta, reunindo uma multidão de toda a ilha. E claro que sempre marcamos presença, pois é uma brincadeira tão saudável e segura, envolvendo um público de todas as idades, desde crianças, adolescentes, adultos e até bebês curtindo no colo dos pais – parte que eu acho uma diversão super familiar que é impossível ficar de fora.

Carnaval na Grecia

Por acontecer durante o inverno, com temperaturas oscilando entre 5°C e 20°C, conforme a localidade, as fantasias não são tão extravagantes e ousadas em termos de decotes e tamanhos. Temáticas e criativas, abordam desde personagens dos livros e filmes infantis, como: a Branca de Neve, Popeye, ídolos, tipo o Charlie Chaplin, questões da atualidade, em suma, uma mescla de estilo e diversidade.

xperiamini 097

DS C03653

Blocos do Carnaval do Rethymno

E é importante ressaltar que a animação exclusiva se concentra no domingo, pois a segunda-feira após o Carnaval é o primeiro dia da Quaresma para a Igreja Ortodoxa, marcada com atividades tranquilas e encontros de amigos e familiares para refeições e atividades ao ar livre, inclusive para soltarem pipas (papagaios).

Então, ficou imaginando o quanto deve ser diferente e especial comemorar no modo grego e em meio ao frio? Posso garantir que já estou ansiosa para curtir mais este ano e curiosa para ver as cores e criatividades das fantasias em plena avenida. Abraços e até a próxima!

Related posts

Dicas de turismo em Atenas em 3 dias

Clarissa Gaiarsa

Carnaval e a tradição dos bailes de Viena

Fernanda Nemec

5 hábitos gregos curiosos

Marina Lemgruber

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação