BrasileirasPeloMundo.com
Alugar/Comprar Imóvel Pelo Mundo Portugal

O boom do mercado imobiliário em Portugal

O boom do mercado imobiliário em Portugal

Em meio a todos os documentos e trâmites burocráticos que se tem  de lidar quando da decisão de se  viver em outro país, a questão da moradia é algo extremamente importante e que figura na lista de prioridades para quem decide morar fora.

O custo da habitação tem grande impacto no planejamento do orçamento e encontrar um lar em Portugal, nos últimos anos, não tem sido tarefa fácil, seja para alugar, ou para comprar a preços, digamos assim, razoáveis.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar em Portugal

Segundo os últimos dados da Eurostat, Portugal apresentou um aumento de 9,2% nos preços de moradia em 2019, o terceiro maior aumento dentre os países europeus, ficando atrás apenas de Hungria e República Tcheca.

Esse aumento nos preços vem desde 2013, com uma grande aceleração em 2017, que conforme dados da Moody’s, foi mais acentuado nos grandes centros urbanos como Lisboa e Porto, um aumento de cerca de 47% e de 34%, respectivamente. Ou seja, nos grandes centros urbanos portugueses o perrengue para se encontrar uma moradia é ainda maior.

Para se ter uma ideia de aluguel no Porto, por exemplo, pelo site da Numbeo,  o aluguel de um imóvel no centro e com um quarto sai em média por 673,39 € mensais.  Já o metro quadrado de um imóvel para compra, sai em média por 2.693,65 €.  Para quem planeja morar fora, seria bom visitar o site da Numbeo, pois lá há muitas outras informações sobre custo de vida em geral. É uma ótima referência para se planejar o orçamento.

Diante desses dados pergunta-se: afinal, por que esse aumento nos valores dos imóveis? A regra é simples: lei da oferta e da procura! Há um desequilíbrio entre a quantidade de imóveis disponíveis para alugar e comprar versus a grande quantidade de interessados.

Dentre os interessados em imóveis em Portugal estão investidores estrangeiros que têm investido, especialmente, nas principais cidades portuguesas porque os preços dos imóveis são bastante atraentes, comparativamente com outras cidades europeias importantes.

O turismo crescente em Portugal também tem impulsionado o aluguel dos imóveis por curto prazo, ao estilo Airbnb. Os donos de imóveis, muitas vezes, optam por esta modalidade ao invés de aluguéis a longo prazo.

Assim, a vida de quem pretende se estabelecer em terras lusas se complica um bocado quando se trata de habitação. A busca por um lar torna-se árdua, com poucas ofertas a preços para lá de exorbitantes! Morar nos grandes centros urbanos, muitas vezes, irá implicar em comprometer uma parte substancial do  orçamento com moradia.

Uma das saídas encontradas para aqueles que chegam é procurar imóveis nos arredores das grandes cidades já que em cidades menores, vilas e aldeias os valores costumam ser mais baixos. Vale lembrar sempre que é importante ter em conta o quão longe do centro urbano se estará disposto a morar. Se, por acaso, trabalhar no centro do Porto, ou Lisboa é bom sempre ter em mente o gasto com deslocamento.

Leia também: 5 motivos para morar em Portugal

Outra saída muitas vezes praticada em Portugal é o compartilhamento de casa. Pode-se alugar um quarto em uma casa onde outras pessoas também irão morar. Assim, há divisão de custos e a possibilidade de se viver em uma moradia com uma melhor localização. Nessa modalidade, é importante avaliar se você está disposto a compartilhar moradia com pessoas que muitas vezes não conhece e abrir mão um pouquinho da privacidade.

Muitos especialistas dizem que este boom imobiliário ainda vai durar por um bom tempo e que o mercado vai aproveitar os bons ventos que o crescente turismo na região tem trazido para se beneficiar. O próprio Banco de Portugal já alertou para o fato dos preços estarem demasiado altos e que isto pode ocasionar uma bolha imobiliária e trazer riscos à estabilidade financeira.

O conselho que eu dou para quem busca um lar é: pesquise bastante, converse com outras pessoas que já estão morando em Portugal e informe-se em grupos existentes nas redes sociais. A melhor ferramenta é a informação, para que assim se possa encontrar o que for melhor e que caiba no bolso também.

Não deixe de comentar, dar sua opinião sobre o assunto ou mesmo contar para a gente sobre sua experiência na busca por uma moradia em Portugal.

Related posts

Turismo de massa em Lisboa

Cristina Hélcias

Dicas para alugar imóvel em Copenhague

Camila Vicenci Witt

Aluguel em Lisboa e linha de Cascais

Cristina Hélcias

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação