BrasileirasPeloMundo.com
Estações do Ano pelo Mundo Nova Zelândia

Verão na Nova Zelândia

Verão na Nova Zelândia.

Definitivamente o verão muda as cores e os sabores. E aqui deste lado do mundo esta é a época mais esperada do ano. Após um inverno ameno, mas loooongo, o verão além de trazer aquele calorzinho gostoso, traz uma onda de bom humor e faz com que as pessoas vivam cada dia mais intensamente do norte ao sul do país.

O inverno aqui na Nova Zelândia também é belíssimo, principalmente pra quem gosta de frio. O país tem várias estações de esqui que fazem a alegria dos amantes de esportes de neve. O céu é de um azul forte e os picos nevados são vistos de vários pontos do país, apresentando-nos paisagens de cartões postais por todos os lados. Tudo bem, eu confesso, é bonito! Mas sair de casa todos os dias com blusa em cima de blusa, meia calça, calça, bota, gorro, cachecol e ainda sentir frio é de irritar qualquer um. Convenhamos que durante um mês pode até ser gostoso; toma-se um vinho, assiste-se filmes, mas aí vem o próximo mês e mais filmes, seriados, chocolate quente, comida, muita comida. Ainda não terminou, mais um mês, carro congelado de manhã, o aquecedor ligado praticamente 24 horas por dia em casa e no trabalho. Então, quando você pensa que acabou vem a chuva! Frio e chuva é certamente a combinação perfeita para arruinar qualquer plano.

O parágrafo acima soou totalmente depressivo, eu sei. Mas a ideia é enfatizar o quanto o verão é libertador. Eu moro na ilha norte da Nova Zelândia, onde nem chega a nevar e o inverno não se compara ao de países com climas extremos. Mas pra mim, o inverno é dramático e pede por uma pitada de exagero.

Após meses sob o feitiço desta estação, a primavera chega exuberante, ainda com aquele friozinho no ar, mas trazendo um sentimento novo. Tudo à nossa volta nos diz que o verão está logo ali. A ansiedade e a espera começam!

Nosso convidado especial, o sol, chega tímido. Incialmente ele não consegue vencer os ventos e as nuvens mas, aos poucos, vai se tornando o centro das atenções. Nada como acordar cedo sentindo a luz do dia no quarto, colocar uma camiseta e um short e sair de casa. No verão, essa é a regra aqui na Nova Zelândia: tudo é feito ao ar livre. Serão meses de caminhas nos lagos e parques, à beira de rios, muitas trilhas e lugares incríveis serão descobertos, todos os tipos de esportes aquáticos serão praticados.

Festivais de todos os tipos acontecerão em praticamente todas as cidades do país: cinemas ao ar livre, café da manhã nas mais variadas feiras (farmers market) etc. A agenda social fica lotada. Eventos como: o happy hour do dia a dia, festas de trabalho, casamentos, visitas aos amigos que não se vê há tempos, completam a estação e o tempo livre que ainda se tem. Cafés e restaurantes ficam sempre lotados neste período.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Nova Zelândia

As praias sofrerão uma avalanche de pessoas. Ir à praia na NZ tem um conceito totalmente diferente do que temos no Brasil. Na verdade chega a ser engraçado no começo; os locais levam barracas, comida e livros. Não é permitido vender ou beber bebidas alcoólicas em locais públicos, portanto, você vai à praia, senta, olha o mar, medita, lê um livro, caminha, nada (pra quem não tem medo de agua fria), surfa, faz stand up, anda de caiaque, faz exercícios diversos, tira fotos, toma sol com muuuito protetor – sempre lembrando que estamos debaixo do buraco da camada de ozônio e os raios ultra violeta são fortíssimos – e ao final do dia, voltamos pra casa exaustos e prontos para mais um churrasco.

IMG_1358

Ainda tem os churrascos! Todos têm churrasqueiras a gás que ficam armazenadas no deque ou no jardim, aguardando pelos dias de sol para fazer a alegria das famílias, amigos, vizinhos e quem mais estiver por perto. Os jantares do dia a dia são normalmente feitos na churrasqueira durante esse período. Serão legumes e carnes grelhadas, acompanhados de uma salada, dia após dia. Com certeza a cervejinha ou uma taça de vinho também serão presenças garantidas no jantar ao pôr do sol – que durante o verão acontece por volta das 9 da noite na ilha norte e por volta das 10 horas na ilha do sul.

DSC01365

Esta é uma das minhas partes favoritas: a sensação de ter mais tempo no horário de verão. Me lembro que odiava essa mudança de horário quando morava no Brasil, não sei bem o porquê, mas por aqui descobri o quanto ela é importante em minha vida. Não é apenas uma hora que ganhamos ao final de outubro, são várias horas de sol que aproveitamos intensamente até o final de abril, quando termina o período de economia de energia. A luz do sol por longas horas do dia me instiga a amar ainda mais essa estação. Nada como acordar às 6 da manhã com o dia claro, poder ainda dormir mais um pouco, ir para o trabalho, voltar às 5 da tarde e ainda ter tempo para aproveitar a luz do sol. É o período perfeito para explorar, experimentar, organizar… Sim, você tem tempo pra TUDO!!!

Outra coisa interessante por aqui nesse período é ver as pessoas inventando atividades. Parece que todos cortam a grama diariamente, tornam-se jardineiros, plantam flores, legumes, hortaliças, constroem deques e sheds (espécie de puxadinho ou casinhola), tudo isso só pra passar mais tempo ao ar livre. E as crianças não ficam de fora; estão por todos os lados nos jardins e calçadas das casas, em parques e parquinhos. Ir ao shopping só mesmo se precisar comprar alguma coisa.

DSC01445

A vida no verão é com certeza mais leve e vivida intensamente. Os pássaros parecem cantar com mais frequência, as cores são mais intensas e as pessoas mais felizes e amigáveis. As casas e os corações estarão mais abertos. A sensação de bem-estar é proporcional a cada raio do sol. Muitos passeios, visitas, saídas, festas e novos amigos recarregarão as minhas baterias por mais um período. Ah, o verão!

Related posts

O outono na Holanda

Fernanda Campestrini

Como me sinto em ter deixado o Brasil

Renata Abu Chacra

Festival de Outono em Genebra

Fabi Mesquita

12 comentários

Polyanna Lacerda Janeiro 26, 2016 at 3:03 pm

Meu grande sonho é conhecer a Nova Zelândia, seu texto aguçou ainda mais este sonho!!! Sucesso pra você!!

Resposta
Rosana Melo Janeiro 26, 2016 at 9:15 pm

Que legal!!! Pode vir que você não vai se arrepender…Com certeza nos encontraremos por aqui! Bjão

Resposta
Gisele Janeiro 28, 2016 at 11:14 am

Estou me preparando para morar em NZ. Estou melhorando meu inglês primeiro para poder me preparar para entrevistas de emprego. Se tudo sair como planejo, chegarei aí na primavera!

Resposta
Rosana Melo Fevereiro 2, 2016 at 5:43 pm

Já vai chegar pertinho do verão então e vai poder aproveitar muito por aqui. Boa sorte com o inglês e até daqui a pouco por aqui! Bjao

Resposta
Mizael Marques Fevereiro 6, 2016 at 5:39 pm

Olá Rosana, tudo bem? Estamos acompanhando seu canal no youtube também, pois eu e minha esposa estamos projetando intercâmbio na Nova Zelândia no inicio de 2017, inclusive já estamos em contato com a YepNZ. Estamos saindo de férias agora em abril e devido trabalhar em empresa aérea aqui no Brasil consigo um excelente desconto na passagem, gostaríamos de passar nossas férias ai, sera que existe algum programa para pagar hospedagem com trabalho? ex: cuidar de animais de estimação, trabalho em hostel, fazenda, etc. Assim conheceremos o país e realmente confirmar nosso projeto.

Abraços e obrigado pela atenção

Resposta
Rosana Melo Fevereiro 7, 2016 at 10:37 pm

Oi Mizael, obrigada pelo carinho de acompanhar meus artigos por aqui e também nossa canal no youtube.
Bom saber que está se planejando para que seu intercâmbio aconteça com eficiência e tranquilidade. Com certeza nos falaremos em breve, já que está conversando com nosso time da YepNZ.
Existem vários programas onde você pode trocar moradia por trabalho, porém isso é considerado trabalho (apesar de você não receber o valor monetário) portanto você tem que ter permissão de trabalho no país para participar. Vindo apenas de férias infelizmente não terá essa permissão e portanto essa idéia não será possível. De qualquer forma é sim uma ótima oportunidade pra se conhecer o país e ver como tudo funciona. É super bacana ver que as coisas são bem mais simples e tudo funciona. Além disso o país é lindíssimo e super seguro. Venha visitar e me conta o que achou depois. Beijão a você e sua família!

Resposta
Gabriel Silva Fevereiro 18, 2016 at 11:39 am

Olá Rosana!
Eu estou começando a buscar formas de ir morar e trabalhar na nova z.! Estou buscando os sites da imigração e outros sites com empregos, seja para um trabalho temporário (de um ano talvez) ou trabalhos que possam me contratar sem um limite de tempo determinado. Será que você teria alguma dica ou algo para me ajudar? Estou muito interessado em sair do Brasil, tanto para trabalhar como talvez para estudar!

Obrigado e continue nos mostrando a nz!
^^

Resposta
Rosana Melo Fevereiro 21, 2016 at 1:54 am

Oi Gabriel,
Obrigada pelo comentário com certeza continuarei sim mostrando a NZ. Você está com certeza no caminho certo, pesquisa e planejamento fazem toda a diferença, essa é sempre minha primeira dica. Estudar é sempre uma ótima porta de entrada e por aqui pode te dar permissão de trabalho. Tenha em mente que tudo depende bastante do seu nível de inglês e sua área de atuação. Veja se sua profissão está na lista de profissionais necessários no país, visite os sites de trabalho e pesquise vagas na sua área e claro dependendo da sua idade pode tenta o Working holiday visa que te dará direito a trabalhar, estudar e viajar pelo país por até 1 ano como deseja. Pode ser uma ótima opção. Se precisar de ajuda para entender sua área de trabalho por aqui fazemos um trabalho de consultoria, caso queira saber mais sobre cursos, ou mesmo sobre o working holiday visa visite o website da YepNZ. Com certeza será um prazer ajudá-lo e encontrá-lo por aqui um dia! Super beijão e até breve. 🙂

Resposta
Sacha Fevereiro 19, 2016 at 5:05 pm

Olá, Rosana!! Tudo bem? Andei pesquisando sobre a Nova Zelândia e estou interessada em saber sobre a questão da imigração e minhas chances, o que eu posso fazer..
Como faço para entrar em contato com você?
Obrigada!

Resposta
Rosana Melo Fevereiro 21, 2016 at 1:58 am

Oi Sacha,
Obrigada por entrar em contato. Para saber suas chances de imigração o ideal é que procure um profissional “immigration adviser” que é o único profissional autorizado e qualificado para te dar todas as informações necessárias sobre o assunto. Posso te recomendar um de nossa confiança. É só me enviar um email no [email protected].
Bjão e até breve.

Resposta
Talita Torres Março 7, 2016 at 9:47 pm

Demais o texto Rosana, achei por acaso e lá estava você! haha é exatamente assim que me sinto no verão também, pena que esse ano já está quase acabando! =(
Uma dica para quem não suporta o inverno, experimentem praticar Snowboard/Ski, isso me ajudou muito a vencer minha depressão no inverno, e na verdade agora eu amo chegar na montanha e sentir o nariz congelando haha na verdade agora posso dizer que eu amo todas as estações desse país maravilhoso aonde a gente tem o privilégio de morar!
Beijooos

Resposta
Rosana Melo Março 7, 2016 at 11:47 pm

Oi Talita, que bom que gostou! 🙂 Realmente eu preciso ainda me descobrir no inverno…por agora vamos aproveitar o restinho do verão ne! Bjao e ate breve!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação