BrasileirasPeloMundo.com
Escócia Trabalho Voluntário Pelo Mundo

Trabalho voluntário em Glasgow

Trabalho voluntário em Glasgow.

Existem muitas lojas de caridade, ou charity shops, em Glasgow. Cada uma delas ajuda um tipo de entidade diferente; como locais de acolhimento a moradores de rua, hospícios, asilos, orfanatos, locais de apoio a pacientes com câncer e doenças terminais, entre outras. Descobri que aqui essas charity shops funcionam mesmo! As pessoas fazem doações constantes e compram muitos produtos nelas também.

As lojas são muito parecidas com os nossos conhecidos brechós, vende-se de tudo, roupas, sapatos, utensílios domésticos, móveis, brinquedos e afins.

Os produtos doados são avaliados, e somente as coisas em bom estado de conservação são colocadas à venda. Os valores são bem baixos, e quem doa pode se cadastrar e receber desconto nos impostos.

Existem doações de móveis como sofá, guarda-roupas, cama, e a loja vende esses produtos e faz a entrega por uma pequena taxa.

Há 3 meses eu faço voluntariado em uma charity shop, como não estou trabalhando no momento. O trabalho voluntário me ajuda muito a praticar o inglês e, ao mesmo tempo, eu também ajudo pessoas que precisam.

Leia também: Voluntariado pode virar trabalho remunerado?

Como conseguir um trabalho voluntário em uma charity shop?

A grande maioria das charity shops deixa um aviso na vitrine quando estão precisando de voluntários. Você precisará preencher um formulário com seus dados e responder a algumas perguntas, depois disso irá fazer uma pequena entrevista com o gerente da loja e deixar dois contatos que podem dar referências a seu respeito.

Feito isso e estando apto, você irá combinar quantas horas por semana você pode comparecer à loja. Eu vou segunda, quarta e sexta, das 10h às 13h. As lojas normalmente funcionam de segunda a sábado. Você também pode se cadastrar por sites de empregos ou na página da própria loja.

Fonte: Pixabay

Quais as funções do voluntário?

Geralmente não temos uma função fixa, ficamos no caixa, colocamos tag nas roupas, ajudamos a precificar, ajeitamos vitrines, recebemos as doações. O dia a dia nas lojas é agitado e você terá trabalho o tempo todo.

A charity shop em que eu trabalho ajuda um hospício. A equipe são 2 gerentes e 14 voluntários, a grande maioria estudantes de outros países, como China, Tailândia, Nigéria e Irã, além de mim, e outros dois nativos.

São 18 lojas em Glasgow com 250 voluntários ao todo. De 2012 até o mês passado, eles arrecadaram 120 milhões de libras, conseguiram construir um novo hospital e poderão ajudar mais pessoas.

Todo ano a charity shop em que trabalho faz um evento em um hotel no centro de Glasgow dedicado aos voluntários. É um jantar dançante muito animado, do qual eu tive o prazer de participar no último mês e onde conheci pessoas novas. Os voluntários mais antigos recebem algumas homenagens e presentes, nós também recebemos um lembrancinha e chocolates.

Por que se tornar voluntário?

Algumas pessoas já me perguntaram por qual motivo resolvi fazer trabalho voluntário por aqui. Lógico que existe a questão social, a minha vontade de poder fazer algo por alguém, mas não vou mentir, esse não é o único o motivo que me fez procurar um trabalho voluntário em Glasgow. Eu buscava também vivência, precisava ocupar os meus dias, conversar com nativos para fazer valer o inglês que estou estudando, e foi a melhor coisa que eu poderia ter feito. Tenho contato com a língua inglesa todos os dias, converso com diferentes pessoas, aprendo sobre a cultura do país, ouço sotaques diferentes, sinto que meus dias de voluntariado me fazem aprender mais do que meus dias de aula. Meu próprio professor foi quem me incentivou a procurar o trabalho voluntário para melhorar meu inglês, ele tem 58 anos e é voluntário há muitos anos.

Leia também: Vistos para morar na Escócia 

Além de todos os benefícios que o trabalho voluntário têm pra quem é recém-chegado aqui, as charity shops te concedem uma carta de referência quando você quiser procurar um emprego. O trabalho voluntário é muito bem visto pelas empresas, e como não temos histórico e referências aqui essa carta pode ajudar muito.

Há muitos outros lugares onde você pode se voluntariar. Museus, castelos e faculdades também são locais interessantes para procurar uma vaga e conseguir colocar o inglês em prática. Recomendo a prática a todas que estão chegando em um país novo, sem conhecidos, é uma forma também de aumentar o círculo de amizades.

Related posts

Escócia- Conhecendo Aberdeen

Daniela Madureira

Trabalho voluntário na Índia

Carolina Monzi

Dicas para alugar imóvel na Escócia

Narister Oliveira

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação