BrasileirasPeloMundo.com
Ásia Imigração

Melhores países para morar na Ásia

Melhores países para morar na Ásia.

Final de ano chegando, situação econômica instável no Brasil e muita gente já está planejando deixar o país em 2019, porém, na hora de sair do Brasil o mais importante, antes mesmo de fazer as malas e cancelar as contas, é estar preparado para o novo destino.

Saber o idioma e sobre a cultura local é definitivamente um plus, mas como decidir para onde ir, em caso não esteja envolvido uma proposta de emprego?

O BPM conta com mais de 150 colunistas em mais de 80 países, com isso a quantidade de informações de dezenas de países está disponível para quem procura se familiarizar antes da partida.

O que leva uma pessoa a escolher um país para morar, além de uma proposta de emprego? Qualidade de vida, segurança e salários altos. Isso a Ásia oferece de sobra.

 Singapura

 

Foto: pixabay.com

Singapura não é um país para “tentar a vida”, para conseguir visto é necessário ter proposta de trabalho. Se esse for o caso, excelente, você fará parte da lista de felizardos, aparentemente, por morar em um país com muitas qualidades.

Conhecida pelas leias severas e regras, Singapura em retorno oferece qualidade de vida e segurança, fatores importantes na escolha de um país.

China

Xangai é uma das cidades mais cosmopolitas da China. O número de expats é grande e mesmo sem o conhecimento da língua, de acordo com as colunistas, é possível viver bem. Pequim é outra alternativa e temos artigos sobre estudar na cidade. Grupos de amigos são essenciais ainda mais para os recém chegados. Saber o nome dos ingredientes no supermercado e dar direções a um taxista vão tornar a sua vida mais fácil. Adaptação pode parecer complicada no começo, mas com apoio, apps, e boa vontade a China é uma ótima opção para ter uma experiência fora do Brasil.

Malásia

A Malásia é um pote cultural. Muitos chineses e outras nacionalidades se misturam e respeitam as diversas religiões presentes no país. Comida de rua é muito popular e as temperaturas andam sempre pela casa dos 30. Boas escolas internacionais, custo de vida mais baixo do que os países vizinhos e segurança fazem da Malásia uma opção no sudeste asiático.

Tailândia

Conhecidos pela sua simpatia, os tailandeses fazem da experiência de morar na Tailândia um ponto positivo, para os expatriados. Apesar da pobreza, segundo as colunistas, o sorriso está sempre evidente. Praias exóticas e exuberantes e pobreza fazem da Tailândia um país de contrastes. A culinária, conhecida internacionalmente é outro ponto de destaque.

Camboja

Para quem vai morar no Camboja, os adjetivos exótico e interessante fazem parte das conversas com outras pessoas. Segundo as colunistas, diferente do que muitos possam imaginar, não é pelo país ser pobre que é perigoso. “Criminalidade é diferente de pobreza”.  Seguindo a regra dos países do sudeste asiático, a simpatia está sempre presente, seguida da culinária exuberante e custo de vida barato. Para quem busca aventura e experiência de vida para nunca ser esquecida, o Camboja pode ser uma opção.

Vietnã

Escolhido por muitos aventureiros e nômades digitais, o Vietnã está cada dia mais popular. Muitas oportunidades para quem dá aulas de inglês, demanda crescente no País devido ao interesse de jovens de classe média e profissionais em aprenderem o idioma.Uma opção de parada enquanto viajando pelo continente. País de beleza e culinária exóticas.

Japão

Diferentemente de outros países asiáticos, no Japão a maioria dos brasileiros trabalham em fábricas, com longas horas. Um trabalho repetitivo e muito cansativo, de acordo com uma colunista. O Japão oferece aos brasileiros a oportunidade de não sentirem tanta falta do Brasil devido ao tamanho da comunidade espalhada por várias cidades. É possível comer brigadeiro e pão de queijo e celebrar eventos brasileiros como Festa Junina e Natal.

Coreia do Sul

Sendo o país da internet mais rápida do mundo, a Coreia do Sul não desaponta no quesito tecnologia. A rapidez não fica somente no mundo tech, a expressão Pali Pali significa exatamente isso. Tudo tem que ser feito rapidamente: comer, trabalhar, preparar algo e pode ser sentido e visto na dinâmica da cidade Seul. Ser conhecida como o paraíso das compras online é apenas o reflexo da tecnologia avançada que as pessoas encontram no dia a dia. Diferenças culturais não faltam. Leia mais nos links abaixo.

Seja qual for o seu país escolhido, se informar sobre a cultura local, culinária e diferenças culturais, de antemão, pode evitar muitos problemas na chegada.

Related posts

Mudança de país, como fazer?

Viviane Naves de Alencar

Ataque terrorista em Copenhague

Cristiane Leme

Cinco problemas que a comunidade brasileira enfrenta no Japão

Ana Paula Ramos

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação