Vale a pena cruzar as fronteiras da Suíça para fazer compras ?

5
685
pixabay
Advertisement

Vale a pena cruzar as fronteiras da Suíça para fazer compras?

Quando o meu marido foi convidado para vir trabalhar na Suíça, uma das primeiras coisas que começamos a fazer foi uma pesquisa sobre o país, as cidades e principalmente sobre o custo de vida. Era preciso ter uma ideia de valores, e se realmente compensaria a nossa mudança,  porque como todo mundo sabe, o custo de vida é altíssimo na Suíça! Após fazermos nossas pesquisas na internet, conversamos com outros brasileiros que já moram aqui há vários anos, e qual não foi a nossa surpresa quando nos contaram que as principais compras de supermercado (itens de higiene e limpeza, roupas e vestuários), são comprados na Alemanha (porque no nosso caso a cidade que moramos está mais próxima da Alemanha).

Muitos estrangeiros, quando digo estrangeiros não são só os brasileiros, são de todas as nacionalidades que moram na Suíça, atravessam as fronteiras para comprarem na Alemanha, França e Itália. Alguns suíços que conheci não gostam que as pessoas façam suas compras nos países vizinhos, porque para eles é importante proteger a economia local.

A primeira dúvida que tive foi se realmente valeria a pena cruzar a fronteira para fazer as compras em outro país, se o custo de transporte e de tempo compensaria no valor final. E quando fomos na Alemanha para a primeira compra de mercado fiquei impressionada com a diferença de valores, tem produtos que a diferença chegava a 300% (mais barato). Produtos de higiene e de limpeza, são os que mais sofrem com a diferença de valor.

Claro que temos que analisar também que o euro vale mais que o Franco Suíço, podemos considerar na cotação de hoje um valor estimado de 1 CHF vale 0,87 centavos de EUR* (consulta efetuada no dia 06/02/2018), mas mesmo com o euro sendo mais valorizado, a maioria das vezes as compras nas cidades de fronteiras valem a pena para quem mora na Suíça.

Além disso,  quando compramos no país vizinho, conseguimos receber o valor do imposto de volta, porque a Suíça não faz parte da União Europeia. O imposto gira em torno de 9-19%, dependendo do valor do produto, e este valor pode ser consultado na nota fiscal. O valor do imposto só nos é devolvido após carimbarmos a nota fiscal de compra na alfândega. Eu posso voltar no mesmo dia e pegar o valor devolvido em dinheiro, ou deixar para abater na próxima compra. Este último é o que eu sempre faço (Mas só podemos receber o valor reembolsado da mesma loja que compramos).

Um ponto importante que deve ser levado em conta é a quantidade de produtos que podemos trazer ao cruzar a fronteira. Existem algumas restrições e as principais delas são com relação às carnes e as bebidas alcoólicas. Cada pessoa pode trazer 01 (um) quilo de carne (bovina, suíça, frango, salsichas, embutidos de presunto), essa quantidade é muito pequena, então é muito comum encontrarmos a família inteira no fim de semana ou a noite no mercado para poder comprar mais, porque as crianças também entram na cota da carne. Agora, em relação às bebidas alcoólicas, as restrições levam em conta o teor alcoólico da bebida e logicamente as crianças não entram nessa cota de compras.

Segue neste link com todas informações referente a quantidade e o que podemos comprar na Alemanha, assim fica muito mais fácil trazer o que esta dentro da cota, sem perigo de tomar uma multa.

Produtos de mercearia, de limpeza, higiene, frutas e verduras, não possuem nenhum tipo de restrição então podemos comprar à vontade. Ao melhor, nem tão à vontade assim, porque não se esqueçam que para fazermos essas compras estamos cruzando a fronteira de um país, para nós aqui é tão simples e comum que muitas vezes esquecemos disso. Por que digo que não podemos sair comprando tudo que queremos? porque ao cruzar a fronteira só podemos comprar 300 CHF por pessoa.

Outra coisa que precisa ser analisada com cuidado é o tempo que gastamos para ir até a outra cidade para efetuar as compras, principalmente as compras de supermercados. A distância da minha casa até a cidade que faço compras na Alemanha é de 25 minutos sem trânsito, o mesmo tempo que gastaria para ir ate Zurique. Para mim, que vim de São Paulo, esse tempo está ótimo, o trânsito aqui é bem tranquilo.

Existem várias cidades que estão na fronteira, o que facilita as compras para muitas pessoas. Uma das maiores cidades da fronteira Suíça- Alemanha, é a cidade de Konstanz, que além de um grande Shopping (Shopping Lago) tem um grande comércio de rua e as maiores redes de mercados e lojas da Alemanha.  Fazer compras na Alemanha é um grande passeio para quem mora na Suíça, se você visitar qualquer uma das cidades que fazem fronteiras e que possuem centros de compras você irá encontrar muitos carros com placas Suíças.

Leia também: cinco motivos para morar na Suíça

Eu vou na Alemanha, na cidade de Waldshut, uma vez por semana, e conheço pessoas que se programam e vão a cada 15 dias e outras que vão 1 vez por mês. Mas nem sempre e nem todas as pessoas conseguem ou querem se deslocar para a Alemanha para fazer compras…como podemos fazer para driblar os custos e diminuir as diferenças de valores?? O que eu faço é acompanhar todas as promoções, e uma coisa boa é que as promoções daqui são reais. Se o supermercado está fazendo uma promoção, que o valor tem 50% de desconto, tem mesmo. Recebo em casa os jornais promocionais dos mercados e lojas e assim consigo saber o que vale a pena comprar aqui. Tenho também os cartões de pontos e fidelidade dos dois principais mercados o Coop e Migros, assim acumulo pontos e ganho descontos. Gosto muito de comprar frutas e verduras e os itens da promoção.

Então respondendo à pergunta do título: Vale a pena cruzar as fronteiras da suíça para fazer compras? Na minha opinião vale sim a pena comprar na Alemanha, porque mesmo com todo o trabalho, o tempo que eu gasto de deslocamento, com o euro mais valorizado que o franco, no final das contas a economia é muito grande e compensa muito fazer as compras nas cidades de fronteiras.

E para você, vale a pena comprar nas cidades das fronteiras?

5 Comentários

  1. Mesmo na Suíça os produtos tendo um custo mais alto, não acho certo sair para comprar em países vizinhos. Uma vez ou outra é até aceitável, mas sempre, é desconsideração.
    A economia deve girar no país.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui