BrasileirasPeloMundo.com
Espanha Turismo Pelo Mundo

Turistando em Barcelona

Uma das coisas legais para se fazer em um fim de semana sem muita programação em Barcelona, é passear pelas ruas do bairro Gótico, perto da Rambla. As ruas estreitas e sempre cheias escondem muita história! Desde muros de pedras, luminárias antigas, portões de madeira desgastados, bandeiras do país, floreiras, chão de pedra, além do vai e vem de milhares de pessoas que, entre o presente e o passado, muitas nem imaginam o que já aconteceu por esse bairro.

Entre restaurantes lotados cheios de turistas é possível achar uma cafeteria meio desconhecida, ou ainda não descoberta, que oferece uma madalena (mufin) deliciosa, e para acompanhar, um café com leite bem quente. É possível pedir leite desnatado e, em alguns casos, até leite de amêndoas, pois alguns lugares oferecem opções mais saudáveis de alimentação.

(Fonte: arquivo pessoal)

(Fonte: arquivo pessoal)

Não é difícil ver pelas ruas pessoas pedindo ajuda. Idosos sentados com uma placa de papelão pedindo dinheiro para comer alguma coisa, explicando que são aposentados, que não têm como se sustentar e precisam sobreviver. Já vi muitos jovens vendendo livros de diversos assuntos, sem valor estipulado, pedindo uma moeda que as pessoas possam dar. Também há pessoas de ONGs pedindo sócios para ajudar em alguma campanha específica do mês.

Entre placas ou banners espalhados pelos postes informando sobre alguma exposição de pintura, música ou teatro, é fácil ver as “estátuas vivas”; aquelas pessoas que se vestem rigorosamente bem e que, as vezes, é até difícil de acreditar que sejam pessoas, pois realmente parecem estátuas de tamanha perfeição que é o “disfarce”.

Agora falando um pouco dos pontos turísticos famosos, perto da Rambla mesmo é possível visitar a Casa Batlló e a Casa Milà: duas obras feitas pelo famoso Gaudí, onde se vê a presença das curvas, ferros retorcidos, cores, mosaicos e muita criatividade. Um pouco mais afastado, a algumas estações de metro, podemos enxergar a soberana Sagrada Família! Já no ar é possível sentir que algo extraordinário está para se apresentar. E de fato, lá está ela! Incompleta, cheia de gruas e trabalhadores que se esforçam para construí-la o mais próximo possível do projetado. Para quem já a conheceu é normal vê-la inacabada e pensar: será que um dia irão terminá-la? É certo que irão! Existe uma previsão que fique pronta em 2026, que é quando se completará 100 anos da morte de Gaudí. Dá para se imaginar o espetáculo que será quando isso acontecer!

(Fonte: arquivo pessoal)
(Fonte: arquivo pessoal)

É possível assistir missas reais em muitas das igrejas turísticas daqui. Na Catedral de Barcelona, por exemplo, para visitar a igreja paga-se uma taxa de 8,00 euros, mas se a visita for no horário da missa não é cobrado nada. No entanto, não é permitido que se circule para tirar fotos, é preciso sentar-se e assistir a missa, que é rezada em espanhol e catalão, cada uma em um horário diferente.

Outro lugar que para mim é mágico é Montjuic; um bairro perto da Praça España, onde se pode caminhar por todo o bairro e visitar pontos turísticos, como o Museu Nacional d’Arte de Catalunha, a fonte mágica que faz um espetáculo de luzes, água e músicas, em épocas específicas do ano (sensacional). Tem a Fundação Joan Miró, Pavilhão Mies Van der Rohe, Estádio Olímpico, Palau San Jordi (onde acontecem vários shows), torre Santiago Calatrava e também o Castelo que é acessado por teleférico, hoje um museu militar, de onde pode se ver o porto. A maioria dos locais têm lojas na saída com varias opções de objetos para comprar: caneta, lápis, imã de geladeira, livros, borracha, etc.

Próximo às fontes há um local de exposição onde são realizadas várias feiras durante o ano. Também é possível passear no centro comercial (aqui é esse o nome que se dá para os shoppings) chamado Arenas, que foi uma antiga arena transformada em shopping depois da proibição das touradas. O prédio antigo foi mantido e junto com a estrutura anterior foi feito o novo complexo.

Mais afastado um pouco há o Park Guell, que antigamente não se pagava para visitar, mas agora é cobrado. Acredito que isso aconteceu depois que a salamandra, que é o famoso lagarto que fica na entrada do parque, foi vandalizada. Por isso, o parque passou a ser fechado e custeado. Lá é possível visitar o museu de Gaudí, a praça onde está o famoso banco de mosaicos feito por ele que dá vista para a cidade, e também passear pela sala das 100 colunas. Saindo do parque existem várias lojas onde pode-se comprar miniaturas de vários animais ou pontos turísticos de Barcelona feitos de mosaico.

Próximo a Barcelona, na cidade de Figueres, existe o museu de Salvador Dalí. É possível ir de trem pela Praça Catalunha e em mais ou menos duas horas chega-se à cidade. O bilhete sai por aproximadamente 16,00 euros, dependendo da estação de saída e tempo de viagem. O museu é grande e aconselho que se reserve no mínimo meio período para ficar na cidade. É possível comprar as gravuras das pinturas famosas do pintor, que podem ser enquadradas depois, e também a miniatura do famoso relógio derretido. Além do museu também dá para visitar outros pontos e conhecer um pouco mais a região local.

Bom, para finalizar, infelizmente ainda deixando de lado muitos lugares para mencionar (talvez em outro post), existem os famosos ônibus turísticos que dão uma visão geral muito norteadora da cidade. Também é fácil alugar bicicletas para percorrer a cidade, assistir a espetáculos de flamenco enquanto se toma uma taça de vinho e se saboreia em quase todos os lugares o famoso pão com azeite, alho e tomate. Vale a pena também provar a sangria! É uma bebida com vinho e frutas que custa alguns euros e é muito comum nos restaurantes próximos aos pontos turísticos famosos.
Por aqui não falta história, cultura, diversão e muito aprendizado!

Related posts

Observatório de Carmen Alto em Arequipa

Jéssica Soares

A famosa Padaria Portuguesa em Lisboa

Sílvia Macedo

Qualidade de Vida em Barcelona

Gleice Garcia Santiago

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação