BrasileirasPeloMundo.com
Alemanha Natal Pelo Mundo

Mercado de Natal em Stuttgart

Mercado de Natal em Stuttgart.

Todo final de ano nós fazemos uma viagem para algum lugar da Europa para passar o Ano Novo, mas este ano foi diferente. Eu queria uma viagem voltada para meu filho de quase dois anos e Ano Novo, apesar de ser bem legal, ter fogos de artifício e aquele clima invernal, não seria muito divertido para ele. Foi então que pensei que poderíamos visitar algum Mercado de Natal em algum lugar da Europa!

A pesquisa foi longa, mercados incríveis por toda Europa, fotos mega convidativas, países que ainda não visitei, enfim! Decisão difícil mas optamos pela Alemanha, mais especificamente Stuttgart. E como eu não sossego o facho, pesquisei onde mais poderíamos ir, já que passaríamos três dias e duas noites por lá.

À princípio decidimos ficar por Stuttgart e Esslingen, uma cidadezinha pertinho de Stuttgart. Mas no Aeroporto a moça do Centro de Informação ao Turista nos sugeriu visitar outra cidadezinha chamada Ludwigsburg, também pertinho de Stuttgart. Então seria perfeito, três dias e três cidades, sem muita correria, afinal o intuito desta viagem era visitar os mercados de Natal.

Uma dica muito importante que dou é, se possível, dar uma passada nestes centros de Informação ao Turista porque na maioria das vezes eles tem umas sugestões bem legais, fora os mapas que você pode pegar.

Nós nos locomovemos exclusivamente por transporte público. No próprio aeroporto, no centro de Informação ao Turista, nós compramos o ticket para os três dias (cerca de 20 euros cada). Conversando com a atendente, ela sugeriu um ticket que nos daria livre acesso a qualquer transporte público (tram, trem e ônibus) dentro de um certo perímetro – que no caso incluía nosso roteiro. Também pegamos um mapinha com ela e isso nos guiou durante os três dias.

Então pegamos o trem (S-Bahn) no aeroporto e descemos na estação em frente ao nosso hotel. As estações não são muito sinalizadas (como estou acostumada em Londres) e apesar de algumas vezes nos pegarmos na plataforma errada, você facilmente consegue redesenhar sua rota. Os trens são largos e espaços, acomoda tranquilamente carrinhos de bebês e todas as estações que usamos tinham elevadores que nos permitia uma locomoção bem tranquila.

Leia também: Winter Wonderland – o mercado de Natal mais esperado de Londres!

Só um parênteses aqui: pra quem vai para Stuttgart com crianças que usam carrinho, afirmo que todo nosso trajeto foi muito tranquilo e fácil de locomover. Tivemos acesso a todos os lugares que fomos, do aeroporto aos mercados de Natal.

Ludwigsburg

Foi a parada do primeiro dia. Chegamos no hotel por volta de 11:00 da manhã. Nosso quarto não estava pronto, então guardamos as malas na recepção do Hotel (geralmente os hotéis tem uma sala onde você pode guardar sua mala com segurança e eles te dão um comprovante), e fomos bater perna! Pegamos o trem direto pra cidade chamada Ludwigsburg e descemos na estação de mesmo nome (S4 – linha azul escuro ou S5 – linha azul claro). Super tranquilo de achar, usamos o GPS do celular e o mercado fica relativamente perto da estação de trem.

Muitas barraquinhas vendendo comidas típicas, artesanatos, diversão para as crianças e um mercado tranquilo de se andar. A sensação que dá é de que o mercado é principalmente frequentado por locais, ou seja, poucos turistas. Diria que é um mercado de médio porte e o passeio foi muito tranquilo. Curtimos cada cantinho do Mercado, passeamos pelas barraquinhas sem tumulto nem pressa, com tempo para olhar tudo o que queríamos, comprar coisinhas e fazer algumas paradas para comer alguma comida típica ou beber o vinho quente da época.

 

Foto: arquivo pessoal

Esslingen

Se você vai pra Stuttgart nesta época do ano visitar o mercado de Natal, eu recomendo muito visitar esta cidadezinha perto de Stuttgart. Esslingen tem um dos maiores e populares mercados de Natal e o acesso de trem é muito fácil, só descer na estação de Esslingen (S1 – linha verde)

O mercado se divide em duas partes, eu diria. Logo na entrada, o mercado tem aquela característica típica de mercado de Natal, barracas vendendo comidinhas, artesanatos, souvenirs e etc. A segunda parte, conforme você adentra o mercado, é uma viagem no tempo, de verdade! O mercado medieval de Esslingen é uma imersão viva na vida e comércio medieval. Essa é a diferença que faz de Esslingen um dos mercados mais visitados na Alemanha.

As barraquinhas vendem comidas bem tradicionais e os comerciantes se vestem à carater, artesãos fazem objetos da idade média usando as ferramentas da época, por exemplo, o derretedor de vidros ou o artesão simulando fabricar espadas de ferro na brasa, tem a barraquinha onde você aprende a arte do arco e flecha ou então os brinquedos do mercado, que normalmente são carrossel, carrinho de bate-bate ou tiro ao alvo, aqui eles são todos “medievais”, movidos à mão. A roda gigante de madeira e o ‘carrossel’ são movidos à mão, além de outras diversões como por exemplo luta de espadas e malabaristas em perna de pau.

Foto: arquivo pessoal

A arquitetura da cidade é muito bem conservada e você tem a nítida sensação de estar num daqueles filmes de Natal cheio de casinhas alemãs – só que de verdade! A vontade é de ficar por lá mesmo ou no máximo voltar no dia seguinte, e no seguinte, e no seguinte também!

Foto: arquivo pessoal

Stuttgart

Este era o destino definitivo da viagem. E não deixou a desejar. Stuttgart é conhecida pela indústria automobilística, pela mistura da construção moderna com a antiga e por ser uma das maiores cidades da Alemanha. Se houver tempo e caso você seja fã de automobilismo, irá adorar visitar o museu da Mercedez-Benz e ‘reviver’ a história do automobilismo. Mas no final do ano os mercados de Natal de Stuttgart e arredores imperam como ninguém, e o de Stuttgart é um dos mais antigos, documentado desde 1692.

Ahh o Natal!! Ruas e praças iluminadas, cheirinho de vinho, especiarias e castanhas no ar. Glühwein – o famoso vinho quente, a cidra quente, os famosos salsichões alemães e uma infinidade de comidas típicas. Sinceramente não sei qual a melhor parte! Que época mágica tanto para crianças quanto para adultos!

Foto: arquivo pessoal

Em Stuttgart são 290 barracas no total. Todas elas com decorações super marcantes no topo das barracas. Daria pra gastar um dia só vendo toda a decoração e à noite é melhor ainda! Também há atrações para crianças como a roda gigante ou um trenzinho que você monta em cima e ele dá uma volta numa cidadezinha cenográfica super fofa, como também uma pista de patinação acoplada à um deck que acomoda alguns bares super disputados.

Foto: arquivo pessoal

O mercado realmente é muito grande e conforme você vai entrando vai descobrindo novas barraquinhas com outros artesanatos, outras comidinhas deliciosas e decorações lindas.

Mais uma vez foi muito tranquilo adentrar as ruas do mercado com o carrinho de bebê. Andamos por todo canto, paramos para almoçar no mercado e fazer vários “lanchinhos” o dia todo. Meu filho (quase 2 anos) pôde andar e correr pelas ruas tranquilamente e se divertir nas muitas atrações oferecidas.

Aproveitei para comprar alguns enfeites de Natal para minha árvore e também o Famoso biscoito de gengibre e uns chocolatinhos. Se você tomar o vinho quente, há a opção de ficar com a caneca (vai pra coleção!), caso não queira é só devolver a caneca na barraquinha que comprou e eles te devolvem o dinheiro – referente à caneca é claro! E isso se aplica para garrafas de refrigerante ou até mesmo o espeto que vem o pão (tipo uma kafta só que de pão). Achei uma idéia incrível.

Leia também: Natal na Inglaterra além do discurso da Rainha

Passamos um dia super agradável e tranquilo e no final da tarde voltamos pro hotel para pegar as malas e irmos pro Aeroporto. A infraestrutura da cidade é muito boa e você se locomove tranquilamente, há acesso para carrinhos de bebês/cadeira de rodas em praticamente todos os lugares.

As pessoas são simpáticas e praticamente todo mundo (que conversamos) fala inglês. Ah uma última dica! Se você passar por Stuttgart num domingo (e acredito que nas outras cidades também) os supermercados não abrem. Nós deixamos para comprar algumas besteiras antes de voltarmos pra Inglaterra e todos os supermercados estavam fechados.

Aliás, praticamente todas as lojas do centro estavam fechadas, somente uns cafés e MacDonalds estavam abertos. Mas para nossa sorte, no Aeroporto de Stuttgart tem um mercado relativamente grande e nos salvou pois queríamos comprar uns chocolatinhos para trazer de lembrancinha!

Related posts

Quanto custa morar na Alemanha?

Munique Rossoni

A difícil tarefa de aprender alemão

Monique Abbehusen

O aparato da saúde à disposição da gestante na Alemanha : Parte 2

Bárbara Zimmermann

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação