BrasileirasPeloMundo.com
Portugal

Escapadas românticas para o São Valentim em Portugal

E fevereiro chegou por aqui! Essa época do ano ainda é marcada pelo inverno, que iniciou em dezembro e segue até o final de fevereiro. É neste período, também, que se celebra o dia de São Valentim, ou Dia dos Namorados, aqui pelas bandas do Hemisfério Norte.

Então, que tal ver algumas dicas de como aproveitar este período aqui em Portugal? Neste artigo vou apresentar dois lugares bacanas, que podem ser perfeitos para aquela bela celebração do Dia dos Namorados ao lado do seu amor!

Acredito que a grande maioria de nós, brasileiros, tem uma certa resistência em fazer turismo no inverno, especialmente quando este é mais rigoroso que no nosso Brasil. Mas devo dizer que, aqui em Portugal, o inverno é uma época que dá para ser aproveitada, desde que com um bom planejamento e bem agasalhado.

O mês de fevereiro ainda apresenta aquele tempinho frio, na faixa de 10-14°C, dias curtos, por vezes chuvosos e, no norte do país, costuma ter um vento bastante intenso. Por isso, se for planejar uma viagem para este período, é sempre bom dar uma conferida na previsão do tempo para ver como estão as médias de temperatura e as precipitações de chuva.

Os lugares que recomendo como destinos românticos, para aquela escapadinha de Dia dos Namorados por aqui são: Óbidos, próximo a Lisboa, e Guimarães, no norte de Portugal.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar em Portugal

Óbidos

Esta cidade medieval é um encanto pelo seu centro histórico, formado por um labirinto de ruas e casas pintadas de branco. A muralha que cerca o centro histórico dá o toque final a esta cidade que parece saída de algum filme épico. Não é à toa que o nome da cidade, Óbidos, significa cidade fortificada.

Conta-se que Óbidos fez parte do dote de casamento de diversas rainhas portuguesas, entre elas, Rainha Santa Isabel, esposa de D. Dinis e D. Filipa de Lencastre, esposa de D. João I. Esta vila de reis e rainhas também foi, durante algum tempo, local de refúgio de algumas figuras que fizeram parte da história do Brasil. Era aqui que D. Pedro II e D. Maria I costumavam descansar e refugiar-se das confusões da Corte.

Deixe-se perder pelas ruas caiadas e contemple todo o conjunto arquitetônico composto por arte Gótica, Renascentista e Barroca. Aproveite as lojas de artesanato, restaurantes e galerias de arte que se estabeleceram nesta vila e são um charme à parte. Eu adoro aproveitar esse passeio para além de fazer umas comprinhas, tomar a ginjinha de Óbidos. É um licor da região, cuja origem remonta ao século XVII.

Suba as muralhas e contemple a vista lá do alto que é realmente incrível! Siga para o Castelo de Óbidos, classificado como Monumento Nacional e que, hoje, abriga, em seu interior, uma charmosa pousada. Recomendo para aqueles que queiram pernoitar em Óbidos, hospedarem-se nesta pousada. Realmente, vale a pena!

Não deixe de visitar uma das 14 igrejas e capelas espalhadas pela vila, sendo a mais importante delas a Igreja Matriz de Santa Maria, provavelmente fundada no período dos Visigodos. Seus azulejos e pinturas formam um conjunto belíssimo de cair o queixo.

Muralha de Óbidos – Arquivo pessoal

Para brindar o momento romântico de São Valentim, Óbidos nesta época do ano, conta com o Festival Internacional de Chocolate de Óbidos. É um evento ao ar livre, com inúmeros expositores, seus chocolates divinos, esculturas de chocolate e showcookings. Confira o site da festa para saber as datas do evento pois em 2018, a data foi alterada de fevereiro para abril.

A vila e seus arredores oferecem ainda inúmeros pontos interessantes para se visitar, como o aqueduto, construído por ordem de D. Catarina de Áustria, esposa de D. João III e a Lagoa de Óbidos. Não pude visitar ainda estes lugares. Então, deixo a você esta oportunidade de desvendá-los e depois nos contar como foi.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar em Portugal

Guimarães

Para aqueles que estiverem visitando o norte do país, Guimarães deve ser parada obrigatória. Esta bela cidade tem suas origens no século X e é conhecida como “Berço da Nação” pelo seu papel fundamental na formação de Portugal.

Foi em Guimarães que D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, estabeleceu a capital do Reino após sua vitória na Batalha de São Mamede em 1128.

A cidade conta com um lindo centro histórico, classificado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Este centro é um dos mais preservados do país e andar por ele é ser transportado no tempo. Adoro as lojas, cafés e restaurantes ali espalhados. Há também, ótimas joalherias com peças belíssimas feitas por designers portugueses, ótimos presentes para a pessoa amada no Dia dos Namorados.

O meu ponto favorito na cidade é a Colina Sagrada. Ali, você poderá visitar os três monumentos mais emblemáticos da cidade: o Castelo, o Paço dos Duques de Bragança e a Capela de São Miguel.

O Castelo foi construído no século XI para proteção do mosteiro e o centro urbano da região. Acredita-se que neste castelo nasceu D. Afonso Henriques. Visite a muralha, as torres do Castelo, especialmente a Torre de Mumadona e mergulhe nas origens do Reino de Portugal.

Siga para o Paço dos Duques, uma belíssima casa senhorial do século XV que possui, em seu interior, inúmeros elementos da Era do Descobrimento e um museu permanente com obras de José Guimarães, artista local.

Sala interior do Paço do Duques – Arquivo Pessoal

Para fechar seu passeio pela colina, vá para a Capela de São Miguel, onde reza a lenda que D. Afonso Henriques foi batizado.

Espero que as dicas de escapadas românticas tenham lhe inspirado a visitar Portugal em fevereiro. Não deixe de compartilhar seu comentário ou dúvidas abaixo. Vemo-nos em um próximo artigo sobre as terras  lusitanas.

Related posts

Porta 65 – auxílio para pagar aluguel em Portugal

Gabriela Monteiro

Como tirar carta de motorista em Portugal

Léia Lima

Tipos de vistos para morar em Portugal

Lyria Reis

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação