BrasileirasPeloMundo.com
Culinária Pelo Mundo Japão

Dez curiosidades sobre a comida japonesa no Japão

Dez curiosidades sobre a comida japonesa no Japão.

Por conta da sua agradável aparência e uso de ingredientes sazonais, a comida japonesa foi registrada como patrimônio cultural da UNESCO.  Em inúmeros pratos, alguns dos elementos tradicionais estão sempre presentes, tais como o wasabi (mostarda japonesa), shoyu (molho de soja), misô (pasta de soja), nori (alga japonesa), chá verde, karê (curry japonês), azuki (feijão vermelho adocicado), yuzu (fruta cítrica japonesa) e muitos outros.

Eu cresci comendo comida japonesa. Por isso, nunca imaginei que no meu processo de adaptação ao país, uma das principais dificuldades seria em relação à comida. Ledo engano. A comida japonesa do Brasil é bem diferente da comida no Japão. No início, paguei muitos micos e agora, confesso que estou até curtindo. Veja abaixo algumas curiosidades sobre a gastronomia oriental:

1. O molho agridoce é mais doce que salgado

Eu sempre comi molho agridoce no Brasil, mas sempre era mais salgado que doce.

Arquivo pessoal: espetinhos com molho agridoce

Aqui é comum encontrar yakisoba (macarrão com shoyu e verduras)  e yakitori (espetinhos) com sabor levemente adocicado.

2. Sorvetes incríveis

É possível saborear sorvete de melancia (esse vem acompanhado de sementes de chocolate), wasabi, chá verde, misô, mochi (bolinho de arroz), soda e até com folhas de ouro. Logo que cheguei no Japão, eu não parava de experimentar novos sabores. A minha experiência estava sendo bem divertida, até que um dia eu me deixei levar pela empolgação do momento e comprei um sorvete de feijão, acreditando que era de chocolate. Imagine a minha decepção para não dizer outra coisa…

3. Sabores inimagináveis

O famoso Kit Kat japonês tem mais de 300 sabores. Imagine como é saborear chocolate com wafer sabor chá verde, café, sakê, abóbora, milho, queijo, shoyu, misô, wasabi ou caldo de vegetais.

Se você for comprar uma bebida, certamente ficará confuso com a quantidade e variedade oferecida: são inúmeros tipos de chás, sucos, refrigerantes, café, soda, calpis (refrigerante de iogurte), pokari (bebida esportiva) e muitos lançamentos. Por exemplo, a Coca-Cola e a Pepsi sempre lançam versões limitadas com sabores exclusivos, tais como laranja, pêssego, maçã, café, yuzu, melancia, iogurte, morango com leite, gengibre e até pepino, só para citar alguns.

Arquivo pessoal: Kit Kat com sabores (chá verde, amora, castanha e morango), Pepsi cristal, Coca-Cola de maçã, batatas fritas com sabores (manga/manteiga, macarrão japonês – lámen e yakisoba, coco/sal)

E tem muito sabor estranho. Até então, eu não imaginava que comprar uma batata frita apenas com sal seria uma tarefa tão difícil. No supermercado tem batata frita aromatizada com manteiga, alga, shoyu, salada, chá verde, peixe, polvo, galinha, limão, chocolate, camarão e até caramelizada com shoyu – essa eu comprei na correria e fiquei bastante surpresa ao me deparar com uma batata-doce preta, mas aprendi a lição e nunca mais comprei sem olhar detalhadamente as informações do pacote.

Leia também: Japão em tons de rosa e sua gastronomia em flor

4. Pães como você nunca viu

Achei incrível encontrar um pão que já vinha com manteiga dentro. Nas lojas de conveniência e padarias  você encontra sanduíches prontos com curry, morango, macarrão, tonkatsu (carne de porco empanada) e tudo mais que você possa imaginar! Mas, decepcionante foi descobrir que o pão de queijo era apenas um pão comum com um pedaço de queijo dentro, assim como o de batata tinha uma batata cozida e o de pudim me surpreendeu com um pudim inteiro dentro.

5. O churrasco japonês pode ser assado ou cozido

Existem duas formas de apreciar a carne no Japão: yakiniku (a carne é assada na grelha ou em chapas de ferro) e o shabu shabu (a carne é cortada em fatias finas e jogada em uma panela com água fervente), ambos podem ser acompanhados com verduras e frutos do mar.

Arquivo pessoal: restaurante de yakiniku (carne grelhada) – as carnes são servidas acompanhadas de verduras e o cliente prepara ao seu gosto.

É comum encontrar restaurantes onde são servidas diversas bandejas de carne e a preparação fica por conta do cliente.

6. McDonald’s é muito popular no Japão

Há restaurantes da rede por toda a parte. Os sanduíches promocionais podem sair por apenas R$ 4,00.  É possível encontrar mais de 50 itens exclusivos no menu: hambúrguer teriyaki (preparado com molho de soja e sakê doce), tempurá (massa crocante frita) de camarão, tonkatsu (costeleta de porco empanada), curry, panquecas,  maionese com wasabi e por aí vai.

7. A pizza japonesa é italiana

O Japão possui uma das melhores pizzas do mundo. A pizza segue o estilo italiano, possui massa fina crocante, mas não se engane. Você pode encontrar sabores inusitados com visuais incríveis, tais como batata com curry, peixe com alga, camarão com molho pesto, ovas de peixe, shirasu (mini anchovas), nattõ (soja fermentada), takenoko (broto de bambu), mochi (bolinho de arroz), feijão com chantilly e mariscos com casca.

8. O café da manhã é uma refeição completa

Eu não sabia o que era um tradicional café da manhã japonês até visitar uma família japonesa. Pela manhã, é servido arroz, missoshiru (sopa de massa de soja), peixe ou carne, verduras e tsukemono (picles japoneses). Todos são servidos em pequenas travessas individuais. Muitas pessoas optam por fazer uma refeição completa no café; e no almoço, apenas um lanche rápido – normalmente sushi ou pão.

9. Existem mais de 100 tipos de sushi

Engana-se quem acha que há somente versões com peixe cru. Os acompanhamentos são diversos: frutos do mar, ovo, carne, verduras, tempurá, ova de peixe, grelhados,…

Arquivo pessoal: maquete de restaurante de sushi

Normalmente nos restaurantes eles estão divididos por categorias: nigiri (arroz com acompanhamento em cima), maki (arroz com acompanhamento envolto em alga), uramaki (ao contrário do maki, o arroz fica por fora e a alga envolve o recheio), temaki (arroz com o acompanhamento e a alga em formato de cone). Antigamente era difícil encontrar sushi sem uma camada generosa de wasabi. Hoje em dia ele é oferecido separadamente. Os restaurantes mais populares oferecem sushis a partir de R$ 4,00.

Leia também: Muito além do sushi: 10 comidas típicas japonesas

10. É comum servir comida fria

No verão é comum os restaurantes oferecerem pratos gelados, tais como o sobá (tradicional macarrão japonês gelado). Já o bentô (marmita japonesa) é apreciado sem esquentar e normalmente contém arroz, peixe ou carne, legumes e picles – pode ser feito em casa ou comprado pronto e geralmente vem em bandejas de plástico com repartições. É muito consumido nas empresas e serve também para ser levado em um passeio.

Arquivo pessoal: marmitas japonesas em embalagens plásticas com separadores

Atualmente, está bem mais fácil se comunicar no Japão se você não fala o idioma, pois muitos restaurantes oferecem opção de cardápio em inglês e réplicas dos pratos com os valores (menu 3D). Mas, mesmo assim, nem sempre os pratos são feitos como imaginamos.

E aí, vai encarar? Não tenha medo de ser feliz, vá sem medo, afinal, quem não arrisca, não petisca! Como dizia o poeta William Shakespeare, “Há mais coisas entre o céu e a terra do que pode imaginar nossa vã filosofia”.

Bom apetite!

Related posts

Cinco pratos típicos de Taiwan

Gisela Melo

Hostess no Japão

Valéria Nishiura

O café da manhã australiano

Juliana Letra

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação