BrasileirasPeloMundo.com
Brasileiras Pelo Mundo Itália

Hora de fazer as malas e partir

“Hora de fazer as malas e partir”! Mas… aonde você vai?

Nos últimos tempos esta tem sido a frase mais presente na minha vida! Alguns podem pensar que “estou perdida, buscando alguma coisa”. Outros dizem: “nossa como ela é aventureira”. Claro, tem aqueles que imaginam: “maluca”! E… os que se identificam comigo logo soltam: “uma nova história na sua bagagem”!

Pois é pessoal, ter as malas em cima do guarda-roupa prontas para serem feitas é o que vem alimentando um sonho, um desejo e até um projeto! A busca pelo novo, pelo desafio e por viver uma nova cultura alimenta os meus dias e faz com que eu me sinta “mais em casa”. Não sei se isso acontece com você, mas a sensação de que você não tem um lar apenas, está sempre ali presente, e às vezes te incomoda, você começa a ter curiosidades por novos lugares e assim suas malas novamente estão feitas.

Não importa o destino, quem deve sentir que está com a passagem certa é você. Mesmo não tendo amigos e família na próxima parada, o que vai contar mesmo é a sua coragem e vontade de fazer dar certo.

Lembro de quando embarquei para Dublin com a minha vida resumida em duas malas. Eu tinha acomodação por apenas um mês, ou seja, era chegar e começar a busca por um lar, afinal a loucura de encontrar residência em Dublin é conhecida por todos. É a famosa lei da oferta e da procura. Eu não conhecia ninguém, meu inglês era o “the book is on
the table” e eu não tinha experiência em viagens internacionais. Mas, nós fazemos as coisas darem certo, com disposição e disciplina não tem como dar errado.

Resumindo: as coisas foram se ajeitando, a casa foi encontrada com 15 dias e novos amigos foram sendo feitos ao longo dessa jornada que me fez crescer muito mais do que meus aniversários passados. É um dia após o outro que vai te mostrando por onde seguir e como agir.

Você começa a viver a uma nova cultura, admira o desconhecido, dá valor ao seu País
naquilo que você nem prestava a atenção. Talvez nasça a paixão por morar em vários lugares, a curiosidade por saber como é a vida na Europa, na América, na África e por aí vai. Você pode sentir a dor da saudade do seu país, da sua casa, do seu lar. É minha amiga, isso pode acontecer! Mas, não seria esse o problema, afinal, nós decidimos nosso destino. E se der vontade de voltar, volta, se for comprar a passagem de volta para nosso amado País, por que não comprar?

Ninguém disse que o certo é atravessarmos o oceano e ficarmos aqui para sempre. Nosso lugar é onde sentimos a alegria no coração.

Comigo o sonho de morar em mais de um País só aumentou, viver a experiência de passar um tempo em cada lugar que eu mesma veio definindo a cada experiência que tenho nos lugares, vem ampliando meu leque de opções de onde será minha nova casa. Claro que existe o medo, a incerteza e o frio na barriga, mas quando você embarca, tudo isso fica escondido diante da alegria de escutar: “pronto para decolar”!

Leia também: Não posso ficar, sou do mundo.

O próximo destino? Ainda são apenas pensamentos soltos, pequenas anotações, muita
pesquisa e claro muita energia. O importante é estar com a saúde em dia, cabeça e coração abertos ao novo. Nunca esquecendo de ler sobre o local escolhido, tentar conversar com pessoas que já tiveram a experiência na cidade ou País, fazer um planejamento financeiro e pronto, comprar a passagem!

Nova casa, nova realidade, novo trabalho, novos amigos, novas histórias… tudo preparado para você conquistar!

Mas… e sua estabilidade, e sua casa, e seu futuro? A vida minha gente não vem com manual, muito menos com garantia. Você vive e planeja seus dias com base nos seus sonhos e projetos.

Não é fácil em nenhum dos campos: estudar e passar no concurso público, empreender e
montar sua própria empresa, levantar depois dos fracassos, continuar depois de muitos
“nãos”. Não é fácil arrumar as malas e mudar de cidade, de estado, de País.

Então seja lá qual das opções que te faz feliz, vista sua coragem, sua fé, sua confiança em você mesmo, tome sua decisão e dê o primeiro passo. Dias incríveis aguardam por você!

Related posts

A cidadania italiana saiu, e agora?

Farah Serra

Funeral na Itália

Bruna Roland

Você também se sente estrangeiro quando volta ao Brasil?

Liliane Oliveira

6 comentários

Patrícia Augusta Campos Março 1, 2018 at 3:43 pm

Parabéns por sua coragem e determinação! Vc vai longe e tem minha torcida e aplico.
Paty Campos

Resposta
Juliana Gasparette Março 6, 2018 at 6:57 pm

O Paty!!! Obrigada pela força! Espero fazer e publicar belos textos e que de certa forma possam ajudar muitas pessoas! Beijo grande

Resposta
Maria Ligia Bernardinho Março 1, 2018 at 5:43 pm

O Ju que bacana… 1 ano? Parece muito mais… acaba sendo tudo muito intenso mesmo. Bj

Resposta
Juliana Gasparette Março 6, 2018 at 6:56 pm

Obrigada Ligia! Beijo grande

Resposta
Karla Gustini Março 2, 2018 at 3:08 am

Parabéns Juliana! Adorei o texto! Sucesso, sorte, muitas alegrias e que Deus continue abençoando seus caminhos!

Resposta
Elisângela Março 2, 2018 at 10:32 pm

Parabéns!!!! Admirável sua coragem e determinação. Continue assim que vc vai longe. Sucesso sempre. Elisângela Martins.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação