BrasileirasPeloMundo.com
Quanto custa República Tcheca

Quanto custa fazer supermercado em Praga

Quanto custa fazer supermercado em Praga?

Uma das primeiras coisas que qualquer pessoa que chega a um país novo para morar faz é conhecer o supermercado local. É uma maneira de se familiarizar com o lugar, de conhecer mais sobre os hábitos alimentares do país e de começar a nossa fase de adaptação. No texto de hoje vou falar um pouco sobre os custos das compras de supermercado em Praga, de acordo com a minha experiência por aqui.

As principais redes de supermercados da República Tcheca são: Tesco, Albert, Billa, Lidl, Kaufland e Globus. Há os supermercados grandes e os pequenos também, alguns são destas redes (como por exemplo o Tesco Express) e há também alguns “mercadinhos” que vendem os itens básicos e bebidas alcoólicas chamados de Potraviny. Estes costumam ficar abertos também em horários não comerciais.

Não é comum encontrar produtos brasileiros nos supermercados, mas há bastante variedade de produtos no geral. Os tchecos consomem muita carne, pães e embutidos, então há uma grande variedade destes produtos por aqui, para todos os gostos e de todos os preços. Frutas e legumes costumam vir de outros países da Europa (como Espanha e Itália, por exemplo) e também são encontradas em grande variedade. Frutas mais exóticas – como manga, abacaxi, abacate, carambola e mamão, por exemplo, também são encontrados por aqui, mas os preços variam bastante dependendo da estação do ano e nem sempre estão maduras e prontas para o consumo. Frutas vermelhas, maçãs e peras são encontradas com facilidade e geralmente são bem baratas, principalmente as frutas vermelhas quando chega a estação.

Algumas das frutas mais exóticas que encontramos por aqui. Preço da manga (uma unidade): 139 CZK, aproximadamente 22 reais. (Foto: arquivo pessoal)

Na hora de ir ao supermercado, é bom não esquecer de levar a própria bolsa ou sacola para guardar as compras, caso contrário terá que comprar na hora de pagar as compras. Há uma lei na República Tcheca que proíbe que sacolas de plástico sejam dadas gratuitamente, e isso vale para qualquer loja e estabelecimento, não apenas supermercados.

Leia também: Como abrir conta bancária na República Tcheca

Deixo aqui uma lista com alguns exemplos de produtos de uso diário e os preços médios de cada um (a conversão é aproximada, considerando que 1 real equivale a aproximadamente 6 coroas tchecas):

– 1 L de suco de laranja natural: 56 coroas tchecas (aproximadamente 9 reais)

– 1 L de leite fresco: 28 coroas tchecas (aproximadamente 4,50 reais)

– 1 Kg de carne moída: 190 coroas tchecas (aproximadamente 30 reais)

– 1 Kg de arroz branco: 29 coroas tchecas (aproximadamente 4,70 reais)

– 500 gr. de macarrão: 38 coroas tchecas (aproximadamente 6,15 reais)

– 750 ml de azeite de oliva extra virgem: 190 coroas tchecas (aproximadamente 30 reais)

– Cartela com 10 ovos: 45 coroas tchecas (aproximadamente 7,30 reais)

– 200 gr. de manteiga.: 50 coroas tchecas (aproximadamente 8 reais)

– Pacote com 16 rolos de papel higiênico: 200 coroas tchecas (aproximadamente 32 reais)

– 3,5 Kg de sabão em pó: 380 coroas tchecas (aproximadamente 62 reais)

– 1,9 L de amaciante de roupas: 120 coroas tchecas (aproximadamente 19,50 reais)

– 900 ml de detergente para lavar louças: 57 coroas tchecas (aproximadamente 9,25 reais)

– 1,5 L de água mineral: 12 coroas tchecas (aproximadamente 1,95 reais) – comprar água mineral não é uma necessidade por aqui, pois a água da torneira é potável e própria para o consumo sem precisar de filtro.

Normalmente há diferença de preços entre os supermercados, mas não costumam ser muitas nem muito grandes quando levamos em consideração o preço final das compras, já que o preço de um produto acaba compensando outro. Em relação ao idioma, esteja preparado pois a grande maioria dos produtos tem a embalagem apenas escrita em tcheco. Quando é um produto estrangeiro, é normal que tenha um adesivo por cima do rótulo original com a tradução em tcheco, o que dificulta um pouco para quem ainda não entende o idioma.

Uma alternativa ao supermercado – pelo menos para os produtos frescos como frutas, legumes, verduras, ovos, leite e carnes é a feira. Há uma feira de produtos orgânicos, vendidos pelos próprios produtores todos os dias da semana exceto aos domingos, chamada de Holešovické trhy e há também as feiras que acontecem em vários bairros de Praga todos os sábados (exceto nos meses de inverno). Nestas feiras há uma grande variedade de produtos frescos, às vezes até mais que nos supermercados dependendo da estação.

Para quem está em Praga apenas como turista, conhecer um supermercado local também pode ser uma boa experiência e um bom lugar para comprar alguns produtos típicos da República Tcheca, como Kolonáda (um tipo de waffer muito tradicional), cervejas tchecas e vinhos tchecos.

Related posts

Como economizar em Sidney?

Evelyn Nigri

Custo de vida em Praga em 2015

Isadora Costa

A importância de aprender tcheco

Roberta Leite

1 comentário

Gisele Borges Maio 29, 2018 at 12:10 pm

Oi Isadora tudo bem?
Já fala a língua nativa? Tem quanto que está morando em Praga, como são aceitos os imigrantes.
Prazer em conhecer.
Gisele Borges

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação