Mudando-se para os EUA: burocracias de chegada

0
722
Advertisement

Esse texto objetiva facilitar o começo da sua nova vida, seja ela temporária ou permanente, nos Estados Unidos. Minha primeira dica é chegar aqui e comprar um celular ou colocar no seu aparelho um plano daqui para facilitar todo o resto! Há celular de chip e sem chip, e algumas das operadoras incluem T Mobile, AT&T, Sprint, Verizon e Virgin Mobile. Optei pela última porque foi a mais barata que encontrei (US$ 37 por mês para ligações, internet e mensagens ilimitadas dentro dos EUA). Contudo, tive que comprar o aparelho sem chip da própria operadora.

  1. Alugando um apartamento

Não há fiador. Imobiliárias se chamam property management company, você é o tenant, e o proprietário do imóvel é o landlord. Você terá que ligar para várias imobiliárias e marcar visitas a apartamentos. Para alugar, precisará apenas de seu passaporte e dinheiro. Eu aluguei meu studio (pequeno apartamento de 1 quarto sem divisória com a cozinha) antes de abrir uma conta em banco.

Tive que pagar um depósito de US$ 550 pelo apartamento e chaves. Terei esse dinheiro de volta quando devolvê-los. Se eu danificar o apartamento ou perder as chaves, perco esse dinheiro. Nenhum pagamento em dinheiro foi aceito. Tive que fazer uma money order, que é basicamente um cheque sem conta bancária e que pode ser feito em farmácias, supermercados, bancos, correios etc. Também como parte do contrato, tive que fazer um seguro dos meus bens com a State Farm, que custa US$ 170 por ano. Para mais valores, confira o meu texto Custo de vida em Columbus, Ohio.

Fonte: Pixabay
  1. Conta bancária

Você precisará de passaporte, seu documento de imigração (I-20 para quem tem o visto F-1, DS 2019 para quem tem o visto J-1 etc.) e o I-94, que poder impresso da internet aqui. Nos EUA, é muito comum você não pagar nenhuma taxa para ter uma conta, principalmente se vai receber seu salário nela. Eu tenho conta no Huntington e não pago por cheques nem para sacar dinheiro em caixas eletrônicos (ATMs) de outros bancos.

  1. Social Security Number (SSN)

Esse é o equivalente ao nosso CPF no Brasil. É possível abrir uma conta em banco sem SSN, mas depois você vai ter que tirá-lo e atualizar a conta. Você vai precisar do SSN para fazer todos os itens 4 a 7 dessa lista, bem como para assinar seu contrato de trabalho ou estudo. Procure na internet pelo Social Security Office mais perto de você. Documentos necessários são também o passaporte, documento de imigração e I-94. Fotos não são necessárias.

Além disso, você precisará do formulário SS-5 preenchido, que vai estar disponível no prédio para você preencher na hora, mas aconselho a levar já pronto. Você vai chegar no prédio com toda a documentação e entrar numa fila. Na maioria dos prédios do governo, há revista com detector de metais, como nos aeroportos. Mais informações sobre documentos estão disponíveis aqui e aqui. Tirar um SSN é gratuito. Portadores do visto F2 e J2 não podem tirar SSN, mas podem tirar o ITIN. O ITIN serve para declarar o imposto de renda como casal e ganhar mais dinheiro de volta.

  1. Carteira de identidade ou motorista

Apesar de não ser obrigatório, ter uma carteira de identidade estadual é extremamente útil. Aqui em Ohio só podemos comprar certos remédios e bebidas alcoólicas em supermercados com carteira de identidade americana – passaportes não são aceitos! Além disso, é melhor perder essa carteira de identidade do que o passaporte.

A carteira de motorista de Ohio é a própria carteira de identidade (verifique a regulamentação do seu estado). Optei por não tirar a de motorista aqui porque sempre alugamos carro com a carteira brasileira mais a internacional que fizemos no DETRAN, no Brasil. Mas, se você vai comprar um carro aqui, precisará tirar a carteira de motorista americana.

Os documentos necessários são geralmente o passaporte, documento imigratório, I-94, comprovante de endereço (usei meu W-2; contas e contrato de locação de imóvel também servem) e SSN. Busque pelo deputy registrar license agency mais próximo de você. Para mais informações de Ohio, clique aqui. Custo da carteira de identidade: US$ 9. Custo da carteira de motorista: US$ 22.

  1. Cartão de crédito

O banco vai lhe dar um cartão de débito quando você abrir a conta. Cartões de crédito são mais difíceis de se ter como estrangeiro nos EUA e você deve primeiro construir crédito com cartões pré-pagos. Esse texto explica bem o assunto! Eu optei por fazer o Discover it, que não cobra taxas e devolve até 5% do valor que eu gasto nele.

  1. Plano de saúde

Esse vai depender muito da sua situação. Eu tenho o plano da minha universidade. A documentação deve ser passaporte, documento imigratório e I-94. Há multa caso você e seus familiares não tenham plano de saúde – a multa vem quando você declarar imposto de renda. Meu marido não tem, e a multa de 2015 foi de US$ 300.

  1. Declarando imposto de renda

Todo ano você tem um prazo de janeiro a 15 de abril para declarar o imposto do ano anterior. Como eles geralmente descontam do seu salário mais do que você deve, você ganha dinheiro de volta. O termo é fill in the tax return, e o formulários que você tem que preencher (IT 1040 ou IT 1040NR) são tão complicado que aconselho a buscar ajuda com voluntários (recomendo o programa VITA), ou então pagar para um contador ou serviço online como o Turbo Tax.

Você deve mandar um formulário para o governo federal e outro para o estadual. A receita federal americana é o IRS. Documentos incluem seu passaporte, SSN (e ITIN do esposo/a), formulário W-2 que você recebe do empregador ou universidade dizendo o seu salário anual, formulário 1095-B (comprovante de plano de saúde), 1098-T para estudantes (tuition statement) e 1099-INT (caso você tenha recebido juros).

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui