BrasileirasPeloMundo.com
Argentina Cursos Pelo Mundo Estudando Pelo Mundo

Dicas para estudar na Argentina

As brasileiras (e os brasileiros) que se mudam para a Argentina quase sempre se encaixam em dois grupos. O primeiro, de estudantes que vem em busca de realizar um sonho: entrar na faculdade sem fazer vestibular. O segundo, dos que se aventuram sozinhos ou junto da família.

Em ambos casos é importante saber o que fazer para não cair em roubadas. Hoje vou tentar ajudar um pouco aos estudantes que desejam mudar para cá sem grandes problemas. Mês que vem eu volto para ajudar aos aventureiros.

Dicas para estudar na Argentina

1. Documentação

Para vir estudar na Argentina – faculdade ou pós-graduação – você vai precisar se preparar ainda no Brasil. E durante essa preparação, que é trabalhosa, aparecem as “assessorias”.

Porque coloco entre aspas? Por que existem empresas sérias que te ajudam a percorrer este caminho, mas também existem muitos picaretas que ganham dinheiro às custas dos mais despreparados.

Minha sugestão? Na verdade são três.

i. Ler e planejar muito! Toda a informação está diponível gratuitamente, sabia?

ii. Estudar espanhol. Para fazer sua inscrição você vai precisar aprender o idioma e apresentar um certificado.

iii. Começar a preparar os documentos com tempo. Mudar para outro país não é uma coisa que se faz de última hora.

  • Fazer faculdade

Eu sei que a promessa de cursar medicina sem vestibular faz seus olhos brilharem. Mas muita calma nessa hora. As universidades que não possuem “exame de ingresso” (que não são todas) te fazem cursar algumas matérias por uno antes de começar o curso para valer.

Na UBA (Universidad de Buenos Aires) este primeiro ano de curso é chamado de CBC – Ciclo Básico Común. E tem como objetivo principal:

Desde 1985 a Universidad de Buenos Aires crIOU O C.B.C., cuJos objetivos geRaIS sÃO: brindar uMA formaÇÃO básica integral e interdisciplinária, desENVOLVER O pensamento crítico, consolidar metodologias de aprendizaGEM E contribuir a uMa formaÇÃO ética, cívica E democrática.

Só com todas as matérias aprovadas o aluno poderá continuar na universidade e começar a cursar a carreira que escolheu.

Para isso vá preparando, pelo menos:

– Histórico e certificado de conclusão do ensino médio apostilado no Brasil* e também pelo Ministério de Educação da Argentina;
– RG ou passaporte;
– 1 foto 4×4;
– Certificado de Nível de Espanhol;

Antes de apostilar seus documentos, certifique-se de que ele está com todos as autenticações (reconhecidas em cartórios) e carimbos (escola, secretaria ou gerência regional de educação e do MEC) em dia. A informação completa e detalhada de como proceder está no site do Itamaraty. Leia também sobre a apostila de Haia.

E depois essa documentação deverá ser revalidada aqui na Argentina.

O que significa isso? Que no dia e horário previamente agendados você deverá apresentar cópias e originais dos documentos. Primeiro no Ministério de Educación e depois na secretaria da universidade onde você se inscreverá.

  • Cursar uma pós-graduação

Antes gostaria de esclarecer alguns detalhes. Os tipos de “postgrado” mais comuns por aqui são “Maestrías” e “Doctorados”.

Maestría não é mestrado, ao contrário, é a pós-graduação lato-sensu que temos no Brasil. Você se inscreve, cursa durante um ano e meio ou dois, paga suas mensalidades, apresenta seu projeto de conclusão e ganha o título correspondente.

Doctorado é igual ao doutorado no Brasil. Além da inscrição, você deve passar por um processo de seleção, cursar em quatro/cinco anos, receber uma bolsa, publicar artigos científicos e apresentar sua tese.

Sabendo disso é hora de escolher a universidade e preparar os documentos. No geral serão:

– Histórico e diploma apostilado no Brasil* e também pelo Ministério de Educação da Argentina;
– RG ou passaporte;
– 1 foto 4×4;
– Certificado de Nível de Espanhol;

Antes de apostilar seus documentos, certifique-se de que ele está com todos as autenticações (reconhecidas em cartórios) em dia. A informação completa e detalhada de como proceder está no site do Itamaraty. Leia também sobre a apostila de Haia.

  • Solicitar Residência

Sobre este assunto já tem um post bem completo, dá uma olhada aqui.

2. Adaptação

Inscrição feita e DNI a caminho (porque demora mesmo de 3 a 6 meses para chegar) é hora de pensar na mudança e depois numa nova rotina.

Primeira dica, veja bem que coisas você levará contigo nessa viagem porque agora as companhias aéreas estão restringindo cada vez mais os limites de bagagem. Talvez seja o caso de chegar com o básico e depois ir adquirindo o que for necessário.

Também acho importante, antes de comprar a passagem, ter um lugar para ficar pelo menos no dois primeiros meses. Não recomendo alugar nenhum quarto ou apartamento desde o Brasil por mais tempo. É só chegando na cidade e caminhando por ela que você vai descobrir o melhor bairro para viver.

Não caia em promessas surreais sobre chegar em Buenos e já conseguir alugar um apartamento em três dias com ajuda de alguma “assessoria”. Muitos desses lugares “prontos para estudantes” são absurdamente caros. Com calma você vai ver que poderá pagar até 50% menos do que planejava.

Evite ao máximo fazer câmbio ilegal. Compensa? De jeito nenhum! É só outra maneira de incentivar corrupção passiva do dia-a-dia. E isso é o que estamos querendo mudar atualmente dentre nossos compatriotas, não é mesmo?

E mês que vem, continuando a falar do mesmo assunto, explicarei melhor como:

  • Alugar apartamento
  • Abrir conta no banco
  • Tirar carteira de motorista
  • Contratar um plano de saúde
Deixo aqui alguns links úteis para começar seu planejamento e espero que as minhas dicas para estudar na Argentina possam ter ajudado.

Related posts

Como se matricular em um College no Canadá

Elisa Rabello

A arte do engano em Buenos Aires

Ina de Oliveira

Cheguei na Argentina e agora?

Fabi Lima

37 comentários

Andréa Fevereiro 12, 2018 at 7:11 pm

Acho que talvez possa ser diferente em cada área, mas em ciências humanas e sociais o lacto sensus na Argentina (nas universidades públicas) são as especializações e postitulos. Maestria é sim como o mestrado, com 3 anos de créditos e seminários a depender do tema escolhido, professor orientador e escrita de “tesis”.

Resposta
Fabíola Lima Fevereiro 14, 2018 at 12:47 pm

Oi Andréa, tudo bem?
Acho que você está se confundindo. Cada país tem suas regras educacionais e nem sempre elas coinciden. Você pode perceber que as universidades – em geral – aqui na Argentina oferecem cursos de graduação de mais de 5 anos e tão completos que muitos estudantes vão direto para o doutorado. Não preciam fazer maestría (e digo isso para exatas, biológicas e humanas).

Veja pelas própias deifinições que são estruturas diferentes:

Maestría:
Una maestría (también llamada máster o magíster)​ es un grado académico de posgrado. Una maestría oficial de posgrado se consigue al completar un programa de uno a dos años. Las maestrías buscan ampliar y desarrollar los conocimientos para la solución de problemas disciplinarios, interdisciplinarios o profesionales, y además dotar a la persona de los instrumentos básicos que la habilitan como investigador en un área específica de las ciencias, de las artes o de las tecnologías, que le permitan profundizar teórica y conceptualmente en un campo del saber. Las maestrías no pueden realizarse a no ser que el alumno se encuentre en posesión de la titulación de grado. Por ejemplo, un máster en psicología clínica solo se puede obtener si antes se ha cursado un “grado en psicología”. Un título de maestría, por lo tanto, equivale normalmente a tener unos estudios universitarios de 5 o 6 años.

Mestrado
O Mestrado é um grau académico atribuído por uma instituição de ensino superior. Na hierarquia dos graus académicos este grau situa-se, em regra, na segunda posição ascendente. No Brasil, o Mestrado é o primeiro nível de um curso de pós-graduação stricto sensu, que tem como objetivo, além de possibilitar uma formação mais profunda, preparar professores para lecionar em nível superior, seja em faculdades ou nas universidades e promover atividades de pesquisa. Um curso de pós graduação se destina a formar pesquisadores em áreas específicas do conhecimento. O Mestrado pode ser Acadêmico ou Profissional, sendo este último orientado pela Portaria MEC nº 389, de 23 de março de 2017[1].

Resposta
Luciana Abril 26, 2019 at 10:06 pm

Boa noite. Acho q vc tá se confundindo. Inclusive, na sua definição escrita acima, em nenhuma momento diz que Maestría não é Mestrado. Apenas diz q é pos-graduação. Mestrado no brasil tbm é pós-graduação! Só q é nivel stricto sensu. Pós em nível lato sensu é dito como especialización.
Ah, e pra Apostila de Haia, não precisa de todas as assinaturas autenticadas nao. Somente de 1.
Abçs

Resposta
Fabi Lima Abril 27, 2019 at 10:37 pm

Oi Luciana, tudo bem?

Então, sabe porque digo que maestría não é o equivalente do mestrado? Porque você paga mensalidades para cursá-la ao invés de receber uma bolsa.
Claro que podem ter semelhanças, mas não correspondem ao mesmo título a nível internacional, me entende?

E sobre apostila de Haia, houveram mudanças recentes. Dá uma olhada que este post não é de agora e falo de quando cheguei aqui que já faz tempo. De lá pra cá muita coisa pode ou deve haver mudado. Por isso sempre recomendo ficar de olho e pesquisar muito, sem preguiça de ler. Afinal toda a informação necessária está disponível de maneira gratuita.

Sorte! 😉

Resposta
Camila Abril 17, 2018 at 5:01 pm

maestria exige exame de proficiência em espanhol?

Resposta
Fabíola Lima Abril 18, 2018 at 7:09 pm

Oi Camila, tudo bem?
Obrigada por escrever!
Respondendo sua pergunta, depende da universidade.
Talvez exame de proficiencia nao seja necessário, mas estudar espanhol sim.
Boa sorte!

Resposta
Mayara Julho 4, 2018 at 8:35 pm

Em que período ocorre o “processo seletivo ” pra começar estudar ? E é necessário apresentar logo o certificado de espanhol?( li em alguns sites que eu poderia estudar espanhol lá)

Resposta
Fabiola Lima Julho 4, 2018 at 9:39 pm

Oi Mayara, tudo bem?
Obrigada por escrever 😉
Não saberia dizer se existe “processo seletivo”, o que existe é um período anterior ao semestre no qual começam as aulas, onde as universidades recebem os pedidos de inscrição. E esse período varia conforme o curso e a universidade escolhida. Toda a informação costuma estar disponível na internet (mas SEMPRE leia fontes confiáveis, como os sites das universidades ou do ministério de educação, assim você evita cair em roubadas).
Sobre o espanhol também depende. Sim, você pode estudar aqui porque talvez seu curso comece depois ou sua universidade/faculdade deixe que você o entregue mais para a frente. Mas, como assistir aulas numa língua que você não domina? Em português fazer faculdade já é difícil, imagina em outra língua.
Sorte!

Resposta
Renata Agosto 21, 2018 at 8:08 am

Oi fabiola! Obrigada pelo seu texto!

Me formei em economia e gostaria de fazer o mestrado para seguir carreira academica. Se maestria nao e bem mestrado, o que seria o mestrado na argentina?

Mestrado só pago? Ou existe gratuito?
Tem possibilidade de bolsa?

Beijos e mais uma vez obrigada

Resposta
Fabiola Lima Agosto 21, 2018 at 5:00 pm

Oi Renata, tudo bem?
Que bom que você escreveu! Vou tentar te explicar, se ficar meio confuso, pode perguntar de novo, ok?
Então, os sistemas de educação mudam de país para país e nem sempre são iguais ao nosso do Brasil. Um curso de graduação (em uma instinuição pública e nacional) aqui na Argentina dura me média seis anos porque é bastante completo. E dele os alunos – que querem seguir a carreira acadêmica – já saem direto para o doutorado. E essas mesmas universidades, além da graduação e do doutorado oferecem “maestrías” que seriam algo equivalente ao curso de pós-graduação no Brasil. Você vai, cursa por um anos e meio, paga mensalidades e obtem um diploma de latu-senso. Agora, vão existir instituições de ensino (geralmente privadas) que te prometerão de tudo, curso superior em dois anos, online, semi-presencial, “mestrado”, etc. Mas se são sérios aí é outro assunto, né?
Se você ver o site da faculdade de ciências econômicas da UBA (Universidad de Buenos Aires) existem apenas três opções de “posgrado” (pós-graduação):
Mastrías https://www.economicas.uba.ar/posgrado/
Doctorado https://www.economicas.uba.ar/doctorado/
E Posdoctorado (lembrando que pós-doutorado é só trabalhar como pesquisador iniciante, já que ainda não é um pesquisador independente, que escolhe seu próprio projetos).
E sim, existem bolsas para estudantes de doutorado e pós-deoutorado. Neste site você pode ver que – inclusive – existe uma específica para alunos que vem de países latino americanos, como o Brasil:
https://convocatorias.conicet.gov.ar/latinoamericanas/
Uma última dica, cuidado com agências no Brasil e na Argentina que te prometem tudo. Muitas delas não são sérias e mentem para tirar dinheiro de pessoas mais desinformadas. Leia sempre o que diz os sites das universidades, do ministério de edecação e ministério de relações exteriores.
Sorte! 😉

Resposta
Fernanda Outubro 30, 2018 at 11:43 pm

Falando em agências, cobram preços bem superiores ao cobrado pela UBA. Tenho um conhecido que faz Maestría, e paga uns R$500. Me cobraram um valor bem superior (não lembro agora), e eu corri. Eu recebi por email. Enquanto não aparecer alguém indicando o lugar, eu me recuso a pagar.

Pelo que eu entendi, lá não existe mestrado, pois os alunos já saem com esse diploma, e cursos mais longos. Porém, lendo a descrição da Maestría, creio que equivale ao nosso mestrado aqui: Las maestrías pueden ser de dos tipos: académica o profesional. Las maestrías académicas están orientadas a la investigación disciplinar e interdisciplinaria y exigen un trabajo final con formato de tesis;

Acho que eles estão um nível a frente, pois vc disse que muitos vão direto ao doutorado! 🙂

Resposta
Fabi Lima Outubro 31, 2018 at 5:23 pm

Oi Fernanda, tudo bem?
Não sei se entendo bem a sua dúvida… se não responder o que você quer saber pode escrever de novo, tá? Sem problema 😉

Sistemas educativos são diferentes pelo mundo. Cada país tem o seu. Não existe um certo e outro errado, só são diferentes. E dependendo do que a pessoa quiser fazer ela terá de se adaptar.

O problema mais comum que existe entre brasileiros que vão para um país de língua espanhola é que quando ouvem “maestría” associam prontamente ao “mestrado”. E nem sempre é assim. Cada caso é um caso e deve ser avaliado adequadamente.

E o fato de algumas carreiras das universidades nacionais da Argnetina prepararem os estudantes diretamente para o doutorado não significa que estão mais avançados. Só que foram preparados para isso. No Brasil também tem faculdade que faz isso.

Por isso digo sempre, tem que ler muito e se planejar direitinho antes de ir estudar em outro país. Dá trabalho? Dá. Mas só assim evitamos dores de cabeça no futuro.

Boa sorte!

Resposta
Marcia Campos Janeiro 16, 2019 at 1:00 pm

oi Fabiola
Gostei muito de seu post , meu filho está querendo fazer a faculdade de Medicina em UBA e estou começando a preparar a documentação, pelo que entendi primeiro temos que fazer a convalidação na Argentina, e para isso ele tem que ir pessoalmente ?
No consulado em SP o visto de estudo e trabalho vale por 2 anos , é isso mesmo ?
Para o test de proficiência em Espanhol na UBA pode ser feito o curso aqui em SP ou é melhor fazer em B.Aires ? tem um especifico aí em B.Aires para indicar ?
depois destes documentos prontos é só fazer a inscrição no site da faculdade em Junho ?

Resposta
Fabi Lima Janeiro 21, 2019 at 12:13 am

Oi Marcia, tudo bem?
Obrigada por escrever! Primeiro desculpa por demorar em responder. Estava de férias e sem internet. De vez em quando é bom desconectar, né? 😉
Então, sobre as suas dúvidas:
(1) Convalidação de qual documentação você está falando? Se seu filho saiu do ensino médio ele deve tramitar os documentos primeiro no MEC para depois apresentar na UBA. E não estou segura, mas me parece que outra pessoa pode apresentar na secretaria da universidade os documentos dele.
(2) Não sei te dizer sobre visto, mas acho que seria mais fácil pedir a residência permanente. O trâmite pode ser feito no consulado ou direto aqui em Buenos Aires. Daí não tem “validade”. Só o documento que deve ser renovado a cada 15 anos.
(3) O exame de proficiência no espanhol poder ser de qualquer lugar. O bacana é que aqui em Buenos tem cursos intensivos e em mesno tempo se pode fazer vários níveis. A própria UBA tem uma escola de idiomas, se chama CUI.
(4) Cada universidade tem seu regulmamento e ele muda. Tem que estar de olho no caso da faculdade de medicina para ver como fazer a inscrição.
Espero ter ajudado, se não poder escrever de novo!
Sorte!! 😉

Resposta
Natalia Vidal Guidorzi Janeiro 24, 2019 at 1:42 pm

Oii! Estou pensando em ir pra argentina quando concluir a graduacao, estou cursando fisioterapia e gostaria de saber se nos programas de residencia em kinesiologia eles pagam bolsas para os alunos assim como aqui e, se sim, de quanto seria mais ou menos.. Sabe algo sobre isso?

Resposta
Fabi Lima Janeiro 24, 2019 at 5:43 pm

Oi Natália, tudo bem?
Menina você me pegou. Não sei se oferecem bolsa nos programas de residencia de fisioterapia. Mas imagino que isso vai variar de hospital para hospital. Acho que você terá que ver o regulamento do programa do hospital que você está interessada. Te deixo o link da página do Ministério de Salud daqui que explica sobre programas de residencia: http://www.salud.gob.ar/residencias/
Espero que te ajude. Sorte! 😉

Resposta
Marcia Ccristina Conde Pereira Janeiro 27, 2019 at 11:31 am

Olá, bom dia! Me chamo Márcia, tenho 48 anos e além de ja ter uma graduação aqui no Brasil, em Serviço Social, sou técnica em enfermagem.
Desejo fazer medicina ou na UBA ou em La Plata, porque me indicaram e pareceram mas atraentes pelas informações que iniciais. Gostaria de algumas informações e, se possivel algumas orientações sobre:
1. tenho uma filha de 12 anos, que irá comigo, como é para escola (tem periodo integral?, tem qe fazaer alguma prova de admissão?, a docuemntação dela, para regularizar será igual a minha?)
2. é possivel trabalhar como técnica de enfermagem com o diploma obtido aqui?
3. é possivel fazer o curso básico que eles informam nas universidades, à distância?
4. é muito caro comprar um imovel por ai, ou proximo as universidades?
5. recebi uma propaganda de uma agencia que diz cuidar de várias etapas até o ingresso na universidade; inclusive para familiares… porém nao conheço a empresa e gostaria de saber se tem algumas indicações dessas agencias e se esse serviço funciona mesmo?

Obrigada e desculpe pela longa lista de pedidos…

Resposta
Fabi Lima Janeiro 28, 2019 at 3:30 pm

Oi Márcia, tudo bem?
Que bacana que você escreveu. Vou tentar responder suas perguntas, mas se ainda ficar alguma dúvida pode escrever de novo, tá?

(1) Escola – tem de tudo. São vários os sistemas. Tem meio período e tem integral também, assim como pública e gratuita e privada e paga. Tem as religiosas, as internacionais, etc. Em algumas delas tem prova de admissão sim. Primeiro veja onde você pensa morar e depois comece a pesquisar as escolas do entorno. Se precisar de ajuda pode pedir. E a documentação da sua filha vai ser diferente da sua. O DNI será o mesmo para as duas, mas para a matrícula cada universidade e cada escola tem o seu próprio
regulamento.

(2) É possível trabalhar sim, mas antes de sair procurando emprego você vai ter que ter o espanhol fluente e o seu título validado na Argentina (antes tem que reconhecer firma, traduzir, etc., já falei mais sobre isso quando escrevi sobre conseguir emprego na Argentina).

(3) O CBC é o ciclo básico da UBA e é obrigatório a todos os estudantes que querem ingressar nesta universidade. Ele veio para substituir o vestibular. E algumas carreiras aceitam que seja à distância, outras não. Veja se medicina é o caso (eu acredito que não).

(4) Também já falei sobre comprar imóvel em Buenos Aires em outro artigo. Eu diria que não é impossível, mas é bem difícil. Se compra somente à vista e em dólasres dos EUA.

(5) CUIDADO com essas agências peloamor! Tem algumas sérias, mas muitas picaretas. Você tem que desconfiar muito e pesquisar muito para não cair em roubadas por favor. Lembra de quando se a esmola é demais o santo desconfia? Pois então! SAIBA que tudo pode ser feito por você mesma e quase todos os processos são GRATUITOS. As traduções e algumas taxas é o que você deveria pagar, nada mais. Leia bastanta, estude bastante. Aqui no BPM eu falo muito sobre todas essas dúvidas que você tem. Eu mesma fiz tudo sozinha, dá trabalho, mão não é impossível. Leia os outros artigos, tá?

Sorte!

Resposta
FRANK TORRES Fevereiro 12, 2019 at 2:36 pm

doutorado na área da saúde quais indicações? obrigado

Resposta
Fabi Lima Fevereiro 12, 2019 at 4:47 pm

Olá Frank, tudo bem?
Cara, sua pergunta é bastante abrangente. Área da saúde em qual especialidade? Tem tantas, né? A indicação seria para uma linha de pesquisa de doutorado ou para uma universidade?
Sorte!

Resposta
Iranete Fevereiro 27, 2019 at 3:06 am

Olá! Tudo ok por aí?
Estou com projeto de estudar MESTRADO EM CIÊNCIAS CRIMINOLÓGICO-FORENSE na UCES – Universidade de Ciências Empresariais e Sociais com assessoria da ESJUS/IESLA. Teria alguma informação a respeito? Obrigada.

Resposta
Fabi Lima Fevereiro 27, 2019 at 12:00 pm

Olá Iranete, tudo bem?
Obrigada por escrever!
Não conhecia a UCES mas pelo que pude ver no site deles há uma “maestría” (que não é mestrado) em Ciências Criminologia Forense. Toda a info está em:
https://www.uces.edu.ar/carreras-posgrados/ciencias-juridicas-y-politicas/maestria-ciencias-criminologico-forenses
Qualquer dúvida recomento entrar em contato diretamente com a universidade.
Sorte! 😉

Resposta
Maria Fevereiro 27, 2019 at 8:34 pm

Olá, boa tarde, tenho um filho de 14 anos, e pretendo já ir o preparando para fazer faculdade na Argentina, então minha dúvida é, quais índio as ele precisa fazer, para maior influência neste país?
Inglês? Espanhol? Os dois?
Grata pela atenção, e pelas respostas.
Att, Maria, Rio de Janeiro.

Resposta
Fabi Lima Fevereiro 27, 2019 at 9:00 pm

Oi Maria, tudo bem?
Que bacana que seu filho já quer se preparar para vir estudar aqui. Eu acredito que um bom planejamento ajuda muito na hora de mudar para outro país. Recomendo muito que comece a estudar já espanhol (inglês aqui serve mais para se for fazer doutorado) e a conhecer um pouco da cultura argentina. Apesar de estarmos tão próximos são países bem diferentes.
Sorte! 😉

Resposta
Samuel Março 2, 2019 at 8:57 pm

boa tarde estou no quinto periodo de medicina aquí em Cochabamba Bolivia gostaria de saber se ha possibilidade de convalidar as materias que ja fiz aquí ai em alguma faculdade publica ou privada ai na Argentina

Resposta
Fabi Lima Março 3, 2019 at 1:20 pm

Oi Samuel, tudo bem?
Possibilidade de convalidar matérias há, mas isso vai depender da universidade que você quiser estudar aqui na Argentina. Cada uma tem seu próprio regulamento e programa de matérias. Para saber melhor sobre o assunto você entra em contato com a secretaria da faculdade de Medicina que você achar mais adequada e eles vão te ajudar nesse processo.
Sorte! 😉

Resposta
Adriano Maio 2, 2019 at 6:39 pm

Olá Fabi, vou fugir um pouco do tema, gostaria de saber após a conclusão do cbc para ingresso na Uba – Medicina, a validade do mesmo após a sua conclusão. (tem validade? ou concluiu tem que já ingressar na carrera). Grato

Resposta
Carlinhos Maio 13, 2019 at 1:22 pm

Bom dia. Sabe me dizer a documentação para quem tem nível superior? Quero fazer medicina, mas quero regularizar meus documentos pra trabalhar como Enfermeiro

Resposta
Fabi Lima Maio 13, 2019 at 9:07 pm

Oi Carlinhos, tudo bem?
Imagino que você esteja perguntando da documentação para se inscrever numa universidade, certo?
Daí vai depender de onde você for estudar. Cada uma tem seus requisitos.
E sobre trabalhar, primeiro você tem que ver se seu diploma pode ser validado na Argentina. Dá uma olhada aqui: https://convalidaciones.siu.edu.ar/
Sorte! 😉

Resposta
Celso Junio Maio 27, 2019 at 12:51 pm

Bom dia! Excelentes as suas dicas, tenho certeza que ajuda muito o pessoal como eu, que está planejando ir para Argentina.
Sou muito leigo no assunto, então desculpe se as dúvidas parecerem “bestas”.
Vou para a argentina cursar Medicina em 2020, ano que vem. As duvidas são:

01 – Só posso ir no mês de março (quando acaba o meu contrato de trabalho aqui no Brasil), o ano letivo começa exatamente em março, certo? Quanto tempo antes eu teria de ir para desenrolar tudo antes das aulas (UBA) CBI e tal?
02 – Minha namorada vai em Dezembro deste ano, ela consegue desenrolar algumas documentações minhas pra eu conseguir chegar só em março sem maiores problemas?
Muito obrigado desde já.

Resposta
Fabi Lima Maio 27, 2019 at 1:09 pm

Oi Celso, tudo bem?
Imgina! Suas dúvidas são bastante pertinentes.

(1) Cada curso de cada universidade tem seu ciclo letivo. Varia muito de um para o outro. Para saber exatamente quando começam as aulas recomendo que você veja o calendário de 2020. Ele vai estar disponível no fim do segundo semestre deste ano. Os dias podem variar de ano para ano, mas geralmente é entre março e abril. O CBC deste ano começou 3 de abril. Dá uma olhada no site.

(1.1) Já para fazer a inscrição no curso você vai precisar providenciar documentos ainda no Brasil. E também começar o processo através do site da faculdade. Mas em algum momento você terá de ir pessoalmente confirmar sua inscrição.

(1.2) Sobre ir antes eu não sei te dizer. Depende de como você está planejando sua mudança. Já tem casa? Já sabe ir para a faculdade? Já conhece a cidade? Já tem SUBE? Já resolveu como fazer com $? Eu iria antes porque gosto de fazer tudo com calma e me preparar para as surpresas que aparecem no meio do caminho.

(2) Infelizmente o DNI você tem que tirar pessoalmente. O bom é que pode ser tirado ainda no Brasil no consulado da Argentina. E para tirar esse documento você vai precisar de muitos outros, que podem ser providenciados por você ou pela sua namorada.

Uma última recomendação, leia muito! Pesquise muito! Planeje muito! Mudar para outro país é trabalhoso e requer paciência.

Sorte! 😉

Resposta
celso junio Maio 28, 2019 at 4:32 pm

Muito obrigado, Fabi! Ajudou BASTANTE.
Apenas mais uma dúvida que esqueci de perguntar: Dá pra viver, em Baires, estudando em faculdade pública, com um gasto mensal de 25 a 30MIL Pesos?

Resposta
Fabi Lima Maio 31, 2019 at 9:48 am

Oi Celso, fico feliz em ajudar.
Então, com 30mil pesos dá para viver, mas vai depender do seu estilo de vida. Eu diria que é um pouco apaertado. Ainda mais se você pensa alugar algo já mobiliado ou pensa em comprar para mobiliar um apartamento.
Sorte! 😉

Resposta
Luciana Junho 5, 2019 at 11:51 am

Bom dia, Fabi. Obrigada pela atenção. Esse critério de “paga mensalidades para cursá-la ao invés de receber uma bolsa” está de longe muitíssimo errado. No Brasil inclusive temos Mestrados pagos. MENSALIDADES. Sim! Temos diversos! Disseminar essa informação se baseando na disponibilidade de bolsa é muito sério. Informações por achismo ou desconhecimento não tem validade. Meu deus!!

Resposta
Fabi Lima Junho 5, 2019 at 12:01 pm

Oi Luciana, tudo bem?

Não sei se entendo bem a sua dúvida, por isso se precisar de mais ajuda pode escrever, tá?
Então, o que eu quis dizer, e talvez não tenha deixado claro no texto (e peço desculpa por isso), é que mestrado (para preparar para o doutorado e NÃO mestrado profissional) geralmente é feito com bolsa sim. Não agora com essa situação delicada que a pesquisa e a educação está vivendo no Brasil. Veja que o texto é do começo de 2018, ou seja, tem mais de ano e meio que foi escrito.

Muitos dos meus companheiros de faculdade seguiram por essa linha ganhando bolsa CAPES ou FAPESP. E era bem comum. Agora temos que ver também de qual universidade você fala (eu sempre falo das públicas, estaduais ou federais) e qual curso (meus exemplos são baseados em ciências exatas que é o que conheço e tenho contatos).

Sorte! 😉

Resposta
Renata Outubro 1, 2019 at 8:38 pm

Acredito que você está equivocada. No site da UBA de engenharia, por exemplo, está bem claro. É de fácil compreensão que existe sim curso de especialização e de mestrado. Aliás ela divide em pos grados e investigación. Investigacion seria o equivalente aos doutorados e o mestrado e especializações estão dentro das pós graduações.

TIPOS DE POS GRADOS

Cursos de complementación (C)
Son aquellos cursos de duración menor a las 48 horas presenciales, o de duración mayor dirigidos a graduados y no graduados. Otorgan certificados de aprobación o asistencia.

Cursos de formación continua (F.C.)
Superan las 48 horas presenciales. Tienen requisitos adicionales para su inscripción. Están dirigidos exclusivamente a profesionales universitarios. Otorgan certificados de aprobación.

Programas de actualización
Están integrados por cursos de duración variable vinculados dentro de un programa sistémico que involucre como mínimo 128 horas presenciales. Están dirigidos a graduados universitarios. Otorgan certificados de aprobación.

Cursos anuales y bianuales
Están dirigidos exclusivamente a profesionales universitarios. Tienen requisitos adicionales para su inscripción. Otorgan certificado de aprobación.

Carreras de especialización
Comprenden un ciclo de estudios de 368 o más horas presenciales, con sistema de evaluación establecido. Dirigidos a graduados universitarios. Otorgan título de especialista en área determinada, expedido por la Universidad de Buenos Aires.

Maestrías
De carácter inter o multidisciplinario. Dirigidas a graduados universitarios. Otorgan el título de Magister de la Universidad de Buenos Aires luego de la aprobación de todas las actividades académicas requeridas para completar un ciclo de estudios no inferior a 704 horas (44 créditos) y la posterior presentación y aprobación de una Tesis de Maestría, a través de la cual los candidatos demuestren que han alcanzado el nivel requerido.

fonte: http://www.fi.uba.ar/es/node/348

Resposta
Fabi Lima Outubro 2, 2019 at 12:14 am

Oi Renata, tudo bem?
Obrigada por escrever! Então, não sei se você viu mas o post já tem mais de ano e meio e os sistemas mudam, se atualizam. Se a faculdade de Eng da UBA oferece algo parecido ao mestrado brasileiro e é o curso que você quer fazer bárbaro, você deve estar muito feliz, não? As faculdades de ciências exatas e naturais (que é de onde vem minha experiência) ainda NÃO o fazem. É só doutorado mesmo.
Sorte!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação