BrasileirasPeloMundo.com
Espanha

Morar em Barcelona

Outro dia dentro do ônibus em Barcelona, li um cartaz que estava fixado que dizia o seguinte em catalão: “Toda pessoa tem o direito de circular e escolher seu local de residência no interior de um estado. Toda pessoa tem o direito de sair de qualquer país, inclusive o próprio, e a este regressar. “ Artigo 13 da Declaração dos Direitos Humanos.

Pois bem, os motivos e as condições que levam uma pessoa a tomar essa decisão variam em muitos aspectos. Quando se tem dupla nacionalidade, as coisas funcionam de um jeito mais fácil, pois não é necessário ter visto de trabalho, estudar ou um casamento para ficar legalmente no país. Recomeçar não é fácil e ninguém disse que seria, é uma decisão! Assim como permanecer no mesmo local também é uma decisão, e para as duas situações, há uma escolha a ser feita, sabendo que haverá consequências de ganhos e perdas.
O destino final todos sabemos, o que trilhamos é o caminho que vai até ele e a forma que trilharemos. Por isso nossas decisões fazem parte e são responsáveis pela forma que vamos viver esse caminho.

Em Barcelona existem muitas academias, centros de estéticas, esportes, dança e muitas outras atividades que podem nos ajudar quando ainda não sabemos muito bem por onde começar. Existem grupos que caminham no parque, grupos de corrida, grupos de bike e outras atividades ao ar livre também. No inverno existem os esportes na neve e locais específicos para isso. É uma cidade que respira arte, cultura, esportes e muito turismo. Cada mês tem algum evento, um concerto, um teatro, uma exposição em algum museu e caso não tenha nada para fazer, basta ir até a Rambla! Lá você encontrará no mínimo um lugar para tomar um café enquanto se entretém com tantas pessoas que passam por ali.

O bom de morar em Barcelona, é que com apenas algumas estações de metro, é possível caminhar na praia, ver o mar, sentir a natureza e reorganizar as ideias. Na Nikon tem cursos de fotografia e tem vários temas! Fiz um curso de fotografia noturna e paguei 30,00 euros. Para fazer os cursos você tem que se cadastrar como Nikonista e precisa do código da câmera.

A gastronomia aqui é algo espetacular. Existem muitos restaurantes bons que agradam vários tipos de paladares, não só com os frutos do mar, que aqui é algo muito fácil de achar, mas também com a culinária de outros países. O que é excelente, principalmente para aqueles que estão acostumados com a boa e variada alimentação do Brasil.

(acervo pessoal)

Também tem algumas festas do Brasil por aqui, então ajuda um pouco com a saudade das músicas, comidas e bebidas do nosso país. Sabiam que por aqui dá para comprar tapioca? E também açaí? Estava tão preocupada, porque às vezes me bate uma vontade louca de comer açaí! Fui comer tapioca em uma cafeteria que faz brigadeiro! Ambos são de brasileiros e o ambiente remete ao Brasil, pois é comum ouvir alguém falando português enquanto você saboreia a tapioca ou come um brigadeiro.

Lembro que meu avô comentava das árvores com frutas de Sevilha, que dava para pegar e comer do pé, pois eram árvores que ficavam nas ruas e que as frutas eram bem grandes, Ele também me ensinou a comer pão com azeite e açúcar, pode parecer estranho, mas é realmente muito bom. Ele falava das madalenas que tinha muita saudade -madalenas são como os muffins para gente. Quando viemos visitar Sevilha levamos um monte dessas lembranças e como ele se alegrou!

Meus bisavôs também decidiram fazer suas vidas em outro país, por motivos bem diferentes dos meus, nunca retornaram para sua pátria, sentiam muita saudade, mas deixaram seu legado e suas histórias. Trilharam seus caminhos da maneira que para eles parecia ser o melhor para si e sua família e hoje cá estou eu, na terra deles, trilhando o meu caminho da maneira que eu acho ser o melhor também. Às vezes penso que tenho duas pátrias, a minha de berço porque claro nasci e cresci no Brasil, mas não me sinto uma estrangeira aqui, porque tenho raízes e muito da história daqui também.

Claro que se acostumar com outra cultura não é fácil. Aqui o governo ampara quem vem como emigrante retornado. Você tem direito a vários benefícios que não estamos acostumados, porque vivemos em um país onde é necessário muito esforço para se ter algo. Mas aqui também as coisas acontecem no seu tempo e para nós também é difícil entrar nesse ritmo, já que vivemos em uma pressão que muitas vezes nós mesmos nos colocamos.

Por exemplo, o catalão, não é obrigatório saber, porque as pessoas também falam o espanhol, mas se você souber é melhor para entender os que as pessoas falam entre elas, para te ajudar a se comunicar com a língua local e até para ampliar a conquista de empregos. Esperar é uma palavra que tenho falado e ouvido muito ultimamente, é necessário se adaptar a essa nova aventura de coração aberto e ter muita paciência. Por isso, para quem pensa em tomar uma decisão dessas, saiba que o aprendizado é diário, você terá que ir atrás das informações, terá que dar passos até que se encaixe e crie uma rotina para começar a fazer sua vida, e que o começo é apenas o inicio de muita transformação que só você saberá até onde irá.

Related posts

Turismo em Madri

Daiane Antunes

Ser Mãe em Madri

Juliana Bezerra

O verão nas Ilhas Baleares

Juliana Azevedo Gomes

17 comentários

Vanessa Março 12, 2016 at 10:16 pm

Gleice, desculpa, mas você conseguiu como a sua cidadania? Eu consegui agora minha residência pelo arraigo familiar e gostaria de saber se depois desse uma ano vivendo legal aqui na Espanha eu consigo a cidadania também. Abraços.

Resposta
Gleice Garcia Santiago Março 13, 2016 at 7:26 pm

Olá Vanessa! Eu consegui faz muitos anos, as leis eram diferentes! A colunista Susana é advogada e já postou uma matéria falando sobre a nova lei. Veja o link: http://www.brasileiraspelomundo.com/espanha-nacionalidade-por-residencia-mudancas-na-lei-a-partir-de-15-de-outubro-341118776. Qualquer coisa me avisa!

Resposta
Ivana Março 12, 2016 at 11:33 pm

Legal seu relato,fala como realmente é viver aqui,eu moro aqui fazem 15 anos,tenho um restaurante (CalaBoca)i um bar de copas(SocaBota),em Sabadell
Não tive tempo para disfrutar de Barcelona,porque sempre trabalhei muito,mas aqui sempre tem o que fazer,basta querer!!

Resposta
Gleice Garcia Santiago Março 13, 2016 at 6:51 pm

Olá Ivana!! Eu já fui no seu restaurante! É uma delícia, parabéns! Realmente sempre tem algo para fazer por aqui! Vou te procurar quando for novamente no seu restaurante! Abraços.

Resposta
Silvia Março 15, 2016 at 1:27 am

Gleice!! Que orgulho ler seu texto. Palavras muito sábias. Tenho um carinho especial pela Espanha. Beijos

Resposta
Gleice Garcia Santiago Março 15, 2016 at 10:08 am

Oi Sil, fico feliz que tenha gostado! Estamos esperando sua visita (a Espanha e eu)!! Beijo.

Resposta
André ariza Março 27, 2016 at 12:44 am

Oi meu nome é André Ariza
Gostaria muito de mudar para Espanha
Meu pai já conseguiu o passaporte espanhol
Disseram- me que tenho que esperar uma nova lista para conseguir
Alguém sabe alguma novidade?

Resposta
Gleice Garcia Santiago Março 27, 2016 at 5:40 pm

Olá André, as leis vão mudando de tempo em tempo. O melhor a se fazer para ter uma resposta correta é buscar essa informação no site do Consulado da Espanha no Brasil, é possivel enviar email com as dúvidas para eles ou ir até o consulado se informar. Algumas informações eles não passam pessoalmente, por isso é melhor buscar no site mesmo ou através de email.

Resposta
Natália Perdiz Março 30, 2016 at 12:58 pm

Olá Gleice,

Eu estou querendo me mudar para Barcelona no final do ano ( tenho a nacionalidade espanhola), mais tenho uma filha com 9 meses e não sou casada apenas namoro. Estou com um pouco de medo por conta de me mudar para um lugar novo e minha filha ser tão pequena, eu não conseguir trabalho.
Será muito difícil a vida (nova) ai?

Resposta
Gleice Garcia Santiago Março 31, 2016 at 3:27 pm

Olá Natália! Olha é muito difícil dizer algo concreto, pois é tudo muito incerto. Tem pessoas que conseguem se adaptar e arrumar um trabalho ou uma rotina bem rápido, já tem outras pessoas que levam mais tempo. Toda mudança gera muitos sentimentos que só passando para entender. Vai olhando o site da Infojobs, para ter uma idéia das vagas de trabalho e os nossos posts falam um pouco do dia a dia, das dificuldades e das satisfações de morar aqui. Também comentamos sobre documentação necessária para viver aqui, mesmo tendo a dupla nacionalidade. Eu tomei uma decisão super consciente de vir para cá e tenho aprendido que tudo tem seu tempo para acontecer. Boa sorte.

Resposta
Thais Abril 19, 2016 at 5:39 am

Gleice,
Como sempre muito bom o seu post, em poucas palavras conseguiu se expressar perfeitamente. Adoro seus textos, se possível continue escrevendo e muito!

Resposta
Gleice Garcia Santiago Abril 19, 2016 at 6:08 am

Olá Thais, fico feliz que esteja gostando dos posts! Continue comentando com sua opinião e se tiver alguma sugestão a fazer, será sempre bem vinda! Até mais!

Resposta
Vanda Agosto 1, 2016 at 4:40 am

Olá Glaice,
Você pode me indicar alguma empresa ou consultoria que me auxilia na mudança para Barcelona?
obrigada

Resposta
Gleice Garcia Santiago Agosto 9, 2016 at 9:56 pm

Oi Vanda, que tipo de ajuda você precisa? É para documentação?

Resposta
Maria Lucia Janeiro 22, 2017 at 5:17 pm

Olá, gostaria de saber como fazer para enviar meus móveis e objetos para Barcelona. Vamos mudar definitivamente oara lá em julho/2017. Você tem alguma dica de empresa de mudança e sabe sobre os impostos que deverão ser cobrados? Grata, Maria Lucia

Resposta
Gleice Garcia Santiago Fevereiro 12, 2017 at 5:53 pm

Olá Maria Lucia, infelizmente não sei indicar uma empresa que faça isso, pois não foi necessário no meu caso. Vamos ver se alguém lendo este post pode te ajudar. Boa sorte.

Resposta
Vanessa Maio 9, 2017 at 11:56 am

Olá, tudo bem? Tenho a nacionalidade espanhola também e meu maior sonho é morar em Barcelona. Você trabalha? Conseguiu um emprego na sua área? Sou engenheira civil e isso me preocupa bastante.
Muito obrigada,
Vanessa

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação