BrasileirasPeloMundo.com
Chile Cinema Pelo Mundo

Os melhores filmes para entender a sociedade chilena

No início desse ano, assisti a dois filmes sobre o Chile na Netflix e fiquei pensando em todos os outros que já vi e que me ajudaram a conhecer melhor o país onde vivo. Como a quantidade é relevante e interessante, selecionei minha listinha com os melhores filmes para entender a sociedade chilena. Prepare a pipoca e o guaraná e confira agora!

Veja também Como é estudar no Chile?

Amor e Revolução (Colonia, 2015)

Vou começar com um dos filmes a que assisti recentemente. Apesar de ter sido detonado pela crítica, acredito que esse filme vale a pena porque trata de um episódio horroroso sobre a história chilena. A atriz Emma Watson é a estrela do trailer com uma história fantástica sobre a busca desesperada de uma jovem por seu namorado, um preso politico levado para a Colonia Dignidad, uma seita da qual ninguém jamais escapou.

Para quem ficou curioso, trata-se de uma colônia alemã que uniu nazismo, abuso sexual de crianças e tortura durante a ditadura do Pinochet. Recentemente, o governo alemão revelou documentos sigilosos que comprovam a colaboração com a Dina (a polícia secreta da ditadura Pinochet). Tudo isso é retratado no filme em questão.

ReMastered: Massacre no Estádio (ReMastered: Massacre at the Stadium, 2019)

Outro dos filmes a que assisti no início do ano e que relata um período muito triste do Chile. Trata-se de um documentário que questiona quem matou Victor Jara, o músico e ativista chileno que morreu durante a ditadura em seu país. Jara era o rosto do governo Allende e foi um dos primeiros apoiadores a ser preso e assassinado no golpe militar de 1973. Indispensável para compreender como a ditadura conseguiu praticamente aniquilar o movimento da Nova Canção Chilena.

Violeta Foi Para o Céu (Violeta se fue a los cielos, 2011)

Outra grande figura do movimento conhecido como Nova Canção Chilena, Violeta Parra também teve sua vida retratada numa grande obra cinematográfica. O filme mostra a vida desta fascinante cantora e folclorista que ganhou fama internacional por seus grandes feitos. Além de seu legado musical, imortalizado nas vozes de grandes artistas, Violeta notabilizou-se por suas obras de artesanato com as serapilheiras o que a levou a ser a primeira artista latino-americana a expor seu trabalho no Louvre. O filme ajuda a mergulhar na autêntica cultura chilena através desta personagem apaixonante.

A Criada (La Nana, 2009)

Alguns filmes chilenos são indispensáveis para entender o “clasismo” forte que existe aqui. Um deles é o premiado “La Nana”, do diretor Sebastián Silva. Trata-se de um drama centrado na vida de uma empregada doméstica que tenta manter seu emprego depois de trabalhar com uma família por 23 anos. Esse filme causa o mesmo desconforto provocado pelo “Que horas ela volta”, já que escancara as barreiras de classe existentes e que muita gente faz questão de ignorar.

Machuca (2004)

Esta é outra poderosa obra cinematográfica do diretor chileno Andrés Wood (o mesmo que dirigiu “Violeta foi para o céu”) e que expõe o “clasismo” chileno. O filme usa como pano de fundo a ditadura militar e o golpe de 73. Os fatos são narrados a partir da amizade entre dois garotos vindos de classes sociais completamente opostas. Costumo dizer que o Brasil de hoje é o Chile de 73 e sempre lembro desse filme quando faço essa associação. Vale muito assistir e conferir!

No (2012)

Eu não sabia nada sobre o processo de transição democrática no Chile até assistir a esse filme. O evento é retratado a partir da história de um executivo de publicidade que apresenta a campanha para derrotar Augusto Pinochet no referendo do Chile em 1988. Para quem não sabe (como eu não sabia), o governo Pinochet cedeu à pressão internacional e, em 5 de outubro de 1988, organizou uma votação para decidir o seu destino e foi derrotado nas urnas democraticamente.

A Casa dos Espíritos (The House of the Spirits, 1993)

Este é outro filme que usa os fatos históricos como pano de fundo para contar a saga de quatro gerações da família Trueba, desde o início do século XX até a década de 1970. Baseado no romance da escritora chilena Isabel Allende, a história tem como personagens principais um fazendeiro, sua esposa vidente e sua família que enfrentam anos conturbados na América do Sul. Além disso, faz uma crítica ao modelo patriarcal capitalista e ao machismo na América Latina, com vários personagens femininos de destaque, interpretados por estrelas como Meryl Streep, Glenn Close e Winona Ryder.

Gloria (2013)

Nem só de filmes históricos e antigos vive o Chile. Para compreender os chilenos e seu país, existem filmes modernos ambientados na Santiago de hoje. Um deles é Gloria, filme centrado em uma mulher mais velha e de espírito livre. Separada, ela inicia um relacionamento com um ex-oficial naval que conhece na balada. A interpretação da atriz chilena Paulina García é impecável e fica realmente impossível não se apaixonar por Gloria!

Uma Mulher Fantástica (Una Mujer Fantástica, 2017)

Assim como Gloria, Uma Mulher Fantástica é uma obra cinematográfica do premiado diretor chileno Sebastián Lello. Foi com a história de Marina, uma mulher transgênero que trabalha como garçonete e como cantora numa boate, que o Chile ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2018. Interpretada pela atriz Daniela Vega, Marina tem sua vida transformada depois que o namorado mais velho morre e ela passa a ter seu mundo abalado pela primeira esposa e os filhos do falecido.

Espero que vocês tenham gostado dessas dicas com os melhores filmes para entender a sociedade chilena. Com certeza, cada um deles tem elementos para ajudar a conhecer melhor o Chile e os chilenos.

Veja também Como é morar em Santiago no Chile

Related posts

Chile – Sociedade

Joy Matta

Cinco motivos para não morar em Santiago no Chile

Isabela Vargas

Dez motivos para morar no Chile

Joy Matta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação