BrasileirasPeloMundo.com
Chile Turismo Pelo Mundo

Dicas para curtir um dia em Cajón del Maipo

cajon del maipo

Dicas para curtir um dia em Cajón del Maipo.

Junho é um mês perfeito para curtir a neve em Santiago, no Chile. A cidade fica lotada de brasileiros ávidos por experimentar a sensação de deslizar pela cordilheira nevada praticando algum esporte de aventura. Para quem procura uma opção mais econômica que os badalados centros de ski, minha sugestão é o infalível Cajón del Maipo. Mais econômico, pertinho da capital chilena e, indiscutivelmente, lindíssimo. Vale a pena apostar nesse destino. Ficou em dúvida? Então, confere esse texto com dicas para curtir um dia em Cajón del Maipo.

Em tempo: esse texto foi escrito antes da tragédia que tirou a vida de duas crianças brasileiras, no último dia 3 de junho, durante um passeio em San Jose de Maipo.

Saia cedo

Deus ajuda a quem cedo madruga. Principalmente, se você for um turista em pleno inverno chileno. Vale a pena encarar a estrada cedinho para curtir o dia sem pressa. Além disso, a volta é muito mais tranquila porque você não vai ter que se preocupar com o engarrafamento na decida da montanha.

Mas o que é cedo? Sair de Santiago às 8h da manhã é uma boa pedida se o seu objetivo é visitar a principal atração em Cajon del Maipo, o Embalse El Yeso. Trata-se de um lugar espetacular que vai fazer valer cada minuto de sono perdido!

O que levar?

Antigamente, esse era um destino bem rústico, com pouca estrutura para receber os turistas. Eu, particularmente, preferia assim. Hoje, é um lugar onde você chega e tem de tudo: desde guardador de carro, carrinho de comida, banho químico, camelôs vendendo óculos de sol e luvas para neve.

Mas tudo isso tem seu preço. Portanto, nada melhor do que ser um turista precavido e levar as suas coisas. Lanchinho (que pode ser sanduíche, frutas, frutos secos, chocolate, bolachinhas, salgadinhos, etc.), água (leve bastante para hidratar-se), luvas para brincar na neve e óculos de sol (indispensáveis e muito mais baratos no Centro de Santiago).

No caminho, também é possível alugar trenós para brincar na neve. Se você vai viajar com as crianças, é uma boa dica para curtir a neve, pois é diversão na certa! O equipamento é devolvido na descida da montanha.

Leia também: Onde curtir a neve e o inverno chileno

Escolha bem o carro

Se você decidiu visitar Cajón del Maipo por conta própria, certifique-se de alugar um carro 4×4, em qualquer estação do ano. A estrada é cheia de pedras e alguns trechos são de chão batido. Dê preferência para um carro mais alto, justamente para evitar que o veículo fique danificado por causa das pedras.

Caso não se sinta seguro para dirigir em estrada de chão, prefira os tours que são vendidos para Cajón del Maipo. Para quem viaja sozinho, é uma ótima oportunidade de fazer amizades, pois geralmente esses passeios levam grupos.

cajon del maipo
Foto: Arquivo pessoal

Dirija com cuidado

Dirija com cuidado e, jamais, em alta velocidade! Cajón del Maipo está localizada num vale em forma de V que nasce a partir da cordilheira. Por conta dessa majestosa formação geográfica, que garante um visual esplêndido para os visitantes, é que a estrada é perigosa.

Há muitos desfiladeiros e, quem não conhece o caminho, pode ser surpreendido e se envolver num acidente. Para aumentar a adrenalina, na maior parte do tempo a estrada tem apenas uma pista para cada sentido. Em alguns casos, apenas uma para os dois sentidos. Isso mesmo!

Uma das coisas que mais me impressionou na minha ultima visita foi constatar que, com todos esses perigos, algumas empresas estão levando até mesmo ônibus gigantes para o alto da montanha. Além de considerar um meio de transporte inadequado e perigoso, acho que não tem nada a ver com a energia do lugar. É um atrativo por causa da natureza em si, nada mais.

Muita gente faz esse passeio em bicicleta. Alguns, organizam grupos e acampam por lá mesmo. Nunca fiz isso, apenas acampei nas Termas El Plomo, localizadas bem depois do Embalse El Yeso, mas conto essa experiência em outro post.

Clima traiçoeiro

Antes de visitar Cajón del Maipo, confira as condições meteorológicas, principalmente, no inverno. O grande problema são as mudanças bruscas que acontecem justamente quando você está no alto da montanha. Já houve casos de famílias e grupos de turistas que ficaram presos e precisaram ser resgatados por conta disso.

Acontece que essas mudanças repentinas no clima alteram totalmente o cenário. Se cai uma chuva forte, no inverno, o caminho fica bem mais perigoso. Geralmente, quando passa a chuva, pode nevar. Em alguns casos, pode ser um delicioso espetáculo, como eu mesma já presenciei lá em Cajón del Maipo. Em outras, pode te deixar, literalmente, preso no meio do nada!

Em determinados trechos, pode haver deslizamentos de pedras, o que é bem perigoso! Para evitar uma surpresa desagradável, verifique as condições do clima antes de subir a montanha. Existem vários apps que fazem isso por você!

Leia também: 8 apps chilenos que você precisa conhecer

Valorize o comércio local

Quando eu digo comércio local, me refiro aos comerciantes que oferecem ao longo do caminho artesanato local, ou produtos coloniais da gastronomia da região, como frutos secos e empanadas.

Numa das minhas visitas à montanha, paramos para um almoço tardio e foi uma ótima experiência. A Jauría não é apenas uma simples pizzaria, já que pertence a uma cervejaria artesanal. O empreendimento é resultado do sonho de três amigos cervejeiros que se juntaram e conseguiram criar a sua própria marca.

Se você estiver dirigindo, compre a sua cerveja para provar depois porque vale a pena esperar! Lembre-se de que no Chile, assim como no Brasil, é proibido dirigir sob os efeitos do álcool e a fiscalização é rigorosa.

Com essas dicas, você pode ter uma experiência inesquecível, segura e agradável em Cajón del Maipo. Se você tem mais dicas, deixei nos comentários porque esse é um destino muito procurado pelos turistas o ano inteiro aqui no Chile!

Related posts

6 lugares para passar o dia perto de Praga

Isadora Costa

Verão na Jutlândia – Parte 2

Cristiane Leme

Canterbury, opção de estudo e passeio fora de Londres

Ann Moeller

1 comentário

Mary Julho 9, 2019 at 8:01 pm

O acesso ao local está fechado?

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação