BrasileirasPeloMundo.com
Espanha

Você está pronto para mudar de país?

Repare se você já ouviu, ou já falou, algumas das seguintes frases: agora é a hora! É agora ou nunca! Esse é meu sonho! Sempre quis fazer isso! Se eu não fizer isso agora, não farei nunca mais! Por que não?

Pois bem, esse é um bom começo para dar algum passo! E quantas vezes no meio do estresse do dia a dia, da correria da vida, no trânsito ou quando passamos por algum problema, não pensamos: um dia eu farei isso! Ah, se eu pudesse! Se tudo der certo, eu vou atrás disso! Eu seria mais feliz se fizesse tal coisa.

E quando a hora chega? E quando a “água bate na porta”? E quando a oportunidade aparece? E quando o universo conspira ou a vida lhe leva a poder realizar tal feito, você arrisca e mergulha nas suas vontades? Ou vai adiando sua felicidade?

Muitas vezes ficamos paralisados! Em outras, começamos a por em prática pouco a pouco a construção da mudança. Seja ela grande ou pequena, mesmo porque isso é relativo. Qualquer mudança nos faz pensar, ponderar, analisar e decidir. E isso é necessário, faz parte do processo. Quantos têm a chance de realizar um sonho e de jogar tudo pra cima? E será que de alguma maneira, mesma achando que não é possível, alguma transformação realmente não pode ser feita?

Mas quando é a hora certa? Será que dará certo? É isso realmente o que deve se fazer ou é só um pensamento que não quer sair da sua cabeça, como uma obsessão?

Acho que o primeiro passo é planejar, listar o que tem que ser feito para tornar a mudança realizável e isso inclui reserva financeira, prazo, documentos necessários e estudos sobre o novo passo a ser dado! Em se tratando de mudança de país, é necessário saber quanto tempo o dinheiro reservado durará até que consiga uma renda, onde ficar, quais serão os gastos para se manter e o que é preciso para estar naquele país. Ninguém vive de ilusão, mas, com a cabeça no lugar, é possível traçar formas para tornar algo possível. Basta querer.

Uma coisa é certa: a vida passa, quando se dá conta mais um ano se foi e assim dois, cinco, dez! Quanto tempo mais será necessário para irmos atrás do que nos faria feliz? Pode ser que dê errado? E o que é dar errado? É ter que voltar? É demorar mais do que o planejado para conseguir uma estabilidade? É se arrepender? Se existe algo errado é o não tentar, é deixar uma vida que tem um enorme potencial interno se esvair por medos, limitações e falsas crenças. É sobreviver ao invés de viver! Se não der para sair do país, porque talvez essa não seja a solução ou não seja a sua vontade ou até mesmo porque realmente não dá, então o que dá para fazer? Mudar de cidade? Mudar de emprego? Mudar você mesmo? Estamos sempre em evolução, aprendendo e buscando, buscando mudanças, melhorias, felicidade, paz, harmonia, crescimento.

Não sabemos o que somos capazes de fazer até que façamos!

Não enxergamos que somos limitados até que deixamos de ser!

Não sabemos quem somos até que nos abrimos para o novo!

E só conseguimos nos desapegar de certas coisas, quando vamos evoluindo e vendo o que realmente é importante para nós!

Às vezes temos muitas ideias na cabeça, temos uma avalanche de vontades, mas não sabemos por onde começar!

Como saber o caminho que devo escolher? E como quero viver esse caminho? Ninguém saberá as respostas para nenhuma das perguntas internas até que dê o primeiro passo! E assim a decisão vai tomando forma e, durante o percurso, as respostas vão surgindo e nos guiando.

É necessário por o pé na água! E muitas vezes é dessa forma que as respostas virão! Que o caminho se abrirá e que seremos realizados e realizadores das nossas vontades. Até mesmo de vontades que nem imaginávamos que teríamos. Mas no mundo que vivemos hoje, é esperada uma ação! Ou estaremos fechamos e amarrados em nós mesmos correndo o risco de ver a vida passar sem que faça nenhuma diferença estarmos ali ou não! Sejamos os protagonistas das nossas vidas para que, assim, possamos ser a diferença onde vivemos e com quem vivemos.

O que está dentro de você? O que está te incomodando? O que você gostaria que fosse diferente? Depois de identificar isso, você já pensou no que fazer para mudar a situação? Como tornar uma ideia em um projeto real?

Como podem perceber, a mudança começa de dentro para fora, estando no Brasil, na China ou na Espanha! Há um tempo certo para cada coisa acontecer e você sentirá quando o momento chegou, a começar pelo incômodo de que algo tem que acontecer! Às vezes a oportunidade só aparece uma vez. É hora de entrar no avião, começar a escrever aquele livro, pegar aquele papel de rascunho e começar a dar cor para ele. Cada um sabe o que está dentro de si e as respostas estão dentro de nós, basta ouvi-las e concretizá-las. O importante é não deixar passar o estímulo que está nos impulsionando a mudar as coisas. Ou teremos uma vida morna e sem realizações. Temos que viver a vida da maneira que queremos, buscando a felicidade e o sentido de estarmos aqui! Porque com certeza, não estamos aqui por acaso e não somos apenas números! Então pare e pense: qual é o propósito da sua vida?

 

Related posts

Filho de pai espanhol, também precisa ser registrado na Espanha

Susana Sawa Toledo

Requisitos para entrar na Espanha

Susana Sawa Toledo

Ecoturismo nas Vias Verdes espanholas

Camile Wyatt

10 comentários

Victor Junho 12, 2016 at 7:57 pm

Parabéns pelo depoimento, mais estava aqui pensando acho que hoje em dia não compensa morar fora do Brasil sou analista sistema tenho vontade de morar fora do Brasil mais conheço muita gente que moro fora do Brasil mais dizem que a vida como estrangeiro não é nada fácil sempre tem preconceito e difícilmente arruma um serviço bom de roupa limpa acho que nos dias de hoje cada pais tem um ponto forte essa é minha opinião.. não sei mesmo se compensa morar fora ..

Resposta
Gleice Garcia Santiago Junho 15, 2016 at 10:30 pm

Olá Victor. Realmente tudo tem os dois lados positivo e negativo. A decisão de mudar de país ou não vai realmente do que cada um quer para si individualmente, o que está disposto a enfrentar e o que entenda que é melhor para si. O que importa é estar feliz e em paz com cada decisão tomada! Obrigada pelo comentário. Até mais!

Resposta
Willian Kestering Junho 12, 2016 at 10:00 pm

Muito bom o texto……
Estou passando por este momento….

Resposta
Gleice Garcia Santiago Junho 15, 2016 at 10:26 pm

Olá Willian, fico feliz que tenha gostado do texto! Obrigada por ter comentado! Boa sorte em suas decisões!

Resposta
Hellen Junho 16, 2016 at 3:01 am

Sensacional! Tudo que sinto escrito no seu texto. E para mim e para o meu marido a hora é agora, um sonho que parecia estar tão distante está tomando forma, e é exatamente como escreveu você sente quando chegou a hora certa. Li, reli e li de novo, e li em voz alta. Desde o texto até o mapa de onde sairemos para onde iremos nos impulsionou um pouco mais. Beijossssss

Resposta
Gleice Garcia Santiago Junho 17, 2016 at 7:03 am

Poxa Hellen, me emocionou seu comentário! É muito bom passar pelas mesmas experiências! Antes de vir eu pensava: bom, o minimo que pode acontecer é eu ficar uma temporada na Europa, rsrs. Isso ja faz 1 ano! Confesso que para mim a adaptação foi o mais dificil, mas aos poucos as coisas vão acontecendo e a vida vai se encaixando, tem que ter muita paciência! Se vocês acham que agora é a hora, façam um planejamento e ponham o pé na água! Dessa maneira conseguimos realizar nossas vontades e alcançamos aos poucos nossa felicidade, a cada passo que damos! Estou na torcida! Obrigada por compartilhar aqui sua opinião! Boa sorte a vocês!

Resposta
Sheyla - DMulheres Junho 25, 2016 at 3:00 pm

Nossa, esse texto foi feito para mim. Estou nesse momento de (in)decisão haha Acho que o momento é agora, até pela minha idade, já tenho 47 anos e o mínimo que posso ganhar é aprender a língua e morar na Europa. Mas quero estudar a língua e fazer um curso por lá, até mesmo para preencher o tempo e o vazio que será esse período de adaptação.
Minhas dúvidas são imensas, é tempo de planejar e analisar tudo, pelo menos tenho um sobrinho que mora lá há 10 anos , mas o texto me fez com certeza, dá uma alavancada na vontade, muito obrigada!!

Sheyla Xavier

Resposta
Gleice Garcia Santiago Junho 26, 2016 at 10:32 pm

Sheyla, muito obrigada por compartilhar seu momento! Temos sempre que olhar para o lado bom e saber que as dificuldades existirão, mas acho que vale muito a pena tentar. Fico feliz que o texto tenha ajudado! Boa sorte e estou na torcida. Até mais!

Resposta
Roberta Julho 12, 2016 at 1:55 pm

Adorei seu texto. Meu momento é agora. Tenho um filhinho de 4 aninhos que ama viajar já foi até para os Estados Unidos. Quero muito morar na Espanha, já estamos fazendo todos os projetos e tem uma coisa, bico calado que todo mundo tem uma opinião formada sobre tudo. Então se tiver que dar certo vai dar e depois da passagem comprada é que vou falar kkkk.

Felicidade não se expõe, se vive!

Resposta
Gleice Garcia Santiago Julho 15, 2016 at 10:36 am

Olá Roberta! Obrigada pelo seu comentário! Fico feliz que esteja planejando sua mudança! Esse é o primeiro passo! E é verdade o que disse, primeiro se planeja, depois compra a passagem e depois comunica, rsrs. Boa sorte.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação