BrasileirasPeloMundo.com
Criando Filhos Pelo Mundo Tailândia

O que fazer com as crianças no período das chuvas na Tailândia

Para quem não está familiarizado com esta palavra, o período das monções é a época do ano em que os ventos sazonais trazem a umidade dos oceanos para o continente. Na Tailândia, normalmente, é uma época de chuvas de intensidade moderada, se compararmos com outros países do sudeste asiático que registram até tufões. Mas, vamos para o que realmente importa: quais as opções de lazer para pais e filhos nessa época do ano, já que, muitas vezes chovendo, não podemos aproveitar os parques ao ar livre.

Bangkok, como uma cidade cosmopolita, possui dezenas de shopping centers, praticamente um em cada esquina e, dependendo da região, mais de um! A maioria dos centro comerciais oferece uma infinidade de atividades para a família. Além das compras, as praças de alimentação são muito diversificadas, lógico, sempre em maior quantidade as comidas asiáticas, mas as grande redes de fast food do mundo também estão por lá.

Boa parte deles oferece áreas de lazer para crianças. São playgrounds e áreas cobertas para que elas gastem a energia em um lugar seco e fresco. Na minha vizinhança, chego em menos de 10 minutos a 3 deles. O Playtime é o que mais gosto para a idade do meu filho, abrangendo crianças de 2 a 6 anos e com uma área para bebês menores. Possui vários escorregadores que nós, mamães e papais, também podemos usar e, caso o seu filho tenha uma certa autonomia, você pode relaxar em uma salinha de massagem tailandesa, enquanto a criança se diverte.

O parque temático Snow Town também fica pertinho, no Gateway Ekkamai, com acesso direto do metrô de superfície, aqui chamado de Bts, estação Ekkamai. O parque reproduz uma área montanhosa de neve, com uma espessura de 30 a 40 cm de altura, com a possibilidade de esquiar, deslizar e brincar com bolas de neve. O lugar dispõe de todos os instrumentos para as brincadeiras e de roupas para aguentar a baixa temperatura. É uma diversão para toda a família.

Este mesmo shopping, Gateway Ekkamai, possui um dos playgrounds que acho mais criativo, o Molly fantasy e Kidzooona. Eles estão presentes em mais dois shoppings, em Bangkok, neste mesmo formato criativo, no Mega Bangna e no The Mall Bangkhae. Além de área com jogos eletrônicos para os maiores, possui uma área onde a criança se veste de várias profissões e pode exercer a criatividade: pode ser de carteiro e entregar cartas; pode ser de bombeiro ou de polícia, entre outras. O shopping ainda conta com várias estações, como mini-restaurantes com comidas de brincadeira e eles podem brincar de fazer pizza, sushi, pães e doces franceses, sorvetes, hambúrgueres e por aí vai.

No Siam Paragon, um shopping no coração de Bangkok, existem duas áreas legais: o Kidzania, que é uma cidade miniatura, onde as crianças podem desenvolver atividades tradicionalmente adultas, mas em uma escala infantil, podendo brincar de trabalhar e ganhar o seu próprio dinheiro, na moeda local, o KidZos; e o Sea Life Bangkok, onde podemos observar as mais diversas criaturas marinhas, desde arraias gigantes, pinguins, tartarugas, peixes de vários tamanhos e cores, até tubarões enormes. Quem quiser se aventurar mais, o espaço ainda possui mergulho dentro dos tanques dos tubarões e passeios de barcos para alimentar os peixes. O Siam Paragon tem acesso direto do Bts, estação Siam.

Um outro shopping da mesma linha do Siam Paragon é o The Emporium que também possui acesso direto do Bts, estação Phrom Phong. Nele, está situado o Imagina Playland, onde existem diversas áreas de jogos interativos, com escorregadores iluminados, florestas de sombras, galeria de arte interativa com obras de todo o mundo, uma parede de escalada e também um espaço para fazer artesanato e ouvir histórias.

Outro lugar legal para os mais crescidinhos (que é o caso do meu) é o Funarium. Ele possui uma área esportiva com pista de ciclismo e patinação, quadras de basquete e futebol, além de um espaço com areia e água, onde os pequenos podem fazer aquela sujeira e gastar toda a energia.

Essas dicas que passei são de parques que já visitei, mas Bangkok possui muito mais. Todos esses são de acesso fácil, via metro de superfície (Bts), com exceção do Funarium. O valor varia muito, em shoppings maiores e mais modernos como o Siam Paragon e o Emporium, as entradas são mais caras, mas a maioria deles possui pacotes e você pode pagar um valor e aproveitar várias vezes ao mês. A maioria possui estrutura para alimentação, com café ou restaurantes oferecendo menu para crianças, dentro do play center, ou muito próximos à área de restaurantes.

A época das chuvas não é motivo para ficar em casa, não por aqui em Bangkok!

No próximo post, falarei sobre os parques ao ar livre, que são muitos pela cidade e, entre uma pancada de chuva e outra, podem ser muito bem aproveitados também.

Related posts

O primeiro dia de aula sem falar inglês

Tasla La Pastina Worth

Ter filhos em Cingapura

Ana Paula Cariello

Como é morar em Bangkok

Lea Freire

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação