BrasileirasPeloMundo.com
Chile

Os chilenos preferem o sul

Os chilenos preferem o sul.

Viver no Chile é uma ótima oportunidade para explorar o país de norte a sul sem grandes dificuldades. Com apenas 4270 km de extensão e paisagens bem diferentes (o Norte seco e árido com o deserto do Atacama e o sul verde e exuberante com a Patagônia Chilena) o país reúne as condições ideais para quem tem alma de viajante.

Nas férias de verão, Santiago fica bem vazia, já que a cidade não tem praia, nem de mar, nem de rio. A solução para os santiaguinos é viajar. E eles não têm dúvida na hora de decidir: a maioria viaja para o sul.

Pode parecer estranho considerando que ao norte do país encontram-se as praias com águas mais quentes, enquanto a temperatura média da água nos rios é de 16°C. Mesmo assim, quando perguntados sobre qual é o melhor destino do Chile, fica clara a preferência dos turistas locais e estrangeiros pelo sul do país.

Não foi por acaso que nessa temporada algumas celebridades foram flagradas passeando por aqui. O ganhador do Oscar, o ator Tom Hanks, foi visto em Punta Arenas, onde fez uma escala antes de partir numa expedição à Antártida. Quem também esteve bem ao sul, em Torres del Paine, foi o líder da banda canadense Rush, o baixista Geddy Lee.

Iglesia San Francisco en Castro

Mas, afinal de contas, o que faz do sul do Chile uma região tão encantadora? Nem precisa ir tão longe assim para saber. Antes de chegar à Patagônia, a Torres del Paine ou à Antártida, o viajante se depara com algo muito mais precioso nos dias de hoje: a hospitalidade e o jeito carinhoso das pessoas que moram na região.

Sempre gostei de viajar e várias pessoas me recomendavam ir ao sul do Chile. Não entendia muito bem a insistência, nem me parecia muito atrativo viajar nove horas de carro num feriadão, apenas para ir e voltar. Tinha que valer muito a pena!

Pois foi justamente quando eu estava com quatro meses de gravidez que finalmente consegui visitar o sul do Chile. Fomos de avião, eu e meu marido, até Puerto Montt. Em apenas 1h40min de voo chegamos à cidade situada a 1.100km de Santiago.

Igreja com arquitetura chilote.

Dali, alugamos um carro e partimos para a nossa aventura. Em três dias, percorremos quase mil quilômetros. Não conseguimos ver tudo, mas foi possível conhecer muitos lugares. Também consegui entender por que os chilenos fazem essas viagens de carro. Justamente porque entre as grandes cidades percorridas há muitas localidades para visitar.

De Puerto Montt, partimos direto a Chiloé. A ilha é famosa pelas igrejas consideradas patrimônio mundial pela Unesco desde 2000. São quase 60 igrejinhas de madeira construídas com a típica “arquitetura chilota”. Outra marca registrada são as casinhas de palafitas coloridas, além da hospitalidade dos habitantes, a gastronomia rica em frutos do mar (especialmente mariscos) e o lindo artesanato local, rico em várias técnicas.

A viagem já começa em grande estilo, pois a chegada é somente pelo ferry que atravessa o canal de Chacao. O ideal é partir direto para Castro, capital da província de Chiloé, que reúne excelentes opções de hospedagem e gastronomia. Quando chegamos fomos direto a “Plaza de Armas” visitar a Iglesia San Francisco, com a tradicional arquitetura chilota. Dali, fomos ao mercado para conhecer um pouco do artesanato local e comprar algumas lembrancinhas. Terminamos nosso passeio tirando fotos em frente às palafitas de Chiloé.

Saímos cedo para pegar a estrada e viajar a Ancud, local escolhido para passarmos a nossa primeira noite no sul. Foi uma ótima decisão. Ancud é tranquila, tipo vila de pescadores. Não tem grandes atrativos, mas é mais barata que Castro para pernoitar e estrategicamente bem localizada se a ideia é seguir viagem. Esse era o nosso caso!

No dia seguinte, tomamos o café da manhã e fomos para a estrada novamente. As paisagens do sul são realmente exuberantes! Muito verde! Céu azul! Casinhas lindas e aquela vida do campo bem tranquila. Fomos em outubro, uma ótima época porque não chove muito, como no inverno, nem faz tanto frio.

A viagem continuou em Puerto Varas, onde fizemos vários passeios maravilhosos! O mais especial foi a visita aos “saltos del Petrohué”. Uma sequencia de quedas d’água belíssimas onde é possível sentir a força da natureza. A água tem uma cor verde esmeralda incrível! Dali também se pode observar o vulcão Osorno, simplesmente lindo! Também visitamos Frutillar, balneário famoso pela presença de imigrantes alemães. Foi lá que experimentei a “kuchen”, tradicional torta elaborada com receitas de família. Também visitamos o Teatro do Lago, uma construção impressionante com um visual deslumbrante!

Saltos del Petrohué

Aos poucos você compreende a paixão dos chilenos pelo sul: é a natureza em sua forma mais exuberante. Para eles, seria o que é a nossa Amazônia. O deserto pode ser bonito, mas carece de vida, de verde! Por outro lado, o sul possui cenários lindíssimos e lugares em que a natureza e a vida simples estão intactamente preservadas.

A exceção foi a nossa última parada, Puerto Montt. A cidade sofre com a poluição do ar causada pelo uso de lenha em aquecedores. O período crítico é entre abril e setembro, por isso, não sentimos nenhum efeito colateral. Aproveitamos para passear no Mercado de Angelmo e comer mais um salmão maravilhoso! Também compramos salmão super barato para trazer a Santiago. Voltei apaixonada pelo sul do Chile, por sua gente e suas belezas naturais!

Agora, entendo essa paixão dos chilenos.

Related posts

O que fazer em Santiago no Chile?

Joy Matta

8 aplicativos para usar no Chile

Isabela Vargas

Tarjeta vecino, para que serve?

Kátia Ribeiro

8 comentários

Hugo Araujo Maio 6, 2016 at 7:52 pm

Amei o texto. Bem informativo e me convenceu. Já sei para onde vou fazer minha próxima viagem. Lindas fotografias.

Resposta
Isabela Vargas Maio 7, 2016 at 2:03 am

Obrigada Hugo! Que bom que você gostou! Agora, está na hora de conferir pessoalmente essas maravilhas do sul do Chile! Que tal? As fotos sao do Cristian Carvallo, meu marido e fotógrafo profissional! 🙂

Resposta
Gisela Leite Maio 17, 2016 at 12:46 am

Amei seu texto, em julho próximo irei até o sul do Chile para desfrutar dessas maravilhas !
Fiquei encantada com sua narrativa e me sinto mais motivada para conhecer agora.

Resposta
Isabela Vargas Maio 17, 2016 at 1:34 pm

Obrigada Gisela! Que bom que você gostou do texto! Você vai se apaixonar pelo sul do Chile! É uma experiencia única e inesquecível! Espero que você tenha uma ótima viagem!

Resposta
Leonam Mendes de Lima Filho Maio 29, 2016 at 11:32 pm

Justamente o que eu estava procurando… rsrsrs. Planejo fazer essa viagem justamente em outubro. Você me informar onde alugou o carro q utilizaram e qual o valor médio da diária? Estou com esse problema em virtude do valor para pegar em um lugar e entregar em outro. Obrigado.

Resposta
Isabela Vargas Maio 30, 2016 at 3:16 am

Oi Leonam! Eu usei uma locadora que me deu problema depois, mas tenho uma outra excelente que utilizo atualmente e que também tem loja em Puerto Montt. Vou te mandar por email ok? Boa viagem!

Resposta
milena vargas Julho 13, 2017 at 7:34 pm

Amei o texto e as fotos!!!

Resposta
Isabela Vargas Julho 14, 2017 at 6:46 pm

Obrigada! Tem que vir para conhecer ao vivo. É maravilhoso!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação