BrasileirasPeloMundo.com
Comemorações Pelo Mundo Japão

Dia dos Namorados no Japão: comemoração em dose dupla

Dia dos Namorados no Japão: comemoração em dose dupla.

Logo após o início do ano, decorações alusivas ao Valentine’s Day (Dia dos Namorados), invadem as lojas japonesas. Diferente do Brasil e seguindo a tradição europeia e americana, o Dia dos Namorados no Japão é comemorado no mês de fevereiro.

No entanto, aqui essa data ganhou um significado único, sendo comemorada em duas etapas: em fevereiro, quando as mulheres presenteiam os homens e um mês depois, em março, quando os homens presenteiam as mulheres. Como isso funciona?

Conheça abaixo um pouco mais sobre essa data tão aguardada no calendário japonês.

Origem do Valentine’s Day, o Dia dos Namorados (14 de fevereiro)

Muito popularizada nos mangás e animes, o Valentine’s Day surgiu em 1936 como uma estratégia de marketing de uma empresa japonesa para vender mais chocolates.

Diferente de outros lugares, quando os namorados saem para um jantar romântico e trocam presentes, o regalo se traduz na entrega de chocolates ou doces. Lembrando que no Japão não existe Páscoa e portanto o Valentine’s Day tornou-se uma oportunidade comercial muito importante para os fabricantes de doces e chocolate.

Leia também: Dicas para morar no Japão

Demonstração de carinho

Nessa data é comum as mulheres presentearem, além do namorado, amigos, parentes, clientes e colegas com chocolates, como forma de gratidão e carinho. Sendo assim, muitas mulheres já reservam antecipadamente uma parte do seu orçamento para a compra de chocolates. Nas empresas tornou-se muito comum as mulheres se reunirem para arrecadar dinheiro e fazer a entrega em conjunto.

Uma verdadeira declaração de amor

O mais interessante é que a data também pode ser usada como uma oportunidade para a mulher declarar seus sentimentos. Nesse caso, recomenda-se que o chocolate entregue seja feito artesanalmente, ou seja, o chocolate é derretido e incrementado com interessantes embalagens, cartões, confeitos e recheios.

Conheça os tipos de chocolates entregues no Valentine’s Day

As lojas de departamento apresentam diversos estandes com uma grande variedade de marcas, formatos e tipos de chocolate com belíssimas embalagens. Mas, não se engane, cada chocolate tem um significado. Normalmente recomenda-se que os chocolates entregues para as pessoas não muito próximas não passe de U$1 (um dólar), ou seja, em torno de R$ 3,00. Quanto maior a importância, maior o valor do presente entregue.

Para não confundir ou criar situações complicadas, muitas mulheres até escrevem “giri” (gratidão), no chocolate para que o homem não o confunda com o “honmei” (chocolate do amor). Confira os tipos de chocolates entregues:
● Giri: clientes, colegas de trabalho, chefes, pessoas com quem tem uma ligação social, mas não muito intensa.
● Tomo: amigos ou amigas próximas, para demonstrar carinho e amizade.
● Family: família, marido, pais, primos e etc.
● Honmei: pessoa amada, namorado, amante ou um possível futuro namorado.

Normalmente são entregues chocolates pretos, mas também podem ser outro tipo de doce (tais como bolos, cookies, cupcake). Tudo vai depender da criatividade da ofertante.

White Day, Dia Branco (14 de março)

Exatamente um mês depois, é a vez dos homens retribuírem os presentes recebidos. A data criada em 1977, graças a uma brilhante campanha japonesa desenvolvida para os fabricantes de doces, sugeria: “White Day para responder ao amor. Envie doces para a mulher que você ama . Mais tarde, os doces também foram substituídos por chocolates brancos ou marshmallows.

Todavia, recomenda o protocolo que o homem deve dar um presente que custe aproximadamente o triplo do presente recebido. No caso do homem ter recebido uma declaração de amor, a mulher saberá se ele gostou apenas um mês depois. Ou seja, se ele retribuir o presente, a resposta é sim, agora se ele ignorar…

Nesse caso, recomenda-se que o doce venha acompanhado de flores ou bichinhos de pelúcia.

Como ficam a mulheres?

Por isso, para muitas mulheres ocidentais a data é considerada machista, uma vez que a mulher deve presentear e se manifestar primeiro. Já, para as japonesas, a data é muito aguardada pelas adolescentes e no caso das namoradas, elas se sentem muito motivadas para fazer o doce perfeito, a fim de não decepcionar o seu amado.

Obrigação Social

Como parte da cultura japonesa, a troca de presentes é muito apreciada. Porém, em muito casos, o que se questiona é o fato da obrigatoriedade e a exploração comercial da data. Muitas vezes, os japoneses se sentem pressionados a cumprir o protocolo estabelecido e às vezes chega a ser exagerado a quantidade de chocolates recebidos por uma única pessoa. Para não causar transtornos, algumas empresas aboliram a
prática nas dependências.

Oportunidade para expressar gratidão

Além de declarações de amor, o que mais se vê nos cartões são as palavras de agradecimento aos amigos, colegas de trabalho e familiares. Há casos em que os autores de anime/mangá recebem chocolates pelos seus personagens famosos. Seja como for, o amor está no ar e para uma nação que apresenta dificuldade de expressar sentimentos, essa é uma excelente oportunidade para encontrar o verdadeiro amor.

Related posts

Novos vistos de trabalho no Japão a partir de abril de 2019

Ana Paula Ramos

O início de uma nova era no Japão

Mitiko Ando

Dekassegui no Japão

Alessandra Ozbir

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação