Inglaterra – Primavera: é tempo de faxina e de sair da toca

0
281
Advertisement

O Spring Cleaning (faxina da primavera) é muito praticado em países cujo inverno é mais rigoroso e as estações são bem definidas. Ficamos livres das janelas fechadas, dos aquecedores ligados, da vida mais introspectiva… Enfim, todo o “sofrimento” do inverno parece ir embora ao iniciar a primavera.

As lojas logo se antecipam e enchem nossos olhos com cores mais vibrantes, decoração campestre, flores, velas, cachepôs. Antes mesmo das temperaturas subirem parece que já estão nos intimando para esta mudança. O que faz sentido, pois o inverno é sim mais triste e com menos cores por aqui!

Bota fora – Nas casas logo se inicia a faxina! É hora de guardar os casacos pesados, retirar os acúmulos, roupas, acessórios e brinquedos que não se usam mais. Quem sabe até redecorar algum cômodo da casa.

Os ingleses adoram decorar e geralmente escolhem um ambiente para dar um up. O mais comum é dar um tapa no visual da sala de estar. As lojas de móveis e decoração fazem várias promoções e às vezes se não se pretende gastar muito, é possível apenas inovar nas almofadas, quadros ou adornos.

No bairro de Islington e na região de East London, por exemplo, é possível comprar móveis e objetos decorativos de designers independentes, peças bem bacanas e modernas. Essas lojas sempre têm produtos de novos designers com coleções de bom gosto, porém o preço não é exorbitante como nas lojas mais tradicionais. Também nas grandes lojas como Ikea ou Zara Home e outras grandes lojas é possível aproveitar as promoções nesta época e o preço é bem mais acessível. Os outlets de mobiliário também são uma alternativaOs jardins das casas e as varandas também recebem atenção especial e se mantém bem cuidados durante toda a primavera e o verão.

E quando se tem crianças a faxina se torna ainda maior, pois brinquedos e roupas não utilizados tomam bastante espaço e espaço por aqui é algo que não sobra (mesmo!). Por isto, é preciso se desfazer de carrinhos, cangurus, berços, roupinhas e brinquedos… Como elas crescem muito rápido, guardar roupas para o próximo inverno não faz muito sentido. É possível doar para lojas de caridade espalhadas aos montes, para um bazar ou até mesmo vender. Existem muitos grupos e aplicativos de compra e venda. Dá para vender e comprar por um ótimo preço! Já na comunidade brasileira aqui o interessante é que existem também grupos de doações, seja na internet ou organizados por ONGs ou Igrejas. Particularmente, acredito que ao fazermos as coisas circularem renovamos também a energia do ambiente. 

Para ver e aproveitar – Alguns jardins e praças organizam bazares com barraquinha de comidas, atrações diversas, músicas, brincadeiras. Arrecadam, assim, dinheiro para continuarem preservando o local durante o ano todo e ao chegar da primavera os jardins estão primorosamente bem cuidados, muitas vezes por pessoas da própria comunidade. Os parques obviamente voltam a ficar cheios e exibem toda sua beleza, além de proporcionarem atrações diversas. 

Assim, também acontece com o Regent’s Canal (um canal navegável e muito bonito que corta a cidade de Londres do centro norte até o leste, desembocando no Rio Tâmisa), quando o local se torna mais vibrante, a comunidade se organiza para catar as folhas, coletar o lixo do canal, limpar o entorno e também promovem os festivais. A livraria itinerante começa a circular e os espaços vão sendo mais frequentados… A disputa por lugar no banquinho é concorrida, já que o banho de sol é algo que também está de volta. Amém!

Regent’s Canal – Acervo pessoal

Outros grandes eventos acontecem na cidade como tradicional Corrida de Remo pelo Rio Tâmisa que acontece todos os anos, há mais de 70 anos, a Head of the River Race. Nela, participam competidores do mundo todo e é bem divertida de se assistir.

Open Garden Squares é um evento onde vários jardins são abertos ao público. Os espaços podem ser privados, comunitários, pertencentes a edifícios históricos, instituições, cafés, escolas ou lojas. Como os ingleses valorizam muitos os espaços verdes, vale a pena a visitação, pois os locais são realmente muito bonitos e bem cuidados.

O passeio nos campos de Lavanda, os Lavender fields também são bem atrativos e divertidos. As lavandas estão por toda parte aqui e além de lindas, são bem perfumadas. Visitar um campo cheio delas é sem dúvida inesquecível!

A região de Cotwoolds é lindíssima, tipo cenário de filmes (e que merece um post só para ela!). Ela fica no Sudoeste da Inglaterra e é composta por várias vilas e cidades. E esta época do ano é a melhor para visitá-la. O acesso não é tão fácil, mas é possível ir de trem até algumas cidade, alugar um carro ou até mesmo embarcar numa excursão que leva para conhecer algumas vilas em um só dia. É nessa região que fica a cidade de Shakespeare, Stratford-upon-Avon, pertencente ao condado de Warwickshire. Esta cidade é bastante visitada o ano todo.

Nem tudo são flores… Além de dias mais alegres, grama verdinha e lindas flores, a primavera traz consigo também o pólen, em função do vento. Este, pode causar alergia em muitas pessoas, principalmente a quem não está habituado ao clima local. É a chamada Hay Fever. O MetOffice disponibiliza previão diária da quantidade de pólen no ar, que pode ser bom para que os alérgicos se previnam melhor. Apesar de alguns medicamentos indicados especificanmente para esta alergia, na verdade só mesmo com o passar dos dias a danada da alergia vai embora, pois, o pólen pode até mesmo grudar nas roupas, cabelos e entrar pelas janelas. Mas, a gente se acostuma… é o jeito! Pois, é melhor focar nas coisas boas, sempre! 

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui