BrasileirasPeloMundo.com
Estações do Ano pelo Mundo Finlândia

Primavera na Finlândia

Primavera na Finlândia

Ah, primavera! Crescemos lendo livros ilustrados que apresentam a primavera como a estação das flores, com um belo sol e uma natureza vibrante, cheia de cores. Me mudei para Finlândia a um ano atrás, e a ideia de primavera florida acabou caindo por terra para mim, ou pelo menos alterando bastante as expectativas.

Na Finlândia, a primavera se inicia em março e se estende até meados de maio. Seu início pode ser percebido com o derretimento da neve, que acostumamos ver durante todo o inverno, e a chegada de um vilão chamado “gelo negro” (mustajää em finlândes). É uma traiçoeira fina camada de gelo transparente no asfalto, algo que requer atenção redobrada para caminhar e triplicada para dirigir, porque realmente o carro pode acabar deslizando. É importante o motorista estar totalmente concentrado para evitar qualquer acidente.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Finlândia

Ainda falando em gelo, muitos lagos continuam congelados e servem para a diversão de patinadores de gelo, ice sailing, que são uma espécie de barcos à vela no gelo. Praticar esportes de gelo em cima de um lago é uma experiência incrível, porque o “solo” acaba tendo riscos que se assimilam com rachaduras, por ser naturalmente a água transformada em estado sólido e não uma arena feita artificialmente totalmente regular. Tudo fica mais emocionante e bonito.

E para os mais entusiastas do frio, tomar banho de água em um buraco de gelo ainda é possível! Principalmente próximo a saunas públicas é possível encontrar buracos já feitos e prontos para se aventurar.

Apesar da região sulista do país já estar dando tchau para a neve e vendo alguns traços da cor verde pelos gramados da cidade durante a primavera, no norte do país ainda pode-se achar muita neve e esportes de inverno. Os parques de esqui e snowboarding continuam cheios e a todo vapor até o final de maio.

Leia também: Quando a primavera chegar

Outro fato relevante sobre a primavera na Finlândia é que, aos poucos, os dias estão mais claros. Isso pode parecer algo não tão importante, mas depois de vivenciar o inverno finlandês, cada dia mais claro é um ótimo motivo para celebrar. Os dias longamente escuros e frios do inverno realmente deixam todas as pessoas mais introvertidas e, talvez, tristes de alguma forma, intensa ou passageiramente, e por isso a primavera tem esse ar de alegria. Começar a sentir o sol pela manhã é algo maravilhoso. Sempre acordei de bom humor de modo geral durante minha vida, mas confesso que durante o inverno não foi tão fácil assim. A primavera chegou me animando muito e, conversando com outros residentes, finlandeses ou não, isso é um sentimento que quase todo muito tem.

Apesar das cores não serem como nos nossos livros de infância, em jardins floridos, ao invés de cores, ganhamos na primavera aqui uma energia mais otimista das pessoas ao redor. Apesar de os finlandeses serem sempre muito reservados e prezarem seu espaço individual, apenas com o início da primavera já é possível encontrar mais sorrisos e alegria.

Dia do trabalho – Vappu

Agora em maio, o país celebra no dia 1º de maio o Dia do Trabalho, uma festa um tanto quanto animada e muito comemorada principalmente pelos estudantes do país. Todos os graduandos do ensino médio na Finlândia recebem um capelo branco no dia da graduação, e esse mesmo capelo é usado todos os anos no Dia do Trabalho. É um símbolo importante para os finlandeses uma vez que não é obrigatório realizar o ensino médio no país, quando o estudante pode optar por estudar diretamente uma profissão ainda adolescente em escolas técnicas. E mesmo não sendo obrigatório, fica muito clara a quantidade de estudantes graduados no ensino médio durante esse dia, é possível ver capelos espalhados em todos os lugares da cidade, e o que é mais bonito, em todas as idades. Casais da terceira idade usando o seu capelo já amarelado de tão antigo ou jovens que acabaram de entrar na faculdade.

Foto: Arquivo pessoal

No último ano, essa data eu passei em Helsínquia. Os parques estavam cheios. Era comum ver grupos de reencontro universitário, famílias e principalmente centenas de universitários com suas calças coloridas se esbaldando com muita música, bebidas e diversão. Esse ano estou em Tampere e sabendo que também é uma cidade universitária, tenho certeza de que a festa será grande de novo. Já espero pelos parques novamente cheios, felizes e celebrando um dos dias mais importantes no período da primavera, tudo isso com seus capelos brancos que fazem a festa ser tão bonita.

Related posts

10 mitos sobre a Finlândia

Maila-Kaarina Rantanen

Quando a depressão ataca e você precisa de ajuda

Maila-Kaarina Rantanen

Quanto custa morar na Finlândia

Maila-Kaarina Rantanen

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação