BrasileirasPeloMundo.com
Nova Zelândia

Oportunidades na Nova Zelândia

Oportunidades na Nova Zelândia.

Ainda é uma surpresa saber que muitos brasileiros desconhecem este lado do mundo, e principalmente, a Nova Zelândia. Com a velocidade em que as informações são passadas e recebidas nos dias de hoje nos assusta quando pessoas ainda pensam que a Nova Zelândia é parte da Austrália. Eu sei, eu também até pouco tempo não conhecia muito do país, mas imaginei que após 6 anos e com toda essa tecnologia e o tal Facebook, tudo estaria bem diferente.

No mês de setembro estive no Brasil, visitando minha família e amigos e também realizando alguns seminários sobre as oportunidades na Nova Zelândia. Muita coisa me surpreendeu nessa visita: os pensamentos das pessoas, a revolta da população contra o governo, o descaso dos governantes com as pessoas, os escândalos diversos e etc, mas o que me chamou a atenção mesmo foi perceber durante minhas viagens que o país onde eu moro ainda é bastante desconhecido pela maioria.

ro6

Percebi que muitos ainda pensam que a NZ é parte da Austrália e que o inglês falado por aqui é diferente dos demais países com a mesma língua oficial. Por coincidência meu ultimo texto falava exatamente sobre esse mito. Acredita-se também que é extremamente frio, congelante o ano todo (em algumas aéreas realmente é) e que não tem muitas oportunidades por aqui.

A Nova Zelândia tem apenas 4,5 milhões de habitantes e está em expansão. Ou seja, o governo pretende ainda nos próximos 3 anos aumentar a população – portanto, existem, sim, muitas possibilidades por aqui. Os 2 únicos países que no momento te dão permissão de trabalho enquanto se estuda são a Austrália e a Nova Zelândia, seja línguas, diploma, graduação, pós etc. O pré-requisito é estudar por no mínimo 14 semanas em escolas de categoria 1 (ranking criado pelo Ministério da Educação do país); neste caso, o estudante recebe já no visto de estudante a autorização para trabalhar durante 20 horas por semana, por todo o período do curso.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Nova Zelândia

Outra coisa super bacana é o Working Holiday Visa – nós, brasileiros, temos poucas oportunidades como esta. Por aqui, todo ano são liberadas 300 vagas para que brasileiros possam trabalhar e viajar legalmente pelo país durante 1 ano. As vagas são abertas em setembro e acabam em questão de minutos. Existem várias opções que combinam estudo e atividades, como inglês + snowboard, inglês + rúgby, inglês para maiores de 40 com visitas a vinhedos à tarde e muitos outros. Preparação para testes de proficiência, inglês para negócios e inglês acadêmico são também opções interessantes por aqui.

12168826_1088387724505744_1331353218_o

Se inglês não é mais o problema, o leque se abre ainda mais. São oferecidos cursos diversos em áreas diferentes por todo o país. A Nova Zelândia está, desde 2008, entre os países com os melhores sistemas educacionais do mundo. Portanto, um diploma adquirido aqui pode fazer, sim, toda a diferença. Esses tais diplomas têm níveis variados e correspondem desde a cursos técnicos, graduação e pós até mestrado e doutorado, de acordo com o sistema educacional brasileiro – isso conforme o nível escolhido.

Outra vantagem que só se encontra por aqui é que cursos de níveis acima de 7 dão pontos para quem pretende solicitar residência no país posteriormente, e o melhor de tudo, estuda-se por 1 ano podendo-se trabalhar durante o curso e, ao final, é possível solicitar um visto de trabalho aberto que dá direito de permanência no país por mais um ano somente trabalhando, sem a necessidade de ter vínculos com escolas de qualquer natureza.

A Nova Zelândia é também um país que chama atenção de jovens famílias em busca de qualidade de vida, segurança e tranquilidade. Muitos países são igualmente cobiçados para essa mudança, porém a maioria deles se encontra bem fechada a receber imigrantes e com processos dificílimos para obtenção de residência.

12169363_1088386697839180_385601093_o

Estaria mentindo se dissesse que por aqui o processo é fácil, mas existem mais possibilidades e aberturas. Alguns profissionais ainda estão em demanda no país, o que pode facilitar o processo. Reconhecer a profissão pode ser outro caminho interessante. Ninguém pode ser simplesmente teletransportado de seu país de origem para outro, portanto é necessário que se façam adaptações. Para exercer certas profissões, algumas exigências internas terão que ser atendidas: em alguns casos serão avaliações e afiliações a boards locais, em outros, há a necessidade de se cursar algumas matérias ou fazer pequenos cursos para que se esteja apto a exercer a profissão. Proficiência na língua inglesa é fundamental para a maioria dos processos.

Se viajar com a família não é uma opção financeiramente viável no momento, definitivamente oferecer essa oportunidade para os filhos pode fazer toda a diferença. Muitos pais dizem que educação é a única coisa que dão para os filhos que ninguém pode tirar; eu concordo em partes, pois acredito que o intercâmbio deveria ser acrescentado a esta lista. De certa forma seria uma combinação de educação teórica e prática. O intercâmbio é uma preparação para a vida, sendo um treinamento de flexibilidade, paciência e persistência. E sendo a Nova Zelândia o país mais seguro do mundo, enviar os filhos nesta aventura para cá é bem mais tranquilo.

 

Até o momento essas muitas possibilidades não eram amplamente divulgadas. Os vídeos institucionais do país são inspiradores, mas destacam apenas as belezas naturais e riquezas do país ligadas à agricultura, pecuária e ovinocultura. Destaca-se a qualidade de vida, o envolvimento com esportes e a natureza, o senso de comunidade e a mente aberta da população mas poucos mostram as oportunidades educacionais e de futuro no país.

Na última conferência internacional da educação realizada por aqui, em agosto de 2015, foi anunciado que o governo irá, a partir de 2016, investir também na indústria da educação. A ideia é mostrar para o mundo como um país tão pequeno pode ser também inovador, criar tecnologias de ponta e surpreender em setores diversos. Isso com certeza dará um impulso enorme ao setor e propagará as possibilidades por aqui, além de possibilitar que muitas pessoas tenham acesso a esses conhecimentos e às muitas oportunidades oferecidas pelo país.

Related posts

Como imigrar para a Nova Zelândia

Juliana Richter

Confissões de uma quase cidadã neozelandesa

Roberta Crossley

Motivos para morar na Nova Zelândia

Gabriela Nunes

43 comentários

Pollyane Martins Novembro 19, 2015 at 5:31 pm

Que legal, Rosana! Muito bom saber que a Nova Zelândia pode oferecer tantas oportunidades, além da segurança e das belezas naturais, tão realçadas normalmente. Obrigada por compartilhar!

Resposta
Rosana Melo Novembro 21, 2015 at 4:54 am

Oi Pollyane, obrigada pelo comentário, que bom que gostou. Bjao 🙂

Resposta
Mariana Novembro 25, 2015 at 6:25 pm

Amo muito esse lugar, fui a trabalho e me mudaria fácil para ai.

Resposta
Rosana Melo Dezembro 1, 2015 at 11:38 pm

Entendo você Mariana, também amo morar aqui! Caso um dia venha a se mudar pra cá, com certeza nos encontraremos… Bjao 🙂

Resposta
Stephane Deserto Dezembro 3, 2015 at 6:21 pm

Oi Rosana, tudo bom?
Adorei sua matéria, além do conteúdo de primeira, é muito bem explicada!
Por diversos motivos, venho pensando há uns anos em sair do Brasil e com o término da faculdade de T.I, me animei mais pra fazer isso. Atualmente trabalho com computação gráfica (3D) e estou procurando por oportunidades nessa área, assim como em outras relacionadas (publicidade e propaganda, por exemplo). Você sabe de algum site que ofereça oportunidade de empregos para estrangeiros, digo, daqueles que se dispõem a contratar estrangeiros não residentes (dispostos a disponibilizar a papelada necessária para obtenção de visto)?
Desde de já agradeço sua atenção. Abraços!

Resposta
Rosana Melo Dezembro 3, 2015 at 8:39 pm

Ola Stephane, obrigada pelo comentário. Que bom que gostou do texto.
A área de TI por aqui é muito boa, porém é necessário que tenha experiência. Tem vários websites onde você poderá procurar por vagas, como o trademe.co.nz e o seek.co.nz. Existem sim empregadores que se dispõe a fornecer a papelada como você mencionou, porém você terá que ser necessária e atender todos os pré-requisitos da imigração, acho que vale dar uma olhadinha no site da imigração da NZ tbm. Uma boa possibilidade é fazer sua pós-gradução em TI por aqui o que abrirá as portas do país pra você, já estando aqui é bem mais fácil conseguir trabalho. Espero que ajude. Bjao e boa sorte!

Resposta
Leandro Safra Janeiro 3, 2016 at 10:01 pm

Olá, Rosana, tudo bem?
Quero lhe agradecer por compartilhar seus conhecimentos sobre NZ.
Há algum tempo eu e minha namorada estamos interessados em buscar outras oportunidades para nós e pensamos em NZ, até compramos 100 dólares neozelandês como forma de nos incentivar rs.
Sou de SP, tenho 35 anos e tenho formação em bacharelado e lincenciatura em Física e com mestrado em materiais nucleares. Tenho dez anos de ensino de ciências e matemática, lecionei em escolas de nível médio e universidades e tenho outras habilidades técnicas e administrativas bastante relevantes também, falo inglês, tenho um bom nível nas quatro habilidades: falar, ouvir, escrever e ler, mas não sou fluente e agora estudo espanhol.
Minha namorada tem 42 anos, é argentina de BA e trabalha há mais de dez anos com educação internacional. Fala fluentemente inglês, português e tem bom nível de francês e sua formação acadêmica é Turismo. Atualmente trabalha para uma universidade americana (NYU) situada em BA como Assistent for Academic Affairs, o que lhe concedeu muitas atribuições como profissional que vão além das atribuições acadêmicas.
Fomos à página do governo neozelandês e encontramos os caminhos para o visto e eu, neste caso, somo mais pontos do que ela para aplicação do visto, o que tentaríamos juntos. Temos os recursos para aplicar a este visto e nos deslocar, mas não o suficiente para nos mantermos por pelo menos uns três a seis meses e o que nos dá um pouco de insegurança é quanto a questão de oportunidade de trabalho. Também pensei num programa de doutorado, mas os que nós encontramos teria como uma das condições a de retornar para meu país de origem para aplicar meus conhecimentos adquiridos.
Portanto, diante do que lhe apresento como esboço e seu conhecimento, gostaria que você pudesse nos dar alguma sugestão ou orientação. Também se vier a algum programa de intercambio em SP ou RJ neste primeiro semestre de 2016, por favor me informe.
Desde já agradeço sua atenção e por compartilhar seus conhecimentos.
Leandro

Resposta
Rosana Melo Janeiro 6, 2016 at 2:52 am

Oi Leandro, feliz ano novo! Que legal que estão pensando em buscar oportunidades por aqui, vale realmente a pena.
Se sua ideia é mesmo vir tem que se planejar. Emprego depende da sua área profissional e do nível de inglês claro. A maioria dos estudantes conseguem trabalho na média em 3 meses, mas nada é garantido. Se vier como estudante terá que comprovar renda suficiente quando solicitar seu visto. Caso você tenha dúvidas sobre vistos sugiro que procure um immigration adviser. Se eu puder ajudar com algo mais me envie um email no [email protected]. Bjao e até…

Resposta
Leandro Safra Janeiro 6, 2016 at 6:04 pm

Olá, Rosana, tudo bem! Feliz Ano Novo para vc também, que seja repleto de consquistas.
Muito obrigado por rápida resposta e pela disponibilidade de receber meu email. Em breve lhe enviarei.

Leandro

Resposta
Renner Marques Janeiro 8, 2016 at 12:54 am

Oi Rosana,
estava em dúvida entre viajar para Austrália ou Nova Zelândia. Mas após ler o texto acima, você me convenceu em escolher a Nova Zelândia. Sou engenheiro mecânico e trabalho há 13 anos na indústria de petróleo e gás no Brasil. Devido a importância do inglês na minha profissão, decidi fazer um intercâmbio de um ano para aprimorar meu inglês. Entretanto, apesar de ter juntado dinheiro para passar um ano no exterior, gostaria de saber se existe facilidade de conseguir trabalho na Nova Zelândia para compensar os gastos diários.

Desde já agradeço e Feliz Ano Novo!!!

Resposta
Rosana Melo Janeiro 12, 2016 at 7:41 pm

Oi Renner, excelente escolha!
Apesar de também adorar a Austrália, acho difícil comparar com a tranquilidade da NZ. Tenho certeza que não irá se arrepender! Aqui é um excelente lugar pra se aprender inglês e há sim a possibilidade de você conseguir trabalho enquanto estuda. Você terá que atender a certos requisitos para se ter permissão de trabalho e a escolha da cidade certa fará toda a diferença para que consiga atingir o que está vindo buscar por aqui. Se precisar de ajuda, não deixe de entrar em contato com o nosso time da YepNZ também. Assim poderemos te orientar e te acompanhar por aqui durante seu intercâmbio. Bjao e te vejo na NZ em breve!

Resposta
Leonardo de Carvalho e Souza Janeiro 11, 2016 at 12:51 am

Sra. Rosana, boa noite!
O seu artigo foi não somente esclarecedor, mas motivador.
Tenho buscado informações em diversos blogs e sites institucionais que orientem o processo de imigração, mas não tem sido uma tarefa facil filtrar a gama de links, formularios, tutoriais e solicitações documentais que se apresentam.
Foi então que encontrei este pequeno artigo, com seu contato e direcionamento para o site que representas.
Gostaria de dar continuidade neste processo com a parceria do YepNZ.

Agradeço o espaço para exposição.
Cordialmente,
Leonardo de Carvalho

Resposta
Rosana Melo Janeiro 12, 2016 at 7:46 pm

Oi Leonardo, obrigada pelo comentário.
Entendo perfeitamente o que está passando. Quando vim para a NZ também achei super difícil encontrar informações de qualidade e confiáveis. Pra te dizer a verdade essa foi uma das motivações para iniciarmos nosso trabalho com intercâmbio.
O objetivo da YepNZ é “proporcionar poder através do aprendizado”, pra isso nós buscamos estar sempre informadas e atualizadas com todos os processos e iremos adorar ajudar a você a realizar o seu sonho por aqui também.
Aguardaremos o seu contato.
Grande abraço e até breve.

Resposta
jane rosa Fevereiro 8, 2016 at 12:36 pm

Rosane que fantástico seus textos!
Desde ano passado qnd nossa filha nasceu pensamos em mudar p NZ pela qualidade de vida, meu marido engenheiro elétrico , tem mestrado e atualmente trabalha em uma empresa mundia de software, eu quero fazer graduação (minha área alimentação e acabei não me formando) e nossa bebê tem 6 meses.
nestas condições vc acha difícil conseguir visto pra ir morar aí?
Quanto em média de dolar NZ precisaríamos para nos manter por um ano?
Desculpe as perguntas mas como vc é realizadora de sonhos …quero sonhar e realizar.Obrigada

Resposta
Rosana Melo Fevereiro 9, 2016 at 4:39 am

Oi Jane que bom que gostou, fico super feliz! 🙂
Pelo que você descreveu, tem vários pontos positivos na situação de vocês. Você fazer uma pós é com certeza uma super porta pra sua família. A imigração do país exige que você tenha 15 mil NZD por ano (por pessoa) para cobrir seus custos por aqui. Este valor é bem perto da realidade e pode ser maior ou menos de acordo com o estilo de vida da pessoa. Caso tenha mais alguma dúvida ou queira saber opções pra de curso entre em contato comigo por email no [email protected]. Será um prazer ajudar vocês a realizarem o sonho de vcs…Super beijo a todos! 🙂

Resposta
Rosângela Sá Fevereiro 25, 2016 at 4:31 pm

Olá!
Meu esposo está analisando uma proposta de emprego em Tokoroa. O que acha do lugar?
Achei o país fantástico e o Brasil é insegurança de todos os modos.
Obrigada pelo seu artigo. Muito inspirador.

Resposta
Rosana Melo Fevereiro 26, 2016 at 3:05 am

Oi Rosângela, que bom que o artigo ajudou de alguma forma. Realmente tenho ouvido bastante relatos da insegurança do Brasil em vários setores no momento.
Tokoroa é uma cidade bem pequena, já passei lá algumas vezes indo pra outros lugares. Não conheço a fundo, mas imagino que seja bastante calmo, fácil de se movimentar e relacionar, porém sem muitas atrações. Lembre-se que tudo aqui é perto portanto você pode ir pra outras cidades maiores pra se divertir. Se seu marido tem um trabalho lá, já é um ótimo começo. Boa sorte pra vocês e espero que possamos nos encontrar por aqui um dia! Super beijão…

Resposta
Rayner Março 18, 2016 at 7:47 am

Oi Rosana! Eu sempre me interessei pela Nova Zelandia e gostaria de tirar um duvida, eu tenho cidadania japonesa, li em alguns locais que posso adquirir um visto de um ano para estudo e trabalho mais facilmente, gostaria de orientação sobre isso, pois estou vivendo no Japao atualmente e gostaria muito de me mudar para a NZ

Resposta
Rosana Melo Março 20, 2016 at 8:07 am

Oi Rayner, que legal que mora no Japão. Participei de um hangout como convidada de uma brasileira que mora por aí e tem um canal no youtube a pouco tempo. 🙂
Com o passaporte brasileiro você pode sim solicitar o working holiday visa, que te dá direito a permanecer no país por até um ano, estudando, viajando e trabalhando. É uma opção super interessante, mas é bem concorrido. E é claro você terá que atender os pré requisitos para solicitar. Se quiser saber mais sobre essa opção, vá até o website da Yep: http://www.yepnz.com e baixe o e-book que escrevemos especialmente sobre o WHV, é gratuito. 🙂 Tenho certeza que irá tirar todas as suas dúvidas. Ser beijão, boa sorte e te vejo na NZ.

Resposta
Alexandro Nogueira Março 28, 2016 at 3:52 pm

Olá Rosana …Seus textos são bastante proveitosos. Eu e minha noiva já estamos planejando a nossa partida para NZ em janeiro de 2017,,Sou formado em Educação Física com especialização e iniciei curso de inglês, ela Professora de Inglês.Queremos trabalhar seja na área ou não…Quais as nossas chances na NZ?

Resposta
Rosana Melo Março 28, 2016 at 10:37 pm

Oi Alexandre, fico feliz que tenha achado o texto válido pra você. Bom saber que estão planejando a viagem de vocês, esse é com certeza o melhor caminho. Se programar pra evitar surpresas. Trabalho é uma coisa muito relativa, sempre depende da atitude positiva de cada um e claro no nível de inglês. Claro que tem que levar em consideração que você tem que ter visto de trabalho para conseguir um trabalho por aqui. Como estudante você pode trabalhar ate 20hrs por semana, essa é geralmente a forma mais tranquila de se começar. Os estudantes demoram uma média de até 3 meses para conseguir o primeiro trabalho. Caso tenha interesse em saber sobre cursos por aqui, não deixe de entrar em contato com a equipe da YepNZ no [email protected]. Bjao e boa sorte pra vocês.

Resposta
Graziele Cordeiro Maio 9, 2016 at 3:02 pm

Olá Rosana, eu sou técnica em química, tenho 18 anos e estou muito interessada em focar meu futuro na Nova Zelândia. Gostaria de saber se existem vagas nessa area no país?
Também tenho o desejo de fazer uma graduação em culinária na parte de doces. O que você me diz a respeito das oportunidades nessas áreas na Nova Zelândia?

Desde já obrigada!

Resposta
Rosana Melo Maio 9, 2016 at 8:46 pm

Oi Graziele, muito legal ver uma pessoa jovem como você já focando no seu futuro! Parabéns…Então eu particularmente não conheço bem a área de química, então fica difícil te ajudar. Culinária é sim um área bem forte e chefes estão sempre na lista de profissões necessárias no país. Caso queira saber mais sobre áreas especificas na NZ pode também contratar uma consultoria especializada no site http://www.yepnz.com. Super boa sorte e nos vemos pelo mundo. Bjao

Resposta
Jana Garcia Maio 28, 2016 at 12:23 pm

Olá, tudo bem? Adorei o texto e o achei muito inspirador! Eu e meu namorado também estamos pesquisando para sair do país, mas tenho um pouco de receio com o que posso encontrar de oportunidades aí para a minha profissão (psicóloga). Pra ele sei que será mais fácil (programador), mas pra mim, acho pouquíssima coisa sobre… Como é a profissão de psicologia por aí? O que dá pra fazer indo com essa profissão? Em que trabalhar? Onde posso obter mais informações? Obrigada desde já 🙂

Resposta
Rosana Melo Maio 29, 2016 at 6:59 am

Oi Jana, obrigada pelo comentário. Realmente a área da saúde é um pouco mais complicada mesmo, pois você terá que passar por alguns steps até que possa exercer sua profissão. Trabalhamos com consultoria na YepNZ onde fazemos uma pesquisa especializada baseada na sua experiência e nos seus objetivos na NZ e te passamos o passo a passo para atingir o seu objetivo. Pode ser interessante pra você. Caso tenha interesse dê uma olhada no website da Yep, http://www.yepnz.com. Bjao, boa sorte e vejo vcs na NZ! 🙂

Resposta
Maureen Lana Araujo Reis Junho 5, 2016 at 7:09 pm

Olá Rosane sou de São Luis – Maranhão. Adorei sua matéria. Sou graduada em psicologia com especialização em Neuropsicologia e saúde mental. Gostaria de saber como é a área da psicologia aí.

Resposta
Rosana Melo Junho 5, 2016 at 11:38 pm

Oi Maureen, acredita que não conheço seu estado? Vejo lindas fotos do Maranhão mas não tive a oportunidade de visitar. Quem sabe da próxima vez que for ao Brasil…Então como respondi no outro post acima, a área da saúde é um pouco complicada por aqui. Existem vários passos a serem tomados até que possa exercer sua profissão, mas sem dúvidas é uma profissão bem vista e valorizada por aqui. Caso tenha interesse em um estudo específico para sua área de atuação posso te ajudar através da consultoria que fazemos na YepNZ. É só verificar nosso site http://www.yepnz.com. Fico no seu aguardo. Bjao, boa sorte e espero te ver por aqui um dia…

Resposta
Débora Brito Julho 27, 2016 at 9:28 pm

Olá, Rosana! Adorei seu texto 🙂

Ok, vamos lá:
Em 2016 termino o ensino médio aqui no Brasil e um dos meus sonhos é fazer faculdade no exterior, especificamente na Nova Zelândia, meu inglês é básico mas tenho muita facilidade em entender a língua e, espero até o fim de 2017 estar fluente e embarcando para NZ. Meu namorado acabou a faculdade de Mecatrônica Industrial e uma Iniciação Científica recentemente e é fluente em inglês, juntos gostaríamos de tentar a sorte por aí.
Você tem algum conselho ou recomendação para nos dar? Nós conseguiríamos emprego facilmente? Inicialmente, sem emprego garantido no país, que visto seria o mais recomendado?

Desde já, muito obrigada!

Débora.

Resposta
Rosana Melo Julho 27, 2016 at 11:48 pm

Ola Debora,
Obrigada pelo comentário! O principal conselho para vocês neste momento é que melhorem o inglês. Quanto melhor o inglês mais possibilidade de conseguirem trabalho quando chegarem por aqui. Não é fácil conseguir emprego, mas tbm não é impossível, notamos que os estudantes demoram de 2 a 3 meses para conseguir o primeiro e depois da primeira experiência fica fácil. Mas tem que correr atrás e ter atitude positiva. Se tiverem menos de 30 anos podem tentar o Working Holiday Visa que é bem bacana e você poderá trabalhar e viajar pelo país por até 1 ano. Se essa não for uma opção vir como estudante te dará permissão de trabalho por 20hrs semanais. Se quiser saber mais sobre essas opções e mesmo receber orçamentos de cursos para entender custos não deixem de dar uma olhadinha no website da Yep que é http://www.yepnz.com. Super beijão e boa sorte!

Resposta
Lana Julho 28, 2016 at 5:43 am

Boa noite Rosana,adorei seu texto! <3 Parabéns pelos textos são ótimos 🙂

Gostaria de perguntar uma coisas:

1-Vc disse que tem partes da Nova Zelândia que são EXTREMAMENTE FRIAS , quais são ESSAS CIDADES? GOSTARIA DE MORAR EM UMA CIDADE MAIS FRIA.Nessas cidades tem muitas oportunidades de trabalho?

2- Com o VISTO DE ESTUDANTE É POSSIVEL FAZER CURSOS TÉCNICOS NO PAÍS? SE GANHA BEM fazendo cursos técnicos? ou é como no Brasil que é quase uma obrigação fazer faculdade?

3- Quais são os cursos de cursos de níveis acima de 7 que você citou no texto?

4- A area de NUTRIÇÃO É BOA AI? Muito procurada?

Se puder me responder,agradeço. bjssss <3

Resposta
Rosana Melo Julho 31, 2016 at 1:56 am

Oi Lana, obrigada por ler os textos e pelo carinho. A Ilha Sul da Nova Zelândia tem as cidades mais frias, quanto mais ao Sul, mais frio, alguns exemplos são: Queenstown, Dunedin, Christchurch e Invercargill. Oportunidades de trabalho é bem relativo, depende sempre da sua área e nível de inglês. Algumas cidades são bem pequenas e portanto limitadas para certas profissões. Se optar por fazer um curso técnico vc terá visto de estudante com permissão de trabalho sim. Por aqui sua experiência prática conta da mesma forma que uma qualificação, é bem diferente do Brasil. Cursos de level 8 por exemplo corresponde a uma pós-graduação no Brasil, level 9 um mestrado. Não conheço bem sobre a área de nutrição, mas acredito ser bem ampla e como é relacionada a saúde um pouco mais complicada de exercer por aqui. Espero que tenha respondido tudo…:) Super beijao e ate breve.

Resposta
Alex Cleiton Agostinho Agosto 22, 2016 at 8:55 pm

Olá Rosana Melo, espero que esteja bem; então, me chamo Alex e moro em Vitória, ES – Brasil, gostaria de saber se em NZ possui muitas empresa que atua na área petrolífera do País, exploração e perfuração de poços de petróleo em alto mar, manutenção de poços, construção naval em estaleiros com dique seco e dique molhado, enfim, toda trabalho voltado para o petróleo, se sim, quais as cidades se localizam mais estes tipo de serviço, tu pode dizer por favor, pois, atuei anteriormente, como Analista Químico de Petróleo Offshore (Petroleum Chemist – 08 anos) & Mecânico de Sonda de Perfuração de Petróleo Offshore (Rig Mechanic – 08 anos) e possuo uma empresa de Refrigeração e Climatização Industrial aqui onde moro atualmente, e gostaria muito de ir á NZ á trabalho entende (Inglês intermediário – Offshore); contudo, certo de tua compreensão, tenha uma semana e fico no aguardo do teu feedback, obrigado !!! Sincerely, Alex Cleiton Agostinho | @.: [email protected]

Resposta
Rosana Melo Agosto 27, 2016 at 7:11 am

Oi Alex, obrigada por ler o texto e deixar o comentário. 🙂 Veja que a NZ é bem pequena e verde, portanto não tem uma área de petróleo forte como no Brasil. New Plymouth possui uma empresa de óleo e gás, pode ser algo pra sua pesquisa. Eu não conheço muito sobre sua área pra te falar mais. Caso tenha interesse em uma consulta especializada a YepNZ oferece um serviço de consultoria onde faz pra você uma pesquisa sobre o que deseja saber e como fazer para atingir seu objetivo. Veja que tudo dependerá de visto, você tem que estar autorizado a trabalhar no país. E inglês é bem importante. Caso queira saber um pouco mais dê uma olhada no website http://www.yepnz.com. Super beijo e boa sorte!!!

Resposta
Laura Novembro 26, 2016 at 11:38 pm

Oi, Rosana!
Aonde são divulgadas essas vagas para Working Holiday Visa?
Sou formada em zootecnia e gostaria de tentar a área de ovinocultura ou pesquisa.

Resposta
Rosana Melo Novembro 27, 2016 at 12:12 am

Oi Laura, as vagas são divulgadas no site da imigração da Nova Zelândia. Se quiser saber mais sobre como funciona esse visto e os pre requisitos, baixe o nosso e-book gratuito no no site da YepNZ. Com certeza vai ajudá-la… Link: http://yepnz.com/guia-working-holiday-visa/
Bjao e boa sorte! 🙂

Resposta
ariane Fevereiro 10, 2017 at 5:10 pm

Oi Rosana, Me da uma ajuda por gentileza … estou pensando em fazer um curso na Nova Zelandia e gostaria de ficar um ano … Tenho um marido e dois filhos em idade escolar. Pergunta 1: Meus filhos terao acesso a escolas publicas? Pergunta 2: Eu vou com meu marido, ele tera visto de trabalho por conta de eu estar ai estudando? Obrigada pela ajuda!

Resposta
Rosana Melo Fevereiro 12, 2017 at 9:40 pm

Oi Ariane, que interessante que está pensando em vir estudar aqui. Foi o que eu fiz quando vim também. Veja que tudo depende do curso que você quer cursar. Dependendo do nível do curso que você se matricular o seu marido poderá sim ter visto de partner e trabalhar e seus filhos poderão se matricular como alunos domésticos. Claro que tudo depende da sua formação no Brasil e nível de inglês. Se quiser saber melhor especificamente para seu caso mande um email pra gente no [email protected] que teremos maior prazer em ajuda-la a escolher algo de acordo com seu perfil e suas possibilidades. Ficamos no aguardo. Super beijão, boa sorte e nos vemos por aqui…

Resposta
Claudia dos Santos Março 2, 2017 at 2:04 pm

Oi Rosana, gostaria de saber se existe possibilidade de ir com a família para Nova Zelândia para morar e trabalhar, meu marido é chefe de cozinha, e eu trabalho com eventos no Brasil, temos duas filhas de 11 e 15 anos, a mais velha fala bem o inglês. Qual o preço médio de uma casa? Minhas filhas poderiam estudar em uma escola pública? Tem alguma cidade ou bairro em que se concentra maior quantidade de brasileiros? Seria possível abrir um negócio, tipo restaurante?
Desde já agradeço.

Resposta
Rosana Melo Março 16, 2017 at 1:24 am

Oi Cláudia, obrigada pelo comentário aqui. Todos os anos recebemos muitas famílias por aqui, assim como vcs. Vc tem que ter em mente que o principal é conseguir um visto e estar legal no país. Vcs podem tentar um trabalho e alguém pra ser sponsor de vocês, vindo assim com visto de trabalho, mas conseguir um trabalho estando fora do país pode ser bem difícil. É possível sim vir abrir um negócio, nesse caso vc teria que investir no país. Veja que com relação a visto e empreendimento e trabalho o ideal é que consulte o site da imigração do país ou um immigration adviser. O valor das casas variam bastante de cidade pra cidade, visite o canal da Yep!NZ no youtube que temos um vídeo com uma brasileira que vende casas por aqui e fala um pouco sobre isso.Outra forma em que as famílias conseguem vir é uma das partes estudando, cursando level 8 ou acima (pós-graduação) as crianças menores de 19 anos tem possibilidade de estudar como alunos domésticos e seu marido poderia trabalhar em período integral. Se tiver algo mais que possamos te ajudar com relação a educação é só enviar um email para [email protected]. Bjao e ate!

Resposta
Marília Fernandes Maio 19, 2017 at 6:05 pm

Fiz intercambio na NZ em 2000. Residi por 1 ano em Christchurch. Hoje sou formada em Psicologia com especialização e mestrado em Psicologia Organizacional. Como são as oportunidade aí pra essa área?
Abraços, Marília

Resposta
Rosana Melo Maio 21, 2017 at 12:36 am

Oi Marília, que legal que já morou por aqui! Veja que a a área de psicologia é uma boa área no país, porém vc só conseguirá exercer sua profissão se conseguir reconhecer o seu diploma por aqui. O passo a passo pode ser um pouco burocrático mais é super possível. Se quiser saber mais fazemos um serviço de consultoria para casos específicos. Se tiver interesse veja como funciona através do nosso site http://www.yepnz.com. Bjao e boa sorte! 🙂

Resposta
Felipe Alvarenga Abril 5, 2018 at 3:02 am

Olá Rosana,
Primeiramente, eu gostaria de parabeniza-la e agradecer pelo texto esclarecedor e motivante que você escreveu. Em 2016 realizei intercâmbio de dois meses em Auckland-NZ para estudar inglês, foi uma experiência incrível, onde tive a oportunidade de morar durante este período na casa de uma família nativa com pessoas sensacionais. Gostei tanto do país que fiquei interessado em morar na NZ, porém, gostaria de continuar exercendo a minha profissão. Sou engenheiro de materiais e possuo nível de inglês avançado, gostaria de saber se é possível eu conseguir validar meu diploma na NZ e quais seriam os primeiros passos para conseguir esta validação?
Tentar um programa de pós graduação ou mestrado na NZ poderia ser um caminho mais fácil para conseguir trabalhar como engenheiro por ai? Existem programas com bolsas de estudo para estes tipos de especializações na NZ?

Obrigado. Abraços!

Resposta
Liliane Oliveira Abril 5, 2018 at 11:50 pm

Olá Felipe,
A Rosana Melo parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Nova Zelândia que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação