BrasileirasPeloMundo.com
Chile

Onde degustar os melhores sabores do Brasil em Santiago?

Onde degustar os melhores sabores do Brasil em Santiago?

Sempre me perguntam se já me acostumei com o Chile ao longo desses sete anos morando em Santiago. Não tenho a menor dúvida: a resposta é sim. Me acostumei ao clima, às pessoas, ao idioma, aos costumes e às tradições locais. Sinto falta apenas da minha família. Também tenho saudade da comidinha da mamãe e do tempero da culinária brasileira. Mas até para isso tem solução. Cada vez mais lugares e pessoas vendem aqui as delícias brasileiras. Confira agora onde degustar os melhores sabores do Brasil em Santiago.

Salgadinhos e docinhos

A primeira vez que quis comprar algo tipicamente brasileiro foi para o chá de fralda da minha filha. Eu nunca tinha sentido vontade de comer nada em especial, mas para esse evento, queria compartilhar com meus amigos chilenos as delícias que só se comem nas celebrações do Brasil: coxinhas, salgadinhos, docinhos, etc. Em Santiago, existem várias opções de pessoas que fazem esse tipo de comidas.

A minha primeira opção é sempre a Loreto di Lore, da Sabores di Lore. Conheci o trabalho dela através de um artigo no jornal El Mercúrio. Eu usava a reportagem com as fotos para mostrar aos meus alunos de português o que eram os salgadinhos.

Leia também: Como é morar em Santiago no Chile

A Loreto é chilena e morou muitos anos no Brasil, onde trabalhou com gastronomia. Em Santiago, ela faz bolos e tortas, docinhos tradicionais brasileiros (brigadeiros, beijinhos, quindins) e, claro, salgadinhos (coxinhas, empadinhas, esfihas, bolinhas de queijo, croquetes). Ela aceita as encomendas pela internet e whatsapp e você retira os produtos em Ñuñoa.

Como eu já mencionei, muitas pessoas oferecem esse tipo de serviço aqui, por isso, já provei em outros aniversários e eventos de amigas brasileiras. Uma das doceiras que também é bastante procurada pela comunidade de brasileiros no Chile é a Agatha da Chocolataria Brasil. Você pode conferir as delícias que ela produz nas suas redes sociais e encomendar bolos, tortas e doces maravilhosos! Ela fica em Las Condes, mas também faz entregas onde os clientes pedem.

Foto: Pixabai (Banco de Imagens)

Ainda na sessão de bolos (a minha favorita, diga-se de passagem, já que adoro comer doces, mas não sou muito de fazer), não pode ficar de fora dessa lista o Bolos Brasil, um pequeno local que vende os tradicionais bolinhos brasileiros. Eles têm uma oferta variada de sabores e, esporadicamente, organizam um dia de “tenedor libre”, ou seja, um bufê de bolos! Nessa orgia gastronômica também está incluído o cafezinho (lógico), pão de queijo e coxinhas. Imperdível!

As coxinhas brasileiras são uma verdadeira delícia que, se antes era difícil de encontrar, agora há várias opções. Desde locais até delivery. Além das que provei com a Loreto, experimentei as coxinhas produzidas por Don Julio Picoteo num aniversário em Santiago. São ótimas e segundo a amiga que as comprou, foi o preço mais em conta que ela encontrou depois de pesquisar entre as diversas alternativas. A Don Julio faz entregas a domicílio, mas é bom reservar com antecedência porque eles são muito procurados.

Outro local que vende as coxinhas é o AfroCafe, que além do salgadinho, tem pão de queijo, tortas, brigadeiros, açaí e mini churros para vender. O local está super bem localizado no coração de Bellavista um bairro muito frequentado por turistas brasileiros que vêm a passeio ao Chile. Além do café, é possível tomar refrigerante de guaraná no local, um produto tipicamente brasileiro (que já se encontra à venda nas grandes redes de supermercados e pequenos comércios de Santiago).

Comida saudável

Se você é da turma mais natureba, preocupada com a alimentação e que não vive sem devorar uma tigela de açaí com granola, fique tranquilo porque em Santiago você também encontra dessa iguaria. O Rincón do Açaí tem um menu variado que inclui coxinhas veganas, pão de queijo, pastel brasileiro e pratos tradicionais da nossa culinária. Coisa que você facilmente encontra no Brasil, mas que aqui é luxo!

Restaurantes e barzinho

Coisas tão básicas como um rodízio de pizzas são algo muito fora do comum em Santiago. Apesar da proximidade com o Brasil, a moda ainda não chegou por aqui. Mas se você quer matar a vontade de se acabar comendo pizza de vários sabores também pode satisfazer seu desejo! A Paulista Pizzeria funciona normalmente com pizzas a la carte, mas eventualmente organiza um rodízio.

O cardápio tem 24 tipos de pizzas, várias delas com nomes que fazem referencia às diferentes regiões do Brasil: carioca, gaúcha, baiana, etc. Uma das diferenças desta pizzaria é que ela oferece pizzas doces, coisa super original e diferente aqui no Chile. Nos dias em que a casa organiza o rodízio, há música ao vivo. Perfeito para matar a saudade da terrinha!

Leia também: Cursos de gastronomia em Buenos Aires: parte I

Há muitos restaurantes que oferecem gastronomia brasileira em Santiago, mas poucos com uma atenção tão especial quanto o Muqueca. O dono do local, seu David, conversa pessoalmente com cada cliente. Além dessa atenção personalizada, a carta é bem variada com diversos pratos da culinária regional como feijoada, muqueca e até os famosos salgadinhos como aperitivos. Também é possível provar uma deliciosa caipirinha, aliás, o Muqueca é famoso por preparar a melhor caipirinha de Santiago. Vale muito experimentar e conferir.

Para quem quer beber caipirinhas e dançar ao som de música brasileira animada, o melhor lugar é o Buteco Santiago, no Parque Araucano. Localizado numa zona nobre da cidade, o local é uma boa pedida para quem quer festejar ao som dos ritmos brasileiros, com boa comida e bebida.

E aí, gostou dessas dicas para matar a vontade de comer as delícias da terrinha? Certamente, faltaram lugares aqui porque a lista seria enorme. Você pode ajudar na elaboração de um novo artigo sobre esse assunto deixando as suas sugestões nos comentários, que tal? Afinal, como diz aquela música dos Titãs, “a gente quer comida, diversão e arte”. E a gastronomia brasileira, certamente, é um aspecto muito forte da nossa cultura.

Related posts

Eclipse solar total no Chile

Kátia Ribeiro

Chile – Sociedade

Joy Matta

A memória do 11 de setembro no Chile

Renata D'onofrio

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação